Oahu no Havaí: 17 dicas do que fazer na principal ilha havaiana

Descubra o que fazer em Oahu a mais urbana das ilhas do Havaí, e onde fica a capital do estado, Honolulu. Um destino que vai te surpreender com praias fabulosas, muita natureza, e uma estrutura de hoteleira impecável.

Neste post te ajudei a planejar sua viagem para Oahu passo a passo, incluindo dicas do que fazer, onde ficar, melhores restaurantes e muito mais.

Pronto para se encantar com Oahu?

Lanikai vista da trilha Pillbox em Oahu
Vista da trilha Lanikai Pillbox: Um espetáculo

O que fazer em Oahu no Havaí

Do agito de Honolulu a vibe relax de North Shore, Oahu entrega uma experiência completa para toda a família com direito a um mar azul, vida marinha abundante e ondas perfeitas tanto quem já surfa quanto quem está começando a se aventurar no esporte.

Curte uma vibe urbana?

Honolulu a capital do Havaí é uma cidade grande com hotéis caprichados, muitos shoppings a céu aberto (e por lá você encontrará desde grifes famosas as tradicionais marcas americanas) e uma praia maravilhosa com mar azulão.

Calçadão de Waikiki, a rua mais top de Honolulu
Calçadão de Waikiki, a rua mais caprichada de Honolulu

Prefere uma pegada mais local?

Kailua uma cidade pequenina e próxima a algumas das praias mais lindas de Oahu, ou o descolado North Shore são boas pedidas para o seu roteiro de Oahu.

Kailua, uma região deliciosa e com uma vibe super local.
Kailua, uma região deliciosa e com uma vibe super local. Foi nessa cidade que o presidente Obama morou muitos anos!

Seja qual for a sua escolha, a ilha entrega uma experiência colorida e diversa, o cenário perfeito para viver férias inesquecíveis!

Vamos falar do que fazer em Oahu?

  1. Waikiki
  2. Diamond Head
  3. Hoomaluhia Botanical Garden
  4. Passeio de helicóptero
  5. Hanauma Bay
  6. Koko Crater
  7. Costa Oeste de Oahu
  8. Lanikai Beach
  9. Lanikai PillBox
  10. Kailua Beach Park
  11. Pearl Harbor
  12. Manoa Falls
  13. Northshore
  14. Fazenda de abacaxis
  15. Downtown Honululu
  16. Ko Olina Lagoons
  17. Kualoa Ranch

1- Waikiki

O pedacinho mais turístico de Honolulu exibe uma avenida imponente com edifícios altos e um calçadão salpicado de palmeiras. Em Waikiki estão alguns dos principais hotéis de Oahu, assim como vitrines vistosas de grifes como Gucci, Prada, Salvatore Ferragamo e etc…

Praia de Waikiki em Honolulu no Havaí
Praia de Waikiki, a praia mais famosa e mais turística de Honolulu

Também há restaurantes, cafés, e quiosques para tomar caldo de cana e o famoso shaved Ice, a raspadinha local. Não deixe de provar!

Para uma pedida certeira, recomendo o Island Vintage Shaved Ice (2201 Kalakaua Ave, Honolulu) que fica no Royal Hawain Center e serve um shaved Ice recheado com frozen Iogurte muito gostoso. Peça o de maracujá. Aproveite o passeio para contemplar os jardins do shopping que fica entre o Sheraton Waikiki (onde nos hospedamos, o hotel tem uma estrutura sensacional para famílias), e o tradicional The Royal Hawaian. As árvores são lindas, a vegetação é especial e os jardins muito bem cuidados.

Shaved Ice - Uma tradição no Havaí
Shaved Ice – Uma tradição no Havaí e uma delícia

Continuando pelo calçadão de Waikiki, você vai se deparar com a estátua de Duke Paoa Kahanamoku, campeão olímpico de natação e responsável por internacionalizar o surf. Volta e meia a estátua aparece decorada com colares havaianos ficando ainda mais bonita nas fotos.

Ao lado da estátua do Duke, há uma árvore muito linda de banyan (Ficus benghalensis), ela ganha uma iluminação noturna especial e traz um pouco de paz para essa região tão movimentada.

E não dá para falar de Waikiki sem falar do mar. A praia é linda, muito azul e abençoada com vista do vistas surreais para o Diamond Head, um cone vulcânico fotogênico que domina a paisagem e rende cliques especiais.

Stand Up paddle

Em um dia de ondas calmas – prefira de manhã cedinho – a pedida é alugar Stand up paddles e sair remando pela região. O Gu saiu da rua principal e conseguiu alugar pranchas por USD 10. Ele passou duas horas remando e amou a experiência.

Aula de surf em Waikiki

A praia de Waikiki é um bom lugar para se iniciar ao universo do surf já que as ondas são perfeitas para iniciantes. Há aulas de surf em pequenos grupos para quem quiser tentar surfar pela primeira vez!

Passeio de barco e pôr do sol

Waikiki é ponto de partida para vários passeios de barco lindos por Oahu, alguns dos meus passeios preferidos são o passeio de barco durante o pôr do sol e o passeio para avistar baleias (uma verdadeira emoção).

