Roteiro Epcot: melhores atrações e dicas imperdíveis

Este é um roteiro completo para curtir o melhor do Epcot  em 1 dia. Conheça as principais atrações, saiba onde encontrar os personagens e veja dicas onde comer comer e beber bem no parque. Pronto para se divertir (e aprender) muito no Epcot?

Roteiro Epcot

Epcot, um dos parques mais diversos da Disney, em Orlando, combina educação com diversão. Atualmente, o parque é dividido em duas grandes áreas bem diferentes: Future World (atrações futurísticas e com um foco bacana em conservação do planeta) e World Showcase (a famosa volta ao mundo pelos países do Epcot). Neste guia descreveremos as principais atrações e daremos muitas dicas de como aproveitar seu dia ao máximo!

Entendendo o Epcot

O Epcot (site oficial) é o segundo parque do Walt Disney World a ser inaugurado e, até hoje, é conhecido por criar experiências futuristas e globais. O nome Epcot é uma abreviação do termo “Experimental Prototype Community Of Tomorrow”, algo que em português seria “Protótipo Experimental da Comunidade do Amanhã”. Além de conhecer espaços e iniciativas focadas no meio ambiente, no Epcot você poderá dar a volta ao mundo com o “World Show Case” – um caminho por diversos países, cada um deles representado com gastronomia típica e réplicas de atrações turísticas.

Vale lembrar que o Epcot não é um parque radical, então se você estiver buscando montanhas russas e simuladores radicais talvez esse não seja o parque para você. É claro que, sim, existem alguns simuladores bacanas, mas definitivamente esse não é o foco do parque. Agora se você gosta de aprender, tem curiosidade de ver o mundo de forma diferente e adora explorar novas possibilidades, seja bem vindo ao Epcot, você vai adorar. Eu pessoalmente AMO o Epcot e considero o parque essencial tanto para quem viaja com crianças, quanto para adultos.

Roteiro Epcot
Jardins do Epcot: a vibe do parque é uma delícia

Quer mais um motivo para visitar o Epcot?

Muitos personagens! Além do caracter spot que fica no centro do parque e te permite encontrar vários personagens de uma só vez, a volta ao mundo do World Showcase te dá a chance de tirar fotos com vários personagens disputados: Aladdin e Jasmine no Marrocos, Bella na França, Pato Donald no México e por aí vai, legal, né?!

 Roteiro Epcot
Aladdin e Jasmine no pavilhão do Marrocos

Um parque em transformação: novidades já programadas para os 40 anos de Epcot

Hoje o Epcot é dividido em duas grandes áreas, a Future World e o World Showcase. Essa divisão vai mudar um pouco nos próximo anos, quando o parque passará a ter 4 áreas e muitas novas atrações. Conforme as mudanças forem rolando, atualizaremos este post com as novidades. Combinado? O que já sabemos é que os quatros espaços principais serão World Showcase (que já existe hoje, apenas terá algumas novidades), World Discovery, World Celebration e World Nature – as obras devem durar até 2022, quanto o parque completa 40 anos.

A World Celebration será o espaço onde fica a famosa bola de golfe gigante do parque. A Spaceship Earth, atração no interior dela, receberá algumas atualizações – o nome da atração mudará para Dreamers Point e terá jardins, fontes e uma estátua do Walt Disney na chegada. Por ali teremos também um novo pavilhão de 3 andares, onde hoje fica a World Showcase Plaza.

O World Discovery receberá a nova (e tão aguardada) montanha russa de Guardiões da Galáxia, um restaurante espacial chamado Space 2020 e um novo pavilhão, o Play Pavillion onde você poderá interagir com a Edna Moda (Os Incríveis) e os patos trigêmeos (Huguinho, Zezinho e Luisinho). A região do World Nature celebrará a natureza e terá uma atração inspirada na Moana (Journey Of Water). E, por fim, o World Showcase terá algumas novidades como dois filmes (Wondrous China e Canada Far and Wide in Circle-Vision 360), três novas atrações no pavilhão da França e a nova atração da Mary Poppins no pavilhão da Inglaterra.

Uma outra novidade que o Epcot está organizando é o show noturno chamado “HarmonioUS”, que mostrará como as músicas da Disney inspiram pessoas do mundo todo.

roteiro Epcot
Epcot decorado para o festival dos jardins

Planejando sua visita ao Epcot

Para facilitar a consulta, dividimos esse post em alguns itens. Basta você clicar neles para ir direto ao ponto.

Antes de viajar: dicas para agendar Fast Passes

Baixe o Aplicativo My Disney Experience

A dica mais importante para quem quer aproveitar bem a viagem aos parques da Disney é: baixe o aplicativo da Disney e reserve seus Fast Passes+ com antecedência. Você pode agendar seus Fast Passes+ (são 3 por pessoa) com 30 dias de antecedência ou 60 se você tiver hospedado em um dos hotéis da Disney. Chegando no parque use o app para monitorar as filas e fazer escolhas estratégicas para maximizar seu tempo (e esperar o mínimo possível). Pelo App também é possível reservar restaurantes com até 6 meses de antecedência e no Epcot é essencial reservar os restaurantes!

