Açores: O que fazer em São Miguel

0
Lagoa do fogo

Açores: O que fazer em São Miguel

A Carol acabou de voltar de uma viagem deliciosa pelos Açores, um arquipélago lindo, com uma vibe maravilhosa e muita comida boa no meio do oceano Atlântico. Neste post caprichado ela divide com a gente dicas afiadas do que fazer por lá. Vamos nessa?

Texto e imagens: Ana Carolina Cruz

Entendendo os Açores

Açores, ou Azores, é um arquipélago português composto por 9 ilhas principais divididas em três grupos: grupo ocidental (Corvo e Flores); grupo central (Faial, Graciosa, Pico, São Jorge, Terceiro) e grupo oriental (Santa Maria e São Miguel). São Miguel é a maior ilha do arquipélago, com 62,1km de comprimento e 15,8km de largura máxima, ou seja, super pequena para quem está acostumada com São Paulo. É nessa ilha que vive mais da metade da população açoriana: aproximadamento 140.000 habitantes.

Açores no mapa

Turismo nos Açores

O Turismo nos Açores é algo recente, que passou a ser incentivado há poucos anos e que ficou ainda mais viável quando as companhias Europeias Low Cost (Easyjet e Ryanair) começaram a voaram para lá. A notícia ruim é que a Easyjet não conseguiu sustentar sua operação e realizou seu último trecho no dia 28/10/2017, agora vc só pode chegar em Ponta Delgada pelas companhias tradicionais (TAP e Azores Airlines) ou Ryanair. =(

Uma dica importante da Luiza do 360 meridianos é que o acordo das Low Cost para os Açores inclui um voo gratuito para alguma das outras 8 ilhas desde que você não fique mais de 24 horas em San Miguel. Entre Para quem pensa em visitar mais de uma ilha, vale se ligar nessa dica! Entre no site da SATA e veja como funciona esta transferência.

São Miguel

Visual de San Miguel em um dos passeios de carro

Por que visitar?

Confesso que antes de ir aos Açores, eu não sabia muito o que esperar desse pedacinho de terra portuguesa, mas após minha estadia na ilha, fiquei apaixonada, e pra mim, este é o melhor de Portugal! Comida boa, lindas paisagens, praias bacanas e, as pessoas mais simpáticas do país!

São Miguel

Ilhéu de Vila Franca

O que vc precisa saber antes de viajar

Quantos dicas?

Eu fiquei 6 dias, gostei porque deu tempo suficiente para fazer as coisas com calma e, também, porque alguns dias choveu, mas é possível visitar os principais pontos turísticos em 3 dias desde que você esteja de carro.

Onde ficar?

Ponta Delgada é uma das principais bases para quem quer conhecer e explorar San Miguel, uma cidade histórica fofa repleta de arte de rua (tem até um festival o Walk & Talk Azores) e que concentra a maior variedade de restaurantes e comércios. Ponta Delgada está perto de tudo, tendo um acesso fácil para qualquer parte da ilha.

Eu fiquei num  hostel chamado The Nook Hostel, super recomendo e não me arrependo!

Temperatura nos Açores

O tempo nos Açores é um pouco diferente do tempo no continente. Pode chegar a fazer as 4 estações do ano no mesmo dia! Rs. E isso não é piada, o tempo muda muito rápido e, embora a ilha seja pequena, pode estar super sol de um lado e no outro com vento forte/frio e neblina, então vale tomar cuidado com a mala!

São Miguel

Vegetação verdinha nos Açores

O que levar na mala

Eu recomendaria roupas de esporte: tênis, boné, capa de chuva, etc.

É um destino que tem muitos mirantes e trilhas, e o gostoso é realmente contemplar as paisagens que a ilha oferece!

É um destino de ecoturismo, possibilitando diversas atividades, como: passeio de bike; pesca; canoagem;  golfe; passeio à cavalo; parapente; mergulho; surf e etc. Mas ao mesmo tempo, para aqueles que são avessos ao exercício físico, é possível fazer tudo, ou quase tudo de carro.

Outro ponto forte de San Miguel são as furnas – piscinas de àguas quentes de origem vulcânicas – para este passeio sugiro que levem roupas de banho velhas e, preferencialmente, escuras, por conta da lama e do ferro pode estragar aquele queridinho biquini de praia!

Aplicativos úteis:

  • Azores Islands: oferece as informações dos principais pontos turísticos (em inglês).
  • Spot Azores: aplicativo com cameras em todas partes da ilha, é possível verificar a visibilidade e a temperatura das atrações. Portanto, é sempre bom dar aquela checada de manhã antes de sair.

O que vc precisa saber durante a viagem?

