O que fazer em Vancouver no Canadá: 16 lugares para se apaixonar

Planejando uma viagem para Vancouver, no Canadá? Este post é para você! Descubra o que fazer em Vancouver, um resumo caprichado dos principais pontos turísticos, além de dicas de onde ficar em Vancouver e alguns truques para se dar bem no Canadá.

O que fazer em Vancouver: 16+ pontos turíticos para colocar no roteiro

Linda, limpa e cheia de charme, Vancouver é um sonho para conhecer (e quem sabe até viver). Sabe aquela cidade que desde os primeiros instantes desperta um pensamento do tipo: “eu moraria aqui fácil”? Tudo é bem organizado, os parques são bem cuidados e o transporte público funciona muito bem. Eu diria que o problema é o clima, afinal, chove bastante em Vancouver. Por isso, tenha um roteiro flexível para aproveitar os programas em lugares abertos e fechados – e, se necessário, inverter a ordem.

Neste post, vamos te contar o que fazer em Vancouver, quais são os passeios mais incríveis e informações sobre eles.

Aliás, quer uma dica de viagem sensacional? Confira o nosso roteiro de 15 dias no Canadá, passando por Vancouver, Victoria Banff, Lake Louise e Jasper.

Principais pontos turísticos de Vancouver no Canadá

    1. Stanley Park
    2. Capilano Suspension Bridge
    3. Gastown, o centro antigo de Vancouver
    4. Ver a cidade do alto do Vancouver Observatory
    5. Christ Church Cathedral
    6. Comer no Public Market da Granville Island
    7. Ver hidroaviões no Canada Place
    8. Museu dos esportes de Vancouver
    9. Passear pela Chinatown de Vancouver
    10. E pela Little Italy
    11. Ver baleias: Vancouver Whale Watch
    12. Grouse Mountain
    13. UBC Museu de Antropologia
    14. Museu de Vancouver
    15. Museu Marítimo de Vancouver
    16. Queen Elisabeth Garden
    17. Praias de Vancouver: Kitsilano Beach e Long Beach

Stanley Park

O Stanley Park é o maior parque de Vancouver, ele tem mais de 4 mil quilômetros quadrados de extensão e originalmente era habitado por povos indígenas. Como curiosidade, ele já foi considerado o melhor parque do mundo pelo TripAdvisor. Hoje, é um dos passeios mais típicos de Vancouver e o meu preferido!

O parque é tão legal que arrisco dizer que se tivesse apenas uma tarde para conhecer Vancouver é para lá que eu iria.

Passeio de bicicleta pelo Stanley Park

Algumas das melhores pedidas para se fazer por lá é alugar uma bicicleta e percorrer o Vancouver Seawall, uma pista asfaltada de 8,8km. O passeio dá um giro em torno do parque passando por dezenas de mirantes lindos e te dá um perspectiva bem legal de como a cidade se compõem ao redor do parque. Nós alugamos bicicletas com cadeirinha para poder levar o Tom (que na época tinha 11 meses) e foi perfeito.

Passeio de bicicleta pelo Stanley Park em Vancouver
Passeio de bicicleta pelo Stanley Park em Vancouver

Para ver a Lions Gate do alto

Para quem curte vistas incríveis a dica é o mirante da Prospect Point, um mirante com vistas incríveis para a ponte e para North Vancouver. Para chegar até lá você precisa subir uma pequena trilha que começa no ponto onde a ponte e o parque se conectam. A subida é invocada mas não leva mais de 15 minutos. Alternativamente, dá para pegar um Uber, ou para quem fizer o passeio dos ônibus de turismo, também dá para descer lá.

Lions Gate, a ponte de Vancouver vista do observatório do Stanley Park
Lions Gate, a ponte de Vancouver vista do mirante do Stanley Park

TOTEM POLES

Como falamos, o Stanley Park era habitado por povos indígenas e, por isso, hoje existem totens gigantes espalhados pelo parque. Os “Totem Polessão monumentos esculpidos em madeiras e coloridos para homenagear os povos nativos do Canadá. Alguns deles foram construídos há mais de 100 anos!

Aquário de Vancouver

É no Stanley Park também que está o Aquário de Vancouver, uma das atrações da cidade que mais faz sucesso entre as crianças. É uma ótima pedida, inclusive, para dias chuvosos! O Aquário tem uma variedades incríveis de peixes e criatura marinhas, uma área com animas grandes como baleias e golfinhos e também abriga um centro de pesquisa especializado na reabilitação de animais aquáticos.