Como agendar o Fast Pass + e um pouco da minha estratégia para aproveitar bem o dia

Assim que você comprar seus ingressos, faça o cadastro no aplicativo ou acesse o site (eu pessoalmente achei mais prático fazer pelo site) e agende seus 3 “FastPass+”. O sistema que permite que você agende horário para as atrações que desejar – desde que hajam horários disponíveis – usando um critério de tiers para as atrações mais concorridas do parque. No Epcot há 3 atrações Tier 1: Frozen, Soarin e Test Track. Você pode agendar uma atração tier 1 e duas atrações tier 2.

A dica aqui é escolher opções disputadas pela manhã. Eu geralmente deixo a primeira hora do dia sem nenhuma atração agendada, de manhã é razoavelmente fácil aproveitar uma ou duas atrações com filas bem pequenas. Você pode agendar 1 Fast Pass por hora e o truque é: assim que você sair de uma atração, dá para tentar – pelo próprio app – antecipar o horário da próxima e não ficar na fila. Assim que você consumir seus 3 Fast Passes, você pode agendar mais um por hora.

Roteiro Epcot
Pavilhão do Japão iluminado

Dicas para agendar os Fast Passes no Epcot

No nosso roteiro de 1 dia no Epcot, sinalizamos as atrações mais disputadas com o código FP+, essas são as atrações que merecem ser agendadas com antecedência ou que você deve priorizar caso a fila esteja pequena. Usamos o FP para atrações que também tem Fast Pass, mas que não necessariamente precisam ser agendadas.

Minha ordem de priorização dos Fast Passes (e aqui é uma escolha bem pessoal, mas vou dividir com vocês):

Tier 1:

  • Soarin’ (para quem viaja sem crianças) ou Frozen (com crianças): para mim essas são as atrações mais especiais do parque – eu geralmente agendo Soarin’ para a segunda hora do dia e deixo Frozen para a noite, quando as filas já estão bem menores.

Tier 2:

  • Spaceship Earth
  • Turtle Talk with Crush (só recomendo para quem fala bem inglês)

Chegada no Epcot: localização e mapas

Antes de irmos para a parte principal, ou seja, as atrações, quero dar algumas dicas que podem te ajudar bastante no planejamento do seu dia no Epcot.

Mapa de papel em português

Logo que entrar no parque, você pode já pegar um mapa impresso – tem até versão em português. Mesmo com o app na mão, ainda gosto muito de olhar o papel  e me localizar nas atrações. Vale também pegar o time guide para ficar de olho nos horários dos shows, tem muita coisa legal rolando no World Showcase e a dica é tentar combinar algo com o seu roteiro.

Endereço do Epcot

200 Epcot Center Dr
Orlando, FL 32821

Estacionamento do parque

  • Trailers ou ônibus: US$ 30
  • Carros regulares: US$ 25

Tipos de ingressos e horário de funcionamento

Os ingressos básicos da Disney dão direito a conhecer um parque por dia e tem preços que variam conforme a época do ano. A forma mais barata de comprar um ingressos da Disney é especificar exatamente a data do ingresso e comprar o combo de vários ingressos. Comprando ingressos de 3 dias de parque, por exemplo, você economiza U$20 (antecipadamente, claro).

E já que estamos falando de antecedência, uma dica essencial é comprar seus ingressos com pelo menos 30 dias de antecedência – quem for ficar nos hotéis da Disney, vale comprar 60 dias antes – para não perder a janela de marcação dos Fast Passes+ e conseguir ir nas atrações mais disputadas sem fila.

Tipos de ingresso: Flex e Park Hopper

A opção “Flex” te permite usar o ingresso em qualquer data do ano (eu, particularmente, acho que sai bem mais caro do que já comprar para a data que você realmente for ao parque).

Se você quiser visitar mais de um parque por dia, terá que adicionar ao seu ingresso uma opção chamada Park Hopper – que tem um custo adicional e permite que você visite outros parques além do Epcot no mesmo dia. Se quiser fazer isso e incluir um parque aquático, terá que escolher o Park Hopper Plus.

Epcot + Hollywood Studios com o Park Hopper

Na minha última visita a Orlando combinei o Epcot com o Hollywood Studios com o Park Hopper. O acesso entre os dois parques é bem prático (dá para ir de barco, de shuttle ou pelo novo Skyliner) e para mim que já conhecia bem o Epcot e não tinha pretensões de ver tudo, foi uma delícia. Isso sem falar que o Boardwalk entre os dois parques é uma delícia (o boardwalk fica na porta do Epcot e é acessível a partir do Hollywood Studios via barco).

Adoro passar o final da tarde no Epcot e me esbaldar nos restaurantes fantásticos do World Showcase, e aproveitei a pedida para assistir – pela última vez – o espetáculo icônico IlumiNations que estava em suas últimas semanas. Achei o Park Hopper combinando estes dois parques uma excelente pedida, é corrido, mas valeu a pena.

Quanto custam os ingressos da Disney (Set/2019)

  • Ingresso para um 1 parque por dia
    Adultos (acima de 10 anos): U$109
    Crianças (de 3 a 9 anos): U$104
  • Ingresso com opção Park Hopper (você pode desfrutar do Magic Kingdom, Epcot, Hollywood Studios e Animal Kingdom no mesmo dia)
    U$109 + U$60
  • Ingresso com opção Park Hopper Plus (inclua além dos parques mencionados acima, os aquáticos)
    U$109 + U$80

Validade dos ingressos (cuidado que mudou)

Há pouco tempo, os ingressos valiam por até 14 dias corridos após a data selecionada na compra. Hoje, as entradas para os parques tem um prazo máximo para serem usados bem mais curto – variando conforme a quantidade de dias escolhida por vocês. Por exemplo, comprando ingressos para 2 dias você terá até 4 dias corridos para utilizá-los. Ingressos para 4 dias, 7 dias corridos. E por aí vai.

