O melhor Sarasota na Flórida: dicas de praias, passeios, restaurantes e mais

O que fazer em Sarasota na Flórida

Descubra o que fazer em Sarasota na Flórida, um destino com praias badaladas, estrutura hoteleira de primeira e atrações divertidas para toda a família. Neste post dividirei com você o melhor de Sarasota: principais pontos turísticos, dicas onde ficar, onde comer bem e como incluir Sarasota no roteiro da Flórida.

Pronto para conhecer uma das regiões mais incríveis da Flórida?

O que fazer em Sarasota na Flórida

Fácil de chegar e ainda mais fácil de se apaixonar, Sarasota na costa oeste da Flórida vai te surpreender com algumas das melhores praias da Flórida, dezenas de atividades gostosas para curtir em família, restaurantes deliciosos e vários cantinhos legais para fazer compras.

Curtindo o mar azul de Lido Beach
Caio curtindo o mar de Lido Beach, uma das praias mais deliciosas de Sarasota

Conhecida pelas águas azuis de Siesta Key – eleita várias vezes como a melhor praia dos EUA – e pela vibe gostosa das lojinhas de St. Armand ‘s Key, Sarasota é um destino delicioso para quebrar a rotina dos parques de Orlando ou para encaixar em um roteiro pelas costa oeste da Flórida (as praias lindas do Golfo do México) como nós fizemos.

Antes de dar as minhas dicas do que fazer em Sarasota quero explicar que Sarasota é uma cidade e também um condado (uma região composta por várias cidades) e a parte mais legal é que várias dessas cidades são formadas por pequenas ilhas – os keys – conectados por pontilhões extensos. É uma lindeza cruzar as pontes e ver o mar azulão lá embaixo. Sabe aquela visão que não cansa nunca?

Aqui no mapa dá para ver bem os keys que compõem Sarasota. Siesta Key, Lido Key e Longboat Key são alguns dos mais conhecidos

 

Pequeno parque em Bird Key em Sarasota
Do pequeno parque em Bird Key é possível ter uma boa ideia da dinâmica entre ilhas e pontes: é muito lindo

Alugar um carro é essencial para desbravar Sarasota com o carinho que a região merece, e também vale compor um roteiro bem pensado para evitar idas e vindas desnecessárias.

Para te ajudar a planejar seu roteiro em Sarasota, aí vai uma lista caprichada com 12 dicas do que fazer por lá.

  1. Praias de Sarasota
  2. St. Armand’s Key
  3. Mary Selby Botanical Gardens
  4. Marina de Sarasota e o Unconditional Surrender
  5. Passeio de barco
  6. Downtown Sarasota
  7. Inflata Jumping Park
  8. Longboat Key
  9. Warm Springs
  10. John & Mable Ringling Museum
  11. Mote Marine Laboratory & Aquarium
  12. Anna Maria Island – A vizinha descolada

Além dessas dicas você também encontrará algumas dicas práticas para planejar sua viagem

1- Praias de Sarasota

Não dá para falar de Sarasota sem falar das praias lindas da região com areia branca finíssima e um mar azul claro bem transparente. Estacionamento amplo, estrutura completa (muitas praias tem até parquinho para a criançada) e para quem aprecia uma cervejinha na praia uma boa novidade: é permitido beber bebidas alcoólicas em boa parte das praias de Sarasota com um detalhe: garrafas de vidro não são permitidas.

Aí vai uma lista caprichada com algumas das nossas praias preferidas no condado.

Lido Key

Nossa praia preferida da região entrega uma experiência linda: areias branquinhas, mar calmo com temperatura gostosa, e na maré baixa, conchinhas e caramujos.

Lido Beach vista do alto
Lido Beach vista do alto

Quem se hospeda na região – nós ficamos no Holiday Inn Lido Beach e adoramos – tem o privilégio de atravessar a rua e ficar com os pés na areia. Vá de manhã cedinho para chamar a praia de sua e emende com um almoço caprichado na vizinha St. Armand’s Key.

