Fontes Cristalinas da Flórida: roteiro e dicas para visitar

0
Piscinas naturais da Florida

Transparentes, cheias de vida e pra lá de especiais, as fontes cristalinas da Florida, ou Florida Springs, são o destino perfeito para conciliar com a sua viagem por Orlando (dá para fazer um bate e volta ou até uma escapadinha mais longa). Veja neste post dicas incríveis para planejar sua viagem por Flórida Springs. Vamos nessa?

Fontes Cristalinas da Flórida: roteiro e dicas para visitar

Piscinas naturais que vão do azul profundo ao verde água, um santuário de vida para peixes, aves e peixes-bois e, para nós seres humanos, um verdadeiro paraíso para nadar, flutuar, mergulhar ou simplesmente escapar dos dias de calor da Flórida. Estou falando das fontes cristalinas da Flórida – um destino pouco explorado pelos brasileiros e super fácil de combinar com Orlando. Há mais de 700 Springs na Flórida e neste post – com direito a roteiro pelas fontes cristalinas da Flórida – faremos um resumo completo com dicas imperdíveis para organizar sua viagem.

Nossa viagem começou e terminou em Orlando. Passamos os 2 primeiros dias visitando os Parques da Disney –  dependendo do seu pique e do foco da sua viagem, dá fácil para fazer uma semana inteira de parques. O foco da nossa viagem eram os Springs e por isso dedicamos 6 dias da nossa viagem para visitá-los. Quer saber? Adoraria ter tido mais tempo, a região é maravilhosa. Aí vai o resumo do nosso roteiro pelos Florida Springs.

Roteiro Resumido:

Hotéis da Viagem:

O que são os Springs da Flórida?

As piscinas naturais da Flórida são pontos de contato entre o aquífero subterrâneo da Flórida – a maior fonte de água potável do estado – e o solo, formando fontes de águas cristalinas maravilhosas, piscinas naturais incríveis para nadar, mergulhar ou simplesmente boiar e, o mais importante, fonte de vida para dezenas de espécies de peixes, pássaros e um dos maiores mamíferos do planeta, o peixe boi.

Piscinas naturais da Florida

Three Sister Springs em Crystal River

Conheça as piscinas naturais da Flórida: vejas quais as mais bonitas e dicas indispensáveis para planejar sua viagem ou um bate e volta rápido a partir de Orlando.

Dá para visitar as fontes cristalinas da Flórida com criança pequena?

Essa é uma viagem legal para fazer em família (como é o nosso caso), em casal ou em grupos de amigos. Eu, Mari (editora do site), viajei com meu marido Gustavo (nas viagens ele ataca de fotógrafo e piloto de drone) e nossos dois pequenos Tom (3 anos) e Caio (1 ano e meio).

Nossos pequenos amaram a diversidade do roteiro que teve dias na Disney, sereias dançantes, muitos animais e muita piscina natural (e eles amam água). Adorei e recomendo a pedida para crianças pequenas!

Piscinas naturais da Florida

Familia reunida no Blue Springs

Viajando de carro pela Flórida

Viajar de carro é a melhor forma de conhecer a Flórida de verdade, e a boa notícia é que dirigir na Flórida é fácil e barato. Nosso aluguel de carro para 8 dias saiu $216 dólares. Minha dica para você fazer um bom negócio alugando um carro na Flórida é o Rent Cars, um comparador de locadoras que te ajuda alugar carros baratos nas melhores companhias, dá para pagar em Reais e parcelar em até 12x sem juros.

Florida Springs – Roteiro detalhado

Dias 1 – 3: Orlando

Nossa viagem começou em Orlando com três noites deliciosas no Hilton Orlando (amamos o parque aquático do hotel e achamos o custo x benefício excelente para famílias) e uma maratona de 4 parques da Disney em 2 dias. Não tínhamos a pretensão de brincar em tudo e sim de dar uma geral no parques e visitar as principais atrações. Foi bem legal!

Hilton Orlando

Família curtindo o parque aquático do Hilton Orlando

Aqui abro um parêntesis para falar que só fizemos essa loucura porque contamos com o apoio do pessoal da Disney que nos muniu com um bocado de Fast Passes, ou seja, não pegamos fila em nenhuma atração.