Aquário de Vancouver -  Um passeio certeiro para fazer com crianças
Águas vivas no aquário de Vancouver

Planeje sua visita:
Vancouver Aquarium (site oficial)

  • Endereço: 845 Avison Way, Vancouver, BC V6G 3E2
  • Horário de funcionamento: de segunda a sexta das 08h30 às 17j; sábados e domingos das 9h30 às 19h
  • Ingresso: $40 adultos, $23 crianças entre 4 e 12 anos; menores de 3 anos não pagam

STANLEY PARK TREM – O trenzinho de Vancouver

Um passeio bem gostoso para quem viaja com crianças é o trenzinho do Stanley Park, uma réplica da locomotiva histórica Canadian Pacific Railway Engine #374, o trem que fez a primeira viagem transcontinental saindo e Vancouver na década de 80.

São 2 Km de passeio (um giro de 15 minutinhos) passando por cantinhos fofos do parque e algumas alegorias canadenses. Nossos pequenos amam o passeio.

Piscina pública e praia

Por fim, a Kitsilano Beach, a praia mais famosa de Vancouver. Ela também está dentro do completo do Stanley Park e conta com piscina aquecida, quadras de esportes e lojinhas de souvenirs. Na areia da praia estão diversas mesas onde as pessoas (turistas e locais) aproveitam para fazer piqueniques e curtir o pôr do sol.

Capilano Suspension Bridge

A Capilano Suspension Bridge é um dos passeios mais turísticos da cidade. Ela fica a cerca de 15 minutos de carro saindo de Vancouver. A ponte tem 137 metros de extensão e fica sobre as águas do Rio Capilano, a 70 metros de altura.

A ponte fica dentro do parque Capilano Suspension Park Bridge e por isso é necessário comprar um ingresso para entrar no local (cerca de $55 – confira valores atualizados no site oficial | compre seu ingresso online e antecipado para garantir um descontinho).

Capilano Bridge em Vancouver
Capilano Bridge: aquela passeio bem turístico que você respeita! Adorei

A ponte Capilano é um passeio tão turístico que fiquei bem na dúvida se valeria a pena visitar ou se seria a típica atração turística vazia, sabe? E não é que amei?!

O parque é lindo, amplo, bem cuidado e a chance de caminhar pela copa de árvores gigantes é bem legal. O local é mais cheio do que eu gosto, e por isso minha dica é chegar cedo – de preferência na horaque abre – e evitar finais de semana.

 

Capilano Park: uma forma espetacular de ver árvores do alto
Uma das passarelas suspensas do Capilano Park, o parque é incrível

Dentro do parque também tem a Treetops, inaugurada em 2004, umas espécie de conjunto de 7 pontes suspensas entre árvores.

Uma alternativa mais barata de passeio nesse estilo é o Lynn Canyon Suspension Bridge, onde também tem uma ponte suspensa acima de um lago cristalino.

Gastown, o centro antigo de Vancouver

O bairro Gastown é o bairro histórico de Vancouver, uma região regada de charme e com vários cantinhos fofos para tomar um brunch.

A região é super boêmia e tudo começou quando “Gassy Jack” Deighton fundou o primeiro pub da cidade em 1867. A ilustre figura que ganhou uma estátua numa pracinha das redondezas jamais imaginou que aquilo se tornaria um dos burburinhos da cidade e uma área bem legal para passear e fazer compras.

Por lá você encontrará desde as típicas lojinhas de souvenirs (ursinhos rechonchudos com a bandeira canadense, jarras de mapple syrup e biscoitos deliciosos em forma de folha são a sensação local) a lojas luxuosas.

O famoso relógio de Vancouver

É em Gastown que está o Steam Clock, um relógio a vapor construído em 1977. Ele apita a cada 15 minutos e faz o maior sucesso com os turistas! O Steam Clock vive rodeado de turistas e é a atração mais cobiçada da região.

Ver o Steam Clock em Gaston - O que fazer em Vancouver
Steam Clock – o relógio a vapor de Gaston em Vancouver

O bairro também tem todo um charme já que foi ali que começou o povoamento europeu. Não deixe de reparar na arquitetura das casinhas, e no charmoso Flat Iron Building que fica por lá.

Ver a cidade do alto do Vancouver Observatory

Coladinho na Gastown está o Vancouver Observatory, um edifício de topo arredondado e um passeio bem legal para quem curte ver cidades do alto (eu adoro).

Observatório de Vancouver pedida especial para ver a cidade do alto
Observatório de Vancouver, um edifício arredondado com vistas 360 graus da cidade

Confesso que achei Vancouver mais incrível a partir do chão, mas como curto ter uma perspectiva aérea – e a vista das montanhas é linda – não dispensaria o passeio.