Como chegar do Aeroporto ao centro:

O Aeroporto de San Miguel é muito perto do centro de Ponta Delgada – a maior cidade da ilha! Chegando no aeroporto há apenas duas opções de deslocamento: táxi ou aluguel de carro. Eu procurei outras alternativas (onibus (autocarro), transfer, etc), mas não encontrei…

O táxi não é taximetro, ele é tabelado, então se você vai do aeroporto ao centro de Ponta Delgada pagará 9/10 euros (out/2017) (dependendo se tem bagagem ou não) sem choro nem vela! Eu, sinceramente, achei um pouco caro pela distância e pelos preços da cidade, mas não tem outra opção…

Caso você prefira, é possível alugar o carro diretamente no aeroporto e já sair dirigindo. Os transportes públicos são bem limitados em San Miguel, e ao menos que você tenha um super preparo para fazer tudo de bike, você vai precisar de um carro.

O que fazer em SãoMiguel no Mapa

Para te ajudar a entender San Miguel, mapeei todas as dicas deste post no Google Maps. Veja abaixo.

O que fazer em São Miguel

Conhecer o centro histórico de Ponta Delgada

Ponta Delgada é o coração de São Miguel e é onde tudo acontece. A região está repleta de hotéis, hostis, lojinhas e restaurantes. O centrinho histórico vale um passeio rápido com atenção especial aos grafites. Alguns destaques do centro de Ponta Delgada são a Igreja Matriz de São Sebastião e as Portas da Cidade.

São Miguel

Porta da Cidade em Ponta Delgada

Vale falar também que é do centro de São Miguel que saem os passeios para avistar golfinhos e baleias, e onde estão as escolas de mergulho que oferecem mergulhos autônomos, cursos e batismos.

Ilhéu de Vila Franca

Este pequeno paraíso é uma das principais atrações turísticas da ilha e encontra-se cerca de 1km da costa, isso: bem pertinho! Esta reserva natural resultou da cratera de um antigo vulcão submerso. As suas águas cristalinas são convidativas para fazer snorkel, por isso, não deixe de levar óculos de natação/mergulho. A fauna e a flora são bem diversificados, é lindo!!

São Miguel

Vista do Ilhéu de Vila Franca

Uma dica importante, é que não tem absolutamente nada de infraestrutura na reserva, então levem água e lanchinhos (comidas) para poderem curtir bastante tempo, porque realmente vale a pena!

São Miguel

Carol no Ilhéu de Vila Franca

A ligação ao ilhéu é feita pelo cruzeiro do ilhéu, o único incoveniente é que não tem o ano inteiro, somente no verão – junho/setembro – este ano (2017) eles esticaram um pouco e os cruzeiros foram feitos até dia 14 de outubro. O bilhete de ida/volta custa 5 euros se comprados na bilheteria física, pela internet custa 6 euros, e eles fazem o percurso a cada uma 1h, o bilhete pode ser usado em qualquer horário. Quem quiser pode ir de manhã cedinho e voltar só no final da tarde.

Sete Cidades:

Na minha opinião o lugar mais deslumbrante de São Miguel, a vista das sete cidades situa-se na cratera vulcânica, é o maior reservatório natural de água doce dos Açores. Esta lagoa encontra-se dividida por um canal, onde existe uma ponte que separa, de um lado, as águas de tom verde e, do outro, as de tom azul.

São Miguel

Sete Cidades vista do alto do mirante

Embora seja interessante descer para ver/conhecer a cidade, o que definitivamente é magnífico é a vista de cima. Por isso, talvez o miradouro da ‘vista do rei’ seja o local onde se encontre o maior número de turistas aglomerados.

São Miguel

Aí, tenho uma dica para não ficar disputando lugar para ter a foto perfeita: tem um hotel abandonado, chamado Monte Palace, um dos empreendimentos mais luxuosos da ilha. Fechou em apenas 19 meses,hoje tem cara de “casa de terror” e na minha opinião, tem a melhor vista.

São Miguel

Estrutura abandonada do hotel Monte Palace

Dentro de suas suítes com varandas viradas para a lagoa vc consegue excelente ângulos para as melhores fotos! E o melhor, sem outras pessoas do seu lado!São Miguel

Além disso, é super interessante explorar essa construção que foi abandonada e, posteriormente, roubada, chega ser impressionante! As pessoas gostam de subir no rooftop do edíficio, eu sinceramente, preferi a vista da varanda, mas vale dar um check! =)

São Miguel

Rooftop Monte Palace

Furnas:

Só na ilha de São Miguel existem pelo menos cinco locais para tomar banhos termais, com paisagens diferentes, todo tipo de estrutura e temperaturas variadas. Como já disse no início é recomendável usar roupas de banho velhas/escuras, porque o ferro e a lama contidos na água mancham o tecido e também podem afetar a elasticidade das peças.