Nossa ordem de parques foi:

  • Dia 1: Hollywood Studios + Epcot
  • Dia 2: Animal Kingdom + Magic Kingdom  no segundo dia

E dá para fazer dois parques da Disney em 1 dia?

Achamos que para quem já conhece bem a Disney, a dobradinha Hollywood Studios + Epcot pode até fazer sentido, mas Animal Kingdom e Magic Kingdom são parques que merecem pelo menos 1 dia inteiro. Para te ajudar a planejar a suas férias temos roteiros completos dos melhores parques de Orlando:

[E logo logo teremos roteiro do Epcot e do Hollywood Studios!]

O que mais gostamos?

Não conhecíamos o Animal Kingdom e amamos o parque, principalmente a área de Avatar (Pandora). Que lugar espetacular! As duas atrações são bem legais e, para mim, Flight of Passage é a atração mais legal de todos os parques da Disney. Em segundo lugar ficou o Epcot, nosso queridinho, amamos passear pelos países e voar no sempre delicioso Soarim.

Magic Kingdom

Tom dançando com o Tico no Magic Kingdom

Para as crianças foi um empate entre Toy Story Land (Hollywood Studios) e o Safari (Animal Kingdom). Eles também amaram dançar com o Tico no Magic Kingdom e encontrar os personagens pelos parques.

Dia 4: Orlando – Weeki Wachi – Crystal River

Distâncias:

  • Orlando – Weeki Wachi: 91,5 Miles (1h40)
  • Week Wachi – Crystal River: 27 Miles (34 minutos)

No quarto dia acordamos cedinho, tomamos café da manhã e começamos nossa viagem de carro pelas fontes de água cristalina da Flórida.

O show das sereias de Weeki Wachee

Nossa primeira parada foi no Weeki Wachee State Park, mais conhecido pelo show das sereias que desde 1947 encanta multidões. Para receber o show, há um enorme auditório subterrâneo construído dentro da Spring: “algo que nunca poderia ser feito nos dias de hoje”, ressalta John Athanason, gerente de relações públicas do Weeki Wachi State Park – devido as leis ambientais que protegem as springs (Ufa! Bom saber que locais especiais como este estão bem protegidos).

Um dos momentos mais especiais da apresentação é quando as cortinas do auditório se abrem e revelam uma piscina termal profunda de águas bem azuis e 5 ou 6 sereias dançam e rodopiam em ritmo coreografado em meio a peixes de verdade. Um verdadeiro aquário humano, algo que parece de mentira de tão surreal!

São 3 apresentações por dia, 365 dias por ano. Não espere o nível de perfeição dos shows da Disney, mas espere um show bem feitinho e bem especial para as crianças. No final ainda há a chance de tirar fotos com uma das sereias – seca, ufa! – não preciso nem dizer que as crianças amam, preciso?!

O parque aquático de Weeki Wachee

Não é só de sereias que vive o Weeki Wachee State Park, que também conta com um parque aquático bem raiz. São 3 toboáguas grandes, um tablado gostoso com guarda sóis e um rio adjacente onde os visitantes podem remar com caiaques e pranchas de Stand Up Paddle alugados no próprio parque. Falando em aluguel, o Weeki Wachee também oferece locação de boias gigantes (boias próprias não são permitidas por lá).

Piscinas naturais da Florida

Parque aquático no Weeki Wachi Springs

Deixando já a parte aquática de lado, há um pequeno playground (meus pequenos testaram e amaram), pavões lindos que caminham soltos pelo parque e duas lanchonetes simples.

Evite finais de semana, feriados e férias escolares 

O show das sereias é um programa hiper disputado entre os locais, assim eu evitaria finais de semana, feriados e férias escolares – e chegaria cedo para garantir os ingressos. O auditório tem uma lotação máxima e se você chegar tarde corre o risco de não achar ingressos e perder a viagem. 

Weeki Wachee State Park

  • Endereço: 6131 Commercial Way – Weeki Wachee FL 34606
  • Horários de funcionamento: aberto todos os dias das 9:00 às 17:30
  • Shows das sereias: todos os dias às 11h, 13h30 e 15h
  • Ingressos:
    • adultos (13+ anos)$13
    • crianças 6-12 anos: $8
    • Menores de 5 anos: grátis

Crystal River

Terminada a sessão sereia/tobogã, a dica é seguir para Crystal River – uma cidade pacata com algumas das springs mais lindas da Flórida e o título de local com a maior concentração de peixes-bois do mundo.

