Snorkel em Maui: a cratera de Molokini (com direito a baleias e golfinhos)

Corais caprichados, peixes coloridos, tartarugas marinhas gigantes e com sorte golfinhos e até baleias, o mergulho (ou snorkel) pela cratera de Molokini é sem dúvida uma das experiências mais incríveis e marcantes da ilha de Maui no Havaí. Nesse post dividirei com vocês todos os detalhes do snorkel em Maui. Vem comigo?

A cratera de Molokini é uma ilhota a cerca de 4 Km da ilha de Maui, no Havaí, que submergiu após a explosão do vulcão Molokini há mais de 200.000 anos atrás. Depois de um passado turbulento – a ilha já serviu de campo para pescaria e até para treino de bombardeios durante a segunda guerra mundial – foi transformada em parque de conservação marinha e é um dos lugares com melhor visibilidade e a maior variedade de peixes, crustáceos, corais e outras criaturas marinha de todo o Havaí. A diversidade de espécies é incrível e o legal é que muitas delas são endêmicas, ou seja, presentes apenas no Havaí.

Snorkel em Maui
Molokini – Maui

Graças ao seu formato de meia lua Molokini é bem protegida de ondas o que proporciona um snorkel relativamente tranquilo, especialmente durante as manhãs, e uma visibilidade maravilhosa. A impressão é que estamos mergulhando em um grande aquário em alto mar. Lindo D+.

Snorkel em Maui

Como é o Snorkel em Maui?

Existem diversas companhias locais que oferecem passeios de 3-5 horas por Molokini. Os passeios geralmente acontecem bem cedinho – entre 7:00 e 10:00 da manhã quando os ventos de Maui costumam ser mais leves e as condições de mergulho -entenda-se por ondas e correnteza – são melhores. Os tours mais longos, param em um segundo ponto de snorkel (que pode ser na Costa Sul ou Oeste de Maui) onde a visibilidade não é tão boa, mas a presença de tartarugas marinhas é quase certeira.

Quanto custa fazer snorkel em Maui

Os preços geralmente variam entre 80-115 dólares, mas vale a pena ficar de olho nas promoções online ou ofertas de último minuto. Cuidado com passeios muito baratos, vi gente vendendo pacotes de snorkel por 30 dólares que não eram em Molokini e sim em outro lugar.

O que está incluso?

Os passeios geralmente incluem todo o equipamento de mergulho (nadadeira, máscara, snorkel, boias e espaguetes flutuantes), orientação + aulinha básica de snorkel para quem precisar, café da manhã (alguns servidos a bordo, outros antes do tour começar), almoço (churrasco gringo – hot dog, frango e acompanhamentos servidos no barco), uma bebida alcoólica por pessoa (alguns tours são open bar), refrigerantes e sucos à vontade.

Itinerário básico dos tours: Café da manhã + 2 paradas para Snorkel + almoço

Os tours mais longos começam com café da manhã servido ou no barco ou no porto (geralmente Ma’alaea ou Lahaina), e em seguida vão para Molokini. No caminho o barco passa por um santuário de baleias jubarte (entre os meses de Novembro e abril, a chance de avistar uma delas é grande).

Chegando em Molokini o barco faz a primeira parada do dia para Snorkel: algo entre 45 minutos / 1 hora dependendo do barco. Saindo de Molokini, os barcos voltam para Maui e fazem uma segunda parada para mergulho na Costa Sul ou na Costa Oeste de Maui onde há uma grande quantidade de tartarugas marinhas.

Depois da segunda parada é servido o almoço: frangos, hot dogs, hambúrgueres e outros acompanhamentos. Na volta o barco novamente cruza o santuário das baleias e você terá mais uma chance de avistar as gigantes.

Mapa de Molokini
Print Screen: http://molokinicrater.com

Tour menor x tour maior

Veja no mapa acima que Molokini tem diversos pontos diferentes de Snorkel. Para preservar o meio ambiente e controlar o número de pessoas nos corais, só podem parar em Molokini barcos que tenham uma permissão especial, e é proibido ancorar, assim todos os barcos estacionam em bóias já fixas nos pontos de mergulho. Infelizmente você não terá muito controle sobre o ponto escolhido pelo seu barco, mas posso adiantar duas coisas:

Os barcos maiores levam entre 100-130 mergulhadores e geralmente aportam no centro da cratera, que tem menos ondas e MUITO menos correnteza que as extremidades. No centro o mar é bem mais gentil com principiantes. Excursões menores, vendidas como “snorkel intermediário-avançado” aportam nas extremidades de Molokini, onde há um pouco mais de correnteza, mas a vida marinha é bem mais interessante.