Montanhas de Vancouver vistas do alto do observatório
Montanhas de Vancouver vistas do alto do observatório

Christ Church Cathedral

Se você é do tipo de turista que adora conhecer monumentos históricos, tem que encaixar uma visita a Christ Church Cathedral. Nesta catedral, a primeira missa foi celebrada em 1889 e, desde então, passou por diversas reformas.

Repare na combinação belíssima da decoração em madeira com vitrais coloridos!

Planeje sua visita
Christ Church Cathedral

  • Endereço: 690 Burrard St, Vancouver
  • Horários de funcionamento: todos os dias das 9h às 16h

Comer no Public Market da Granville Island

Não dá para conhecer uma nova cidade sem experimentar a sua gastronomia, certo? Em Vancouver a melhor pedida para isso é o Granville Island, o colorido mercado municipal.

Granville Island em o que fazer em Vancouver
Granville Island um mercado gastronômico bem legal

Lá, você vai encontrar vários restaurantes e barraquinhas que servem desde pratos locais e típicos até a culinária mais tradicional. Também tem lojas que vendem peixes, carnes e especiais.

A dica é ir na hora do almoço, escolher o restaurante que mais te der água na boca, comprar sua comida e sentar nos banquinhos ao ar livre que tem em volta do Public Market e que recebe turistas e locais. De sobremesa, se esbalde nas frutas do mercadinho (nós compramos um saco de lichia hiper docinho).

Frutas no mercado da Granville Island em Vancouver
Frutas no mercado da Granville Island em Vancouver

Vá de Ferry (Aquabus)

A forma mais legal de chegar a Grainville Island é pegar um ferry, o Aquabus, e percorrer toda a região da False Bay (há várias paradas). Você pode comprar um ingresso de dia todo ou somente uma viagem de ida e volta.

Um dos pontos de aquabus - o ferry de vancouver - na Granvile Island
Um dos pontos de Aquabus na Granvile Island

Passeios de caiaque e stand up paddle

Outra forma linda de explorar a região de Granville Island é alugar um caiaque ou Standup Paddle. Há algumas agências locais que alugam equipamentos e nos dias de sol você verá muita gente remando.

Planeje sua visita
Public Market

  • Endereço: Public Market, 1689 Johnston St, Vancouver
  • Horário de funcionamento: todos os dias das 9h às 19h

Quer mais um motivo para visitar a região? O Grafite lindão dos gêmeos estampados em tubos gigantes coladinhos na ponte. Achei lindo!

Grafite dos gêmeos na Granville Island em Vancouver
Grafite dos gêmeos na Granville Island em Vancouver

Ver hidroaviões no Canada Place

O Canada Place é um edifício construído em 1986, originalmente para sediar a World Fair. Hoje, ele tornou-se um dos pontos mais icônicos de Vancouver.

Hidroavião pousando em Vancouver
Hidroavião pousando em Vancouver

Como ele fica bem em frente ao mar, é uma ótima pedida para admirar os barcos que saem do porto, o píer que tem uma vista lista para North Vancouver e até mesmo observar os hidroaviões que saem a todo momento para Victoria.

Quer fazer um passeio de hidroavião?

Essa é uma chance linda de ver Vancouver do alto e quem sabe até passar um dia em Victoria em estilo. Tenho alguns amigos que fizeram este passeio e garantem que vale cada centavo. Fora que é super diferente né? O passeio dura cerca de 20 minutos e, se couber no seu budget, é uma atração que vale a pena (compre o tour antecipado e online).

FlyOver Canada

Para quem curte arquitetura, o prédio é um prato cheio, já que possui formato de navio. Atualmente, ele abriga o Centro de Convenções de Vancouver e a FlyOver Canada (um simulador que faz você sentir como se estivesse voando pelas paisagens do país). O FlyOver Canada Experience tem duração de 25 minutos e assemelha a um voo simulado de 6.000 km por todo o Canadá (compre seu ingresso online).

Escultura da Orca

Ainda no Canada place, vale buscar a escultura da Digital Orcad e Douglas Coupland. Achei bem legal o fato de digitalizar – em 3D – uma baleia.

Escultura de Orca no Canada place em o que fazer em Vancouver
Escultura de Orca em Vancouver

Museu dos esportes de Vancouver, o BC Sports Hall of Fame

O museu está localizado no estádio BC PLace, que recebe jogos do time de futebol canadense (BC Lions) e da liga de futebol MLS (Vancouver Whitecaps FC).

Estádio BC PLace: vale visitar o museu dos esportes que fica lá dentro
Estádio BC PLace: vale visitar o museu dos esportes que fica lá dentro

No museu, dá para conhecer a história do esporte através de um acervo de artefatos e documentos. Também existem galerias que homenageiam Terry Fox, Rick Hansen e Greg Moore.