Tom e Caio brincando nas águas claras da Lido Beach
Tom e Caio brincando nas águas claras da Lido Beach

Ainda na região tenho duas dicas bem legais, o Lido Beach Pavillion uma área de lazer pública com piscina aberta para visitantes (a entrada custa $4 por pessoa) e em frente ao mar. Ótima pedida para quem curte dar umas braçadas de verdade, ou fechar o dia de praia com um banho de água doce. Em frente a praia é possível alugar espreguiçadeiras e guarda-sol por $25 por dia.

Para quem quer uma praia com pegada mais selvagem, minha dica é seguir até a pontinha da ilha para curtir o South Lido Key Beach Park, como há um parque nas costas da praia, a aparência de selva dá um clima especial a região que já é linda. Muita gente aproveita essa pontinha da baía para remar caiaque ou Stand Up Paddle.

Dica para quem viaja com crianças: no parque há um pequeno parquinho para os pequenos, sucesso garantido!

Siesta Key

Consagrada como uma das melhores praias do mundo, Siesta Key se gaba de suas areias bem brancas e compostas por 100% de quartzo, o que significa que mesmo nos momentos mais quentes do dia a areia nunca fica quente. As águas são calmas e perfeitas para nadar, e o público é bem eclético: jovens curtindo jogos de verão e a mordomia de poder beber na praia, famílias com crianças e casais.

Siesta Key a praia mais badalada de Sarasota
Siesta Key a praia mais badalada de Sarasota

A estrutura é de primeira com direito a um estacionamento gigantesco (mas chegue cedo porque ele lota, viu?!), parquinho para a criançada e vestiários.

Estrutura de parquinho em Siesta Key Beach
Parquinho caprichado em Siesta Key

Recém chegada de Anna Maria Island, confesso que achei a praia muvucada demais para meu gosto e detestei a “guerra das caixas de som individuais” tocando sons diferentes. Aos finais de semana, Siesta Key definitivamente não é para mim, em uma próxima visita voltarei durante a semana e prometo atualizar o post com minhas opiniões. Combinado?

Crescent Beach: Mesma praia porém mais vazia

Aqui abro um parêntesis para contar que amigos queridos que moram na região me explicaram que saindo da área do burburinho e da proximidade dos estacionamentos a praia fica bem mais agradável e que sua fama é merecida. Caminhando para o sul a praia muda de nome e passa a se chamar Crescent Beach, esse pedaço é mais tranquilo e tem uma área linda para snorkeling chamada Point of Rocks.

Turtle Beach

Turtle Beach fica na parte sul de Siesta Key e é uma pedida linda para quem quer curtir uma praia bem parecida com a Siesta Beach só que bem mais vazia. Aqui as águas são rasas, lindas e tranquilas.

A praia tem esse nome graças às tartarugas que todos os anos – a temporada é de maio a outubro – botam seus ovos nas areias da praia, se você tem criança vale fechar os buracos cavados no final do dia para não colocar os filhotes em perigo. Com sorte você terá o privilégio de ver tartaruguinhas chegando pela primeira vez no mar: acompanhe o espetáculo de longe e deixe as tartarugas fazerem a caminhada no ritmo delas.

Nokomis Beach

A Nokomis Beach tem um visual gritante com mar bem azul e uma quantidade surreal de conchinhas espalhadas pela areia, são muitas e o mais legal é que basta cavar um buraco na areia para encontrar ainda mais conchas. Meus filhos ficaram fascinados.

Praia de Nokomis Beach na Flórida
Nokomis Beach: Eu amei a vibe e a praia

O que eu curti:

O jeitão local da praia que não fica tão cheia quanto Lido ou Siesta Beach e é muito fotogênica. Visitei a praia no finalzinho da tarde e curti tanto a vibe que não queria ir embora.

Conchas infinitas na areia da Nokomis Beach
Conchas infinitas na areia da Nokomis Beach

Bateria na praia:

Todas as quartas e sábados um grupo de bateria amador se reúne na praia para ensaiar e batucar. A vibe é uma delícia.

