Vaticano: Subida à cúpula da Basílica de San Pedro

15
Cúpula do Vaticano

A subida à cúpula da Basílica de São Pedro no Vaticano guarda algumas das vistas mais bonitas de Roma, e uma das experiências mais fascinantes da cidade. Um passeio que faço questão de repetir toda vez que vou a Roma. Veja neste posts todos os detalhes da subida, fotos caprichadas da vista e informações práticas para você planejar sua visita. Vem comigo?

Vaticano: Subida à cúpula da Basílica de San Pedro

Com seus 132 metros de altura, a Cúpula da Basílica do Vaticano pode ser vista de longe. Mas é de perto que a cúpula, projetada por Michelângelo, mostra seu tamanho e esplendor. Vista de dentro da basílica de San Pedro, a cúpula do Vaticano, traz um jogo maravilhoso de afrescos decorados com detalhes dourados e dezenas de passagens bíblicas, uma obra prima de engenharia, arquitetura e arte que emociona católicos e impressiona pessoas de todas as outras religiões.

Basilica de San Pedro do Vaticano

Basilica de San Pedro

O que pouca gente sabe é que a melhor forma de ver e apreciar a cúpula do Vaticano, não é de fora nem de dentro da igreja, mas do alto! A subida à cúpula proporciona vistas incríveis da parte superior da cúpula e um panorama divino de Roma.

Lá do alto você perceberá que a praça de São Pedro foi projetada em formato de chave – como as chaves que Jesus deu ao Apóstolo Pedro e que são o símbolo do Vaticano – e terá uma vista panorâmica de Roma.

Gosto tanto, mais tanto do passeio que já repeti 3 vezes, e faço questão de voltar todas as vezes que vou a Roma. Adoro a vista, amo a sensação de ver Roma do alto e recomendo para todo mundo que tem bom preparo físico e que não tem claustrofobia.

Prepare-se para MUITOS degraus!

A vista é maravilhosa, e ver a cúpula da maior basílica do mundo de perto é algo absolutamente incrível, mas para chegar lá você terá que encarar 320 degraus (ou 551 para quem optar pela subida 100% de escada) sendo que boa parte deles é muito mais estreito e apertado que o razoável. Definitivamente não é um bom passeio para quem tem claustrofobia.

O trajeto é inclinado, quase sem pontos para parada/ descanso e é tão estreito que muitas vezes raspei a barriga na parede, e olha que não sou muito alta! Vi muita gente desistindo no meio do caminho por cansaço.

Subida da cúpula do Vaticano passo-a-passo

Após passar pela revista de segurança (raio x) siga pelo lado direito da igreja e procure a bilheteria. Nesse momento você terá que optar pela subida 100% de escada ( 6 Euros) ou o combo elevador + escada (8 euros). Pra quem sobe só de escada são 551 degraus, e pra quem sobe de elevador serão 320 degraus.

Elevador ou escada?

Já fiz a subida de escada e de elevador, e acho que a subida de escada só vale a pena em dias que a fila para o elevador está muito grande (sim o elevador é um gargalo grande, especialmente nos meses de junho e julho) e claro, só opte por subir de escada se você tiver um preparo físico acima da média.

O primeiro trecho: de elevador

A subida de elevador é rápida e indolor, em menos de 2 minutos você já estará no terraço da basílica de São Pedro e pronto para encarar os 320 degraus finais.

O primeiro trecho: de escada

Quem sobe de escada, também não precisa se preocupar. O primeiro trecho é largo e bem espaçoso. Uma escada em caracol tão confortável quanto uma escada pode ser. Chegando no terraço, respire e tome fôlego porque é agora que a subida começa de verdade.

A parte interna da cúpula do Vaticano.

No terraço os grupos que sobem de escada e elevador se encontram. Se estiver muito cansado, aproveite e faça uma pausa dando uma voltinha. Caso contrário, suba direto e pare no terraço na volta.

Cúpula do Vaticano

Terraço da Cúpula do Vaticano, a primeira parada da subida

E antes de encarar as escadas, que tal curtir um pouquinho dos detalhes dourados da cúpula?

Cúpula do Vaticano

Mosaico da Cúpula do Vaticano

De uns anos, a parte interna da cúpula ganhou uma grade de segurança zero fotogênica, mas ainda assim dá para curtir os mosaicos das paredes e a proximidade dos desenhos da cúpula. Lá do alto você terá uma boa ideia da dimensão da igreja.