Outra dica: pra quem tem cabelos tingidos ou com luzes, evite mergulhar, porque pode ser que seu cabelo fique um pouco alaranjado e não há solução caso isso ocorra… CUIDADO!

Terra Nostra:

O parque Terra Nostra tem mais de dois séculos, o parque foi fundado em 1775, quando um consul dos Estados Unidos construiu sua residência de verão. As pricipais atrações no parque, embora seus jardins sejam lindissímos, são os tanques com água termal.

São Miguel

Jardins do Parque Terra Nostra

O principal na frente do casarão tem cor de água castanha, por isso, a recomendação de roupas de banho velhas/escuras. O bilhete para entrar neste parque custa 8 euros, sinceramente achei caro e preferi a Poça da D. Beija, mas esta é uma opinião particular.

São Miguel

Termas de Terra Nostra

Poça da Dona Beija:

A Poça da Dona Beija é um espaço de lazer e relaxamento contemporâneo, onde é possível usufruir de águas quentes naturais de uma nascente termal férrea, com excelente infraestrutura! O bilhete custa 4 euros e ainda têm serviço de empréstimo de toalha de piscina pagos à parte (2 euros).

São Miguel

Poça da Dona Beija

A nascente termal da Poça faz parte do conjunto de fenômenos de vulcanismo secundário da caldeira do vulcão das Furnas. A zona termal é composta por um complexo de cinco áreas para banhos, o legal é que cada piscina tem um nome e juntamente está indicado a temperatura da água, assim não há surpresas! Minha predileta foi uma que tinha uma cascata com a temperatura nos 39 graus. Todas as piscinas são abastecidas por uma nascente de água quente com propriedades terapêuticas, aquecida em profundidade pelo calor do vulcão das Furnas.

São Miguel

O horário de funcionamente é até as 23h, o que também é interessante, já que este passeio pode ser deixado para fazer no fim do dia ou à noite com a temperatura do dia mais amena, caso você esteja em São Miguel no verão.

Caldeira Nova:

Esta foi a primeira terma que eu fui quando cheguei em São Miguel, a estrutura é nova, mas tem apenas 1 piscina, na minha opinião não tem nada demais. Foi gostoso para relaxar após o primeiro dia intenso de passeios, mas não sugiro que guarde tempo para passar lá, apenas se estiver bem próximo e de bobeira! O custo para usufruir da piscina quentinha são 2 euros!

São Miguel

Caldeira Nova

Caldeira Velha:

Minha experiência aqui não foi uma das melhores… é um parque bem pequeno. No dia em que eu fui uma das piscinas sequer tinha água e cheirava bastante a enxofre: eca! Nem cheguei a me banhar, mas valeu pra conhecer e não recomendar para voltar! Rs!

Lagoa do Fogo

Classificada como Reserva Natural, esta lagoa, rodeada por uma densa vegetação, econtra-se na caldeira do vulcão do Fogo.

São Miguel

Lagoa do Fogo

Lagoa do Congro

Para chegar nesta lagoa basta deixar o carro na estrada de terra e caminhar por cerca de 15/20 minutos, não tem iluminação nenhuma, então caso você chegue no final da tarde, tome cuidado com o horário e não se destraia para que seja possível voltar com tranquilidade.

São Miguel

Lagoa do Congro

Lagoa das Empadadas

Esta lagoa é pequena e não muito frequentada, encontra-se cercada por um densa mata de criptomérias e tapumes de azáleas.

São Miguel

Lagoa das Empadadas

São Miguel

E olha só a mata

Lagoa do Canário

Esta lagoa encontra-se na Serra Devassa, inserida numa cratera vulcânica rodeada por uma densa floresta típica da macaronésia. Desfrute do sossego e silêncio que este local proporciona.

Ponta da Ferraria:

Esta formação geológica, única do seu gênero no mundo, encontra-se no extremo sudoeste da ilha de São Miguel. Estas piscinas naturais oferecem a possibilidade de nadar no mar em água quente de origem vulcânica, proveniente das duas nascentes de água termais existentes, que também abastecem o complexo termal que se encontra por lá.

São Miguel

Ponta da Ferraria

Fui dois dias neste local: no primeiro, a experiência foi excelente porque a maré estava baixa e foi possível entrar na água quentinha, já no segundo, a maré estava alta e o mar super mexido, então a água do mar se misturava com a água da nascente o impossibilitou minha entrada, porque estava gelada. Rs!