Parquinho para os pequenos:

Para as crianças: Basta atravessar a rua da praia para dar de cara com um parquinho bem local. Meus filhos se esbaldaram!

Venice Municipal Beach

Venice é uma das cidades do condado de Sarasota e casa de 4 praias interessantes: Nokomis (já falamos dela), Venice Municipal Beach (a bola da vez), South Brownhard (Dog Friendly) e Caspersen Beach (famosa pelos dentes de tubarão pré-históricos, falarei dela na sequência). A cidade foi batizada em homenagem a Veneza, pois seus inúmeros riachos e igarapés em 1888 se assemelhavam muito a cidade italiana.

Venice Municipal Beach em Sarasota
Venice Municipal Beach em Sarasota

Venice Municipal Beach, a principal praia da cidade, tem um acesso muito lindo por plataforma de madeira, uma lanchonete e uma vibe delícia.

Venice também é uma pedida certeira para mergulhadores. Em dias de mar calmo, a barreira de corais que fica há 400 metros da costa é ponto de encontro de mergulhadores de cilindro.

Embora as areias não sejam tão claras como Lido ou Siesta Key, a praia é muito gostosa para crianças, tranquila para nadar, procurar conchinhas e com sorte encontrar um dente de tubarão pré-historico. E fique de olho na água, golfinhos são muito comuns na região.

Conchinhas que pegamos em Venice Beach , FL
Conchinhas que pegamos em Venice Beach na Flórida

Caspersen Beach

Graças a Caspersen Beach, Venice na Flórida ganhou o título de “Capitão mundial do dente de tubarão“, mas não se preocupe, os dentes em questão tem mais de dez milhões de anos (sério!) e são de uma época em que águas cobriam o estado da Flórida e tubarões pré-históricos nadavam a solta na região!

Há uma camada de fósseis de tubarão submersos na região de Venice que fica a cerca de 10 metros de profundidade, e como muitos deles eventualmente vão parar na praia, a graça é visitar o local e buscar seu próprio dente de tubarão.

Com ajuda de uma peneira de areia gigante (você pode comprar a sua na lanchonete da Venice Beach por $20) você entra na água e começa a peneirar a areia. Nós conseguimos uma peneira emprestada na praia e nos divertimos muito, mas não achamos dentes de tubarão, 😛

Procurando dente de tubarão na Flórida
Peneira gigante para achar dentes de tubarão pré-histórico

Veja todos os destaques dessa viagem e muitas dicas incríveis no nosso Instagram


2 -St. Armand’s Key

St. Armand ‘s é uma ilhota pequenina e super charmosa coladinha em Lido Key, conhecida por seu centro comercial requintado e ruas circulares com jeitão europeu, uma graça de lugar.

St. Armands Key em Sarasota
St. Armands Key

A região tem bons restaurantes como o Crab & Fin (nosso preferido de Sarasota, reserve com antecedência), o grego Blu Kouzina, a sorveteria Big Olaf (os sorvetes são produzidos na comunidade Amish de Pinecraft), e o Green Zebra Café (Gu tomou café espresso todos os dias por lá; a casa também tem bows de açaí e comida veggie), lojinhas de souvenir e galerias de arte.

Quem se hospeda em Lido Key como nós tem o privilégio de caminhar cinco minutinhos e chegar no burburinho ou contar com a mordomia de um shuttle gratuito para que leva e traz os hóspedes dos hotéis da região.

Vale a pena incluir um final de tarde + jantar em St. Armand ‘s Key, você vai adorar.

3-Marie Selby Botanical Gardens

Jardins maravilhosos, fauna e flora local abundantes, atrações incríveis para crianças e vistas lindas da baía de Sarasota, sim vou recomendar FORTEMENTE que você dedique uma das suas tardes em Sarasota para visitar um jardim botânico, e digo mais, você vai AMAR!

árvore gigante no Mary Selby Botanical Gardens
Antonio sentado nas raízes gigantes: o parque é um espetáculo

A experiência começa com um entrada impactante recheada de carvalhos vistosos seguida de uma sequência caprichada de jardins muito bem montados e muito bem cuidados.

