Índia: um dia em Jodhpur, a cidade azul

Roteiro de 1 dia (com direito a mapa) e dicas do que ver e fazer em Jodhpur, a simpática cidade azul do Rajastão. Pronto para se encantar?

Índia: um dia em Jodhpur, a cidade azul

Depois de visitar Jaisalmer, a cidade dourada, estava encantada com a segunda cidade colorida do roteiro pelo Rajastão: Jodhpur, a cidade azul (blue city), também conhecida como cidade do sol (sun city) graças ao clima ensolarado gostoso constante o ano todo. E foi assim que Jodhpur nos recebeu, céu azul, e dia ensolarado brilhante.

Jodhpur
Forte de Jodpur – Índia

E por que cidade azul?

O apelido cidade azul vem graças a grande quantidade de casas azuis pintadas em um dos bairros da cidade – e que podem ser vistas do alto do forte Mehrangarh. A tinta azul contém ingredientes que protegem a casa dos mosquitos, e de bônus, deixa a casa mais fresquinha durante os dias ensolarados sem refletir nos olhos como a tinta branca. O azul antigamente era uma exclusividade das castas brâmanes (a mais elevada das castas indianas) mas logo se espalhou e contagiou os bairro de Jodhpur.

Jodhpur
Cidade azul vista do alto do Forte (pena que a névoa não ajudou a foto!)

O bairro azul fica longe do centro da cidade e não é nada turístico, mas caminhar por lá foi uma das grandes experiências do dia e algo que falarei em detalhes a seguir.

Jodhpur: Quantos dias?

Com um dia inteiro dá para visitar as principais atrações da cidade. Eu tive pouco mais de uma tarde  – e foi bem pouco tempo para minhas pretensões viajantes. Jodhpur é uma cidade grande e que tem mais de um milhão de habitantes, um desses lugares bem efervescentes e com cara de Índia que eu adoraria ter tido tempo de explorar com calma, conhecer a fundo e fotografar. Para mim, dois dias, teria sido incrível.

Jodhpur
Forte de Jodhpur

O que fazer em Jodhpur?

Veja abaixo as principais atrações turísticas de Jodhpur e uma sugestão esperta de como organizar isso em forma de roteiro de 1 dia.

Jodhpur no mapa:

Sardar Market, o mercado de Jodhpur

Depois dos marcados de Old Delhi, o Sardar Market, foi um dos mercados mais interessantes, efervescentes e caóticos que visitei na Índia. Um lugar espetacular para observar e fotografar pessoas. O mercado é o ponto de ebulição da cidade e está demarcado pela torre do relógio, uma torre com jeitão europeu construída pelo marajá Sardar Singh.

Jodhpur
Torre do Relógio no Sardar Market

Os famoso temperos de Jodpur – Onde comprar temperos em Jodhpur

Jodhpur tem uma tradição muito forte em temperos e especiarias, e suas lojas estão entre as melhores de Rajastão para comprar condimentos deliciosos e chás perfumados. Existem dezenas de lojas de tempero na região – e tem muito trambiqueiro vendendo cury por açafrão. Abaixo duas recomendações de lojas bacanas para comprar seus temperos:

  • MV Spices (Shop No. 209B, dentro do mercado de vegetais, Sardar Market): Uma das lojas mais famosas do mercado além de vender ótimos temperos envia uma lista de receitas para todos os clientes.
  • Maharani Spices (112, Nai Sarak, Rawaton Ka Bass): Uma seleção incrível de temperos e chás com ótimo atendimento. Comprei várias coisas gostosas.
Jodhpur
Temperos no MV Spices

O famoso Lassi de Jodhpur 

  • Shri Mishrilal Hotel (dentro do Sadar Market): Outro cantinho do mercado que merece ser visitado é o Shri Mishrilal Hotel, uma lojinha de lassis com fachada bem feiosa e com receita secreta mega cobiçada por gringos e locais. O lassi (drink de iogurte delicioso) de Jodhpur é tido com uma dos melhores do Rajastao.

Visitar o Mehrangarh Fort

Mehrangarh Fort (aberto das 9:00 – 17:00 | Entrada 500 rúpias + 100 rúpias “camera fee”para tirar foto) também conhecido como Forte de Jodhpur, é a construção mais imponente e impressionante da cidade ele fica na parte alta de Jodhpur (cerca de 125 metros mais elevado que o resto da cidade) e pode ser visto de longe. Envolto por uma muralha de 9,5 de extensão, 7 portões e mais de uma centena de torres de proteção, ele projeta a importância econômica de Jodhpur na época dos Marajás indianos. A parte interna do forte mescla artigos indianos hiper ornamentados com toques claramente europeus.

