Roteiro Portugal: 8 dias de carro entre Porto e Lisboa

Que tal uma viagem de carro para conhecer Porto, Lisboa e as melhores paradas entre as duas cidades de Portugal? Esse é um roteiro de carro de oito dias, tempo suficiente para conhecer bem as duas principais cidades do país, Lisboa, Porto e ainda dar uma esticadinha até Coimbra, Tomar, Fátima, Nazaré, Óbidos, Sintra e Cascais. Preparado para se encantar por Portugal?

Neste post, você vai encontrar:

Se preferir ir direto ao ponto, basta clicar nos itens acima.

Roteiro resumido de 8 dias entre Porto e Lisboa

Roteiro de Portugal detalhado

No meu roteiro original eu chego em Portugal, vindo de Paris, em Lisboa bem cedinho. Mas, para otimizar o tempo de viagem, aproveitar o embalo e matar a parte chata logo, decidimos alugar um carro em Lisboa e pegar a estrada direto rumo a Porto – cerca de 3 horas de viagem. Assim, já eliminamos o percurso longo já na chegada e podemos ir voltando todo o trajeto com calma e fazendo paradas com tempo.

Quem puder comprar um voo multi destino, o que é ideal para viagens como essa, pode começar em Porto (ou em Lisboa) sem a necessidade de voltar tudo. Devolver o carro em outra cidade em geral é mais caro do que pegar e deixar no mesmo lugar, mas como tempo de férias é precioso, vale a pena!

Não deixe nada dentro do carro, nunca!

Já que estamos falando de carro quero dar outra dicas bem importante para viajar por Portugal (e pela Europa em geral), nas paradas entre uma cidade e outra não deixe absolutamente nada no carro, nem no porta-malas. Tenho muitos amigos que tiveram absolutamente tudo furtado.

Caso precise deixar o carro parado em algum lugar e com tudo dentro, vale optar pelos estacionamentos pagos e fechados, ou em último caso, fazer um revezamento.

E o passaporte? Este deveria andar com você, de preferência em uma dessas bolsinhas que vai dentro da roupa.

Veja também: Erros de quem vai a Europa pela primeira vez.

De volta ao nosso roteiro, o primeiro dia desse roteiro começa em Porto e já na parte da tarde!

Dia 1: Chegada em Porto

No nosso planejamento, chegaremos na cidade no início da tarde, então programamos para esse dia conhecer uma parte do centro histórico de Porto a pé.

roteiro portugal
Centro histórico de Porto | Foto: Wikimedia Commons

Para começar, a Avenida dos Aliados é considerada um ponto turístico por si só (inclusive, é uma bela região para de hospedar). Nela, você encontrará muitos prédios com estilo arquitetônico derivados da art noveau e art decó. Conheça a Câmara Municipal e a Igreja da Trindade. Outra parada que chama a atenção é o McDonald’s da avenida que tem um estilo bem diferente do que conhecemos.

Da Avenida dos Aliados, siga para a Praça da Liberdade, considerada por muitos o coração da cidade do Porto. Não deixe de garantir um clique com a estátua de Dom Pedro IV (para nós, brasileiros, o Dom Pedro I).

Depois, siga para conhecer a Estação de São Bento, uma estação de trens super famosa por seus azulejos azuis – o que não falta em Porto.

Para finalizar o dia, um jantar gostoso na Zona da Ribeira (ou cais da Ribeira). A região fica às margens do rio Douro e é um dos cartões-postais da cidade. Escolha um restaurante charmoso e aproveite para degustar um delicioso bacalhau.

Onde ficar em Porto

Porto possui uma rede hoteleira incrível e dividida por todas as regiões da cidade. Como o tempo é relativamente curto, vale escolher algo mais centralizado para otimizar os deslocamentos. Próximo ao centro, algumas das opções econômicas mais bem avaliadas são o Hostel One Ribeira, Being Porto Hostel e OportoHouse.

Já para quem prefere um bom custo benefício, o Hotel Spot Family Suites, Selina Porto e Vera Cruz Porto Downtown Hotel são ótimas pedidas.