Destaque para o jardim de samambaias, o lago de carpas e sua ponte fotogênica, o jardim de plantas nativas (vimos muitas aves lindas por lá, e esse pedacinho do parque ainda tem vistas lindas da baía de sarasota de quebra), o jardim de banyans (como AMO essas árvores) e uma área fabulosa para crianças com fontes, passarelas suspensas e balanços.

Children's garden no Mary Selby Botanical Gardens
A ala das crianças tem casas na árvore e passarelas suspensas, um show

Quando visitamos o parque estava rolando uma exibição bem legal com instalações bem coloridas inspiradas no artista Roy Lichtenstein em em Monet e algumas telas originais em exposição. Foi bem adição bem legal ao jardim que já é incrível!

Casa de monet no Marie Selby Botanical Gardens
Réplica da casa de Monet decorada no estilo Pop

Quem viaja com crianças vai passar umas 2-3 horas brincando no jardim, a área infantil é muito completa e super bem montada, os pequenos ficaram encantados e eu aproveitei para tirar várias fotos legais.

E para fechar o Marie Selby Botanical Gardens tem um café delicioso com várias opções de comidinhas saudáveis. Dá fácil para combinar um almoço com passeio no parque.

4- marina jack’s: aluguel de barcos, Unconditional Surrender e bayfront park

A Marina de Sarasota, ponto de saída dos passeios de barco pela região é um ponto legal para quem quer alugar o próprio barco e explorar a baía de Sarasota. A região é linda e com um barco as possibilidades são infinitas.

A Marina Jack ‘s também é conhecida pela escultura Unconditional Surrender, de Seward Johnson, a reprodução computadorizada gigantesca da fotografia que imortalizou o momento em que o Japão se rendeu e encerrou a Segunda Guerra mundial. Há várias réplicas dela espalhadas pelo mundo.

escultura Unconditional Surrender em Sarasota
Unconditional Surrender na Marina de Sarasota

A escultura é um tiquinho polêmica e têm gerado repercussões com o movimento #Metoo já algumas versões indicam que o beijo roubado pelo soldado não foi consensual. Confesso que meu lado romântico que sempre imaginou um beijo saudoso pós guerra ficou um tiquinho decepcionado com a história.

De volta a Marina Jack’s, outra parada bem gostosa é o o Bay Front Park, um parque com vistas bem bonitas da baía e um bar bem legal para curtir o final de tarde o O’leary’s Tiki Bar (5 Bayfront Dr, Sarasota).

Para comer:

Nós almoçamos (e aprovamos) o restaurante da Marina Jack ‘s, há duas possibilidades: uma área mais casual que funciona como um bar, e um restaurante mais arrumadinho. Ambos tem vistas legais, nós escolhemos o restaurante arrumadinho, gostamos da experiência e principalmente do peie garupa com crosta de macâdamia.

5- Passeio de barco pela baía de sarasota

Se ver Sarasota do alto dos pontilhões já é um espetáculo, imagine só que delícia passear de barco e conhecer tudo sob ponto de vista do mar.

Barcos na Marina de Sarasota
Barcos na Marina de Sarasota

Há algumas empresas que oferecem cruzeiros pela região, o pessoal do Visit Sarasota recomendou a LeBarge Tropical Cruises, que tem algumas opções de passeios com 2h de duração e custam a partir de $29.

Quer algo bem mais exclusivo?

Minha amiga Brianna alugou um catamarã (com capitão e tudo) com o pessoal da Kathleen D Catamarans e fez um passeio sensacional com um grupo de amigas, há diferentes passeios disponíveis e os preços variam conforme o dia, proposta e duração do passeio.

6-Downtown Sarasota

O centro de Sarasota é uma delícia para passear, comer, fazer compras e uma pedida bem gostosa para encerrar um dia de praia.