Todo ano, entre novembro e fevereiro, Crystal River recebe milhares de peixes-bois que fogem das águas geladas do golfo e nadam em busca das águas das Springs. A temperatura de 24 graus é constante o ano todo e, graças ao reflorestamento do capim natural da região (o Manatee grass), há comida abundante para os glutões. E o bichinho come viu?! Para manter a formosura toda um peixe boi precisa comer 15% do seu peso por dia, isso é capim pra caramba.

Nadar com peixe boi

Nadando com peixe-boi em Crystal River

Onde ficar em Crystal River?

Nós ficamos hospedados no The Plantation on Crystal River, um hotel bem tradicional da região e bem bonito. Os quartos estão reformados mas tem aquele cheirinho de coisa antiga. De qualquer forma adoramos a localização e o atendimento.

Outras opções de hospedagem em Crystal River são: Hampton Inn Crystal River, Retreat at Crystal Manatee e Best Western Crystal River Resort

Passeio de Caiaque pela 3 Sisters Springs

Durante o inverno as águas da 3 Sisters Springs são fechadas para caiaques e pranchas de SUP. Para chegar lá você precisará nadar um bocado. Nos outros meses do ano o caiaque é liberado e é a forma mais linda (e gostosa de chegar lá).

Fontes de água cristalina da Flórida

Caiaque em three sister springs

Alugando os caiaques no centrinho da cidade e você precisará remar cerca de 25 minutos. Quem preferir a expertise de um guia local, pode contratar um tour guiado – nós fizemos o passeio vespertino com a Hunter Springs Kayaks e amamos a experiência. Nosso guia Cris nos contou um monte de curiosidades da região, nos ajudou a avistar os primeiros peixes-bois da viagem (foi surreal) e de quebra tirou fotos lindas do passeio.

Piscinas naturais da Florida

Nadando em Three Sister Springs – sente só a cor da água!

Curtindo as águas da Hunter Springs

Águas termais no centro da cidade e com uma prainha excelente para os pequenos? Oba! A Hunter Springs são as únicas das 40 e poucas springs de Crystal River que são acessíveis de carro. Foi dali que saiu nosso passeio de caiaque e gostamos tanto do local que depois que o passeio acabou resolvemos ficar por ali e brincar um pouco com as crianças. O parque tem uma estrutura bacana com parquinhos, quadras de volley churrasqueiras, mesas de piquenique e o que mais gostamos: a praia deliciosa formada pela Springs e bem protegida por bóias.

Fontes Cristalinas da Flórida

Hunter Springs em Crystal River

Durante a nossa visita, o parque estava praticamente vazio – haviam uma ou duas famílias com crianças pequenas – o que foi bem legal para os meninos. Segundo o Cris, durante as férias e feriados essa praia fica lotada de gente.

Ali pertinho há uma passarela para observação de manatis e é um dos melhores lugares para vê-lós, tanto no começo da manhã quanto no final da tarde. E foi praticamente em frente a passarela que encontramos os primeiros dois peixes-bois da viagem à  bordo do caiaque. Quem tava lá no alto também presenciou o espetáculo!

Para jantar: Vintage on the 5th – Wine & Dine

Terminamos o dia no Vintage on The 5th (114 NE 5th St | Aberto de terça a domingo apenas no jantar) – um dos nossos restaurantes preferidos da viagem. Onde comemos uma costela acompanhada de risoto (todo dia o chefe prepara um risoto diferente) e servido com salada e um ravioli de queijo servido com camarões, acompanhados de uma garrafa de Cabernet Sauvignon. De sobremesa comemos uma mousse de chocolate tão gigantesca que mais parecia um Sunday. Tudo estava divino.

Fontes Cristalinas da Flórida 17

Vintage on the 5th: o lugar é uma graça

Crystal River

Costela deliciosa – o prato veio servido com salada verde e um risoto maravilhoso

Dia 5: Crystal River – Mergulhando com os peixes bois

Nosso dia começa com uma das experiências mais incríveis de todos os tempos: Nadar com peixes bois!