Cúpula do Vaticano

Cúpula do Vaticano vista do alto

O último trecho

Depois de meia volta pela parte de dentro da cúpula, chegou a hora de encarar os infames 320 degraus finais. A escada estreita e aos poucos você começará a subir a parte alta da cúpula (Repare no formato ovalado da subida! Sim, estamos dentro de uma das maiores cúpulas do mundo. E sim, é apertado pacas!)

Cúpula do Vaticano

Primeira escada: estreita e inclinada

Cúpula do Vaticano

E não acabou não… A coisa estreita mais!

O último trecho, o mais estreito, é feito por meio de uma escada de caracol bem estreita e sem corrimão. O único ponto de apoio é uma corda grossa dessas de circo. A escada é bem chatinha, mas por sorte é pequena, e a medida do possível, passa rápido.

Subida à Cúpula do Vaticano

Segunda escada, Em caracol. A cordinha serve de corrimão

Na alta temporada: prepare-se para encarar os degraus apertados com uma fila de pessoas. A lotação é chata e incomoda, mas faz parte de viajar na alta estação.

A recompensa: as vistas mais lindas de Roma

Depois disso é só comemorar, chegamos ao topo da cúpula do Vaticano, um dos cantinhos mais especiais de Roma. Lá do alto veremos os jardins do Vaticano, a praça de São Pedro, o monumento a Victorio Emmanuel e até o Coliseu.

Cúpula do Vaticano

Praça de São Pedro vista do alto

Vista do alto da Cúpula do Vaticano

Jardins do Vaticano e edificios internos

Vista do alto da Cúpula do Vaticano

Museus do Vaticano

A varanda é protegida por uma grade, e na alta temporada costuma ficar bem cheia. Mas com um pouquinho de paciência dá para curtir bastante as vistas.

Cúpula do Vaticano

Reparem na sombra da Cúpula

Dica: Na descida aproveite para dar uma volta pelos terraços e ver de perto as estátuas da fachada do Vaticano. No terraço há um café e uma lojinha que vende artigos sacros. Eu sempre compro tercinhos, e medalhinhas do papa para presentear os amigos.

Cúpula do Vaticano 14

Informações práticas

Quanto custa subir na cúpula do Vaticano?

Elevador + Escada = 7 Euros
Escada = 5 Euros

Horários de funcionamento

Aberto das 8:00 às 18:00 (no inverno até as 17:00)

Dá para comprar os ingressos da Cúpula do Vaticano com antecedência?

Infelizmente não. A única forma de visitar a cúpula é enfrentar a fila, mas juro que vale a pena 😉

Outros blogs que falam sobre essa subida:

Cúpula do Vaticano no Nós no Mundo

Veja também – Outros posts do Ideias na Mala na Itália

Milão:

Florença & Toscana

Costa Amalfitana

Roma

E para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!

About author

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

15 comments

  1. Cristiane Pereira 15 setembro, 2016 at 17:46 Responder

    Oi! Sei que minha mae nao vai aguentar ir até a cupula, mas vale leva-la ate o terraco? Consigo ver a vista ou parte dela?

    • mari vidigal 16 setembro, 2016 at 04:16 Responder

      Não vale a pena.
      Vale muito mais a pena subir a mirante do Monumento a Victor Emanuelle que tem elevador.
      Abraços e aproveite a viagem

    • Adilson 19 setembro, 2016 at 01:05 Responder

      Eu estive em agosto/16 e subi no Duomo…..quase morri…me deu falta de ar, desespero e não tem como voltar por que tem gente atrás de você. Tem mais uma Cristiane essas imagens estão bonitas…mas lá é um horror, você tem que andar inclinado. A escada não tem fim !!!!!!!

      • mari vidigal 10 outubro, 2016 at 22:03 Responder

        Oi Adilson,
        Sua experiência deve ter sido terrível hein? Eu achei apertado, mas como não tenho problemas com claustrofobia já repeti o passeio várias vezes. Que pena!
        Beijos

  2. Beatriz Domingues 29 agosto, 2016 at 13:09 Responder

    Para subir na cupula paga-se os 2 ingressos (visita ao interior da Basilica + valor da cupula) ou eh possivel visitar apenas a cupula?

Post a new comment

Veja também