Horário de funcionamento

Em linhas gerais, o Epcot funciona das 09h às 21h e, para quem está hospedado em hotéis da Disney, pode aproveitar as conhecidas “horas mágicas” até às 23h. Antes de comprar o seu ingresso, não esqueça de olhar o calendário oficial da Disney para verificar se não há nenhuma festa especial na data que possa reduzir o seu horário no parque.

Roteiro de 1 dia no Epcot: principais atrações do parque

Eu geralmente divido meu dia no Epcot em duas partes: passo a parte da manhã no Future World e a parte da tarde explorando os países (e as comilanças maravilhosas) do World Show Case. E, já que estamos falando de comida, o Epcot é disparado o melhor parque da Disney para comer e beber bem. Aqui você encontrará restaurantes deliciosos de algumas das melhores gastronomias do mundo. Além disso, cada país serve pelo menos um drink típico e delicioso. Muita gente aproveita a volta ao mundo para provar um drink de cada país – e já adianto, há grandes chances de você sair do parque mais feliz do que chegou!

Como já adiantamos, por enquanto o Epcot continua sendo dividido em duas regiões:

Chegada e fotos com a bola do Epcot

A “Bola do Epcot” – nome carinhosamente atribuído ao Space Ship Earth – atração que fica na entrada do parque, é o símbolo do Epcot e um lugar que merece ser visto e fotografado tanto de dia quanto de noite. Aqui vale a parada tanto para admirar a estrutura arquitetônica – que é ainda mais incrível vista de perto (repare na textura formada por milhares de triângulos e na imensidão da coisa, é gigante), quanto para fotografar a bola. Dá para tirar as fotos tradicionais, fazer gracinhas (tipo segurar a bola com a ponta dos dedos), e, claro, dá para pedir para um dos fotógrafos da Disney – que estão sempre a postos por ali, tirarem as fotos para você (peça para ele também tirar uma foto com o seu celular)!

Epcot

E olha só que linda que fica a bola a noite! Vale ou não vale uma segunda foto?
Roteiro Epcot

Future World

Future World é uma área que se transformou muito nos últimos anos e que mistura de forma bem interessantes atrações com pegada futurista com um fundo de ecologia e preservação ambiental. Aí vão as descrições das principais atrações. Para sinalizar as atrações mais disputadas colocamos o FP+ (nessas atrações, agendar o Fast Pass é praticamente indispensável), e FP para atrações que também possuem Fast Pass, mas não necessariamente é preciso agendar.

  • Atrações imperdíveis: Space Ship Earth, Test Track, Turtle Talk With Crush, Soarin e Living with The Land
  • Para a família: The Seas with Nemo & Friends, Bruce’s Shark World
  • Para fotografar: Bola do Epcot, jardins caprichados e encontro com personagens
  • Se sobrar tempo: Disney & Pixar Short Film Festival
  • Não recomendo: Journey Into Imagination with Figmen e Mission Space

Atrações imperdíveis

Spaceship Earth (Terra espacial) FP+

Comece seu dia pela atração número 1 do mapa, a Spaceship Earth que fica dentro da bola do Epcot e tem a opção de ser narrada em português. Sente no carrinho, responda as perguntas e embarque em uma viagem pela história da comunicação passando pelo passado, presente e futuro onde você e seu companheiro de carrinho serão os personagens principais. Na saída há uma surpresinha que eu adoro, não deixe de olhar para o telão e se procurar por ali, ok?

Detalhe Disney: são 16 minutos de trajeto acompanhados por uma orquestra de 63 elementos e 24 vozes, com ouvidos atentos você vai perceber que os instrumentos variam ao longo do percurso e são equivalente aos instrumentos usados naquela época da história. Legal, né?

roteiro epcot
Spaceship Earth, Epcot

Atenção: a Spaceship Earth será atualizada com a reforma do Epcot. A jornada terá uma narrativa para mostrar a união das pessoas – mas as cenas preferidas do público continuarão por lá, viu? O passeio terá novas cenas, atualizações das já existentes e o que a Disney está chamando de “Story Light”, que ao que tudo indica dará vida às cenas.

Experience Project Tomorrow

Saindo do brinquedo há uma série de videogames futuristas e outros brinquedos divertidos. Escolha um ou dois para testar. Minha sugestão aqui é que um jogo de simulação que demonstra sistema de prevenção de acidentes.

Test Track FP+

Crie o seu próprio carro virtualmente e embarque com mais cinco pessoas em uma simulação fantástica na pista de testes. Com muita velocidade, você passará por curvas, subidas e muita emoção.

Epcot
Test Track | Foto: Divulgação

Soarin FP+

Um simulador fantástico combinado com uma tela de cinema gigantesca que te dá a sensação de voar de asa delta por paisagens marcantes do mundo, uma viagem completa com direito a sons, aromas e uma sensação deliciosa de voar. Meu brinquedo preferido do parque, desses que dá vontade de repetir e repetir sem parar. É de longe minha primeira opção na hora de marcar Fast Passes.