A vantagem de escolher um barco menor é ter um itinerário mais flexível e deixar o capitão a vontade para parar mais vezes e nos lugares que ele escolher. Enquanto os tours maiores incluem somente duas paradas, os menores fazem até três paradas. Isso sem falar na quantidade de gente. Mergulhar ao lado de 130 pessoas é uma experiência BEM diferente do que mergulhar ao lado de no máximo 32.

E a diferença de preço?

É mínima, cerca de 10-15 dólares por pessoa. E diga-se de passagem, foram os 15 dólares mais BEM gastos da viagem. Jamais teria aproveitado tanto e visto TANTA coisa linda em uma barco maior. Valeu cada centavo.

O que levar?

  • Roupa de banho
  • Chapéu (que feche bem por que o vento é BRAVO)
  • Óculos de sol
  • Protetor solar (você vai precisar muito dele)
  • Toalha + roupa seca (para sair quentinho depois do tour) + chinelo
  • Máquina fotográfica (Se tiver Go Pro, leve também!!!)
  • Remédio anti enjoo (se você enjoa em barco, você VAI precisar dele)

O tour que nós escolhemos

Depois de pesquisar um pouquinho, ler reviews no Trip Advisor e conferir as dicas da Lucia Malla para Maui, escolhemos a Pacific Whale Foundation, uma ONG super bacana e com várias opções de passeios de barco em Maui. Curti o fato da PWF ser uma organização sem fins lucrativos focada em conservação e pesquisa marinha e curti mais ainda o fato dos guias nos barcos serem formados em Biologia marinha e com grande conhecimento em baleias. Caso alguma baleia resolvesse dar o ar da graça, eu estava MEGA a fim de aprender tudo sobre ela.

Snorkel em Maui
Pontinha da ilha de Molokini – Maui

A PWF oferece dois tours diferentes para Molokini: o tour tradicional num barco grande para 100-130 pessoas e um tour mais intimista chamado “Molokini Wild Side” para no máximo 32 pessoas. A diferença de preço entre os tours era pequena e por isso não pensei meia vez em reservar o tour menor. Detesto lugar muvucado e a ideia de fazer snorkel com mais 100 pessoas não me parecia nada atraente. Foi a melhor escolha da viagem, por isso deixo a dica: faça o tour mais intimista e você não se arrependerá!

E valeu a pena?

Muito. O passeio para Molokini – que teve a ilustríssima presença de Tartarugas, Baleias, Golfinhos e até um raríssimo tubarão baleia que resolveu dar o ar da graça e não passou dessapercebido por nossas câmeras. Amamos e aproveitamos MUITO cada segundo!

Nossa experiência em Molokini

Check-in antecipado: o tour saiu em PONTO.

Nosso tour tinha a saída programada para as 7:30 da manhã, o email de confirmação pedia que chegássemos com uma hora de antecedência, mas achamos um exagero e resolvemos chegar 20 minutinhos antes. Fomos os últimos a chegar e eu já havia recebido ligação dos organizadores do tours. Primeira lição do dia: os tours da PWF saem realmente em ponto.

O check In é feito na loja da PWC no porto de Ma’alaea, e o café da manhã foi servido numa das salas de aula do curso de mergulho.

O café da manhã

Com medo do suposto café da manhã oferecido pelo tour, comemos algo no hotel, mas fomos surpreendidos com um bom café da manhã com direito a Bagels, Pastries, frutas, sucos e café. Comi um prato de abacaxis FELIZ da VIDA.

O Barco

Depois do café da manhã seguimos para o barco, que segundo o comandante tem capacidade para até 50 pessoas mas que a PWF coloca no máximo 32. O barco é equipado com fileiras de cadeirinhas azuis e todo mundo (até nós que fomos os últimos a entrar no barco) tem uma boa visibilidade do mar – e das eventuais baleias e golfinhos que apareçam durante a viagem.

