Roteiro: 10 dias no Marrocos, uma viagem pra lá de Marrakech

Pensando em ir pro Marrocos? Veja este roteiro de 10 dias no Marrocos, uma viagem de carro passando por alguns dos lugares mais bonitos do país: Marrakech, Fès, Merzouga, Todra e Dadès Gorges e muito mais. Pronto para se apaixonar?

O Marrocos é um destino mágico no noroeste da África, com paisagens deslumbrantes, e uma riqueza natural incrível. Lagos, montanhas, florestas de cedros centenários, mais de 1.000 km de litoral, e ele, o Saara, o maior e mais quente deserto do mundo, que por si só, já vale a viagem!

Texto e imagens: Alessandra Fratus

10 dias no Marrocos

Roteiro Resumido: 10 dias no Marrocos

  • DIA 1: Tânger –> Chefchaouen
  • DIA 2: Chefchaouen –> Fès
  • DIA 3: Medina –> Fès
  • DIA 4: Fès – Azrou – Midelt – Merzouga
  • DIA 5: Merzouga
  • DIA 6: Merzouga –> Todra e Dadès Gorges
  • DIA 7: Dadès Gorges –> Marrakech
  • DIAS 8 -10: Marrakech

Percorremos de carro, e de maneira independente, quase 1.500km entre Tânger, no norte do país, e Marrakech. Uma experiência sensacional que também incluiu: Chefchaouen, Fès, Merzouga, no deserto do Saara, as gargantas de Tondra e Dades, e uma travessia pelas montanhas nevadas do Alto Atlas, até chegar em Marrakech.

Veja o roteiro no mapa

Veja nesse mapa o trajeto percorrido de carro. Se preferir, acesse o mapa aqui.

Aluguel de carro e dicas para se dar bem no Marrocos

Escolha uma locadora confiável e confira BEM as condições do seu carro antes de pegar estrada. Cheque o nível de óleo, o estado e a condição dos pneus – e estepe . A última coisa que você vai querer é um, ou dois pneus furados no meio do nada. Se puder, alugue um 4×4. Ele fará toda a diferença na hora de se enfiar nas estradas sem dó.

Foi fácil dirigir? E a segurança?

Com um bom carro e seu melhor amigo durante essa viagem: O Mapa Michelin Número 742 não há o que temer. Os marroquinos são muitos gentis e as estradas principais são bem tranquilas (especialmente os trechos mais turísticos).

Respeite sempre a velocidade máxima indicada, e não exagere na dose de estrada por dia. Recomendo no máximo 300 Km por dia para que você possa curtir as paisagens e paradas com a calma que elas merecem.

O Marrocos é um país bem seguro, mesmo para as viajantes mulheres. Como em qualquer outro país, o importante é respeitar e aprender com as tradições locais e diferenças. Na minha opinião esse é o grande aprendizado ao se visitar terras tão distantes e diferentes.

Mulheres no Marrocos

Mulheres viajantes não precisam necessariamente cobrir a cabeça. Mas é claro que se você quiser fazer um tipo, não sou eu quem vai te julgar. O Marrocos recebe turistas há muitos e muitos anos, e a maioria dos marroquinos está bem acostumada com turistas. Eles são muito respeitosos, e em nenhum momento nos sentimos ‘ameaçadas’, ou ‘olhadas de maneira diferente’.  O máximo que nossa presença causava era risada na criançada ao me ver no volante e meu pai no banco de trás do carro!

Se você não quiser fazer essa viagem de maneira independente, pode procurar uma agência de turismo pra te ajudar com o roteiro e a logística local.

Como chegar ao Marrocos?

Pra chegar até o Marrocos, você pode atravessar o Estreito de Gibraltar pelo ar, em viagens super rápidas a partir da maioria dos hubs europeus, ou pelo mar, em uma travessia de 35 minutos, já que apenas 14 km separam a Europa do norte da África.

Escolhemos um voo sem escalas da Vueling, low cost espanhola, que nos deixou em Tânger, onde pegamos o carro para começar a viagem. Uma ótima referência é o site marrocos.com.

Roteiro Detalhado:

Chefchaouen – A cidade azul do Marrocos

Nossa primeira parada foi Chefchaouen, a cidade azul do Marrocos, encravada nas montanhas Rif, no nordeste do país. A cidade é linda, e a medina azul dá um toque especial a toda a experiência. É uma ótima introdução marroquina.

10 dias no Marrocos
Chefchaouen

Fès – o coração espiritual do Marrocos

A próxima parada foi Fès, a cidade imperial, coração espiritual do Marrocos. A grande medina de Fès, patrimônio mundial da Unesco desde 1980, é, com certeza, a grande atração da cidade. Espalhada por uma área de 350 hectares, mais de 170 mil pessoas moram ali. São 25 mil casas, 250 mesquitas e milhares de estabelecimentos comerciais, distribuídos em 10 mil vielas apertadas, que ainda conservam características adquiridas há mais de mil anos.

10 dias no Marrocos
Fès vista do alto
10 dias no Marrocos
Fès: passeando pela cidade

O deserto do Saara

Depois de uma verdadeira viagem no tempo atravessamos atravessamos as montanhas do médio Atlas, passando por cenários inacreditáveis como a floresta de cedros centenários, lar do macaco de Gibraltar.

10 dias no Marrocos
O macaco de Gibraltar

Os primeiros oásis do Vale do Ziz são de encher os olhos, e essas paisagens incríveis nos conduziram até Merzouga, no deserto do Saara.

10 dias no Marrocos
Vale do Ziz

Merzouga: acampamento & dromedário

Em Merzouga, tivemos a experiência incrível de dormir em um acampamento berbere, e chegar até lá de dromedário!

