Coliseu de Roma: como visitar, dicas, ingressos e mais

O Coliseu é o principal cartão postal de Roma e um dos pontos turísticos mais visitados do mundo. Em 2007, foi eleito como uma das sete maravilhas do mundo moderno. Neste post, explicaremos um pouco da história do Coliseu, curiosidades, ingressos, horário de funcionamento e como visitar o local juntamente com o Fórum Romano e o Palatino. Preparados para um banho de cultura?

O Coliseu também é conhecido como Anfiteatro Flaviano (e você entenderá o porquê daqui a pouco) e é atração indispensável de quem viaja para lá. Muito mais do que um símbolo ou um monumento impressionante, o Coliseu é um banho de história, praticamente uma entidade romana. Mas, acredite, apesar da fama turística, tem muito a contar. Histórias e lendas que vão bem além de seus sei lá quantos mil anos de existência se revelam timidamente em cada detalhe, cada pedregulho, cada degrau. Neste post, você terá todas as informações necessárias para conhecer o Coliseu.

Como visitar Coliseu de Roma

Dividimos esse texto nos itens abaixo. Para ir direto ao ponto, basta clicar em cima de cada um deles. Ou, se preferir, leia o post completinho para ficar expert em Coliseu. Vamos?

Ah, já está com sua viagem para Europa fechada? Temos vários roteiros prontinhos para você otimizar o seu tempo e visitar todos os pontos interessantes. Aqui neste outro texto, por exemplo, você encontrará um passo a passo para conhecer Roma em 3 ou 4 dias (com mapa, sugestões de hospedagens e muito mais).

Ingressos antecipados e horário de funcionamento

Arrisco a dizer que de todas as atrações de Roma, o Coliseu é a mais disputada. O que isso significa? Que você precisa comprar os ingressos antecipadamente. Além de garantir que você não fique sem ingresso (e vá embora sem conhecer o Coliseu – o que seria uma frustração e tanta), ter o ingresso em mão te poupará muito tempo, afinal as filas por lá são gigantescas.

Além do ingresso simples, que permite também visitar Fórum Romano e o Palatino, é possível solicitar uma visita guiada. Caso essa seja a sua escolha, opte por ir na na parte da manhã e programa-se pois ela leva cerca de 2h.

  • Horário de funcionamento
    Todos os dias, das 08h30 às 19h
  • Ingressos
    Entrada para o Coliseu, Fórum e Palatino: 16 Euros | Menores de 17 anos: 4 Euros
    Visita guiada pelo Coliseu, Fórum e Palatino: 62 Euros
  • Compre aqui seu ingresso antecipado do Coliseu

Um pouco da história do Coliseu

O Coliseu começou a ser construído no ano 72 d.C. – durante o Império Romano – e foi concluído oito anos depois sob o mandato do imperador Tito. Sua localização está em um vale, onde antes havia um pequeno lago que o Imperador Nero usava para a Domus Aurea, entre as colinas do Palatino, Esquilino e Célio. Ele serviu como o maior anfiteatro romano (também chamado de Anfiteatro Flaviano, uma homenagem à Flavio Vespasiano, pai de Tito). Lá, eram apresentados diversos espetáculos de entretenimento (fazia parte da política do “pão e circo”), como batalhas, lutas de gladiadores, execuções de prisioneiros e até exibições de animais.

Como visitar Coliseu de Roma

Sua estrutura é elíptica e possui 188 metros de comprimento, 156 metros de largura e 57 metros de altura. Foi construído com tijolos e revestido de mármore travertino. Dividido em cinco níveis, a capacidade do Coliseu era para mais 50.000 pessoas – as áreas eram definidas de acordo com a classe social das pessoas: quanto mais elevado, mais perto da arena se sentava. A inauguração do Coliseu se deu com 100 dias de espetáculos, onde estima-se que centenas de gladiadores e cerca de 5 mil animais foram mortos.

Por conta de terremotos e, principalmente, bombardeios durante a Segunda Guerra Mundial, a partir do século VI sua construção começou a decair. O Coliseu, então, passou a ser usado como Igreja, cemitério e até mesmo moradia para a nobreza. Hoje, juntamente com o Vaticano, ele é a maior atração turística de Roma e recebe mais de 6 milhões de visitantes por ano.

Como chegar ao Coliseu

Em Roma, você pode chegar aos principais pontos turísticos caminhando ou então usando o transporte público – nem pense em alugar carro! Para chegar no Coliseu, você pode caminhar desde o seu hotel ou pegar um metrô para a estação Colosseu que fica na linha azul. E, não se esqueça, garanta antecipadamente seu ingresso do Coliseu para escapar de uma fila imensa.

Dicas de como visitar

Acho que já deu para entender que o Coliseu é bem disputado, né? Como eu gosto de visitar lugares turísticos mais vazios, gosto de chegar bem cedinho, na hora que abre mesmo. O passeio começa com uma íngreme escadaria, são dois lances de escada caprichados com altos degraus. Prometo que o esforço será recompensado com a vista completa do recinto. Uma espécie de oval repleto de pequenas galerias… Simplesmente impressionante!

Como visitar Coliseu de Roma

Sugiro que você complete toda a circunferência com bastante calma, contemplando os arcos e aproveitando a vista de cada uma das muitas varandas. De tempos em tempos, dê uma espiada na vista para o Palatino e para o pomposo Arco de Constantino.

Como visitar Coliseu de Roma

Do lado de dentro, repare nos sinais que o lugar apresenta, nas colunas caídas e nas ruínas. Imagine que surreal quando todo o Coliseu era rodeado por imponentes colunas e por estátuas gigantescas. Há muitos sinais de resíduos dessas construções e muitas texturas bacanas por lá.

