IdeiasnaAsia: Coisas que eu não aguento mais escutar

Faltam 8 dias pra minha viagem para a Ásia (descrevi o roteiro com todos os detalhes nesse post) e lógico que ainda faltam um montão de coisas para decidir, hotéis para reservar, seguro viagem… Enfim, estou cada vez mais animada com a viagem, e um pouco estressada com a quantidade imensa de detalhes. São línguas que eu não entendo, moedas que eu não tenho a menor ideia de quanto valem (e como são várias, não consigo decorar e preciso ficar convertendo no santo Xe.com a cada 5 minutos), uma quantidade imensa de meios de transporte (Aviões, Ônibus, barcos, balsas, trens, camelos, taxis,bicicletas e Tuk Tuks) com uma logística zero objetiva e com o importante fator de estou indo sozinha, pra um montão de lugares que eu não conheço e não quero e nem posso correr riscos. E nesse maremoto de informações, ainda tenho que aguentar um monte de comentários (que ainda que feitos com as melhores intenções do mundo) que mais atrapalham do que ajudam…

IdeiasnaAsia

Cara de desespero: cansada de ouvir abobrinha!

1.Viajar sozinha pela Índia é perigoso.

Concordo que pode ser perigoso, assim como é perigoso um gringo desinformado viajar pelo Brasil. Não pretendo dar bobeira. Estou indo excursão (fechada há vários meses atrás) com transfer já contratado do aeroporto-hotel-aeroporto. Terminada a excursão, já reservei dois Ashrams para meu retiro espiritual em Rishkesh. Vou de avião e farei o traslado aeroporto-Rishkesh de dia e com um transfer já contratado. Para não chamar a atenção, estou levando roupas Indianas e pretendo comprar mais algumas quando chegar lá. Enfim, sei do perigo mas não sou nenhuma criança e estou me cuidando. Se você nunca foi pra India e toda a sua opinião é baseada em noticias lidas por ai, por favor me deixe viajar em paz e tirar minhas próprias conclusões, se você já foi pra Índia e tem dicas/impressões e opiniões, qualquer sugestão é mais do que bem vinda.

2. Cuidado, estupram mulheres na India

Again, já sei que a India não é um dos lugares mais seguros do mundo, mas o Brasil também não é. Basta olhar no número de cuidados diários que tomamos. Sim houveram casos horríveis na India, mas prefiro pensar neles como fatos horrorosos e isolados e não como a realidade do país. Não pretendo me meter onde não devo, não pretendo pegar ônibus público sozinha. Mas pelo AMOR de Deus pare de me lembrar dessa situação horrível e me fazer pensar em desgraça antes da viagem. Sou medrosa, cuidadosa e precavida, agora se for pra ficar pensando em besteira, é melhor nem sair de casa, certo?!

3. Prepare-se para ter muito Pi-ri-ri.

Ai minha santa consciência, isso lá é coisa que se fale? Pros curiosos de plantão, pode deixar que estou levando meu Kit de emergências.

4. Você vai pro Taj Majal né?

Vou, não porque eu PRECISAVA checar este item na minhas lista de viagens e sim porque está dentro do meu tour pelo Rajastão. O Taj deve ser bonito pra caramba, mas é um dos últimos itens da lista de coisas da India que me atraem (mas sim ele estava na lista 🙂 ). Vou para Índia pela diversidade de coisas de cheiros, de cores, de pessoas. Estou pronta para enfrentar um universo diferente, intenso, chocante e ao mesmo tempo belo. Quero ver os palácios do Rajastão, mas também quero andar pelos mercados, comprar pimentas direto da fonte, experimentar currys cheirosos, andar de camelo no deserto, pegar trens noturnos (isso faz parte do meu tour).

5. O que é que você vai fazer na Índia mesmo?

Antes de perguntar abobrinha, informe-se por favor! Aliás, parece que uma das únicas respostas aceitáveis para essa pergunta é, to indo ver o Taj Mahal.

6. Que que você vai fazer 10 dias em um retiro espiritual?

Yoga, meditação e dieta! Hahahahah. To adorando o fato do retiro ter três refeições diárias vegetarianas. Hummmm! Adoro comida vegetariana. Estou animada para passar dez dias vivendo um vida diferente, apreciando o silêncio e meditando. Meu ritmo diário é tão louco que acho que essa pausa vem em super boa hora!