São Miguel

Rota do Chá – Gorreana

Este é um passeio diferente e o melhor, gratuito, nunca tinha pensado em ir a uma plantação de chá, mas aconteceu! E o mais curioso: esta fábrica é a mais antiga, e atualmente única, plantação de chá da Europa. Pelo o que eu entendi é a única que ainda mantém a fabricação de chá artesanal, o cultivo não teve grandes alterações em seus procedimentos desde sua fundação, em 1883, mantendo as tradições originais do oriente e as qualidades ancestrais há 5 gerações familiares.

São Miguel

Chá Gorreana

O passeio é pelo meio das plantações e ao final, oferecem para provar os chás artesanais ali produzidos: preto e verde. Eu ADOREI o chá verde deles, realmente é uma delícia! Além disso, tem uma “cafeteria” e um lojinha para comprar alguns produtos (docinhos locais e/ou lembrancinhas). Ainda da para ver o interior da fábrica, onde contém os máquinários utilizados no processo que se mantém o mesmo desde sua fundação.

Praia dos Mosteiros

Conhecida pela “extensa” faixa de areia preta é um lugar excelente para relaxar, mas não vai pensando que a praia é enorme e tem infraestrutura, pelo contrário, para padrões Brasil a praia é bem pequena e, pelo o que eu vi, só tem uma barraca de sorvete, nada mais! É onde desaguam duas ribeiras, provenientes das cumeeiras da Lagoa das Sete Cidades.

Plantação de Ananás – A Arruda Açores

Este passeio talvez seja o mais rápido, mas nem por isso deixa de ser interessante. O ananás, embora muitas pessoas confundam, é diferente do abacaxi, pela cor, tamanho, sabor e maneira de cultivar.

O ananás cultivado em estufas de vidro na ilha de São Miguel é originário da América Central e do Sul tendo sido introduzido na ilha de São Miguel, como planta ornamental, em meados do século XIX. Em média o ciclo completo da cultura do ananás dos Açores dura 18 meses e o resultado final é um fruto de características únicas.

São Miguel

Estufas de Ananas na Plantação Arruda Açores

Por isso, essa plantação abre suas estufas: cada uma em uma fase diferente, para os curiosos verem como acontece seu cultivo. A entrada é também gratuita, funcionando todos os dias de Abril a Setembro das 09h às 20h e de Outubro a Março das 09h às 18h. Ahh..na lojinha de suveniers tem prova de licor de Ananás! É diferente! Aproveitem!

Nordeste da ilha:

Não conseguiria especificar todos os locais que passamos, já que paramos em todos, ou quase todos, os miradouros. São muitos. Nesta parte da ilha, minha dica é pegar o carro e ir passeando meio sem rumo e parando em cada um dos mirantes que aparecem na estrada!

São Miguel

Um dos Mirantes no Nordeste da ilha

Realmente tem lugares/espaços bem bonitinhos com flores, espaços para ‘picnics’, churrasqueira e claro, vistas! E que vistas! Afinal, por ser uma ilha relativamente pequena, em qualquer parte você vê aquela imensidão do mar e com um pedaço de costa de tirar o fôlego!

São Miguel

Mirante no Nordeste da Ilha

Onde comer em San Miguel?

Caso você decida ir para os Açores não deixe de provar os queijos de lá, qualquer um é maravilhoso e o bolo de lêvedo, que também é típico da região e é de comer ajoelhado!

  • A Tasca (Rua do Aljube 20, 9500-049 Ponta Delgada): Faz jus ao nome, típica tasca portuguesa, com opções de carnes e peixes. Minha pedida foi uma posta de atum, que estava bem saborosa! Recomendo! Gastei 10 euros, no prato.
  • Rotas da ilha verde (Rua Pedro Homem Nº49, Ponta Delgada): Este é um restaurante vegetariano e eu simplesmente amei! Amei a decoração, a proposta e os pratos! Só o preço que não! Rs! Brincadeiras à parte, para os parâmetros da cidade, sim, é um restaurante um pouco mais caro em relação aos demais, mas vale a pena! Para duas pessoas com entrada, suco e prato gastamos 36 euros! É super gostoso! No entanto, funciona assim: no almoço, por ordem de chegada, no jantar, APENAS com reserva. Por isso, recomendo…Reservem. Sugestão: pedimos de entrada um ‘founde de queijo’ magnífico, o queijo derretido vinha dentro do pão!
  • Lagoa Azul (Rua da Caridade 18 | Sete Cidades): localizado na Sete Cidades é um buffet, que come-se à vontade comida açoriana, por apenas 12 euros, com 2 bebidas + café.

E aí, curtiu as dicas da Carol?

Alguém aí já foi pra San Miguel e tem mais dicas pra dividir com a gente?


Viaje sem stress

✅ Reserve seu hotel em São Miguel


Veja também:


Para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!

About author

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

No comments

Veja também