Patrick's 1481 in Downtown Sarasota
Restaurante Patrick’s 1481 in Downtown Sarasota

Para comer

Nós recomendamos alguns restaurantes por lá, o Patrick’s 1481(1481 Main St, Sarasota) que tenta ser uma versão descolada de sports bar e tem um menu bem americano gostoso e o incrível Tsunami Sushi & Hibachi (100 Central Ave Ste 1022 – reserve com antecedência) os sushis são tão lindos e deliciosos que parecem obras de arte, reserve com antecedência e o charmosoThe Rosemery (411 N Orange Av) uma pedida linda para tomar um brunch caprichado.

Para quem curte fazer piquenique caprichado, há um supermercado Whole Foods bem na região, uma pedida ótima para comprar frutas, queijos e lencinhos saudáveis para os pequenos.

Mercadinho de produtores

Todo sábado das 7 às 13h rola o mercadinho de produtores de Sarasota na Lemon Avenue, a feira é super animada, os produtos são frescos, e o passeio é bem gostoso de combinar com a Marina Jack ‘s.

Dica de lojinha fofa

Há várias lojinhas fofas na região, gostei muito da Mercantile home and apparel (1463 Main St) uma loja com uma seleção linda de roupas, bijus e acessórios para casa.

Para passear

Quer conhecer Sarasota e de quebra aprender sobre a história da cidade? A pedida são os passeios de trolley, eles duram 90 minutos e dão uma geral legal nos principais pontos turísticos da cidade com direito a um tiquinho de história e curiosidades interessantes.

7- Inflata Jumping Park

Realizei todos os meus sonhos de criança no Inflata Jumping Park é um parque de diversões todinho feito de pula-pula. Tem escorregadores gigantes, ponte do rio que cai, corrida de obstáculos, parede de escalada, tudo inflável.

Escorregador no Inflata Jumping Park
Caio escorregando no Inflata Jumping Park

A graça é subir paredões gigantes, desafiar a gravidade, escorregar em escorregadores molengas, saltar obstáculos e o mais legal: sempre que você cair, o “chão” será molinho e pulante.

Há seções dedicadas a crianças pequenas (e os pais podem e devem pular junto) e sessões para crianças maiores e adultos. Visitei o parque com meus filhos de 3 e 5 anos e passamos duas horas pulando e nos divertindo muito. Na real, não sei quem se divertiu mais: eu ou as crianças, foi bem legal.

8- Warm Springs

Você sabia que há mais de 1000 piscinas naturais na Flórida?

Os springs da Flórida são fontes de água cristalina e estão espalhados por todo o estado, só que quase todos os springs da Flórida tem águas frias (a temperatura de 23 graus celsius é constante o ano todo) a única exceção é a Warm Mineral Springs que fica na região de Sarasota, e é claro que fui visitar!

Warm Springs, piscina natural de águas mornas na Flórida
Warm Springs: a única piscina natural de águas mornas na Flórida

Com formato de gota e um centro bem profundo, essa piscina natural tem águas bem morninhas e está rodeada por um gramadão. Como a piscina tem diferentes profundidades, há separações por idade: crianças pequenas ficam em um cantinho muito gostoso.

O chão da piscina é lamacento e o cheiro é de enxofre, mas haviam muitos peixinhos nadando com a gente. A parte boa: as águas dessa spring são ricas em magnésio e sulfato, muitos locais acreditam que as águas tem propriedades de cura especialmente fortes para inflamações, dores no ciático e artrite.

Eu curti a experiência e achei super diferente, mas confesso que não valeu a pena dedicar meio dia da viagem as springs, passei longe de me apaixonar.

Uma curiosidade interessante: boa parte dos visitantes da spring são russos! Tanto que até as placas estão escritas em inglês, espanhol e russo. Ouvi muito russo por lá!

9- John & Mable Ringling Museum

O The Ringling é um museu gigantesco e fabuloso que abriga desde arte européia antiga com direito a obras de arte de Rubens, Tiziano e Velazqueze, arte asiática a exibições contemporâneas temporárias. O museu é um legado de John and Mable Ringling que se mudaram para Sarasota e queriam que a cidade se tornasse grandiosa, e para isso, nada como um bom museu.