Para quem viaja fora de temporada como nós viajamos, é importante sair bem cedinho para aumentar as chances de vê-los. Nós fizemos o passeio com o pessoal do Plantation Adventure Center com saída às 6:45 da manhã e o passeio dura cerca de 3 horas – é um sonho de tão especial. Os peixes-bois são gigantes, dóceis e tão curiosos que um dos bebês que encontramos no passeio literalmente sentou no menino do grupo.

Dá para nadar com peixes bois com crianças?

Crianças a partir de 3 anos já pode fazer o passeio, mas só recomendo para crianças que sejam bem confiantes com a água. O Tom ficou com medo – e não é para menos, o peixe-boi é imenso! – e nós preferimos nem insistir.

Quanto custa nadar com peixe boi

O passeio para nadar com peixe boi custa cerca de $67 (setembro/2019) por pessoa e inclui máscaras de mergulho, snorkel, roupa de neoprene ultra grossa e um guia excelente. Amamos e recomendamos muito a experiência.

Three Sisters Springs vistas do board Walk

Um passeio imperdível para quem viaja à Crystal River é visitar o boardwalk construído ao redor da fonte de água cristalina. A passarela é um dos melhores lugares para observar centenas de peixes-bois descansando durante o inverno e durante os outros meses este é apenas um mirante para o Spring – que é maravilhoso.

Piscinas naturais da Florida

Three Sister Springs visto do Boardwalk

Para chegar lá pegue um trolley que sai do City Hall de Crystal River (das 08:30 às 15:30 – de meia em meia hora) e custa $7.50 por pessoa durante o verão e $15 durante os meses de inverno. Fora de temporada os horários e dias de funcionamento do trolley são bem limitados, confira o site antes de programar o passeio.

Homosassa State Park

Para aprender mais sobre o programa de conservação dos peixes-bois (Florida Manati Conservation Program) e acompanhar a alimentação de manatis que foram resgatados na natureza e não podem ser reintroduzidos, a dica é visitar o Homosassa Springs Wild Life Park, um zoológico pequenino que abriga animais resgatados em todo o estado.

O parque tem ursos (sim! Ursos são espécies nativas da Flórida), pantera da Flórida, lince (dos gatos selvagens americanos, este é o meu preferido), jacarés (claaaaro!), peixes bois e a única exceção: Lou, um hipopótamo que nasceu no Zoo de San Diego, veio para a Flórida para gravar o filme do Tarzan e outros programas de TV,  e acabou sendo recebido pelo Homosassa State Park. Lou é tão importante para os locais que recebeu o título de cidadão honorário da Flórida das mãos do governador.

Fontes Cristalinas da Flórida

Este é o Lou, o simbolo do parque

Alimentação dos peixes-bois

O parque é lindo, a Homosassa Springs – uma fonte cristalina de primeira magnitude – é especial, mas para mim o auge da visita e o motivo de eu recomendar este passeio é a alimentação dos peixes bois que acontece três vezes por dia (11:30, 13:30 e 15:30) e é precedida por uma palestra de cerca de 15 minutos sobre a espécie e os esforços de de conservação.

Piscinas naturais da Florida

alimentação dos peixes-bois no Ellie Schiller Homosassa Springs Wildlife State Park

Ver estes gigantes devorando 48 pés de alface – e bem acompanhados de dezenas de peixes que pintam para filar a boia – é muito especial! E o legal é que eles podem ser vistos tanto da superfície (a visibilidade da água é incrível) quanto do observatório subterrâneo. As crianças amaram a experiência e nós também gostamos bastante.

Homosassa Springs Wildlife State Park

  • Endereço: 4150 S. Suncoast Blvd.  – Homosassa FL
  • Horários de funcionamento: aberto todos os dias das 9:00 às 17:30
  • Ingressos:
    • adultos (13+ anos)$13
    • crianças 6-12 anos: $5
    • Menores de 5 anos: grátis

Jantar no Cajun Jimmy’s

Nosso jantar foi no descolado Caju Jimmy’s (300 se, US-19, Crystal River), um restaurante e mercado de peixes e frutos do mar que serve peixes com um tempero criolo. É delicioso!