Snorkel em Maui
No Barco a caminho de Molokini

Viagem de ida para Molokini

Molokini fica pertinho da costa de Maui, mas o barco vai num ritmo bem maneiro respeitando a velocidade do vento e sem brigar com as ondas (ainda assim teve gente que passou mal, na dúvida tome remédio para enjoo). Durante a viagem, enquanto atravessávamos o santuário das baleias Jubarte vi pelo menos meia dúzia de jatos d’água de baleia sendo soprados lá longe, mas infelizmente não havia nenhuma pertinho de nós e o barco acabou indo direto para o ponto de Snorkel.

Snorkel em Maui
Maui vista do barco

Durante a viagem a guia distribuiu máscaras, nadadeiras e snorkel para todos os que não tinham equipamento e contou algumas curiosidades da ilha. Fui ficando ansiosa.

O primeiro Snorkel do dia

Nossa primeira parada do dia foi num ponto chamado “Enevue” que fica na extremidade esquerda da ilha. Logo que ancoramos, o barco foi rodeado por uma série de peixinhos pretos curiosos. Gu e eu fomos os primeiros a cair e logo fomos recompensados com uma série de peixinhos lindos e hiper diferentes. Meu preferido foi um peixe balão bem “zoiudo” que não parava de nos observar.

Snorkel em Maui
Gu pulando do barco para o primeiro Snorkel do dia
Snorkel em Maui
Snorkel em Maui

Também vimos peixes do tipo Morish Idol (que eu adoro), Yellow Tangs, Trumpet fish e um peixe papagaio pra lá de lindo. Os corais eram até que bonitos, mas o que realmente impressiona é a diversidade e a cor dos peixinhos. A água estava um pouco fria para meu gosto (quem quiser pode alugar uma roupa seca por $10 adicionais) e acabamos saindo um pouco antes do final.

Snorkel em Maui
E olha só que bonitos or corais

Snorkel em Maui

Snorkel em Maui

Snorkel em Maui

Snorkel em Maui

 

Snorkel em Maui

Segundo Snorkel do dia

Aproveitando que nosso grupo era pequeno (éramos 23) e que todo mundo saiu da água relativamente rápido fizemos um outra parada do lado oposto da cratera num ponto chamado “Reef’s end”. Impressionante a mudança nos corais em dois pontos tão próximos. Gostei mais desse segundo ponto e me encantei ao ver dezenas de peixinhos se alimentando do mesmo coral gorducho.

Snorkel em Maui
Minha vez de ser fotografada –

Snorkel em Maui

Snorkel em Maui

Snorkel em Maui

De volta ao barco, recebi o primeiro pequeno presente do dia, um grupo de golfinhos rotadores passou a cerca de 50m nosso barco. (E eu quase me joguei na água para nadar com eles). Rs

Golfinhos rotadores gigantes

Terminado o mergulho o capitão deu a volta na ilha, como tínhamos um pouco de tempo, iríamos em busca de baleias antes da nossa segunda parada do dia. Minutos depois vimos algo pulando lá longe – eu vibrei loucamente pensando que fosse um filhote de baleia – mas na verdade era um golfinho bem avantajado. Um não, vários.

Maui - Havaí
Golfinho Rotador Saltitante em Maui

Eles estavam buscando ondas para surfar e possivelmente pescando, e aproveitaram para dar uns pulinhos perto do nosso barco. Foi D+! Ainda que eu preferisse ver as baleias, não dá para reclamar de golfinhos tão lindos e tão grandes assim tão perto!

A caverna das tartarugas

Dalí seguimos para a segunda parada do dia, dessa vez na Costa de Maui em algum lugar próximo a Makena Beach (onde havíamos mergulhado no dia anterior). Aqui a água estava um pouco mais turva, mas haviam diversas cavernas e duas tartarugas RIDICULAMENTE grandes. Os corais estavam super bem preservados e também haviam muitos peixes lindos.

Snorkel em Maui
Tartaruga em Maui
Snorkel em Maui
Segunda tartaruga do dia

Nessa parada a água estava BEM mais quente que em Molokini, então deu para ficar na água bastante tempo e sem medo de ser feliz.