Quer saber a parte mais legal?

O museu é super interativo, crianças, adolescentes e adultos (eu me diverti pacas) vão aproveitar as áreas lúdicas tentando quebrar o recorde de atletismo, jogar hockey no “gelo”, e mais. O museu é bem legal!

Museu dos esportes de Vancouver, uma parada sensacional
Museu dos esportes de Vancouver, uma parada sensacional na cidade

Planeje sua visita
BC Sports Hall Of Fame and Museum (site oficial)

  • Endereço: Portão A do BC Place, Vancouver, BC V6B 4Y8
  • Horário de funcionamento: todos os dias das 10h às 17h
  • Ingresso: $18 (menores de 5 anos não pagam)

Passear pela Chinatown de Vancouver

Como toda grande metrópole, Vancouver também tem sua Chinatown – espaço dedicado para a cultura chinesa. Essa daqui é um pouco mais especial, pois abriga o Dr. Sun Yat-Sen (site oficial), um dos raros jardins autênticos chineses fora da China.

Jardim chinês Dr. Sun Yat-Sen
Jardim chinês Dr. Sun Yat-Sen em Vancouver

O jardim possui duas áreas, enquanto uma delas é gratuita (e um pouco descuidada), para visitar a outra é necessário comprar um ingresso de $14, e esse é o mais interessante.

Jardim chinês Dr. Sun Yat-Sen , um dos destaques da Chinatown de Vancouver
Jardim chinês Dr. Sun Yat-Sen , um dos destaques da Chinatown de Vancouver

Se você curte conhecer outras culturas, vale fazer um passeio guiado por esses jardins, assim você poderá entender a técnica utilizada para a sua construção e ainda provar um chá no final do passeio. Eu fiz o passeio individual – e na real, com criança pequena o ritmo de passeio guiado fica bem complicado, né?! E foi ótimo!

E pela Little Italy

E, falando em Chinatown, por que não conhecer também a Little Italy? A região abrange a Commercial Drive, onde a primeira comunidade italiana se instalou em Vancouver em 1950.

É claro que o bairro abriga restaurantes de pizza, massas, carnes italianas e todas delícias típicas italianas!

Ver baleias: Vancouver Whale Watch

A região de Vancouver é um dos melhores lugares do mundo para avistar baleias e orcas, e quer saber? A chance de ver um desses grandalhões de pertinho é sempre especial.

Se você vai para Victoria, deixe para fazer o passeio de lá. Além de mais barato, a região que as orcas costumam ficar é mais próxima de lá.

Tour para observação de orcas e baleias em Vitoria no Canadá
Orca bebê respirando em Victoria: este tour foi MUITO especial

Para este passeio você pode optar por um barco maior e mais estruturado (foi o que escolhemos com o Tom na jogada – foi ótimo ter uma área coberta e banheiro) ou optar por uma lancha rápida e aberta. Seu qual for a opção, eles vão te emprestar casacos bem quentinhos durante o passeio.

Depois de ver estes animais lindos livres na natureza você também vai repensar a questão dos aquários e parques com atrações. Na natureza é tão mais impressionante!

Grouse Mountain

A Grouse Mountain possui mais de 1230 metros de altura e fica localizada perto do centro de Vancouver. Especialmente no inverno ela ganha mais visitantes, já que o local se transforma em mais de 20 pistas de ski e snowboard.

Mas, o complexo também abriga trilhas, uma gôndola para chegar até o topo e, depois, um bondinho para descer a montanha. Então, é uma pedida bacana independente da estação do ano.

UBC Museu de Antropologia

O Museu de Antropologia faz parte da Universidade da Columbia Britânica e conta a história dos povos nativos do Canadá através de totens gigantes construídos por eles mesmo e artefatos.

O espaço é dedicado a celebrar a cultura dos povos nativos da região, mas também apresenta obras de países como África, China e Indonésia.

Planeje sua visita
Museu de Antropologia (site oficial)

  • Endereço: 6393 NW Marine Dr, Vancouver
  • Horário de funcionamento: de terça a domingo das 10h às 17h
  • Ingresso: $17

Museu de Vancouver

Mais um museu para essa lista? Sim! O Museu de Vancouver (MOV) é um complexo dedicado à história dos civis da cidade.

Fundado em 1894, o museu conta a história de Vancouver e do Canadá em uma grande coleção de objetos, antiguidades asiáticas, egípcias e muito mais.

O museu também tem exposições temporárias bem interessantes. Vale conferir a programação durante a sua viagem!