7. Só beba água de garrafa e muita Coca-Cola

Detesto Coca Cola, mas entre Coca e água de torneira eu fico com Coca. Afinal se não bebo água da torneira no Brasil, porque é que eu beberia na Índia?

Uma luz no meio de tanta abobrinha

E claro que no meio de tanta abobrinha também recebi milhões de dicas bacanas, e muitos sorrisos. Vatsala, minha amiga Indiana querida acabou de voltar da Índia cheinha de novidades e fez questão que eu levasse algumas roupas dela pra viagem. Uma fofa! O Anirban que trabalha no Evernote da India, além de nos enviar um email repleto de dicas de Delhi, vai nos levar para jantar e para passear pela cidade. E os dois Ashrams que reservei me mandaram um email de boas vindas TÃO fofo que eu tive certeza que escolhi os lugares certos.

É galera, aparentemente viajar pra Índia é bem menos simples do que eu pensei. Nos próximos dias contarei pra vocês um pouquinho mais dos meus preparativos para a viagem e espero ter vocês comigo!

 

Planeje sua viagem

Comentários (11)

Fui a Índia no ano passado. Adorei, apesar das diferenças culturais. Vale a pena!

Mari, fiquei na Índia 28 dias. Fui de norte a sul. Foi uma viagem maravilhosa. Antes de viajar, busquei informações. E claro, diante de algumas sugestões aqui, prestei mais atenção lá. E deu tudo certo. Quanto a água, é verdade o cuidado que deves ter. E isso não é difícil. Basta comprar água mineral. Simples. Só cuide para ver se a garrafa esta lacrada. ok? Sugestão, substitua o medo por informações e cautela.
Será uma viagem incrível e um divisor de águas em sua vida. Se precisar de apoio, conte comigo. Bjssss

Oi Magda!
Super obrigada pela visita e pelo comentário! Feliz em saber que sua viagem foi o máximo, nesses 28 dias, o que você mais gostou? E o que menos gostou?
Fechando os últimos preparativos!

Ai Mari … esse povo é sem noção mesmo, né? Cabecinha oca total (risos).
Acredita que já ouvi pérolas do tipo “Tem lugares que você vai que não iria nem se me pagassem”, aí eu pergunto; “você sabe o que tem pra fazer lá?!”… aí o ser humano desconversa 🙂
Sua viagem vai ser INCRÍVEL!!!!!!!!
bjão e boa viagem queridona

Obrigada pela visita e por todas as ajudas no roteiro! Tenho certeza que no volta vou convencer o casal Mikix a desbravar a India!
Beijos

Oi Mari! A minha primeira viagem internacional foi para um intercâmbio de 2 meses na Índia! Meu trabalho era dar aula de teatro e dança para crianças de 5 a 8 anos. Foi muito intenso e inesquecível! É tudo tão diferente que parece outro mundo! Não tive nenhuma outra experiência parecida, até hoje! Mesmo visitando 30 países.
Além do trabalho, viajei muito por lá, visitei o Taj, dormi no deserto e provei tudo o que eu tenho direito! Só não fiz retiro… Ah, fiquei morrendo de vontade! Vou te acompanhar por aqui! Tenho certeza de que você vai amar! Lá no blog tem alguns relatos dessa aventura, se quiser conhecer um pouquinho mais, corre lá!
Bjs
Tássia

Oi Tassia,
Obrigada pela visita!
Que aventura para a primeira viagem internacional, hein?! Vou lá no seu blog pegar as dicas!!!
E feliz de saber que você vai acompanhar a jornada!
Bjs

Demais Mari!!!
Estou ansiosa pelos seus posts!!!

Oi Man! O Ideias na Mala tava morrendo de saudades das suas visitas e posts! Quem sabe eu não ganho um post da Argentina de ano novo!? 🙂 🙂 🙂
Feliz de saber que você está acompanhando a viagem! Quem sabe não fazemos uma próxima ida para a Ásia de Primas. Eu, vc, Ana e Thata. Topa?!

hahahaha!!! Compartilho do desabafo!

Esqueci alguma frase Fá?! Hahaahahhaha!
Durante a viagem vamos escrever um post verdades & mitos de viajar pela Índia. Topa?!

Deixe o seu comentário