Tubarão Baleia

Antes da parada o capitão havia anunciado que cozinharia o churrasco enquanto fazíamos snorkel, mas por algum motivo que ainda não sabíamos, ele mudou de ideia e acabou saindo de lá antes do planejado. Pela primeira vez no dia ele botou força no barca e saiu a procura de algo que pensávamos que eram baleias. Só que ele não parecia estar seguindo a trilha de água de nenhum dos muitos jatos de baleia que vimos pelo caminho. Estranho não?

Maui - Havaí
Tubarão baleia em Maui

Foi aí que ele apareceu! Um tubarão baleia LINDO, na real, uma das criaturas marítimas mais impressionantes que já vi de perto. Estava com um prato de comida na mão e por isso não me atirei na água junto com as guias – acho que os 6 meses de gravidez, e a falta de um snorkel naquele exato momento também contribuíram para a decisão. Só sei que quando fui pular, o capitão apareceu e disse que só a tripulação estava liberada. Que vontade IMENSA de desobedecer, mas devido ao meu barrigão. Fiquei só na vontade e tive que me contentar em ver o bicho do barco. O que cá entre nós já é UM SUPER presente.

Snorkel em Maui
Tubarão Baleia em Maui
Snorkel em Maui
E olha só nossa guia fazendo snorkel com ele 🙂

Uma das guias foi fofa, pegou a minha Go Pro e tirou um monte de fotos do tubarão baleia. Assim divido as fotos com vocês e já anuncio: Tubarões seus lindos, me esperem em Los Cabos ou nas Filipinas que MUITO em breve irei encontrar vocês!!!

Snorkel em Maui
O sorríso do gigante

Um detalhe: os tubarões baleia são SUPER raros no Havaí, o comandante trabalha em Maui há dez anos e esse é o segundo que ele vê por lá! QUE SORTE, hein?!

Almoço a bordo do barco

Ficamos uns 10-15 minutos estacionados ao lado do tubarão. Nesse meio tempo o almoço (quem disse que eu  perdi a fome tamanha a emoção) foi servido. O churrasco tava gostosinho, mas os acompanhamentos estavam um pouco passados. Comi o feijão, não gostei do gosto e deixei o resto no prato. Dor de barriga definitivamente não estava no meu check list de atrações de Maui. Mas o hot dog e o sanduba de frango estavam bons e mataram minha fome.

Snorkel em Maui
Almoço no barco

Baleias Saltitantes.

Num dado momento vimos uma coleção de splashs BEM pertinho do barco. Eu que havia pedido TANTO por uma baleia saltitante fui presenteada com uma verdadeira fila de baleias.

Maui - Havaí
Baleias que vi durante meu passeio de Snorkel

A guia nos explicou que 6 ou 7 machos estavam disputando uma fêmea, eles nadam incansavelmente seguindo essa fêmea e trocando safanões. O campeão da briga tem o direito de cruzar com a fêmea. Eles estavam nadando numa velocidade BEM alta, respirando MUITO (o que é lindo de ver) e trocando pulos. Foi EMOCIONANTE!

Ver uma baleia saltando de perto (eu já havia visto muitas respirando e mostrando o rabo na última viagem para o Havaí e na Califórnia) era um dos meus sonhos de encontro animal e que finalmente foi realizado!

Chegada em Maui

Chegamos em Maui extasiados e ABSOLUTAMENTE encantados com o espetáculo. Todo o barco amou o passeio e ninguém acreditava na nossa sorte. Ver baleias, golfinhos, tubarão baleias e tartarugas superou e MUITO nossas expectativas de Snorkel. Que experiência sensacional.

Talvez eu esteja exagerando um pouco na quantidade de adjetivos, mas quem me conhece sabe que não me impressiono fácil e que sou apaixonada pelo mar e por mergulhos em geral, assim não consigo conter minha emoção. Espero que esse post te inspire a fazer o passeio e te desejo sorte e uma experiência tão linda como a nossa. Recomendo e MUITO fazer snorkel em Maui.

E aí, curtiu as dicas do post? Se animou em fazer snorkel em Maui

Sentiu falta de alguma informação? Deixe sua pergunta na caixa de comentários

Alguém aí já fez o passeio e quer dividir com a gente o que achou?

Veja também:

Maui:

Mais posts de Maui:

Outras ilhas do Havaí

E para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!
[instagram-feed]

Planeje sua viagem

Deixe o seu comentário