Onde comer em Waikiki

Para comer provamos alguns cantinhos como o japonês Momosan (2490 Kalakaua Ave) que serve sushis e pokê bowls e o a casa de carnes Wolfgang Steak House (2301 Kalakaua Ave) tem pratos ótimos – adorei meu peixe – mas peça para dividir porque são imensos e nada baratos

Também há pedidas clássicas e com um ótimo custo x benefício como o Asiático PF. Chang’s (2201 Kalakaua Ave A500) e o Cheesecake Factory (2301 Kalakaua Ave, Honolulu).

Tive altas recomendações do Ramen Nakamura (2141 Kalakaua Ave #10 , mas faltou coragem de esperar na fila já que sempre que passávamos em frente tava dando voltas no quarteirão.

Viaje Conectado!

Você sabia que dá para comprar chip de telefone para os Estados Unidos ainda no Brasil e economizar?

O chip de telefone da O Meu Chip pega super bem na Califórnia, e é mais vantajoso que comprar um chip local.

Há duas opções de planos, o controle e o ilimitado, e o ilimitado de deixa a rotear até 3Gb de internet para outros aparelhos.

2- Diamond Head

A formação vulcânica mais emblemática de Oahu rende um passeio lindo e com vistas muito especiais da costa. São 2,6 Km (ida e volta) de trilha íngreme. A trilha é considerada moderada, porém há muitos degraus e um solo instável.

Honolulu vista do alto do Diamond Head
Honolulu vista do alto do Diamond Head | Foto: Adriane Raduenz

Alguns amigos já fizeram a trilha com crianças e recomendam o passeio.

Não aguenta subir até o topo?

Vale dirigir até o mirante na entrada do parque para ter uma perspectiva interessante de Honululu.

Eu deixei o Diamond Head para a nossa última manhã no Havaí (dia de Thanksgiving) e me dei mal, o Thanks Giving e Natal são os dois únicos dias do ano em que a trilha (e todo o parque) fecham. Dancei!

Planeje sua visita:

  • Horários de funcionamento: 6:00 às 18:00 sendo que a subida é permitida até as 16:00.
  • Ingresso: $5 por pessoa + $10 de estacionamento | Para conseguir estacionar a dica é chegar próximo as 7:00 da manhã ou após as 11:00

3- Hoʻomaluhia Botanical Garden

Coloquei o Hoʻomaluhia Botanical Garden logo no início dessa lista do que fazer em Oahu por um bom motivo: é imperdível, e é gratuito. Não deixe de visitar!

O Jardim Botânico Hoʻomaluhia é um dos lugares mais fotografados de Oahu, um passeio que começa com uma entrada triunfante, e com uma estrada linda que contorna os rochedos pedregosos até chegar ao centro do parque.

Até bem pouco tempo atrás a moda do Instagram era estacionar nessa estrada e tirar uma foto com as montanhas no fundo, e muita gente ia ao parque apenas para tirar essa foto, hoje é proibido estacionar por lá, mas a boa notícia é que há vários cantinhos lindos para fotografar o parque, e claro, os jardins com plantas de vários cantos do mundo são um arraso.

Para fotos lindas:

Quem quiser pode passar o centro de visitantes e seguir até o Lehua campsite para um visual lindo com direito a mesinhas de pedra e as montanhas no fundo.

Trilha + Vistas

Nós estacionamos no Visitor Center e fizemos uma trilha linda até o lago Loko Waimaluhia passando por muitas plantas tropicais e árvores vistosas. O lago forrado de carpas coloridas fez o maior sucesso com meus pequenos.

Fique de olho no tempo:

As montanhas que rodeiam o Hoʻomaluhia Botanical Garden são um tanto quanto temperamentais, e muitas vezes estão cobertas de nuvens mesmo quando há sol no restante da ilha. Se você tiver com um roteiro flexível minha dica é encaixar esse passeio no primeiro dia de sol, o parque fica muito mais bonito quando as montanhas aparecem no horizonte.

Planeje sua visita:

  • Horários de funcionamento: 9:00 às 16:00
  • Entrada grátis

4- Passeio de helicóptero

Uma das experiências mais inesquecíveis do Havaí e da vida, esse passeio de helicóptero sobrevoa os principais pontos turísticos de Oahu, incluindo cachoeiras secretas, montanhas verdejantes, a cratera lindíssima de Diamond Head, Pearl Harbor e muito mais. Vale cada centavo e cada minuto de passeio.

Reserve seu passeio com antecedência e curta uma experiência incrível!

Passeio de helicóptero em Oahu no Havaí
Passeio de helicóptero em Oahu no Havaí – um passeio inesquecível | Foto: divulgação

5- Hanauma Bay

Hanauma Bay é uma experiência linda que combina uma baita praia com snorkel em uma barreira de corais repleta de vida. A chegada pelo alto da praia rende fotos muito lindas da baía, que nos dias de sol intenso tem águas muito azuis com pontinhos mais escuros formados pelos corais.

Hanauma Bay, uma das praias mais lindas de Oahu
Hanauma Bay, a baía mais espetacular de Oahu

A praia é uma reserva ambiental protegida desde 1967, a vida marinha é abundante, diversa e há muitas espécies endêmicas por lá. Antes de entrar na praia é preciso assistir um pequeno vídeo que instrui os visitantes a tomar cuidado com a barreira de corais e com toda a vida marinha que habita a região. 