Planeje sua visita
Museum Of Vancouver (site oficial)

  • Endereço: 1100 Chestnut St, Vancouver
  • Horário de funcionamento: aberto de quinta a domingo das 10h às 16h
  • Ingresso: $10 (menores de 5 anos não pagam)

Museu Marítimo de Vancouver

Inaugurado em 1959, o Museu Marítimo de Vancouver (como o próprio nome diz) é dedicado a história da marinha da cidade.

No local estão diversos navios expostos, inclusive o St. Roth, que foi utilizado pela Royal Canadian Mounted Police para explorar o Ártico.

Planeje sua visita
Vancouver Maritime Museum (site oficial)

  • Endereço: 1905 Ogden Ave, Vancouver
  • Horário de funcionamento: aberto de quinta a domingo das 10h às 17h
  • Ingresso: $13,50

Queen Elisabeth park

O Queen Elizabeth Park é um parque municipal localizado no topo da Little Mountain. Para quem curte natureza, é um prato cheio com muitos jardins floridos e áreas arborizadas.

O jardim principal é o ápice do parque e agrupa plantas de diferentes espécies – formas, tamanhos e cores pra lá de inusitados.

Outro ponto que merece destaque é o Bloedel Floral Conservatory, uma espécie de viver que reúne pássaros que voam livremente pelo local.

A entrada no Queen Elizabeth Park, já no Bloedel Floral Conservatory (site oficial) existe um ingresso de $6,90.

Praias de Vancouver

Além da Kitsilano Beach, que já mencionamos no primeiro tópico deste post, Vancouver tem diversas outras praias que merecem entrar no seu roteiro (algumas mais próximas, outras mais distantes do centro).

Praia no Stanley Park em Vancouver
Uma das praias do Stanely Park já preparada com banquinhos para o por do sol

A Long Beach, por exemplo, já foi eleita a melhor praia do Canadá. Ela fica localizada em Tofino e, para chegar até lá, é necessária uma viagem de 4 horas.

Já a Sunset Beach está no centro de Dowtown e é uma praia mais calma que a super turística Kitsilano Beach.

Além da Kitsilano Beach, dentro do Stanley Park também tem a Second Beach e a Third Beach – que valem a visita (e o pôr dos sol)

Duas outras opções são a English Bay Beach, que garante uma vasta do pôr do sol incrível, e a Wreck Beach, uma praia de nudismo bem popular de Vancouver.

O que fazer em Vancouver em um dia de chuva

Chove bastante em Vancouver, tanto que suas chances de não pegar nenhum dia “molhado” por lá são praticamente nulas. Assim, vale ter um plano B e planejar atividades indoor para quando o tempo resolver fechar.

Nós pegamos um dia totalmente chuvoso na chegada – aproveitamos para visitar o Aquário de Vancouver e o FlyOver Canadá, uma experiência que lembra muito o Soarin do Epcot só que 100% Canadense, é lindo.

Outras atividades bacanas para tempo chuvoso são o Museu dos Esportes (nós adoramos), o Museu de Antropologia e o Museu de Vancouver.

Onde ficar em Vancouver

Vancouver é uma cidade cara para se hospedar e, para ficar em uma região bem localizada, você vai precisar reservar com bastante antecedência para garantir bons preços. Ou, claro, ter um orçamento com um budget mais gorducho para hospedagem.

Próximos a região de Downtonw Vancouver, isto é, no centro da cidade, alguns hotéis bem avaliados e com bom custo benefício são: Pinnacle Hotel Harbourfront, Century Plaza Hotel & Spa e Hotel BLU.

Para os fãs de hotéis caprichados, o Fairmont Waterfront e o Pan Pacific Vancouver Hotel são excelentes e ficam no Waterfront da cidade.

seguro viagem para o canadá

O seguro viagem não é obrigatório para quem entra no Canadá, mas ele é indispensável em qualquer viagem. Além de cobrir possíveis despesas médicas, o seguro te livra de ciladas como voos atrasados e extravio de bagagem. Além disso, vale lembrar que o serviço de saúde pública no Canadá não é acessível para turistas. Ou seja, não tem porque arriscar, né?

Aqui no Ideias na Mala eu gosto de indicar o site da Seguros Promo que funciona como um comparador de opções, mostrando os melhores custo x beneficio para sua viagem.

Quer um desconto?!


Insira o código IDEIASNAMALA5 e ganhe até 10% de desconto na compra do seu seguro viagem!

Gostou das nossas dicas do que fazer em Vancouver? Tem alguma dúvida ou sugestão? Deixe nos comentários!


Para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!

Planeje sua viagem

Deixe o seu comentário