Jodhpur
Mehrangarh Fort em Jodhpur

A visita é feita por um audio guia – em inglês – que conta em detalhes a história do forte, seus marajás e os principais salões do palácio. A visita leva pelo menos 2 horas, e tem vistas arrasadoras de toda a cidade de Jodhpur com suas casas azuis. Só a vista já vale o preço do ingresso (e sorte que a visita entrega muito mais do que vistas bonitas).

Jodhpur
Cidade azul vista do Mehrangarh Fort em Jodhpur
Jodhpur
Muralhas do Forte vistas do alto

Highlights da visita:

Do lado de fora (passando os portões):

  • Portões do forte: com marcas de balas de canhão da batalha de Jaipur
  • Mãos das mulheres de marajás gravadas na porta: elas eram obrigadas a se suicidar após a morte dos maridos e eram cremadas vivas.
  • Chamuda Mataji temple: Templo dentro do interior do castelo.
Jodhpur
Mãos das mulheres de marajás gravadas na porta

Museus de objetos:

  • Carruagens de elefantes (howdahs) ornamentadas e palanquins que carregavam a nobreza.
Jodhpur
Museu do Forte de Jodhpur

Aposentos mais impressionantes:

  • Moti Mahal (The Pearl Palace): meu aposento preferido do palácio tem tapetes vermelhos, janelas coloridíssimas, teto com detalhes dourados e arcos ornamentados brancos. Muito impressionante. É nessa sala que o Marajá realizava seus “Durbar” (encontros) com familiares e oficiais, e o nome “Pearl Palace” (palácio de pérolas) vem do peso de alta qualidade, misturados com pequenas conchas brilhantes que foi usado para fazer o teto.
  • Sheesh Mahal (The Hall Of Mirrors): um aposento pequeno repleto de espelhos de diferentes tamanhos combinados de forma linda. O aposento era provavelmente usado para devoção religiosa.
  • Phool Mahal (The Palace Of Flowers): O palácio das flores é um aposento grande, repleto de ornamentos dourados e pequenos mosaicos coloridos. Este era um aposento exclusivo de uso do marajá e seus convidados e também era conhecido como sala do prazer. Aqui dançarinas vinham entreter o marajá – e se ele desejasse – outros homens da corte.
  • Takhat Vilas (Maharaja Takhat Singh’s Chamber): Residência do marajá Takhat Singh, o último habitante do forte, uma combinação colorida de elementos britânicos com ornamentos indianos.
Jodhpur - Índia
Moti Mahal – Forte de Jodhpur
Jodhpur
Phool Mahal (O palácio das flores)
Jodhpur
Parte interna do Forte

Isso sem falar da arquitetura impressionante do Forte. Repleta de relevos, detalhes e ornamentos.

Voar com a tiroleza de Jodhpur

Flying Fox Jodhpur: um conjunto de tirolezas que sai de dentro do forte atravessa as muralhas, passa por cima de um lago com direito a vistas espetaculares do forte, e da cidade azul de Jaipur. O passeio é um pouco caro (1899.00 – compre online por 1,650) mas ouvi falar hiper bem.

Desbravar a Cidade Azul

A cidade azul é um bairro de classe média. Não é um lugar turístico, mas foi um dos cantinhos da cidade que mais curti visitar. Um bairro cheio de vida, cheio de locais sorridentes e hiper hospitaleiros. Durante nosso passeio fomos convidados a visitar uma das casas e fomos surpreendidos com uma vista MARAVILHOSA do forte de Jodhpur.

Jodhpur
Cidade azul de Jodhpur

Visitar o Jaswant Thada

O Jaswant Thada (9:00 – 17:00 | 30 rúpias + 50 rúpias “camera fee” é uma tumba construída pelo marajá Sardar Singh em homenagem a seu pai. Uma construção de mármore elegante, com direito a um lago, vistas lindas do forte e de toda a cidade de Jodhpur. A entrada do Jaswant Thada fica há cerca de 1 Km do forte. Não visitei.

Jodhpur
Jaswant Thada visto do Forte

Umaid Bhawan Palace

O palácio Umaid Bhawan Palace foi construído pelo Marajá Sardar Singh para substituir o forte de Jodhpur como moradia real e até hoje serve de residência para a família real de Jodhpur. Parte do palácio é administrado pelo grupo Taj Hotels e é um dos hotéis de luxo mais disputados da cidade, as diárias custam a partir de R$ 1000 e dão acesso a áreas super exclusivas. Sem dúvida um dos hotéis-experiência mais especiais da região. (Veja detalhes do hotel no Booking.com)

Jodhpur
Umaid Bhawan Palace (lá no fundo) visto do Forte

Além da residência real e do hotel, o complexo conta com um museu (aberto das 10:00 – 16:30 | entrada 100 rúpias) que conta a história do palácio, expõem uma coleção de objetos de luxo e de carros antigos. Como o Umaid Bhawan fica bem afastado do centro, eu deixaria o passeio por último e só se der tempo.