E, para quem prefere uma hospedagem caprichada, o Torel Avantgarde é um hotel cinco estrelas incrível.

Dia 2: Porto

Comece o dia visitando a Torre dos Clérigos (R. de São Filipe de Nery, 4050-546 | das 09h às 19h). Para subir na Torre, o ingresso custa 6 Euros e vale comprar antecipadamente para evitar filas. Do alto, você tem uma vista panorâmica da cidade do Porto – também é possível subir mais 225 degraus para chegar até a Torre do Sino. Compre o seu ingresso e reserve o horário da sua visita direto no site da Igreja (site oficial).

roteiro portugal
Torre dos Clérigos | Foto: Divulgação

Depois, siga para a Igreja do Carmo (aberta de segunda a sexta das 09h às 18h, sábados e domingo das 10h às 18h). Ao lado dela, está a Igreja das Carmelitas e as duas possuem azulejos lindos nas laterais.

Siga caminhando até a Ponte Luís I, que dá acesso para a Vila Nova de Gaia. A ponte é grandiosa e possui dois andares. E, então, desça para o Cais da Ribeira para conhecer a região de dia e fazer uma degustação de vinho em uma cave (compre o ingresso antecipadamente)

roteiro portugal
Teleférico Nova Gaia | Foto: Wikimedia Commons

Atravesse a ponte para pegar o Teleférico de Vila Nova de Gaia, aberto todos os dias das 10h às 18h (o ingresso só de ida custa 6 Euros, ida e volta 9 Euros), para conhecer o Mosteiro da Serra do Píler (construído em 1600) e o mirante que costuma ser atração no pôr do sol.

Roteiro Portugal
Passeio de barco no Rio Douro | Foto: Get Your Guide

Termine o dia com um passeio de barco no Rio Douro (caso você não veja o pôr do sol no mirante acima, garanta o seu ingresso antecipado para vê-lo do barco).

Dia 3: Porto

Deu para fazer todos os passeios do dia 1 e do dia 2? Então, o seu terceiro dia em Porto será mais livre: seja para você repetir algum passeio, ir conhecer algo que não está neste roteiro ou, então, fazer aquilo que não deu tempo nos dias anteriores.

Uma opção é dedicar esse dia para conhecer algumas praias de Porto. A Leça da Palmeira, por exemplo, está a 20 minutinhos de carro da cidade e tem um conjunto de piscinas incríveis para aproveitar. A Praia do Aterro e a Praia Azul ficam do ladinho desta e são lindas. Aproveite para conhecer várias, já que são uma do lado da outra.

Roteiro Portugal
Praia do Aterro | Foto: Wikimedia Commons

Outra opção aqui é fazer um bate e volta rápido. Nós optamos em ir conhecer Trás-os-Montes, que fica a 1h de Porto. A cidade é uma província histórica e meus avós paternos nasceram lá, por isso incluímos essa parada do roteiro!

Tem dias a mais? Confira também o nosso roteiro de 3 dias em Porto para incluir ainda mais detalhes na sua viagem.

Dia 4: Porto, Coimbra, Tomar e Fátima

De Porto até Coimbra, primeira parada do dia, são 120 km de viagem, quase 1h30. A cidade é a sede da universidade mais antiga de Portugal e tem muita história para contar. Como temos apenas uma manhã por lá, decidimos conhecer apenas o Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, a Sé Velha, a Quinta das Lágrimas e, claro, a Universidade de Coimbra.

Roteiro Portugal
Universidade de Coimbra | Foto: Facebook/Universidade de Coimbra

O que visitar em Coimbra

O Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, fica aberto para visitação todos os dias das 10h às 18h, teve sua construção em 1330 e por muitos anos ficou afundado em logo por conta das inundações frequentes da região.

A Sé Velha é uma catedral belíssima e considerada uma das construções do estilo romântico mais importante de Portugal. Já o Quinta das Lágrimas é um jardim imenso com lagos, fontes e árvores. Uma curiosidade? É daqui que surgiu a expressão “Inês é Morta” pois, diz a lenda, foi na Fonte das Lágrimas que Inês de Castro foi morta em 1335. Se tiver pique e curiosidade, aproveite para visitar alguns dos prédios da Universidade de Coimbra (a entrada é gratuita).