Para comer pedimos uma entradinha de cogumelos recheados com linguiça (que delicioso) e de prato principal um peixe servido com feijões crioulos (amo) e milho.

Pôr do sol no Golfo do México – Fort Island Gulf Beach

Para fechar o dia com chave de outro a dica é curtir o pôr do sol na Fort Island Gulf Beach, uma praia bem gostosa e de ondas calminhas (as crianças teriam amado passar algumas horas aqui durante o dia) e com um píer de pescadores que rende fotos bem especiais.

Fontes Cristalinas da Flórida

Pôr do sol na Fort Island Gulf Beach

Eu vi o pôr do sol da areia – sempre lindo ver o sol se ponto no mar, não acham? – e em seguida caminhei pela praia e pelo píer dos pescadores. Que final especial para nossa estada em Crystal River!

Dia 6: Ginnie Springs

  • Tree Sisters -Gennie Spring: 75 Miles (1h19)
  • Gennie Springs – Deland: 122 Miles (2h10)

Esse foi o dia mais corrido da viagem, nós acordamos em Crystal River tocamos até Gennie Springs e depois do almoço seguimos para Deland. Nosso raciocínio foi trocar menos de hotel por conta das crianças, mas para isso abrimos mão de conhecer Gainesville – que é uma graça – e acabamos não parando nos Springs da Ocala National Forest. Pois é, quem viaja com crianças pequenas sabe que os planos podem mudar sempre, né?

Piscinas naturais da Florida

Gennie Springs: impactante desde o primeiro momento

Por outro lado, dormir duas noites em Deland foi uma oportunidade deliciosa de conhecer uma das cidades mais legais da Flórida – estou falando sério! – e de conhecer esta região linda e tão pertinho de Orlando com o carinho que ela merece.

E por que incluímos Gennie Springs no roteiro?

Enquanto pesquisávamos sobre os Springs da Flórida todo mundo falava que Gennie eram os springs mais lindos. E como estar tão perto e não ver o melhor? Mesmo sabendo que a viagem seria bem pesada com as crianças resolvemos bancar. E valeu a pena para matar a curiosidade, as Springs realmente são lindas e super acessíveis, mas em termos de beleza, nada bate a Three Sisters Springs.

Ginnie Springs

Ginnie Springs é um parque privado que conta com 4 Springs interligadas pelo Rio Santa Fé. O parque tem uma estrutura legal com área de camping – perfeito para quem viaja de motorhome – vestiários, quadras de volley de areia e churrasqueira.

O principal atrativo de Gennie Springs é fazer o passeio de boia pelo rio parando nas quatro Springs. O passeio leva pouco mais de 1 hora e você terá que caminhar uns 15 minutos do centro do parque até a última Spring e na volta mais uns 10 minutos até o centro do parque. Nós fizemos parte do passeio com as crianças e adoramos a experiência – e os pequenos gostaram tanto que reclamaram muito para ir embora.

Fontes de água cristalina na Flórida

Passeio de bóia em Gennie Springs

Outros atrativos do parque são o snorkel (o rio Santa Fé fica super transparente no final do outono e proporciona um mergulho lindo), mergulho de cilindro (há muitas circuito de cavernas subaquáticas para quem já tem a certificação avançada), além de passeios de caiaque e canoa.

Ginnie Springs

Passeio de Bóia pelo Rio Santa Fé – um dos atrativos do Ginnie Springs

Para comer há um mercadinho com muitas opções de comida ou uma lanchonete bem raiz que serve um sanduba de peru ótimo. Os sanduíches custam cerca de $12.

Saímos de Ginnie Springs pouco depois do almoço e fomos direto para Deland.

Ginnie Springs (site oficial)

  • Endereço: 7300 Ginnie Springs Road, High Springs, FL 32643
  • Horário de funcionamento: todos os dias das 08h às 16h (horário varia conforme a estação do ano)
  • Ingressos:
    • Adultos (desconto de 10% para 62+): $14
    • Crianças 6-12 anos: $4
    • Menores de 6 anos: Gratuito

Ocala National Forest

Nossa passagem pela Ocala National Forest foi vapt-vupt, e, para a minha decepção, as Springs não são visíveis da estrada. Teríamos que entrar, parar o carro e descer para explorar (algo que não foi viável com duas crianças já cansadas de tanta estrada e diversão na água).