Living with the Land – FP

roteiro epcot
Living with the Land, Epcot

Um brinquedo super educativo que mostra a terra, as plantas e a importância de preservar e cuidar de tudo. Este carrinho passa por dentro de uma horta orgânica super bem cuidada, uma chance interessante de ver de pertinho – e compartilhar com as crianças – de onde vem os alimentos.

Para a família

The Seas with Nemo and Friends

The Sea é uma das áreas mais democráticos do Epcot e com atrativos legais tanto para crianças quanto adultos. São 2 atrações principais, um aquário completo (tem peixe-boi, golfinhos, peixes, arraias e etc) uma espécie de parquinho para os pequenos e um restaurante bem legal para toda a família.

Epcot
Entrada do The Seas no Epcot

Embarque em uma concha (chamada clammobile) para uma aventura com Nemo e seus amigos passeando pelo oceano da imaginação e por aquários de verdade. A atração é um resumo bem feitinho do filme “Procurando Nemo” com direito a águas vivas, um encontro com Bruce – o tubarão dentuço – e um passeio pela corrente australiana até chegar a Sydney. Será que Nemo vai aparecer?

Sea Base

The Seas with Nemo and Friends termina no enorme aquário do Epcot, um espaço enorme repleto de arraias, tartarugas marinhas, tubarões e peixes de tamanhos variados. O aquário é dividido em 2 andares e logo na saída do segundo andar há um tanque que atualmente abriga – como refúgio temporário – dois peixes-bois que sofreram acidentes na natureza. O Epcot – assim como Sea World e o Zoo de Tampa – são parceiros do governo da Flórida no Florida Manatee Program e essenciais para a pesquisa e sobrevivência dos peixes bois na natureza. Mostrar os peixes-bois para as crianças de pertinho e explicar que nos próximos dias viveríamos uma experiência nadando com os peixes-bois em Crystal River (cerca de 1h30 de Orlando) foi parte importante da visita.

Epcot
Um dos peixes-bois que está sendo cuidado pela equipe do Epcot

Arraias e tubarões

Meus pequenos também ficaram vidrados no aquário principal, um aquário imenso com várias espécies de de tubarões e arraias. Ficamos uns 40 minutos – sem exagero – observando os peixes.

Epcot
Meninos encantados com o aquário do Epcot

The Sea: Turtle Talk with Crush (conversando com Crush)- FP

Essa atração super interativa vai deixar todo mundo de boca aberta. Se você tem crianças e um inglês legal, recomendo muito a parada. Neste bate papo super interessante com a Tartaruga Crush, os pequenos poderão fazer perguntas e aprender curiosidades. Aposto que você vai dar umas boas risadas com as piadinhas de Crush. Meus filhos amaram!

Epcot
Criançada atenta no Turtle Talk with Crush

Bruce’s Shark World

Na saída ainda vale dar uma passadinha no Bruce’s Shark World, uma combinação de parquinho com jogo de adivinhação (trivia é algo que os americanos amam). A parte mais concorrida do espaço é a cabeça do Tubarão Bruce, Tom ficou amarradão em entrar na boca do tubarão e não queria sair de lá de jeito nenhum.

Para comer: Coral Reef Restaurant

Um dos restaurantes mais legais do Epcot para famílias com crianças é o Coral Reef, as mesas ficam coladinhos nos aquários e você vai comer (literalmente) do lado do tubarão. O restaurante tem um preço intermediário com pratos de $15-34. Vale reservar com antecedência.

Para fotografar

Além da bola do Epcot, vale garantir alguns cliques em outros pontos do parque. Os jardim impecáveis com flores coloridas são garantia de boas fotos em qualquer época do ano.

Epcot
Jardins do Epcot

Caracter Spot FP+

Um dos pontos altos do Epcot é a possibilidade de tirar fotos com vários personagens ao mesmo tempo. São 3 pontos de encontro com personagens diferentes: Minnie, Mickey e Pateta; Alegria e tristeza do filme Divertida-mente (Inside Out); Baymax e personagens do filme “Big Hero 6”. Essa atração atualmente é considerada como Tier 1 na marcação de Fast Passes, mas reza a lenda que isso vai mudar. Falando em mudanças, durante a reforma do Epcot, essa atração pode ser realocada, vale checar no site ou no mapinha.

Se sobrar tempo

Disney & Pixar Short Film Festival (40 minutos)

Aqui acontece a exibição de alguns filmes clássicos da Disney em uma sala de cinema. Para os fãs da Pixar de plantão, é uma chance de ver várias animações boas em uma tacada só. Eu recomendo a pedida para quem tem tempo sobrando, e curte animações (eu adoro!).

Não recomendo

Mission Space FP

Um dos brinquedos mais populares do parque – e mais desagradáveis – na minha opinião. O Mission Space simula a experiência de um astronauta no espaço. Você tem a opção de selecionar entre dois tipos de brincadeira: verde para leve e laranja para intenso.

roteiro epcot
Mission Space, Epcot

Metida a besta selecionei o laranja e detestei. A máquina me virou para cima e para baixo da forma menos jeitosa do mundo. Horrível. Saí de lá com certeza absoluta que não tenho menor vocação para astronauta e que não repetiria essa atração jamais (e cumpri a promessa, viu? Na nossa última ida a Disney não passei nem perto).