Como visitar Coliseu de Roma

Terminado a parte superior, desça as escadas e veja as galerias mais de perto. Curta um pouquinho as varandas inferiores e vá se despedindo do interior do Coliseu. Não esqueça de registrar cada cantinho dele em uma foto especial.

Como visitar Coliseu de Roma
Do lado de fora, curta um pouco o ambiente mega turístico que é essa região. Gladiadores romanos posam para fotos com turistas, as barracas de lembrancinhas e sorvetes mais caras da cidade – tudo isso com o Arco de Constantino ao fundo.

Como visitar Coliseu de RomaComo visitar Coliseu de Roma
O ingresso de entrada ao Coliseu inclui também a entrada na minha parte preferida de Roma, as ruínas Romanas – que incluem o Fórum Romano e o Palatino.

Como visitar Coliseu de Roma

Sugiro que você comece a explorar as ruínas romanas pelo Palatino e deixe o Fórum Romano para o final. Isso porque há duas saídas perto do Fórum Romano e esse mini planejamento vai deixar sua vida mais fácil.

Como visitar Coliseu de Roma

Se você, assim como eu, adorar história, esse é o lugar certo para você levar seu Guia de Roma. Cada casa e construção tem uma explicação bacana e com um livro de história na mão fica bem mais fácil de entender. E ah, esse é um passeio bem longo. Prepare-se para gastar pelo menos uma manhã ou tarde inteira entre as Ruínas e o Coliseu. Como visitar Coliseu de Roma

É claro que tudo isso depende do tamanho do seu interesse, mas pessoalmente acho tão fantástico que não me imagino fazendo o percurso de maneira mais rápida. Vale lembrar que o passeio inclui uma boa caminhada, entre subidas e descidas, em solo irregular (com bastante pedras e buracos) – vá com um tênis confortável.

Como visitar Coliseu de Roma
Templo Rômulo

Entre as muitas Ruínas, sugiro que você dê uma atenção especial ao Estádio do Palatino, o Templo das Virgens Vestais, o Templo de Rômulo e o Templo de Saturno. É claro que é tudo lindo e que seu gosto pode ser completamente diferente do meu em relação às preferências, mas deixo aqui um cheirinho do que eu mais gostei.

Como visitar Coliseu de Roma
Estádio do Palatino
Como visitar Coliseu de Roma
Templo das Virgens Vestais
Como visitar Coliseu de Roma
Templo de Saturno

Seguro saúde

Além de obrigatório para quem viaja pela Europa, o seguro viagem garante o seu sossego durante toda a sua estadia fora de casa. Já pensou estar caminhando por toda essa beleza e torcer o pé? Imprevistos acontecem, mas não dá para não se preparar para eles. Nossa dica é que você contrate um seguro com boa cobertura e que cubra tudo no ato – assim você evita a burocracia para ser reembolsado depois. Um bom seguro viagem cobre, além de emergencias médicas, malas extraviadas e voos cancelados. É uma tranquilidade a mais!

Por aqui, recomendamos e usamos a Seguros Promo para comprar nossos seguros, pois eles funcionam como um comparador de apólices, listando o que há de melhor no mercado. Assim, você otimiza seu tempo e só escolhe a melhor opção para você.

Clicando aqui e inserindo nosso código IDEIASNAMALA5 você ganha 5% de desconto na compra do seu seguro viagem.

E aí, gostou das nossas dicas para visitar o Coliseu?


Viaje sem stress

✅ Reserve seu hotel em Roma

✅ Faça seu seguro de viagens 


Veja também:

Milão:

Florença & Toscana

Costa Amalfitana


E, para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!

Guarde este post no Pinterest!

como visitar o coliseu

Planeje sua viagem

Comentários (15)

[…] Coliseu de Roma: como visitar, dicas, horários, ingressos e curiosidades […]

[…] pelo Coliseu com calma, suba e desça escadas. Repare nas estátuas, nas emendas, na gradiosidade…. é bem […]

[…] Coliseu & Fórum Romano: Um passeio por Roma Antiga […]

[…] nossa visita em Roma com um passeio pelo Coliseu. Comprei os ingressos antecipados e foi excelente. Furamos uma fila TREMENDA e economizamos muito […]

[…] Coliseu & Fórum Romano: Um passeio por Roma Antiga […]

[…] conseguimos visitar os principais pontos turísticos de Roma. Entre os que mais gostamos estão o Coliseu, Foro Romano e a Basílica de São […]

Oi Mari!

Quais são as duas opções de saída do Forum Romano que você cita no post?
Em um outro post seu eu li sobre a saída do Palatino pelo Circo Massimo, subindo o morro do Aventino.
Essa é uma delas? Para sair pelo Palatino eu não teria que começar pelo Forum?

Bjss

[…] Roma antiga: O Coliseu e as impressionantes ruínas romanas […]

[…] Veja mais detalhes desse passeio e muitas fotos no post: https://ideiasnamala.com/2012/01/11/roma-antiga-um-banho-de-cultura/ […]

[…] Roma antiga, um banho de cultura: https://ideiasnamala.wordpress.com/2012/01/11/roma-antiga-um-banho-de-cultura/ […]

[…] na mala Viagem, cultura e arte Pular para o conteúdo InícioIdéias na mala ← Roma antiga, um banho de cultura Em casa do outro lado do mundo […]

[…] Roma antiga, um banho de cultura […]

[…] Idéias na mala Viagem, cultura e arte Pular para o conteúdo InícioIdéias na mala ← Stonehenge & Salisbury: Mito e beleza Roma antiga, um banho de cultura → […]

Deixe o seu comentário