Roteiro portugal
Convento de Cristo | Foto: Wikimedia Commons

Tomar

Siga por mais 1h até chegar em Tomar, onde visitaremos o Convento de Cristo. Ele é um conjunto de prédios históricos erguidos em 1160 que mesclam o estilo barroco ao romântico. A parada principal é o oratório, com muitas pinturas e afrescos. O Convento funciona das 09h às 17h30 e, para entrar, o bilhete custa 6 Euros (ou, se preferir, o bilhete ‘patrimônio mundial’ dá acesso ao Convento de Cristo, Mosteiro de Alcobaça e Mosteiro de Santa Maria da Vitória, é válido por 7 dias e custa 15 Euros).

Roteiro Portugal
Santuário de Fátima | Foto: Facebook/Santuário de Fátima

Fátima

Mais 30 minutos e chegamos em Fátima, nossa pernoite do dia. Aproveite o fim da tarde e o pôr do sol para conhecer o Santuário de Fátima – parada obrigatória deste roteiro. Se você for religioso, vale checar o calendário com horários das missas para encaixar alguma.

Onde ficar em Fátima

Fátima é uma cidade já bem menor e, consequentemente, com opções de hospedagens mais restritas. Algumas da melhores pedidas (e bem próximas do Santuário) são Hotel 4 Estacoes, SDivine Fatima Hotel Congress & Spirituality, Luna Fatima Hotel e Hotel Santo Antonio De Fatima.

Dia 5: Fátima, Nazaré, Óbidos e Sintra

Programe a sua saída de Fátima para bem cedinho, assim dá tempo de visitar os Mosteiro da Batalha e o Mosteiro de Alcobaça, principalmente se você garantiu o ingresso completo no Convento de Cristo que explicamos no dia acima.

O Mosteiro da Batalha, que fica na vila de Batalha, é também conhecido como Mosteiro de Santa Maria da Vitória e demorou cerca de 200 para ser construído – o ingresso que permite a entrada apenas nele custa 7,50 Euros (compre online). Já o Mosteiro de Alcobaça é a primeira construção gótica de Portugal e começou a ser erguido em 1178 (o bilhete individual custa 6 Euros).

Roteiro Portugal
Farol de Nazaré | Foto: Wikimedia Commons

Nazaré

Se preferir, siga direto para Nazaré para aproveitar a manhã toda por lá (de Fátima até Nazaré são 45 minutos). A cidade é conhecida por suas ondas gigantes, principalmente na Praia do Norte, onde elas podem chegar até 30 metros – geralmente as ondas surgem no outono e inverno, ou seja, entre outubro e fevereiro. O Forte de São Miguel Arcanjo é parada obrigatório. É nele que está o Farol de Nazaré que garante vistas incríveis para as ondas radicais.

Roteiro Portugal
Óbidos | Foto: Wikimedia Commons

Óbidos

Nossa próxima parada é em Óbidos, cerca de 35 minutos de Nazaré. Óbidos é uma vila amuralhada super charmosa na qual não entram carros (é esôfago estacionar na parte de fora do centro histórico). Com estilo medieval, a região é um verdadeiro sobe e desce entre ruas estreitas, casa coloridas, lojinhas interessantes e muitas livrarias – não à toa Óbidos detém o título de Cidade Literária pela Unesco.

Roteiro Portugal
Palácio da Pena | Foto: Wikimedia Commons

Sintra

O dia chega ao fim na região de Sintra, a pouco mais de 1h de distância de Óbidos. Lá, visite o Castelo dos Mouros, construído no século X para impedir que invasores chegassem até Lisboa. É possível andar pelas ruínas e observar ossadas em um terreno do castelo (não deixe de comprar o iingresso antecipado para não perder horas na fila | 7, 20 Euros). E, por fim, o Palácio da Pena, uma construção super diferente e colorida em meio a lagos e jardins (aqui o ingresso antecipado também é fundamental | 12,60 Euros).

Tem mais tempo e quer mais detalhes de Sintra? Não deixe de conferir então o nosso roteiro de 1 dia em Sintra!