Para quem tem mais tempo, as principais fontes Cristalinas da Ocala National Forest são Silver Glen Springs (endereço: 5271 FL-19, Salt Springs, FL – Entrada $6 por pessoa) , Alexander Springs (Endereço: Hwy 450, Ocala, FL) e Juniper Springs (endereço: 26701 E Highway 40, Silver Springs, FL – Entrada $5,50 por pessoa). Fiquei morrendo de vontade de explorar a região.

DeLand

Chegamos em DeLand no finalzinho da tarde, fizemos o check- in no Courtyard by Marriott DeLand Historic Downtown (um hotel novíssimo e super bem localizado. Adoramos!) e já saíamos para passear pelo centrinho da cidade que é o máximo! Adorei a cidade desde os primeiros instantes e recomendo muito a pedida tanto como um bate volta de Orlando, quanto como uma extensão da viagem, você vai amar DeLand!

A melhor Main Street dos EUA

Deland é a típica cidade americana, um lugar que mistura tradições (e você verá muita história pintada nos murais da cidade) com modernidade e muito empreendedorismo. A cidade está repleta de bares descolados, restaurantes gostosos e muitas lojinhas super locais. A rua principal de Deland – a Main Street – é tão legal que foi eleita recentemente como a melhor Main Street dos Estados Unidos e não é para menos, a rua é deliciosa para passear.

Algumas das minhas paradas preferidas na Main Street de Deland foram:

  • Orchid Rain(137 N Woodland Blvd.): lojinha hippie bem colorida com boias ululantes, badulaques coloridíssimos e um monte de acessórios – que você não precisa mas provavelmente adoraria ter. A seleção de saiais rodadas também é o máximo, vale entrar sem pressa e xeretar cada cantinho. Ô loja legal.
  • Wily Owl Toy Story (133 N Woodland Blvd): uma loja de brinquedos sem nada de plástico, aqui prevalecem os brinquedos de madeira (adoro) e jogos educativos. A loja é um convite para os pequenos e tem muitos espaços de brincar. Amei.
  • Paty and Tony’s Sweet Things (124 N Woodland Blvd): uma doceria para ninguém botar defeito. Aqui minha formiga interna saltitou de alegria e só sossegou quando comprei um saquinho cheio de confeitos diferentes e uma barrinha de S’mores que comi na hora. O que eles tem de legal? O dom de misturar doce e salgado e tornar combinações um tanto quanto inusitadas bem gostosos. Eu passei o chocolate com bacon, mas gostei de tudo o que provei e me arrependi de não ter comprado mais.
  • South of New York Market Trading (100 S Woodland Blvd): uma mistura de loja de decoração com barzinho descolado que é o máximo. A curadoria dos caras é incrível e eu me apaixonei por cada um dos espaços. Aqui vale mencionar o corner artista local – Erica Group – famosa por criar as Deland Wings (já já falo mais delas) com vários produtinhos fofos. O traço da Erica é muito delicado, fiquei encantada pela arte dela.

DeLand Wings e arte de rua

Já que estamos falando de arte DeLand também se destaca pela arte de rua – da boa – espalhada por todos os cantos da cidade. Uma mistura de murais históricos que contam trechos da história da cidade e retratam personalidades locais (e cidadãos comuns que patrocinaram os murais) com mosaicos coloridos, instalações diferentonas, esculturas interessante e murais contemporâneos como a DeLand Wings – um par de asas que começou como desenho temporário e que chamou tanto a atenção dos locais que acabou virando desenho permanente e inspirando uma série de asas em toda a região de West Volusia. As #WingsofTheWest são mais um bom motivo para você explorar as aforas de DeLand e descobrir os encantos dessa região incrível!

Fontes Cristalinas da Flórida

DeLand Wings em Downtown DeLand

The Table Restaurant

Para provar um pouquinho da gastronomia da cidade, minha sugestão o The Table Restaurant (100 E New York Ave, DeLand), aqui não há televisores espalhados pelo salão e nem wifi com um simples propósito: que os visitantes vivam o presente e curtam a companhia dos amigos de mesa sem intervenções.