Restaurante do Hotel Raas – Para jantar (ou tomar um drink com uma vista incrível)

O Hotel Raas é um dos hotels de luxo mais bacanas de Jodhpur e que tem vistas incríveis do forte (especialmente no finalzinho da tarde). A dica é jantar no restaurante que fica na cobertura do hotel, o Darikana, e ver o dia virando noite num ambiente pra lá de especial. A comida é gostosa (nada inesquecível, mas vale pela experiência) e os preços estão acima da média da cidade, mas vale a dica!

Jodhpur
Vista do restaurante do Hotel Raas

Roteiro de um dia em Jodhpur

O Mehrangarh Fort, um forte/palácio de arquitetura impressionante e decoração rebuscada é o primeiro item da lista de todos os que visitam Jodhpur, mas eu se fosse você começaria com um choque cultural no movimentado Sardar Market – um mercado para lá de vivo e mega interessante. Dê uma boa volta pelo mercado com olhos bem atentos para as possibilidades fotográficas, compre pimentas e temperos caprichados (veja sugestões de lojas acima), tome um Lassi e siga caminhando até o Forte.

Jodhpur
Pra começar o dia com um choquezinho cultural: Sardar Market

A subida é mais fácil do que parece e o caminho é bem interessante com direito a vistas lindas da cidade. E falando em vistas, lá do alto você terá uma visão privilegiada de toda a Jodhpur e entenderá bem porque ela ficou conhecida como cidade azul. Visite o Mehrangarh Fort que tem uma mistura de elementos indianos e europeus bem forte.

Jodhpur
Entrada do Mehrangarh Fort
Jodhpur
Mehrangarh Fort

Saindo do forte visite o Jaswant Thada, um mausoleu bem bonito e que fica bem próximo a entrada do forte.

Dalí seguiremos para a cidade azul, que apesar de não ser um ponto turístico é um lugar bem legal para observar a vida local e tirar fotos lindas. Com sorte alguém te convidará para visitar sua casa. Aceite. O terraço das casas tem uma vista incrível para o forte.

Jodhpur - Índia
Cidade azul de Jodhpur

Sobrou tempo? Visite o Umaid Bhawan Palace, que foi construído para substituir o Mehrangarh Fort como casa dos marajás. O palácio tem um pequeno museu, mas grande parte dele foi convertida em hotel e é de uso exclusivo dos hospedes.

Termine o dia com um jantar especial ou um drink caprichado no restaurante do Hotel Raas.

Como chegar em Jodhpur?

Jodhpur fica no meio do caminho entre Jaisalmer e Jaipur, e pode ser acessada por trem, ônibus ou carro. Veja a localização exata no mapa:

De trem: Jodhpur está conectada por via férrea com Jaisalmer, Bikaner, Jaipur, Delhi, Udaipur, entre outras.

De carro: Jodhpur fica há 240 Km de BikanerJaipur 343 kms, Jaisalmer 290 kms, Udaipur 275 kms e Delhi 592 kms. Companhia locais organizam transfers entre as cidades.

De ônibus: Existem linhas de ônibus regulares que saem de Ahmedabad, Ajmer, Jaipur, Udaipur, Jaisalmer, Bikaner, Ranakpur e Nathdwara.

Outros blogs que viajaram para Jodhpur:

E aí, curtiu as dicas?

Alguém já foi para Jodhpur e quer contar para nós o que achou?

E se você tiver perguntas, deixe um comentário! 

Veja também:

Outras cidades da Índia

E para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!

Planeje sua viagem

Matérias Relacionadas

Comentários (3)

Olá,

Vou passar apenas um dia em Jodhpur. MAAAS tenho algumas perguntas.
Chego na Cidade as 6:41 da manhã ( chego de trem vindo de Jaisalmer).
E saio de onibus as 10:45 PM com destino a Udaipur.
Meu receio é.. Banho e locomoção.. É possivel dentro desse tempo rodar a cidade de mochila?
OU você acha que compensa pagar uma acomodação para deixar as mochilas e tomar um banho no fim do dia?
Existem hostels com preços bons em Jodphur?

Oi Felipe,
Eu se fosse você pegaria um hotel/hostel BEM baratex para deixar suas coisas em segurança e sem perrengues. Acho que vc vai sofer bastante andando para lá e para cá de mochila.
Beijos

Deixe o seu comentário