The Ringling Museum em Sarasota
The Ringling Museum em Sarasota | Imagem: Unsplash.com by Tessa Wilson

O museu foi inaugurado em 1929 e doado para o estado da Flórida após a morte do casal. Desde 2000 ele é administrado pela Universidade da Flórida.

São 21 edifícios (e já aviso, a arquitetura é um espetáculo) incluindo a imponente Ca’ d’ Zan (você receberá um ingresso com horário marcado para essa parte da visita, a entrada que inclui essa visita custa $10 a mais) que era a residência do casal , jardins lindos com vistas para a baía e o museu do circo.

Para os pequenos há ainda um parquinho bonitinho com torre de subir e brinquedos de molhar (leve roupa extra).

Vá com tempo, dá fácil passar o dia todo lá dentro.

Planeje sua visita:

  • Horário de funcionamento: Todos os dias das 10:00 às 17:00
  • Consulte valor atualizado dos ingressos aqui

10- Mote Marine Laboratory & Aquarium

O Mote (aberto todos os dias das 9:00 às 17:30) é um laboratório marinho sem fins lucrativos com intuito de salvar e preservar a vida nos oceanos. Se no primeiro momento parece apenas mais um aquário, a visita entrega uma parte didática super interessante e para mim o mais válido: há um trabalho sério sendo desenvolvido nos mares da Flórida pela equipe do museu.

Peixe leão no Mote Marine
Peixe leão no Mote Marine

O aquário é pequeno e está longe de ser meu preferido nos Estados Unidos, mas adorei aprender de verdade sobre os animais – especialmente os tubarões – e meus filhos ficaram encantados com a visita. Com criança é sempre um sucesso, né?!

Na área das tartarugas foi bem legal visitar gigantes resgatados e que não podem ser reintroduzidos a natureza.

11- Longboat Key

Longboat Key é uma ilha super exclusiva com mais de 19 km ininterruptos de praia, alguns dos melhores resorts da região e dois restaurantes fabulosos.

Há algumas entradas públicas para a praia que é linda, mas já aviso, não é nada fácil estacionar. Mas vale ir cedo e tentar, é uma delícia.

Também recomendo e muito um jantar caprichado em um dos restaurantes da ilha, Mar Vista e o Shore, ambos ultra deliciosos.

Nós escolhemos e ficamos apaixonados pela vibe e pela comida do Mar Vista, um restaurante pé na areia (um desses lugares que consegue a proeza de ser romântico e kids friendly) e naturalmente decorado por uma árvore encantadora.

Mar a Vista em Longboat Key
Vibe do restaurante Mar a Vista em Longboat Key

Comemos um poke de atum, um ravioli de camarões e torta de limão de sobremesa. Tudo estava divino.

12- Anna Maria Island – A vizinha descolada

Anna Maria Island é uma das minhas ilhas preferidas da Flórida, mas como há muito o que fazer em Sarasota, só recomendo o passeio para que, vai com tempo e tem mais de três dias na região. E é para ir sem pressa e passar o dia todo por lá, viu?!

Bradenton Beach em Anna Maria Island
Bradenton Beach em Anna Maria: Que cores!

Anna Maria tem um mar azul esverdeado, várias opções de restaurantes gostosos e uma vibe que é pura poesia. Na real, acho que a cidade merece 2-3 dias do seu roteiro pela Flórida, mas 1 dia já dá para começar.

Coquina Beach, Bradenton Beach ou Manatee Beach (essa tem música ao vivo no pôr do sol) são três ótimas pedidas para curtir um dia lindo de praia.

Evite os finais de semana, o trânsito para chegar na ilha não vale o bate e volta!

Onde ficar em Sarasota na Flórida

Lido Beach (minha recomendação), Longboat Key (para quem pode cacifar um mega hotel), Siesta Key ou o centro de Sarasota são boas pedidas para explorar o melhor de Sarasota. A vantagem de ficar hospedado em Lido, Siesta ou Longboat Key é poder caminhar para praia, o que eu valorizo MUITO numa viagem dele tipo.