O jeitão despojado e a decoração da casa ajudam a criar este clima casual e inspirar boas conversas. Quer mais um motivo para visitar o The Table? É delicioso. Os pratos preparados com ingredientes locais e com receitas que passaram de geração em geração são deliciosos e muito bem servidos (dá fácil para dividir!)

DeLand

Tábua de queijos do The Table Restaurant

Nós pedimos um tábua de queijos para começar (olha só que lindeza) e de pratos principais pedimos uma Cobb Salad e uma costela servida com purê de batatas e fatias bem finas de cebola frita.  Os pratos são tão bem servidos que não aguentamos nem pensar na sobremesa.

DeLand

Costela com purê de batatas

Dia 7: Deland: as Springs de DeLand

Para fechar a viagem com chave de ouro, hoje é dia de visitar as piscinas naturais da região de DeLand que são maravilhosas e curtir o final da tarde no centrinho de DeLand.

De Leon State Park: panquecas e piscina natural

O dia começa com um dos programas mais deliciosos e locais de DeLand, uma combinação infalível de panquecas feitas na hora – e quem faz a panqueca é você – com uma piscina natural bem bonita. Os encantos começam na entrada do parque que é repleto de carvalhos da Flórida (Florida Oak) cobertos por uma cama espessa de Spanish Moss, uma trepadeira fotogênica que deixa as árvores com uma espécie de véu. É lindo!

Florida Springs

Piscina do De Leon State Park com restaurante de panquecas no fundo

A sensação do parque é o Old Spanish Sugar Mill, um antigo moinho de cana de açúcar convertido em restaurante. Cada mesa tem uma chapa e você mesmo prepara suas panquecas (a especialidade da casa), ovos ou rabanadas. As panquecas custam $5,95 e você pode comer a vontade. Acompanhamentos extra: bananas, blueberries, chocolate e etc. custam $1.95 por porção.

Fontes Cristalinas da Flórida

Você receberá duas jarras com diferentes receitas panqueca, uma tradicional (e ultra macia) e uma versão mais light glutem free (nós achamos ok). Dali é a sua vez de tocar a linha de produção de panquecas e devorar tudo. Nós também pedimos ovos para as crianças – que amam – e rabanadas (que achamos mais ou menos).

Fontes Cristalinas da Flórida

E não dá para falar do Leon State Park sem falar da Spring natural, que foi cimentada no passado e parece uma piscina de verdade só que com fundo de piscina natural e águas que brotam do solo. Quando olhei as fotos na internet achei sem graça, mas mudei completamente de opinião ao chega lá: é bem especial.

Durante a nossa visita vimos vários grupos de locais nadando (ou andando na água com ajuda de flutuador) para fazer uma espécie de hidroginástica. Por alguns instantes desejei ter uma piscina como essas pertinho de casa.

  • Endereço: 601 Ponce de Leon Blvd. De Leon Springs FL 32130
  • Horário de funcionamento: todos os dias das 08h até o pôr do sol
  • Ingressos: $6 por veículo

Blue Springs

A última piscina natural da viagem estava no topo da minha lista de lugares para visitar. Os Blue Springs, conhecidos como uma das springs mais lindas da Flórida e ultra disputados entre os habitantes de Orlando. Durante as férias e finais de semana, o parque fecha assim que o estacionamento lota e isso acontece relativamente cedo. Nós visitamos o parque em uma sexta-feira, fora de temporada e nos deparamos com um parque bem vazio.

Florida Springs

Finalzinho da trilha do Blue Springs e vista do alto – Lindo, não?

A atividade mais disputada do Blue é flutuar entre a nascente e a parte central do parque, um trecho lindo de cerca de 800 metros. Para chegar lá você passará por uma passarela no meio de uma floresta linda chamada “The Hammock”, o visual é um espetáculo e todo o contexto de natureza que envolve o Blue Springs torna o passeio ainda mais incrível. Há aluguel de boias no próprio parque e um passeio de barco com saídas diárias para quem quiser explorar mais a região.

Peixes-bois no Blue Springs

Durante o inverno (dezembro-fevereiro) a Blue Springs se converte em refúgio para centenas de peixes-bois. A piscina fica fica fechada para banho e o parque se torna um lugar perfeito para observar os peixe-bois. Nessa época, os passeios de barco são muito disputados e a chance de ver peixes bois no caminho é de 100%.