A água é rasa e dá para viver a experiência com crianças. Nosso filho de 5 anos fez seu primeiro snorkel e ficou encantado. Há muitos cardumes grandes de peixes e várias espécies diferentes, uma oportunidade única de mergulhar em um aquário a mar aberto.

Para não agredir os corais e manter essa vida marinha preservada, use filtro solar, não pise e nem toque nos corais.

Hanauma Bay em Oahu no Havaí
Degradê de azuis em Hanauma Bay

Leve todo o equipamento, água e piquenique (há uma lanchonete na parte alta da praia, mas como você vai perder meia hora no sobe desce, melhor levar tudinho!)

Reserve com antecedência:

A visita a Hanauma Bay é feita com horário marcado, e o número de vagas é super limitado. As reservas abrem 48 horas antes da visita – exatamente as 7 da manhã do horário do Havaí e se esgotam emm pouquíssimos minutos. Para garantir sua visita tente com ais de uma pessoa conectada por vez, e faça o cadastro e login antecipado.

Caso você não consiga reservar dá para chegar bem cedo e tentar a sorte com um dos ingressos distribuídos por ordem de chegada. Chegue cedo para aumentar suas chances.

A entrada custa $25 por adulto, crianças até 12 anos não pagam. É caro mas vale MUITO a pena.

6- Koko Crater

A Koko Crater Trail, também conhecida como Koko Head Stairs, é uma trilha por uma antiga ferrovia (tão inclinada que hoje é usada de escadaria) usada para levar suprimentos a bunkers da segunda guerra mundial. A trilha é curta porém bem inclinada, são 1000 degraus com uma vista que vai melhorando a cada metro conquistado.

Koko Crater e as vistas de Hanauma Bay
Topo da Koko Crater, a trilha é uma antiga linha de trem | Foto: Adriane Raduenz

Lá do alto você terá vistas privilegiadas da Hanauma Bay e da região de Port Peninsula. A subida demora entre 30 e 60 minutos dependendo do eu preparo físico. Vale reservar pelo menos mais meia hora para ficar lá no alto curtindo o visual. Leve bastante água.

As fotos são Adri (@aradu) que tem destaques bem legais de trilhas em Oahu no Instagram dela. Falando em Instagram, aproveite para também seguir o @Ideiasnamala e conferir os destaques de Oahu.

7- Giro pela Costa Oeste de Oahu

Aproveite sua visita a Hanauma Bay para percorrer as praias da costa oeste de Oahu. Há vários mirantes (fique de olho no mar, entre o Halona Blowhole e o Makapu’u Lookout há grandes chances de avistar baleias).

Aí vão as paradas que mais gostamos (em ordem de parada):

Lanai Lookout

Uma parada rápida com vistas lindas do mar e das montanhas.

Halona Blowhole

Uma das paradas mais interessantes com vistas caprichadas dos dois lados. A direita está a Cockroach Beach também conhecida como Eternity Beach, já que foi uma das locações do filme From Here to Eternity (1953) e do filme Piratas do Caribe. A praia costuma ser um ponto de descanso de tartarugas marinhas e nos dias de ondas calmas é uma delícia para nadar.

Cockroach Beach na costa Oeste de Oahu
Cockroach Beach uma praia pequenina encrustada entre as rochas

Visitei o mirante em um dia de ondas bem bravas, e achei lindo ver as ondas estourando no penhasco e alguns metros depois pintando a areia da praia de azul. É possível acessar a praia a partir de uma trilha que sai do mirante.

Do outro lado a vista é de uma costa pedregosa e intensa com ondas quebrando e batendo em um belo visual. Também vi uma tartaruga marinha nadando lá no mar, ela ia surfando as ondas bravas em ritmo pacato. Uma lindeza de observar.

Halona Blowhole - vista do karate
Mirante Halona Blowhole

Sandy Beach

Linda porém brrrrrrava. Os salva-vidas atentos estavam tirando todo mundo sem prancha da água, enquanto isso os surfistas faziam a festa pegando as ondas raivosas. Essa é uma das praias preferidas de Barack Obama, e ela é mencionada nas páginas do livro Promissed Land.

Sandy Beach na Costa Oeste de Oahu
Sandy Beach

Fiz uma parada rápida para tirar fotos e achei o visual lindo, a vibe gostosa e a sombrinha formada pelas árvores na pontinha da praia, uma delícia. Havia foodtrucks (com direito a açaí na tigela) bem concorridos por lá. Não provamos nenhum.

Makapu’u  Lookout

Se você tiver que escolher apenas uma parada nesse pedacinho da costa, vá de Makapu’u  Lookout, um mirante que fica no topo da montanha e tem vistas muito especiais do mar, na temporada de baleias esse é um dos melhores lugares para assistir a migração.

Ainda sem baleias no visual, o mirante é lindo e fácil de parar. Vale muito a pena.

Makapu’u  Lookout na Costa Oeste de Oahu
Vista do Makapu’u  Lookout

Makapu’u Lighthouse

Nos dias de sol manso, ou de manhã cedinho, vale combinar o passeio pelos mirantes com o farol de Makapu’u, a trilha é fácil 3,6 Km ida e volta e é considerada uma das trilhas faceias mais cênicas do Havaí. Dá até para fazer com crianças e as vistas são um espetáculo.