Journey Into Imagination with Figment

Se tem uma atração no Epcot que vale passar batido, é essa. Ô negocinho chato. Tá, tudo bem que o Figment (o dragãozinho roxo) é uma fofura e que o conceito do brinquedo – explorar o mundo da imaginação é bem legal – mas a musiquinha é chata e a execução do brinquedo é bem bobinho. Se o Tom (de 3 anos) dormiu na atração – e ela é feita para crianças pequenas – já dá para imaginar que terrível que é, não?! Quer mais um motivo para não ir, você vai passar o dia com o raio da música na cabeça!

roteiro Epcot
Figment, Epcot

 

World Show Case

Terminada a área futurística e instrutiva, chegou a hora de dar a volta ao mundo. São 11 países diferentes representados por atrações e restaurantes. Em cada país há uma réplica de um ou mais lugares famosos desse país e uma loja com produtos típicos. A ideia aqui é dar a volta ao mundo devagarinho e descobrir as surpresinhas em cada um deles. Começaremos pelo México e daremos a volta no sentido horário.

  • Atrações imperdíveis: Frozen Ever After (FP+), Gran Fiesta Tour Starring The Three Caballeros, dar a volta no mundo
  • Para crianças: Agent P’s World Showcase Adventure, Passaporte dos países
  • Para os adultos: Drinks típicos dos países
roteiro Epcot
World showcase, Epcot

Para crianças:

Agent P’s World Showcase Adventure

Essa atração é destinada aos pequenos e os transforma em agentes secretos inspirados em Phineas e Ferb. A missão aqui é ajudar o Agente P a destruir os planos do Dr. Doofenshmirtz e, para isso, você deverá seguir as pistas para solucionar os diversos casos – em regiões diferentes do parque. É uma atração demorada e que requer caminhar pelos pavilhões, mas no final os agentes recebem um agradecimento especial.

Passaporte dos países

Não é uma atração em si, mas uma lembrança que você e suas crianças irão adorar. O passaporte do World Showcase é, de fato, um passaporte (com o Mickey na capa) que você poderá carimbar credenciais diferentes pelos 11 países que passar. Ele custa U$13 e vem com uma bolsinha de plástico, 11 espaços para receber as carimbadas e um bottom “Honorary Ambassador”. É uma lembrança bem legal do Epcot – fora que você vai se divertir interagindo com os Cast Members para receber suas credenciais.

Um giro no World Showcase

México

  • Atração: Grand Fiesta Tour Starring The Three Caballeros
  • Showzinho de rua: Mariachi Cobre (tradicional show dos mariachis com direito a um novo show inspirado no filme Coco.
  • Fotos com personagens: Há boas chances de você encontrar o Pato Donald (com direito a sombrero mexicano) no cantinho do pavilhão.
  • Para beber: aproveite o pavilhão do México para beber Tequilas e Margueritas, o bar La Cava del Tequila te um sortimento incrível
  • Para comer: San Angel Inn Restaurant e La Hacienda de San Angel | Serviço rápido: Choza de Margarita e La Cantina de San Angel

O México está representado por uma pirâmide mexicana que na parte de dentro se transforma em um colorido e tradicional mercado Mexicano. Com direito a música, cores e sabores mexicanos de verdade.

roteiro epcot
Pavilhão do México, Epcot

Atração: dentro da pirâmide está a atração do México, o Grand Fiesta Tour, que é um passeio de barco com o Pato Donald, Zé Carioca e Panchitos. Bacana para crianças e interessante para adultos, vale pela diversidade. Nessa atração Zé Carioca e Panchitos vão em busca do Pato Donald, será que eles vão encontrá-lo?

roteiro Epcot
Grand Fiesta Tour, Epcot

Noruega

  • Atração: Frozen After Ever
  • Encontro com personagens: Anna e Else na Royal Sommerhus
  • Para beber: Cervejas: Einstök Icelandic White Ale e Carlsberg no carrinho de cervejas da Noroega. Para os mais fortes ainda dá para provar Linie Aquavit, a versão norueguesa da Vodka servida em shots.
  • Para comer: Princess Storybook dining at Arkesus Royal Banquet Hall (Refeição com personagem) | Serviço rápido: Kringla Bakeri Of Kafe (sanduíches ótimos e um pãozinho doce recheado com creme de baunilha bem diferente)
roteiro Epcot
Noruega, Epcot

A Noruega está representada por uma simpática pracinha típica norueguesa inspirada nas cidades de Bergen, Alesund e Oslo e a elegante igreja medieval Stavkirke.

roteiro Epcot
Noruega, Epcot

Frozen After Ever: a atração da Noruega é uma das mais disputadas do parque, o Frozen After Ever. Um passeio com música pelo filme da Frozen com direito a vários efeitos especiais lindos, há boas chances de você sair de lá cantando.

Frozen After Ever
Frozen After Ever, uma das atrações mais disputadas do parque

Lojinha da Noruega

O passeio termina em uma das minhas lojas preferidas do Worldshow Case (e olha que a concorrência é boa, viu?!). É uma loja super bacana com direito a um Troll gigante (espécie de gnomo norueguês) que fica lindo nas fotos e que as crianças amam de paixão.

Epcot
Troll gigante na lonja da Noruega!