10 dias no Marrocos
Acampamento berbere no deserto do Saara

Foi lá também que tive um deleite fotográfico no Mercado de Rissani, um dos lugares mais surreais que já conheci até hoje.

10 dias no Marrocos
Mercado de Rissani

Depois de tanta beleza, e quando você pensa que nada mais vai superar a experiência anterior, conhecemos as lindas gargantas de Tondra e Dades.

10 dias no Marrocos
Garganta de Tondra

E tivemos o privilégio de passar a noite no aconchego de um ‘quarto caverna’ em Boumalne Dades, e seus 1500 metros de altitude.

10 dias no Marrocos
‘Quarto caverna’ em Boumalne Dades

Pra completar a aventura, que teve de tudo um pouco, ainda atravessamos as montanhas do Alto Atlas, em direção a Marrakech, percorrendo a famosa Tizi-N-Tchika, uma das estradas mais radicais do mundo, em sua plenitude nevada.

10 dias no Marrocos
Montanhas do Alto Atlas

E olha só a estrada que impressionante!

Roteiro: Marrocos pra lá de Marrakech
Estrada em Dades

Marrakech – Bem vindo ao caos

E como não podia faltar, chegar a Marrakech é se render ao caos! A cidade é elétrica, plural, cheia de contrastes interessantes. Depois de quase 10 dias rodando o país, já sabíamos como aproveitar ao máximo uma boa experiência marroquina.

10 dias no Marrocos
Marrakech

Não deixe de se perder pelas ruelas da medina, e viver toda a plenitude da praça Jemma El Fna, tanto de dia quanto à noite. ’Cobras dançantes’, acrobatas, macaquinhos adestrados,  curandeiros, suco de laranja, comida, comida, comida, e mais o que você quiser.

Pra variar um pouco o cardápio, uma ótima dica é o Restaurante Pepe Nero, e para além dos muros da medina, a dica é o Jardim Majorelle, lugar onde foram espalhadas as cinzas do famoso estilista Yves Saint-Laurent.

Roteiro: Marrocos pra lá de Marrakech
Jardim Majorelle

Outra experiência essencial em Marrakech é se hospedar em um típico riad marroquino, no centro da medina. Imperdível!

10 dias no Marrocos
típico riad marroquino – Nossa hospedagem em Marrakech

Vou levar tudo o que vi e vivi nesses 10 dias pelo Marrocos pra sempre na memória como uma das experiências mais ricas da minha vida, e quer meu conselho?! Visite o Marrocos pra lá de Marrakech!

Explore o riquíssimo interior do país, e se encante com a variedade de belezas naturais e com a simpatia do povo marroquino. descubra um dos países mais incríveis do mundo!

Lugares que não visitamos

Se você quiser ir além, não deixe de incluir no seu roteiro a cidade de Essaouira, a capital marroquina Rabat, a famosa Casablanca, e alguma das cidades costeiras do país, que dizem ser lindas, e com ótimas ondas para os surfistas.

Mais dicas sobre o Marrocos

Se você quer saber mais sobre essa viagem, ou quer ler os relatos na íntegra sobre cada um destes destinos, é só acessar essa série de posts do Tô Pensando em Viajar. Lá você vai encontrar dicas de hospedagem, alimentação, e muito mais!

Contrate um seguro viagem

Não esqueça do seguro viagem, pois é ele que te salva daqueles perrengues e imprevistos (as vezes não tão imprevistos assim). Quem viaja precisa estar sempre preparado, ainda mais em se tratando de um lugar culturalmente tão diferente.

Recomendamos que você opte por um seguro que cubra tudo no ato, evitando que você fique meses depois tentando receber o reembolso. E por falar em recomendação, nossa dica é o site do Seguros Promo, uma empresa brasileira que funciona como um comparador de seguros e te apresenta uma listagem do que há de melhor no mercado em termos de apólices.

Clicando aqui e inserindo nosso código IDEIASNAMALA5 você ganha 5% de desconto na compra do seu seguro viagem.

Sobre a autora:

Alessandra é viajante, fotógrafa, e bióloga. Largou tudo e ganhou tudo ao mudar de rumo em 2012 depois de defender um doutorado em biologia molecular na USP. Desde então vive, viaja e trabalha com foto e vídeo, sua verdadeira vocação. Ama viajar fora do esquema turistão, e gosta mesmo é de paisagem humana!

[Alê querida, muito obrigada pelo post lindo que aumentou ainda mais a minha vontade de visitar o Marrocos!]

Guarde este post no Pinterest!

marrocos

Planeje sua viagem

Comentários (4)

Boa tarde. Amei seu post. Estou querendo fazer exatamente esse roteiro.
Vc poderia me falar como vocês fizeram para reservar hotéis no caminho e se entregaram o carro na mesma cidade ou em Marrakesh.
Gratidão

Oi Érica,
As meninas já viajaram com os hotéis reservados pelo Booking.com e o carro foi devolvido em Marakesh.

Alessandra, tudo bem?

Estou planejando uma viagem para o marrocos, e gostaria de saber mais sobre o roteiro e principalmente sobre dirigir no marrocos.
Foi tranquilo dirigir por lá? Como você com os passeios, como dormir no deserto? Contatou agencias?
Se a gente puder trocar alguns e-mails para eu entender melhor

Obrigado

Oi Victor,
Dá uma passadinha no blog da Alê o https://www.topensandoemviajar.com e lá você encontrará algumas dessas respostas.
Ela responde comentários relativamente rápido!
Beijos,
Mari

Deixe o seu comentário