Makapu’u  Lighthouse em Oahu
Farol de Makapu’u visto da trilha | foto: Adriane Raduenz

A dica é de um amigo que morou dez anos em Oahu e ama essa região, nós não tivemos coragem de encarar o solão, mas ficamos com vontade. Em compensação minha amiga Adri (@aradu) fez a trilha, adorou e ainda dividiu algumas fotos para eu compartilhar nesse post!

Makapu’u Beach

Uma praia linda com ondas bem ferozes, não é o tipo de “praia para criança” mas vale a visita pelo visual. Para quem curte surfar, taí uma ótima pedida!

Waimanalo Beach

Uma das minhas preferidas de Oahu tem areias fininhas e douradas, mar azulão e ondas bem macias. 

Waimanalo Beach: uma das mais lindas de Oahu
Waimanalo Beach: uma das mais lindas de Oahu

O estacionamento é amplo e é fácil de estacionar. (Aqui abro um parêntesis para contar que muitos sem teto construíram barracas e moram por lá, em geral é gente do bem e que trabalha, mas que infelizmente não consegue custear os preços altos de um aluguel no Havaí. Uma pena)

Para quem não quiser estacionar por ali, há pequenas entradinhas no acostamento um pouquinho antes de chegar a praia e dá fácil para deixar o carro e curtir um pedacinho mais isolado da Waimanalo sem passar pelo “acampamento” improvisado dos sem teto.

Daqui você pode esticar o passeio para a Lanikai Beach e para o Kailua Beach Park, outras duas praias que merecem entrar no seu roteiro.

8- Lanikai Beach

Todos os seus amigos que conhecem Oahu vão te falar: “Você precisa conhecer Lanikai” e eu estou aqui para repetir: É imperdível!

Lanikai Beach em Oahu
Lanikai Beach em Oahu

A praia mais incrível de Oahu tem um mar azul turquesa, uma barreira linda e muito bem preservada de corais – aqui o mar é fundo, então é preciso saber nadar para conseguir aproveitar – e areia clarinha e gostosa de pisar. As ilhotas no horizonte (Mokulua Islands) deixam o visual ainda mais especial.

Gostei tanto de Lanikai que visitei a praia duas vezes durante nossa estadia no Havaí, o desafio: estacionar, há pouquíssimas vagas na rua, e volta e meia eles colocam placas de proibido para dificultar o estacionamento e reduzir o transito. Leia bem antes de deixar o carro em qualquer lugar ou você vai tomar uma multa.

A dica é chegar cedo, parar no estacionar da vizinha Kailua e caminhar para Lanikai, são 20 minutinhos de caminhada com direito a vistas lindas da baía de Kailua no visual.

Dica: combine seu dia na praia com a trilha Lanikai Pillbox, uma das experiências mais lindas da ilha.

9- Lanikai Pillbox

Se você tem um preparo físico legal e topa encarar uma boa subida, não deixe de incluir a Lanikai Pillbox (2,9 Km ida e volta) no seu roteiro de Oahu. O visual é lindo do começo ao fim e as vistas são espetaculares do começo ao fim.

Vista do alto da Lanikai Pillbox
Vista do alto da Lanikai Pillbox

O ponto de início da trilha fica bem próximo a praia, e atenção onde vai parar o carro, quase todas as “vagas” da região são proibidas de estacionar.

A subida é relativamente rápida e em ~30 minutos você chegará ao topo da segunda PIllbox (estações de defesa erguidas durante a segunda guerra mundial) que tem vistas espetaculares para a praia de Lanikai, Kailua Bay e Waimalo Bay. Vá com sapato fechado, a trilha é inclinada e um pouco escorregadia em alguns pontos.

Vista do alto da Lanikai Pillbox
Aqui do alto dá para ver a cidade de Kailua e um pedaço lindo da Costa de Oahu

Não recomendo a trilha para crianças já que não há grades de proteção.

10- Kailua Beach Park

Dunas fotogênicas, mar azulado e uma vegetação especial tornam Kailua uma praia incrível. Kailua tem uma vibe bem família, e águas tão gentis quanto a vizinha badalada Lanikai, com um diferencial importante: é bem mas fácil estacionar por aqui.

Kailua Beach Park em Oahu
Encontro de rio e mar no Kailua Beach Park

O visual fica ainda mais especial com o riozinho que desagua no mar, muita gente aproveita para remar stand up paddle nas águas do rio.

Caiaque em Kailua Beach

Alugue um caiaque no Kailua Beach Adventures e reme até as Mokulua Islands. Há uma prainha deserta muito especial na ilha. São 4 Km (8 Km ida e volta) até a ilha, e o trajeto leva entre 45 minutos e 2 horas dependendo do seu preparo físico e das condições do mar.

Quem viaja com crianças pode fazer uma versão mais tranquila e ir até a Flat Island.

Onde comer em Kailua

Atravesse a rua para curtir um dos nossos restaurantes preferidos de Oahu, o Buzz Steakhouse (413 Kawailoa Rd, Kailua | Reserve com antecedência). Os drinks são maravilhosos (a especialidade da casa é o Maui Thai) e as carnes e peixes são deliciosos. Comemos uma das nossas refeições preferidas de Oahu.