Princesas e comida típica norueguesa

Os restaurantes da Noruega estão entre os mais populares do parque, para o café da manhã eu adoro Kringla Bakeri Of Kafe que tem docinhos deliciosos e ótimos sanduíches. Já o Arkesus Royal Banquet Hall é um dos restaurantes mais disputados do parque e se esgota com meses de antecedência, aqui há uma junção estratégica de comida boa para os grandes e princesas mais famosas da Disney para os pequenos.

China

  • Atração: Reflections of China
  • Foto com personagens: Mulan – confira os horários no Time guide
  • Showzinho de rua: Dragões acrobatas
  • Para comer: Nine Dragons Restaurants | Serviço rápido: Lotus Blossom Café e Joy Of Tea
roteiro Epcot
China, Epcot

Rodeada por alguns dos jardins mais elegantes do parque o pavilhão da China é uma réplica do “Temple of Heaven” (Templo do céu), além de réplica de esculturas chinesas de terracota bem impressionantes. Vale dar uma passada nas lojinhas – coloridas – e cheias de coisas legais.

roteiro epcot
Esculturas no pavilhão da China, Epcot

Atração: a atração da China é um cinema 360 graus que mostra as belezas do país. Para quem nunca visitou um cinema 360 antes, vale pela experiência.

Para comer: Lotus Blossom Café e Joy Of Tea

Entre os restaurantes baratos e rápido da Disney, esse é uma das melhores pedidas. Aqui o arroz é servido com rolinhos primavera e o frango frito com molho adocicado de laranja servido com arroz de Jasmin (o Gu adora esse prato). São ótimas pedidas!

Alemanha

  • Showzinho de rua: Margret Almer & The Bavarian Band (música autêntica alemã)
  • Para comer: Biergarten Restaurant | Serviço rápido: Sommerfest
  • Karamell- Küche: Doces cobertos de caramelo (uma delícia)
Roteiro Epcot
Alemanha, Epcot

O pavilhão da Alemanha mistura muitas épocas e regiões alemãs. Destaque para a bonita estátua de São Jorge que decora a fonte principal, um castelo medieval e uma torre do relógio que imita a torre “Glockenspiel” em Munique. Aproveitei para comer salsicha alemã com cerveja alemã de verdade e para ver os lindos relógios do tipo Cuco na lojinha.

Atração: no jardim da Alemanha há um simpático trenzinho que passeia por uma cidade em miniatura. O trenzinho foi construído para o Festival dos Jardins, mas fez tanto sucesso que acabou virando atração fixa.

Lojinha: Karamell- Küche

Maças coberta de caramelo, cupcakes caprichados e uma infinidade de docinhos incríveis fazem desta loja uma parada certeira no World Showcase – e um lugar que faço questão de visitar sempre que vou ao Epcot. Reserve uma espacinho para a sobremesa e mande ver!

Itália

  • Showzinho de rua: Sergio (mimícos e malabaristas italianos)
  • Para comer: Tutto Italia e Via Napoli Ristorante

  • Para beber: Tutto Gosto Wine Cellar
roteiro Epcot
Italia, Epcot

A Itália do Epcot é uma mistura de Florença (fonte de Netuno) e Veneza com as gôndolas, Praça de San Marco (com direito a torre e tudo) e o pomposo palácio dos Doge’s. Durante o dia, a praça fica cheia de shows típicos de Veneza com personagens cantantes cobertos com máscaras.

Para comer e beber

Aqui vale dar uma paradinha e beber um vinho no Tutto Gosto Wine Cellar (a seleção é deliciosa). Eu confesso que nunca comi nos restaurantes Italianos de lá, mas as avaliações do Via Napoli são ótimas.

Estados Unidos

  • Atração: The American Adventure – explore o passado e o futuro da América em filme e música
 (30 minutos)
  • Showzinho de rua: Voices of Liberty – um coral com música tradicional americana que se apresenta no coreto. A música é uma delícia.
  • Para comer: lanches no Fife & Drum Tavern, BBlock & Hans e Funnel Cake
Roteiro Epcot
Pavilhão dos Estados Unidos, Epcot

 

O pavilhão dos Estados Unidos possui uma fachada típica do período Colonial Americano e é uma homenagem ao povo americano com direito a exibição de objetos históricos. Se você tiver sorte verá um típica banda americana tocando e cantando boa música na frente do pavilhão. Um show bem gostoso.

Atração: um filme de 30 minutos que conta a história dos Estados Unidos e do povo americano narrados por vozes que imitam Benjamin Franklin e Mark Twain (detalhe que os dois viveram em períodos bem diferentes com quase 100 anos de diferença um do outro).

Japão

  • Showzinho de rua: Matsuriza – um show delicioso de Taiko
  • Para comer: Teppan Edo, Tokyo Dinning, Takumi-Tei | Serviço rápido: Katsura Grill
  • Para beber: Cervejas Asahi e Saporo; há um sakê bar excelente dentro da Mitsukoshi department Store
roteiro Epcot
Pavilhão do Japão, Epcot
roteiro Epcot
Japão, Epcot

Saindo dos Estados Unidos, entramos no meu pavilhão preferido do parque. O Japão que está bem representado por uma Pagoda (torre comum em templos japoneses) e por um Tori vermelho que imita o Tori de Miyajima no Japão (portal de entrada de templo). Aqui, além de provar comida japonesa de primeira (o restaurante Tokyo Dining, é bem gostoso e o Teppan Edo – que eu ainda não provei – é um dos mais disputados do parque e queridinho da Fê do @DisneycomKids ), você consegue ter um gostinho bem verdadeiro de Japão. A loja Mitsukoshi department Store é o máximo, repleta de quimonos e outros objetos japoneses fofíssimos; além de um bar completíssimo de saquês.