Nós ficamos hospedados no Holiday Inn de Lido Beach, um hotel bem família que fica em frente a praia, conta com uma piscina gostosa e tem vistas imbatíveis da região. O custo x benefício é espetacular e eu recomendo muito.

Quarto do Holiday Inn em Sarasota
Nosso quarto no Quarto do Holiday Inn em Sarasota
Piscina do Holiday Inn em Sarasota
Piscina do Holiday Inn em Sarasota: a localização do hotel é perfeita

hotéis caprichados

  • Resort at Longboat Key: Resort caprichado em uma praia linda, os quartos são gigantes e o complexo de piscinas bem gostoso.
  • Ritz-Carlton Sarasota: Quartos maravilhosos (alguns tem uma banheira perfeita com vistas para o oceano), piscina caprichada e shuttles gratuitos para a praia e para a região de St. Armand ‘s.
  • Hyatt Residence Club: Ótima pedida a beira mar na badalada Siesta Key, para ficar nos pés da praia mais cobiçada da região.

Hotéis com bom custo x benefício

Hotéis econômicos

Onde comer bem

Aí vão dicas de restaurantes em Sarasota testadas e aprovadas por nós:

St. Armand’s Key

  • Crab & Fin (420 St Armands Cir – reserve com antecedência): meu restaurante preferido em Sarasota tem um pão fresquinho de entrada, menu delicioso de peixes e uma torta de limão para ficar na memória
  • Blu Kouzina (25 N Boulevard of the Presidents): Um restaurante grego autêntico e muito gostoso. Amamos as entradinhas com humus, coalhada e queijo flambado, também comi a moussaka e estava deliciosa.
  • The Columbia (411 St Armands Cir): Uma tradição na região. Esse restaurante familiar existe desde 1905 e tem uma salada bem premiada chamada 1905 (minha amiga Brianna adora essa salada) e paellas caprichadas.
  • Green Zebra Café(470 John Ringling Blvd): Sandubas naturais, tigelas de açaí, e café espresso do bom
  • Blue Dolphin Café: (476 John Ringling Blvd): Uma pedida bem tradicional para um café da manhã típico americano, a frequência do café mistura turistas e locais, e o melhor, os preços são bem amigáveis.
Peixe no Crab and Fin em Sarasota
Peixe no Crab &Fin em Sarasota

Siesta Key

  • Flavio’s on Siesta (5239 Ocean Blvd): Essa é uma dica da minha amiga Brianna que visitou o restaurante com um grupão de 12 amigas e todas saíram bem impressionadas. A casa é famosa pelas pizzas autênticas italianas feitas no forno a lenha, mas as massas também são ótimas. O pappardelle al Brasato (servido com costela) é uma pedida certeira.

Downtown Sarasota:

  • Tsunami Sushi & Hibachi (100 Central Ave Ste 1022 – reserve com antecedência): Restaurante japonês maravilhoso, os peixes são super frescos e a apresentação dos pratos é linda
  • Patrick’s 1481(1481 Main St, Sarasota): Uma versão arrumadinha do tradicional sports bar americano. O menu é típico americano, e estava tudo gostoso. Comi um wrap de salada caesar e recomendo a pedida.
  • The Rosemery (411 N Orange Ave): Pedida certeira para um branch caprichado, os ovos beneditinos são lindos e deliciosos.
  • The Marina Jack’s Dining Room (2 Marina Plaza, Sarasota): O restaurante tem dois andares, um pátio despojado de frente para o mar e um segundo andar mais engomadinho. Pedi um peixe garupa empanado com macadâmia e servido com risoto que estava muito gostoso.
Salada do Patrick's 1481 em Sarasota
Salada do Patrick’s 1481 em Sarasota

Venice Beach, Flórida:

  • Crow ‘s Nest (1968 Tarpon Center Dr, Venice – Reserve): Sente no segundo andar para comer com vistas vistas lindas da baía de Venice e com sorte avistar golfinhos pulando. A região é super bonita, nós pedimos peixe grelhado e hambúrguer para as crianças e gostamos, mas o melhor é a vista. Para deixar o passeio mais completo você pode alugar barcos, caiaques ou Stand Up Paddles na Marina do restaurante. Há um banco onde areia ali pertinho que rende uma prainha delícia.