Pitaco da Mari: Sintra merece pelo menos um dia inteirinho do seu roteiro. A cidade é um encanto e preserva um pedaço muito lindo da história de Portugal. Um passeio que eu não perderia por lá é a Quinta das Regaleiras, um jardim inspirado em contos de fadas, lindo de mais! Para comer não deixe de provar os tradicionais travesseirinhos da Periquita.

Onde ficar em Sintra

Em tão pouco tempo, para aproveitar mais o charme de Sintra, opte por hospedagens no centrinho e que passem esse clima, como Quinta Das Murtas, a Villas de Cintra e o Chalet Saudade.

Dia 6: Sintra, Cascais e Lisboa

Saia cedinho de Sintra e aproveite a manhã para conhecer a Vila de Cascais (o trecho entre Sintra e Cascais é bem curtinho, cerca de 20 minutos). Também conhecida como Riviera Portuguesa ou o Sunset da Europa, a vila é super charmosa e, se coubesse no roteiro, dedicaria dois dias só para ela. Em um giro rápido, visite o centro histórico e algumas praias, como a Praia da Rainha, Praia da Ribeira de Cascais e a Praia da Duquesa (uma ao lado da outra).

Roteiro Portugal
Praia da Rainha | Foto: Wikimedia Commons

De Cascais até Lisboa são pouco mais de 30 minutos – programe a sua chegada para o início da tarde, assim você terá tempo de já conhecer alguns pontos de Lisboa.

Comece pela Baixa Lisboa, visitando o centro histórico (passando pelos homens ilustres do Panteão, as ruínas de São Jorge e a versão Lusitana da Catedral da Sé), da Rua Augusta até a Praça do Comércio.

Roteiro Portugal
Museu Nacional do Azulejo | Foto: Facebook/Divulgação

Depois, vamos para o Museu Nacional do Azulejo (Rua da Madre de Deus, 4, 1900-312), que fica entre o Centro de Lisboa e o Parque das Nações. Ele fica aberto de terça-feira a domingo das 11h às 16h e o ingresso custa 5 Euros. Lá, você vai conhecer a história do azulejo desde suas origens até os dias atuais. São painéis incríveis e pintados à mão – um mais lindo do outro.


Siga para o Parque das Nações e repare na fileira de bandeiras de vários países. Perceba que de uma lado está o ginásio de Lisboa e do outro o Oceanário, nossa próxima e última parada do dia.


A região do Oceanário de Lisboa é a que possui a melhor vista para a Ponte Vasco da Gama. Caminhe tranquilamente pela ponte de madeira e, se preferir, pegue o teleférico Telecabine Lisboa para garantir lindas vistas do alto (ele funciona todos os dias a partir das 11h; o trajeto apenas de ida custa 4,50 Euros, ida e volta 6,50 Euros).

Onde ficar em Lisboa

Se essa é a sua primeira vez em Lisboa, não tenha dúvidas: fique em uma região central como o Bairro do Chiado e Bairro Alto. Algumas pedidas econômicas por lá são Lisb’on Hostel, Good Night Hostel, Surf in Chiado e o Grapes & Bites. Já pedidas com bom custo benefício são o que não faltam. O Lisbon Colours Bairro Alto, Design Chiado Flats e o Hotel Borges são exemplos disso. E, para quem quer um hotel caprichado, o TURIM Terreiro do Paço Hotel é opção certeira!

Dia 7: Lisboa

Comece o seu segundo dia em Lisboa pelo Bairro de Alto, um dos cantinhos mais fotogênicos da cidade. Para chegar nele, aproveite e pegue o Ascensor da Glória, um dos cartões-postais de Lisboa.


Depois, siga para o Bairro do Chiado para conhecer as ruínas do Convento do Carmo (bem pertinho da Praça de Dom Pedro IV e do Castelo de São Jorge, dê um pulo até lá caso tenha tempo). O antigo convento da Ordem dos Carmelitas da Antiga Observância foi erguido em 1389 e lá estão algumas das ruínas da época no Museu Arqueológico do Carmo.

Siga para um almoço caprichado no Mercado da Ribeira (ou Timeout Market) que reúne mais de 30 possibilidades para quem quer comer bem!