Showzinho de RuaMatsuriza 

Caso você esteja passando por lá perto do horário, vale assistir ao show de Taiku (tambores japoneses), animado, super relevante para a cultura nipônica. Eu adoro!

Marrocos

  • Showzinho de rua: Matboukha Groove – show de músicas bem legal
  • Foto com personagens: Aladdin e Jasmine
  • Para comer: Restaurant Marrakesh, Space Road Table | Serviço rápido: Tangierine Café
roteiro Epcot
Marrocos, Epcot

Uma torre (minarete) que lembra o Minarete Koutoubia em Marakesh adorna este bonito pavilhão que tem algumas casas típicas, uma réplica bem bacana de um mercado marroquino e um pátio onde na parte tarde acontecem alguns shows de dança do ventre. O bonito portal que decora o pavilhão é um réplica do Bab Boujeloud em Fez Medina. Pra quem gosta de comida Árabe, este pavilhão pode ser uma excelente alternativa de almoço!

Para comer: Restaurant Marrakesh e Spice Road Table

O Marrocos tem dois restaurantes ótimos, o Spice Road Table (todo moderninho com vistas para o lago) e o Marrakesh (mais tradicional e com apresentações de música e dança do Ventre). Nós jantamos no Marrakesh na nossa última viagem e amamos os pratos: pedimos um queijo de cabra divino de entrada, cordeiro de prato principal (dividimos as duas coisas e foi perfeito) e mil folhas (delicioso), sorvete de menta com salada de frutas de sobremesa. Adoramos o ambiente e a experiência.

Restaurante Marrakesh Epcot
Interior do restaurante
Restaurante Marrakesh Epcot
Show de dança do ventre
Restaurante Marrakesh Epcot
Meu drink colorida
Restaurante Marrakesh Epcot
Mil folhas divino de sobremesa

França

  • Atração: Impressions de France – um filme que mostra a grandiosidade e o charme das paisagens rurais da França (20 minutos)
  • Show de rua: Serveur Amusant – um show de comédia com um mordomo de vinho
  • Para comer: Chefs de France, Monsieur Paul | Serviço rápido: Las Halles Boulangerie-Parisserie
  • Para beber: Martini de sorvete no Artisan des Glaces, vinhos e champagnes franceses
roteiro Epcot
França, Epcot

Pra quem gosta de comer bem, tá aqui uma excelente parada! Com quitutes incríveis na padaria Les Halles, o pavilhão conta com um dos melhores e mais famosos restaurantes do parque, o Monsieur Paul (reserve com antecedência). Para completar a comilança, que tal um crepe francês? Todos os restaurantes da França são ótimos e a sorveteria Artisan dês Glaces serve os melhores sorvetes do parque e um famoso Martini de sorvete (duas bolas de sorvete servidas com Grand Marnier).

roteiro Epcot
França, Epcot

Pont des Arts e Torre Eiffel no Epcot: em termos de decoração, o pavilhão tem uma réplica da torre Eiffel (1/10 do tamanho da original!), que é a minha réplica preferida, a Pont des Arts (que obviamente passa sobre o “rio Sena” ) e muitos prédios franceses fofos.

Atração: No “Palais do Cinema” você pode assistir ao filme impressões da França e que mostra bonitas cenas do interior do país.

Atualização 2020:

A partir do dia 17/01, o pavilhão da França ganhará um dos maiores clássicos da Disney. A atração “Beauty & the Beast Sing-along” faz com que os visitantes dancem e cantem (sem nem perceber, em uma reviravolta na história “A Bela e a Fera”. Outra novidade será o “Remy’s Ratatouille Adventure”, onde o ratinho Remy levará as pessoas em carrinhos cheios de tecnologia, imersão e tecnologia, para o renomado restaurante Gusteau!

Reino Unido

  • Showzinho de rua: British Revolution – um show de rock britânico
  • Para comer: Rose & Crown Dinning Room | Serviço rápido: Yorkshire Country Fish Shop

  • Para beber: Rose & Crown Pub: Aqui você pode tomar pints de cerveja Guiness servidos na banquinha da calçada
Epcot
Cervejinha gelada no pavilhão da Inglaterra, delícia de combinação.

O pavilhão do Reino Unido foi construído para lembrar uma antiga vila inglesa, com direito a jardins ingleses e um pequeno labirinto além de alguns detalhes modernos como os orelhões vermelhos. Aqui você pode comer fish & chips (vulgo peixe frito com batata frita) e comprar objetos dos Beatles ou de times de futebol como Chealsea e Arsenal.

Por aqui, acontece um ótimo show da banda The British Revolution, que toca musicas inglesas de artistas como Beatles, The Police, Led Zepplin e muito mais. Quem se empolgou com a volta ao mundo pelas bebidas vai chegar por aqui alegrinho e ficar – feliz da vida – para o show!