Para um suco caprichado ou açaí, a pedida é o Lanikai Juice (600 Kailua Rd.), o local que é frequentado pela família dos Obama que morou muitos anos em Kailua e tem várias opções caprichadas de sucos e vitaminas. Estava tão delicioso que repetimos e pedimos mais.

No mesmo shoppingzinho, o restaurante Indiano Hymalayan Kitchen (600 Kailua Rd. #129) é uma pedida gostosa e econômica para almoçar. Pedi um curry vegetariano divino.

11 – Pearl Harbor

O ataque japonês a baía de Pearl Harbor, uma importante base militar, marcou a entrada dos EUA na segunda guerra mundial. O memorial conta a história do ataque, reconstrói a memória daquele dia, e faz um tributo aos que morreram e aos que sobreviveram aos ataques.

Pearl Harbor uma visita histórica em Oahu
Gu explicando para o Caio o que aconteceu em Pearl Harbor

Não leve bolsa

Não leve bolsa. Você pode entrar com carteira, celular ou peças soltas como água ou protetor solar, mas não pode levar nenhuma bolsa ou sacolinha para carregar tudo. Há uma guarda volumes no local por $6 por pessoa.

Reserve seu ingresso com antecedência

Os ingressos para o USS Arizona precisam ser comprados com antecedência. Há duas opções:

  • Fazer a reserva pelo site de parques nacionais: É mais barato, mas esgota com bastante antecedência.
  • Fazer um tour privado: Um tour que inclui o USS Arizona + explicações de um ótimo guia + passeio guiado em Downtown Honolulu. Taí uma alternativa para quem não conseguir comprar o ingresso direto do site do governo.

O que visitar em Pearl Harbor

  • Pearl Harbor Visitor Center: A entrada é gratis e inclui dois museus interessantes com bastante história e artefatos de guerra. É só chegar e visitar
  • USS Arizona Memorial: O memorial mais importante de Pearl Harbor, uma visita intensa e cheia de emoções ao local que é considerado um cemitérios nacional. O ideal é reservar com antecedência.
  • USS Bowfin Submarine Museum and Park (apenas para maiores de 4 anos): Visitar um submarino é sempre interessante, especialmente se é a sua primeira vez. O ingresso é pago e pode ser comprado online ou no local.
  • USS Missouri: um navio de guerra cheio de histórias para contar. Adoramos a visita. O ingresso é pago e pode ser comprado online ou no local.
  • Pearl Harbor Aviation Museum: Museu da avião com vários exemplares interessantes em exibição. O ingresso é pago e pode ser comprado online ou no local.

Quem for fazer mais de uma visita pode comprar um ingresso conjunto.

Vai viajar com crianças?

Recomendo o USS Arizona e no máximo mais uma visita para não ficar tão cansativo. Escolhermos o navio de guerra USS Missouri e foi super interessante.

USS Arizona

O principal memorial de Pearl Harbour foi construído sobre o naufrágio do USS Arizona, o maior novo de guerra que estava tripulado e ancorado em Pearl Harbor na época. O acesso é feito em um barco conduzido pela marinha e durante o trajeto você passará por vários outros naufrágios sinalizados por placas.

Memorial USS Arizona em Pearl Harbor
Memorial USS Arizona em Pearl Harbor

O memorial é simples, moderno e muito tocante. Lá do alto é possível observar partes grandes do USS Arizona, que é considerada um cemitério nacional.

Compre seus ingressos com antecedência ou chegue bem cedo para tentar a sorte com os ingressos grátis do Walk In. Como os ingressos se esgotam com antecedência e nós não planejamos esse dia da viagem, arriscamos a sorte e nos demos bem. 

A brincadeira nos custou 1 hora de espera com duas crianças pequenas, mas como o dia estava feio e não dava praia e nem piscina, valeu a espera.

Falando em demora, fui despretenciosa achando que levaria 2 horinhas para visitar o memorial, e levei a manhã toda. Nossos filhos ficaram super interessados pelo passeio e curtiram muito a visita ao navio de guerra USS Missouri.

USS Missouri

Queríamos complementar nossa visita a Pearl Harbour com pelo menos mais um museu. Minha ideia inicial era visitar o submarino USS Bowfin que fica no complexo principal e algo bem impressionante de ver por dentro (nós adoramos visitar os submarinos do Museu Marítimo de San Diego e de Long Beach) mas o Caio ainda havia completado 4 anos e não podia entrar. Assim, optamos pelo navio de guerra, e foi bem legal.

USS Missouri em o que fazer em Oahu
Entrada do USS Missouri

A visita começa com um rápido trajeto de ônibus, e o interessante é que antes de adentrar na área militar ativa há um checkpoint e é proibido tirar fotos.

O navio tem uma entrada bonita com direito a uma pequena réplica da escultura Unconditional Surrender (uma verão bem menor que suas irmãs de San Diego ou Sarasota), e bandeiras americanas dos dois lados da via que conecta a entrada ao navio. Uma homenagem bem patriota aos veteranos da Segunda Guerra Mundial.

Ao ver meus pequenos uma das funcionárias do navio sugeriu um caça ao tesouro: procurar um pato e um cachorro escondidos dentro do USS Missouri. Os pequenos ficaram empolgadíssimos com a brincadeira e curtiram ainda mais a visita que envolve muitas escadas de marinheiro, quartos repletos de mapas (eles amam) e muito história.