Sé de Lisboa

A tarde será agitada! Percorra de tuk tuk o Bairro da Alfama, a região do Castelo de Lisboa e uma das poucas áreas de Lisboa que passaram ilesas ao terremoto 1755; conheça o Castelo de São Jorge (parada obrigatório de quem vai para Lisboa pela primeira vez e com vistas incríveis da cidade) e a Sé de Lisboa.

Depois, siga para o Miradouro de São Pedro de Alcântara, para descansar as pernas e ter mais vistas bacanas de Lisboa. mais uma vista interessante e um belo descanso para as pernas. Se você curtir parques e áreas verdes, ao lado do miradouro está o Jardim do Príncipe Real.

Roteiro Portugal
Miradouro de Santa Catarina | Foto: Wikimedia Commons

E, para fechar o dia com chave de ouro, contemple o pôr do sol do Miradouro de Santa Catarina, que fica no topo de uma das colinas da cidade e garante uma vista incrível do Rio Tejo.

Dia 8: Lisboa

No nosso último dia em Lisboa, temos apenas a manhã livre pois no fim da tarde embarcamos rumo à Roma. Então os atrativos são mais enxutos. Caso você tenha o dia inteiro, você pode jogar alguma das atrações dos dois dias anteriores para esse, assim seu roteiro não fica tão puxado.

Comece o dia no bairro de Belém, provando o tradicional pastel de Belém. Vá direto no na clássica Pastéis de Belém (Rua de Belém, 84), que serve esses deliciosos docinhos desde 1837.

Torre de Belém

Depois, siga para a Torre de Belém que, além de ser linda, garante vistas bacanas para o Rio Tejoé bem bonita, ornamentada e tem lindas vistas para o rio Tejo. A entrada custa 6 Euros e ela funciona no inverno das 10h às 17h30 e, no verão, até às 18h30.

Não deixe de visitar também o Mosteiro dos Jerónimos (aberto no inverno das 10h às 17h30 e, no verão, até as 18h30 e a entrada custa 10 Euros), um monumento erguido em 1501, quando Vasco da Gama retornou a Portugal com o dinheiro da venda das especiarias trazidas das Índias.

E, por último, o Padrão dos Descobrimentos, uma estátua no formato de Caravela que representa os grandes descobridores dos mares como Vasco da Gama, Pedro Álvares Cabral e Fernão Magalhães.

Sobrou tempo? Confira também o nosso roteiro de 3 dias em Lisboa.

Roteiro no mapa

Aluguel de carro

Para fazer todo esse roteiro e ficar tranquilo em relação as paradas, você vai precisar alugar um carro e isso é bem simples. Brasileiros maiores de 21 anos podem alugar carro tendo uma carteira de motorista válida com dois anos de validade.

Na teoria, os países que fazem parte do tratado de Shengen (e isso inclui Portugal) não exigem a PID (Permissão Internacional para Dirigir) de brasileiros – mas sempre bom estar prevenido e evitar dor de cabeça, certo?

E, para garantir um bom negócio no seu aluguel de carro, reserve com antecedência e compare preços. O site da Rentcars é ótimo para isso, além de fornecer um ótimo custo benefício e aceitar pagamento parcelado e sem juros.

Seguro viagem

Não se esqueça que o seguro viagem é obrigatório em toda a Europa. Inclusive, tenha sempre em mãos o comprovante impresso dele, principalmente na hora de passar pela imigração. Mas, ainda que ele não fosse obrigatório, ele é altamente indicado em toda e qualquer viagem. Além de possíveis eventualidades médicas, um bom seguro cobre malas extraviadas e voos atrasados.

Por aqui, nós indicamos a Seguros Promo para você comparar as opções de seguro e escolher o melhor negócio.

Quer um desconto?!


Insira o código IDEIASNAMALA5 e ganhe até 10% de desconto na compra do seu seguro viagem!

Gostou do nosso roteiro entre Porto e Lisboa? Tem alguma sugestão ou dúvida? Deixe nos comentários!


Veja também:


E, para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!

Planeje sua viagem

Deixe o seu comentário