Canadá

  • Showzinho de rua: Blueberry Grass Band – show de música com sucessos canadenses
  • Para comer: Le Cellier Steakhouse
  • Para beber: Cervejas canadenses  Labatt Blue, Moosehead, La Fin Du Monde and St. Ambroise Oatmeal Stout e Apricot Wheat.
roteiro Epcot
Canadá, Epcot

O pavilhão do Canadá representa as belezas naturais do país, com direito à canyons, uma catarata (talvez em alusão a Niagara Falls – atualmente em reforma), fontes e jardins.

roteiro Epcot
Canadá, Epcot

Para comer: Le Cellier Steakhouse (reserve)

O Le Cellier é um dos restaurantes mais disputados do Epcot e vive lotado, aqui vale provar o Poutine (prato típico canadense com batatas fritas cobertas com queijo e molho de carne), a sopa de cheddar e as carnes.

HarmonioUS: o novo show de fogos do Epcot 

Terminada sua viagem ao mundo, chegou a hora de curtir o espetáculo de fogos e luzes do Epcot (fique ligado na hora do show já que ela varia um pouco conforme a estação do ano). Posicione-se em frente ao lago (eu fiquei próxima do Japão e tive uma boa vista) e você verá um show bonito, com luzes, fogos e música.

A partir de janeiro de 2020 o novo show é demonimado “o HarmonioUS” e ele será o maior espetáculo noturno criado em toda a Disney. As clássicas canções ganharão novas versões feitas por um grupo de diversos artistas. Além do tradicional show de luzes e fogos de artifício, o espetáculo conta com painéis de LED, fontes móveis e outras tecnologias.

roteiro Epcot
Epcot durante a noite

 

Onde ficar em Orlando

Além dos famosos resorts e hotéis que pertencem aos complexos dos parques, as casas de temporada em Orlando também são boas pedidas – principalmente se você estiver indo em família ou com um grupo grande de amigos (o custo benefício é ótimo). Veja aqui mais opções de casas de temporada em Orlando. Também temos um post que avalia alguma dessas casas e te mostra fotos de como elas são e suas respectivas descrições. Dê uma olhadinha!

Agora, se você é do tipo que não curte muito as opções de casas de aluguel ou não despensa as mordomias de um hotel, separamos aqui quatro boas hospedagem em Orlando (com ótimas avaliações).

  • Hyatt Place Orlando Lake Buena Vista: uma opção caprichada e que quase nunca falha, são os hotéis da rede Hyatt. Uma ótima comodidade é o serviço de transfer gratuito que eles oferecem até a Disney e o Universal Studios (além de estacionamento disponível no local sem custo). Todos os quartos são espaçosos e equipados com frigobar e cofre.
  • SpringHill Suites by Marriott Orlando: a apenas 1,6 km do Walt Disney World, essa opção oferece café da manhã gratuito (um ótimo diferencial) e uma praça de alimentação dentro do hotel com opções de pizzas e sanduíches. Os quartos dispõem de sala de estar, frigobar e micro-ondas.
  • Holiday Inn Resort Orlando: com um ótimo custo-benefício (cerca de R$300 a diária), o hotel da rede Holiday Inn possui academia 24 horas, piscina ao ar livre e diversos restaurantes dentro de sua propriedade. Os quartos também dispões e geladeira e micro-ondas e serviço de transfer gratuito para os parques temáticos da área também está disponível por aqui.
  • Drury Inn & Suites Orlando: aqui, o café da manhã está incluso na diária – que possui quartos espaçosos com frigobar, micro-ondas e cafeteira. Durante a tarde, pipoca e refrigerante são servidos nas áreas de estar do hotel, que também possui piscina e academia.

Seguro viagem

Apesar de não ser obrigatório nos Estados Unidos, o Seguro viagem é extremamente importante para te proteger contra voos cancelados e bagagens extraviadas. Além de te livrar de dores de cabeça em eventualidades médicas (e vale lembrar que todo e qualquer serviço médico americano é cobrado). Por aqui, nós recomendamos a Seguros Promo, um comparador de seguros que busca os melhores custos x benefícios do mercado e te ajuda a escolher o seguro certo para a sua viagem.

Com menos de R$10 por dia de viagem – faça uma cotação agora e veja que não é lorota – você viaja protegido e evita dores de cabeça. Insira o código IDEIASNAMALA5 e ganhe até 10% de desconto na compra do seu seguro viagem! Faça sua cotação já!

Veja também: Seguro de viagem para os Estados Unidos

Aluguel de carro

Ter um carro em Orlando é ótimo para facilitar sua viagem. Além de ser super tranquilo dirigir por lá – e fácil fazer a locação – com um carro (ou até mesmo uma van para grupos maiores), você pode ir para os outlets com mais liberdade e decidir o horário de chegada e saída dos parques. Minha dica para você fazer um bom negócio alugando um carro por lá é o Rent Cars, um comparador de locadoras que te ajuda alugar carros baratos nas melhores companhias, dá para pagar em Reais e parcelar em até 12x sem juros.

E aí, gostou do nosso Guia? Ainda tem alguma dúvida? Conta aqui nos comentários!


Veja também:

Parques de Orlando

Planejando sua viagem para Orlando


Para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!

Guarde este post no Pinterest!

roteiro epcot

Planeje sua viagem

Comentários (5)

[…] parques temáticos do Walt Disney World em Orlando, que além do Magic Kingdom, conta também com o Epcot, o Hollywood Studios e o Animal Kingdom. Além desses, a Disney tem mais dois parques aquáticos: o […]

Deixe o seu comentário