Nós focamos o passeio na parte alta do navio. É impressionante ver o tamanho e ler sobre a potência dos canhões espalhados pelo convés. Outra parte importante da visita é o patio, recheado de marcas da guerra e pedacinhos de história interessantes, como do soldado kamizaki que atacou o navio com seu avião, e recebeu do capitão um enterro no mar, da mesma forma como ele faria com os próprios homens.

No subsolo do navio, juntos as cozinhas e ao refeitório (adoro esse pedaço), há uma exibição que fala mais sobre os kamizakis e na crença de que eles estavam a serviço de Deus. Até o final da segunda guerra mundial o imperador era visto como uma espécie de Deus no Japão.

A visita foi bem legal, encontramos o pato, o cachorro e o mais importante: as crianças curtiram a visita e aprenderam mais do que imaginamos.

12- Manoa Falls

O cenário é tão lindo que foi usado como locação para o filme Jurassic Park e para alguns episódios de Lost. A floresta havaiana tem uma vegetação muito verde com direito a folhas grandes vistosas, bambus e árvores altas.

Vegetação da trilha Manoa Falls em Oahu
Vegetação da trilha Manoa Falls | Foto: Adriane Raduenz

A trilha de 2,7 Km é uma das mais fáceis de Oahu, e a cachoeira no final rende um belo refresco!

13- North Shore

Esqueça o lado turistão e super urbanizado da ilha e conheça o pedacinho raiz de Oahu. Fiquei encantada com a experiência e adoraria me hospedar por lá em uma próxima visita

Você pode fazer um circuitão pelo North Shore combinando:

Laniakea Beach 

Uma praia linda onde as tartaruga verdes costumam vir tomar sol e descansar. Há mais chances de ver tartarugas na areia durante os meses de verão e durante as horas mais quentes do dia.

Ao ver as tartarugas na areia, não se aproxime muito ( o ideal é manter 5-10 m de espaço para não intimidar o animal).

Lembre-se, a praia é a casa delas e você é o visitante. Nenhuma foto incrível justifica perturbar um animal selvagem.

Hailewa

O North Shore tem duas cidades principais, nossa primeira parada é Hailewa, um vilarejo histórico bem ajeitadinho com vários foodtrucks gostosos.

Recomendo a North Shore Pizza (66-239 Kamehameha Hwy, Haleiwa), o japonês Hale’iwa No7 (tudo que comi estava ótimo: sushi, pokê e udon) e o foodtruck brasileiro Crispy Grindz que serve ótimos pasteis, coxinha, guaraná e açaí na tigela (não provamos o açaí).

Também tem o Giovanni’s Shrimp Truck, indicado por um amigo que mora no Havaí. As filas são gigantes e ele jura que é uma delícia. Nós passamos

Waimea Beach

Nossa próxima parada é a praia de Waimea, outra baita praia, que muda de uma piscina frequentada por golfinhos no verão, para uma praia brava no inverno. Pegamos um dia de ondas agitadas e não dava para entrar no mar com as crianças, mas nós adultos nos divertimos muito pegando jacaré e vimos um pôr do sol espetacular por lá. 

Pôr do sol em Waimea Beach
Pôr do sol em Waimea Beach

A Rafa Carvalho, uma amiga querida que mora por lá disse que pular do alto da pedra de Waimea e cair no mar é uma delícia, como as ondas estavam muito ferozes no dia que visitei resolvi deixar o salto para uma próxima viagem.

Waimea Bay Gardens & Luau

Oahu tem várias cachoeiras lindas, e queríamos incluir pelo menos uma delas no nosso roteiro. Escolhemos o Waimea Bay, um jardim botânico lindo que vem com uma cachoeira de bônus, e to falando que a cachoeira é bônus porque o jardim sozinho já seria incrível.

Waimea Bay Grandes em o que fazer em Oahu

Arbustos volumosos, árvores imensas muitas delas parcialmente cobertas de folhas robustas de costela de Adão, flores exóticas, muitos pássaros e alguns pavões soltos. Como não se apaixonar por um lugar assim?!

A caminhada rumo a cachoeira tem cerca de 1,6Km e eu parei umas 20 vezes para fotografar, e os meninos aproveitaram o trajeto para visitar réplicas de moradias nativo americanas que existem no local.

Há pegue pegue o shuttle $10 por pessoal para ir direto para a cachoeira, não recomendo. O melhor pedaço do parque é o bosque.

Cachoeira de Waimea

Uma delicia de mergulho em dias quentes, ela é bonita, nada de espetacular. Para mergulhar é preciso colocar os coletes salva-vidas disponíveis para empréstimo no local. O acesso é chazinho – o sapato de praia das crianças fez uma baita diferença – e a água é gelada, mas todo mundo gostou de mergulhar.

Luau Havaiano

O Waimea Bay é considerado por muitos como o luau mais autêntico de Oahu. Taí uma experiência divertida para uma primeira viagem ao Havaí.

Planeje sua visita:

  • Horário de funcionamento: Aberto de terça a domingo das 9:00 às 16:00
  • Ingresso: A entrada custa $20 por adulto e crianças a partir de 5 anos pagam $12. Confesso que torci o nariz de pagar por cachoeira sendo que há várias gratuitas na ilha mas que gostei muito do passeio.