Como chegar em Sarasota

Sarasota fica na costa oeste da Flórida entre a baía de Tampa e Naples e é um destino conveniente tanto para quem vem de Orlando como de Miami.

De avião:

Para quem faz um voo interno, o aeroporto de Sarasota- Bradenton é ótimo e fica dentro da cidade, até Lido Beach, por exemplo, são apenas 18 minutos.

Nós voamos San Francisco – Atlanta – Sarasota e foi super tranquilo. O desembarque foi bem rápido, pegamos uma fila mínima para alugar carro – sim recomendo que você alugue carro para explorar a região e dirigir entre as praias de Sarasota.

De carro

Para quem faz o trajeto de carro, são 3h30 do aeroporto de Miami (370 Km) ou 2h20 de Orlando (210 Km).

Quando ir

Sarasota é um destino bem gostoso o ano todo com algumas particularidades: o período entre dezembro e março (inverno) é a alta temporada e a cidade fica recheada de snowbirds (habitantes dos estados mais frios em busca de um verão quentinho), o inverno é a época mais cheia da cidade.

Bird Key em Sarasota
Palmeiras na Bird Key em Sarasota

De Abril a maio, e entre setembro e novembro é a meia estação, uma época com clima agradável, menos gente e consequentemente, melhores tarifas. Se puder escolher aposte em abril e maio, você pegará temperaturas agradáveis, menores chances de chuvas e estará longe da temporada de tufões.

Junho, julho e Agosto são os meses de verão na Flórida e são meses bem quentes (e acredite, não tão lotados quanto o inverno). O único porém de viajar nessa época é que você corre o risco de pegar dias de chuva.

E a temporada de tufões?

Como (quase) toda a Flórida, a temporada de tufões vai de junho a novembro. Minha dica para quem viaja nessa época é reservar hotéis com cancelamento e ficar de olho na previsão do tempo, em geral, sabe-se de um tufão com mais de uma semana de antecedência, tempo o suficiente para mudar sua rota.

Como incluir Sarasota no seu roteiro pela Flórida

Combinando com Orlando ou Miami

Sarasota é um destino versátil para incluir no seu roteiro pela Flórida e pode ser facilmente combinado com Orlando, Miami ou outras praias lindas da costa oeste da Flórida.

Aqui a sacada é deixar a região para o final das férias e passar alguns dias de descanso nas praias linda. É férias das férias que fala?

Em um mundo ideal recomendo 3 dias inteiros e 3 noites para curtir a região. Com dois dias já dá para começar, mas já aviso, você ficará com gostinho de quero mais!

Praias da Costa Oeste da Flórida

Nós fizemos um roteiro de 9 dias combinando Sarasota com Anna Maria Island e Captiva Island. Com mais tempo dá para adicionar outros destinos incríveis como Clear Water, St. Pete (a região tem praias maravilhosas), Naples e Marco Island.

Não esqueça o seguro de viagens

Não viajar para Flórida sem um BOM seguro de viagens.

O Seguro viagem te protege contra qualquer eventualidade médica, cobre despesas hospitalares, emergências odontológicas e até problemas mais corriqueiros como cancelamento de voos ou extravio de bagagem. Eu não viajo sem!

Uso e recomendo a Seguros Promo, um comparador de seguros que te ajuda a encontrar o melhor custo x benefício para a sua viagem.

Quer um desconto?!
Insira o código IDEIASNAMALA5 e ganhe até 10% de desconto na compra do seu seguro viagem!

Curtiu nossas dicas de Sarasota? Deixa aqui suas dúvidas ou comentários!

Veja também:

Comments (3)

[…] Flórida Orlando além dos parques: 15+ Dicas de passeios e Compras 10 0   Por mari vidigal Flórida novembro 11, […]

Leave a comment