  • Endereço: 2100 W French Avenue Orange City FL 32763
  • Horário de funcionamento: todos os dias das 08h até o pôr do sol
  • Ingressos: $6 por veículo

Farmer’s Market de Deland

Toda sexta feira das 18:00 às 21:00 acontece o animado Artisan Alley Farmers Market de DeLand, uma mistura de feira de rua com mercadinho de artesãos que deixa o centrinho da cidade ainda mais animado. Algumas ruas são fechadas para pedestres e a bebida alcoólica é liberada nas mediações do mercado (entre a New York e a Georgia Avenue).

A graça é passear pelas barraquinhas de artesãos com cerveja local (já já falo mais disso) ou vinho gostoso no copo. Conforme a noite vai chegando o mercado ganha ares de balada e se integra com a música ao vivo que rola no Café da Vinci (112 W Georgia Ave, DeLand), outro lugar que você precisa visitar.

Persimmon Hollow: cerveja artesanal deliciosa

Já contei que beber cerveja na rua é liberado durante o Farmer’s Market, mas ainda não contei onde provar cerveja da boa em DeLand. Durante a nossa estadia na cidade visitei dois bares super legais, o Half Wall (105 W Indiana Ave, DeLand) – que tem uma seleção imensa de cerveja, literalmente uma meia parede repleta de opções de chopp artesanal – e a Persimmon Hollow (111 W Georgia Ave, DeLand), uma cervejaria local repleta de personalidade e com cervejas próprias deliciosas.

Persimmon Hollow

Degustação de cervejas na Persimmon Hollow

Como não amar um lugar que combina cerveja artesanal – da boa – com sessões de Yoga? O lema dos caras é: “Drink Sensibly, But Get Weird” (beba com responsabilidade, mas fique alegrinho/esquisito) e eles acreditam que cerveja artesanal tem que ser divertida, um pouco esquisita e um trabalho de artista. Não é a toa que a Persimmon Hollow está inserida no meio do distrito artístico da cidade e fica bem no burburinho do Artisan Farmer’s Market.

Como eu queria provar várias cervejas optei por uma degustação com 4 cervejas diferentes ($7 USD) e escolhi os tipos que costumo gostar. Para quem preferir um pint normal, eles custam $5 USD.

Café Da Vinci

E para fechar o dia, nada como música ao vivo no animado Café da Vinci (112 W Georgia Ave, DeLand), uma mistura de bar-balada com vários espaços legais para fotografar. É bem legal!

Dia 8: Volta para Orlando

O último dia de viagem foi total dedicado a organizar as coisas, percorrer o rápida trajeto entre DeLand e Orlando, devolver o carro alugado e pegar o vôo de volta para Califórnia. Voltamos apaixonados pelo que vimos

Seguro viagem

Apesar de não ser obrigatório nos Estados Unidos, o Seguro viagem é extremamente importante em qualquer viagem. Além de te proteger contra voos cancelados e bagagens extraviadas, o seguro te dá segurança para não ter dor de cabeça em eventualidades médicas (e vale lembrar que todo e qualquer serviço médico americano é cobrado). Com menos de R$10 por dia de viagem – faça uma cotação agora e veja que não é lorota – você viaja protegido e evita dores de cabeça.

Por aqui, nós recomendamos a Seguros Promo, um comparador de seguros que busca os melhores custos x benefícios do mercado e te ajuda a escolher o seguro certo para a sua viagem. Insira o código IDEIASNAMALA5 e ganhe até 10% de desconto na compra do seu seguro viagem! Faça sua cotação já!

Veja também: Seguro de viagem para os Estados Unidos

E aí, curtiu nossa viagem pelas fontes cristalinas da Flórida?

A Mari viajou a convite do VISIT FLORIDA e contou com o apoio da Disney Parks,  Discover Crystal River e Visit West Volusia. Todas as dicas deste post refletem as nossas experiências.


Viaje sem stress

✅ Reserve seu hotel em Orlando

✅ Faça seu seguro de viagens 

✅ Alugue seu carro


Veja também:

Flórida Springs:

Parques de Orlando

Planejando sua viagem para Orlando


Para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!



SOBRE O AUTOR

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

No comments

Veja também