Surf & Foodtruck

A cidade de Pupukea é mais espalhada, porém não menos divertida. Há caminhões com pranchas de surf para alugar, aulas, um point de snorkel (shark’s cove) e várias praias que vão se desdobrando.

Sunrise Foodtruck em North Shore
Sunrise Foodtruck em North Shor

Meu cantinho preferido é o parque de foodtrucks estilosos – um mais caprichado que o outro – que fica ao lado do supermercado Foodland. Comecei com um poke bowl maravilhoso do Aji Limo Truck e arrematei com um suco natureba incrível do The Sunrise Shack. O Gu e nossos amigos pediram pratos de camarões do North Shore Shimp Company.

A vibe é de praça de alimentação descolada, os preços são ótimos para os padrões de Oahu e a comida é muito boa.

Banzai Pipeline: Para ver ondas gigantes

O North Shore é conhecido pelas ondas gigantes que atraem (e formam) campeões mundiais de surf. A praia Banzai Pipeline é o point do surf e durante os dias de Swell Intenso (especialmente nos meses de inverno) atraem surfistas e gente como nós, que sabe bem pouco de surf mas que adora ver os campeões surfando e a vibe é uma delícia.

Perdemos a chance de assistir uma das etapas do Mundial de surf por um dia, e que pena, a Rafa Carvalho que tem marido e filhos surfistas não perde o espetáculo por nada.

Encerre o dia na Sunset Beach, um dos points de pôr do sol em Oahu.

14- Fazenda de abacaxis da Dole

Taí um passeio super turístico por uma das maiores plantações de abacaxi do mundo, a fazenda da Dole.

Há duas formas de passear pela fazenda:

  • Fazer um passeio auto-guiado pelos jardins (que são bem bonitos)
  • Dar um giro de trem pela fazenda passeando pelas plantações de abacaxi, e de outras plantas exóticas (que nós brasileiros já conhecemos bem: cacau, carambola, côco).
Plantação de abacaxis em Oahu
Plantação de abacaxis em Oahu

Na saída, a graça é passar na lojinha (caríssima) e comer abacaxi em pedaços, e sorvete de abacaxi. Não peça o suco, é de caixinha. O abacaxi estava super doce, mas custa $8, o que é caríssimo mesmo para o Havaí.

Nós compramos o combo de passeio de trem + jardins, mas lavamos quase 40 minutos para pegar o trem (numa fila chata pra caramba). O passeio é tão lento (ele poderia ter uns 10 minutos a menos) que até as crianças reclamaram do trem.

Nossa ideia era tomar um sorvete e sair para passear pelos canteiros, mas o sol estava tão brutal que não rolou. Demos nossos ingressos para uma família na fila e fugimos para a próxima parada.

Fazenda de abacaxi da Dole em Oahu

E vale a pena visitar a fazenda de abacaxis?

Achei o passeio caro, a lojinha caríssima, e achei a perda de uma manhã todinha em Oahu um péssimo uso do nosso tempo. Até foi legal ver a plantação de abacaxi e entender curiosidades sobre o processo, mas se pudesse voltar atras não teria feito. Não recomendo.

15- Downtown Honolulu

Não posso deixar de adicionar a divertida Downtown Honolulu na nossa lista do que fazer em Oahu. A região tem alguns pontos turísticos interessantes (e culturalmente relevantes), a animada Chinatown de Oahu e várias opções de bares e restaurantes bem avaliados.

Iolani Palace em Downtown Honolulu - Oahu
Iolani Palace: o antigo palácio real Havaiana | Foto: Pixabay

Algumas das paradas mais interessantes de Downtown Honolulu:

  • Iolani Palace: Uma herança do tempo em que o Havaí era uma monarquia, o palácio é de 1882 e narra um pedaço da história das ilhas da polinésia.
  • Estátua do Rei Kamehamehae: (King St & Mililani St): Uma homenagem a um dos reis mais importantes que já governou o Havaí
  • Hawaiian State Capitol: Bem diferente de outros estados.
  • Chinatown: Se voêc mora nos EUA e sente falta de frutas como maracujá, goiaba e fruta do conde. Taí uma parada que vale a pena. Nos mercadinhos de Chinatown você vai achar todas elas.
  • Aloha Tower: A arquitetura da torre é bonitona e a subida é gratuita. Se sobrar tempo no seu roteiro, vale incluir.
  • Punchbowl Cemetery: Um cemitério militar com jeitão de parque que fica dentro da cratera de um vulcão – coisas do Havaí. Aqui estão enterrados muitos militares que morreram nos ataques de Pearl Harbor.

16- Ko Olina Lagoons

As lagoas de Ko Olina são uma baía de 4 praias construídas pelo homem, protegidas das ondas fortes e perfeitas para nadar em uma das áreas mais secas e ensolaradas de Oahu. O que significa chances maiores de sol quando outros pontos da ilha estiverem cobertos de nuvens.

Ko Olina Lagoon em o que fazer em Oahu
Ko Olina Lagoon | Foto: Pixabay

Há excelentes hotéis em frente as praias do Lagoon como o Four Seasons Ko Olina, e o Marriot Ko Olina Beach Club, mas mesmo quem não se hospeda por lá pode estacionar em um dos estacionamentos públicos e acessar a baía.

17 – Kuaola Ranch

O Kuoala Ranch serviu de set de filmagem para vários filmes e séries como Lost, Jurassic Park, Godzilla e Como se fosse a primeira vez. Há algumas opções de tours disponíveis e o mais tradicional é feito em um veículo de safari, leva cerca de 90 minutos e custa $50 por adulto e $36 por criança.

Kuola Ranch: cenário de vários filmes de Hollywood
Kuola Ranch: cenário de vários filmes de Hollywood | Foto: Pixabay

Vários leitores queridos amaram a experiência, eu confesso que achei caro para ir com meus filhos tão pequenos e deixei para uma próxima visita.

Onde ficar em Oahu

Chegou a hora de detalhar onde ficar em Oahu no Havaí. Aí vão algumas dicas de hotéis em Honolulu, assim como hospedagens em North Shore e Kailua.

Waikiki

Waikiki é o miolinho mais turístico de Honolulu e onde ficam alguns dos principais resorts de Oahu. Waikiki tem uma praia lindíssima, vistas espetaculares da montanha Diamond Head e muitas opções de lojas e restaurantes. Como há vários hotéis excelentes por lá, há quem passe uma semana sem sair da região. Nem pense em fazer isso, hein?!

Em Waikiki boas pedidas de hotel são o Sheraton Waikiki, onde ficamos, que fica de frente para o mar e tem duas piscinas incríveis. Nossos filhos ficaram encantados com o toboágua e volta e meia perguntam: quando é que vamos voltar para o Havaí. A área adulta também é bem legal e tem uma piscina de borda infinita.

Piscina do Sheraton Waikiki - Oahu
Piscina do Sheraton Waikiki – Oahu
Quarto do Sheraton Waikiki em Oahu
Quarto do Sheraton Waikiki | escolhemos um quarto com duas camas queen size

Também adorei a vibe e as instalações do Halekulani. Há quartos lindos com vista para o mar e para o Diamond Head.

Também tem o The Royal Hawaiian, um charmoso hotel rosado com jardins lindos, e ambiente histórico. E o Moana Surfrider são pedidas bem tradicionais em Honolulu.

E pra fechar, vale conferir o Hilton Waikiki, que apesar de não ter as melhores avaliações do mundo tem uma área de lazer sensacional. Uma amiga se hospedou por lá e adorou a experiência, ela eu filho criança e o filho adolescente aproveitaram muito o hotel. Atenção: durante os meses de férias e feriados, hágrandes as chances do hotel estar lotado.

Complexo de piscinas do Hilton Wikiki
Complexo de piscinas do Hilton Wikiki

Tá procurando um hostel?

Dê uma olhadinha no Polynesian Beach Club que tem quartos individuais para quem busca privacidade e quartos coletivos para quem quer economizar.

Ko Olina

Do lado leste da ilha há uma região chamada Ko Olina, são 4 praias lindas – uma coladinha na outra – e alguns excelentes hotéis por lá como o Four Seasons Ko Olina, e o Marriot Ko Olina Beach uma boa pedida para quem quer algo mais exclusivo do que Waikiki.

Kailua

Curte uma pegada um pouquinho mais local?

Minha recomendação é Kailua – foi ali que Obama cresceu – a praia vizinha de Lanikai (a mais famosinha de Oahu). Há poucas opções de hotéis e pousadas na região mas algumas casas legais para alugar. Por lá está o Paradise Palms Bed & Breakfast

Minha recomendação é Kailua – foi ali que Obama cresceu – a praia vizinha de Lanikai (a mais famosinha de Oahu). Há poucas opções de hotéis e pousadas na região mas há algumas casas legais para alugar.

Vale dar uma olhada no Paradise Palms Bed & Breakfast uma pousada simpática, bem avaliada e com um excelente custo x benefício.

Prefere alugar casa? Há muitas opções legais por lá, separei veja essa e essa.

North Shore

Curte surf ou quer explorar Oahu de um jeito mais local? 

Opte pelo North Shore (norte da ilha) uma região linda e super pacata com muita natureza, praias boas e muitas ondas para a galera do surf.

A opção mais caprichada da região é o Turtle Bay Resort, que tem quartos com vista para o mar. Também tem o sempre infalível Courtyard by Marriott.

Quer uma pedida econômica? Vale olhar o Kalani (em frente a Pipeline e excelente para quem surfa).

Seguro Viagem para o Havaí

O Seguro de viagem não é obrigatório para viajar ao Havaí, mas é essencial para uma viagem tranquila e sem perrengues. Um seguro viagem te previne contra voos cancelados, malas perdidas e emergências médicas ou dentárias.

Uso e recomendo a Seguros Promo, um site que faz uma comparação dos melhores seguros do mercado para te ajudar a escolher o melhor custo x benefício para a sua viagem.

(use o código IDEIASNAMALA5 para ganhar até 10% de desconto)

E aí, curtiu nossas dicas de Oahu?

Deixe aqui seu comentário!

mari vidigal
mari vidigal
Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

Viaje Melhor

Links para você reservar hotéis, comprar seguro viagem com desconto, conferir atrações e passeios incríveis e alugar carro em qualquer lugar do mundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.