O que fazer em Buenos Aires

Saiba o que fazer em Buenos Aires, um post completo com as melhores dicas e os principais pontos turísticos da capital Argentina. Tudo o que você precisa saber para planejar bem sua viagem e se apaixonar por Buenos Aires! Vamos nessa?

Buenos Aires é conhecidíssima por nós brasileiros, e muitas vezes é o primeiro destino internacional que experimentamos. Disputas à parte entre hermanos e brasileiros, é inegável que dominamos as ruas da cidade. Sei que muitos viajantes, não gostam de encontrar durante a sua viagem, turistas canarinhos, mas te garanto que é possível viver a capital argentina de modo autêntico e rico, misturando espaços que os portenhos visitam e outros que os turistas não querem perder!

Neste post dividiremos com vocês dicas incríveis do que fazer em Buenos Aires, um apanhado completo com as principais atrações da cidade. Pronto para se apaixonar por Buenos Aires?

O que fazer em Buenos Aires no mapa

Veja todas as dicas deste post no mapinha abaixo!

Onde ficar em Buenos Aires

Hotéis Caprichados

Hotel Faena – Puerto Madero (Testado e aprovado por nosso amigos!)

Um hotel super excêntrico e todo moderninho. Os quartos são decorados com móveis modernos brancos, e um ou outro objeto vermelho, o contraste é lindo. E pra melhorar, alguns quartos tem vistas lindas do rio. Destaque para a piscina caprichada com uma fonte pouco discreta de coroa. O Faena tem um restaurante próprio delicioso e que vale a visita mesmo se você não se hospedar por lá! Reserve aqui.

Onde ficar em Buenos Aires
Quarto do Hotel Faena | Imagem: Divulgação
Onde ficar em Buenos Aires
Piscina | Imagem: Divulgação

Alvear Palace Hotel – Recoleta (Testado e aprovado por nossos amigos)

Um dos melhores e mais tradicionais de Buenos Aires, o Alvear Palace se transformou numa atração a parte e um daqueles hotéis que mesmo que não se hospeda gosta de visitar. O Alvear Palace tem uma fachada linda, um interior luxuoso e ultra bem decorado e quartos amplos, charmosos e bem decorados (a maior parte deles foi reformada e tem decoração moderna, mas há algumas suites com decoração clássica). Destaque para os banheiros de mármore espaçosos e com banheira hidromassagem. O café da manhã, incluso na diária é muito elogiado pelos hóspedes. Reserve aqui.

Onde ficar em Buenos Aires
Saguão do Alvear Palace | Imagem: Divulgação
Onde ficar em Buenos Aires
Imagem: Divulgação
Onde ficar em Buenos Aires
Imagem: Divulgação

Park Tower – Retiro | Região linda e bem central (Testado e aprovado por nossos amigos)

Quartos amplos, confortáveis e com decoração clássica de muito bom gosto. Os hóspedes de Park Tower tem acesso a um clube com piscina aquecida e academia dividido com os hóspedes do Sheraton. O café da manhã super completo, e o happy hour incluso na diária de alguns quartos, são muito elogiados pelos hóspedes. O Park Tower fica bem pertinho da Estação de Trem Retiro, e dos parques Monumental e San Martín e muitos quartos tem vistas lindas da Torre Monumental e dos parques. Uma localização deliciosa e bem central. Reserve aqui.

Onde ficar em Buenos Aires
Quartos do Park Tower | Imagem: Divulgação
Onde ficar em Buenos Aires
Imagem: Divulgação

Hotéis com bom custo benefício

NH Buenos Aires Florida – Centro (Testado e aprovado por nossos amigos)

Como dizem os gringos: Location, Location, Location. O NH Buenos Aires é uma opção básica, bonitinha e hiper bem localizada em pleno centro da cidade e bem próximo ao metrô. Taí uma opção excelente para quem quer aproveitar a cidade ao máximo! O café da manhã, cobrado a parte, é muito elogiado pelos hóspedes. Reserve aqui.

Onde ficar em Buenos Aires
Imagem: Divulgação

NH City Buenos Aires – Centro(Testado e aprovado por nossos amigos)

Outra boa opção da rede NH é o NH City Buenos Aires, um hotel com uma fachada Art Deco linda, e uma piscina na cobertura que tem vistas bacanas da cidade. Os quartos tem um bom tamanho e decoração clean, e a localização também é ótima: no centro de Buenos Aires, pertinho da Casa Rosada e colado em duas estações de metrô! Dá para fazer muita coisa a pé e de metrô! Reserve aqui.

Onde ficar em Buenos Aires
Imagem: Divulgação
Onde ficar em Buenos Aires
Imagem: Divulgação

Veja aqui ofertas de hotéis bem avaliados em Buenos Aires

Dicas do fazer em Buenos Aires:

1) Se apaixonar pelos Parques e Bosques de Buenos Aires

Parque Tres de Febrero

Conhecido também como Bosques de Palermo, é o pulmão verde da cidade que abriga espaços como o Rosedal e o Jardim dos Poetas, com bustos que homenageiam grandes poetas da história. O Rosedal é um dos parques mais lindos que vi na vida, ele é composto por uma série de rosas coloridas, que te transportam para um Jardim Secreto em meio ao bairro de Palermo, uma região nobre da cidade.

que fazer em Buenos Aires
A lindeza do Rosedal em Buenos Aires // Foto por Thaís Carneiro

Informações úteis

Parque Tres de Febrero

  • Endereço: Norte do bairro de Palermo
  • Ônibus: linhas 10, 15, 37, 59, 60, 67, 93, 95, 102, 108, 118, 128, 130, 141, 160 e 188.
  • Metrô (Subte): Scalabrini Ortiz, linha D.

Jardín Botánico Carlos Thays

Contando com quase cinco quilômetros de extensão, o parque recebe este nome em homenagem ao arquiteto e paisagista francês Carlos Thays. Inaugurado em 1898, ele comporta três estilos de jardins: romano, oriental e francês. Ali você encontrará uma estufa com plantas exóticas, que foi declarada como Patrimônio Histórico Nacional com seu 35 metros de comprimento e 8 metros de largura. É um lugar bem bacana para curtir a tarde.

que fazer em Buenos Aires
Jardim Botânico em Buenos Aires // Foto por Thaís Carneiro

Informações úteis

Jardín Botánico Carlos Thays

  • Endereço: Av. Santa Fé 3951, Palermo
  • Funcionamento: Terça à sexta, das 08h até às 19h. Sábados e domingos, das 9.30h até às 19h.

Jardín Japonés

O jardim foi aberto em 1967 para comemorar a primeira visita à Argentina de um membro da família real do Japão e desde o final da década de 1980, o espaço segue sendo gerido pela Fundação Cultural Japonesa da Argentina. O espaço é bem gostoso para passear e rende fotos excelentes. Lá dentro tem um restaurante japonês que funciona apenas por reserva nas sextas, sábados e domingos, mas nos outros dias não há necessidade. A entrada custa 120 pesos (*valores atualizados em março/2018) e não é permitido a realização de piqueniques. Menores de 12 anos, argentinos aposentados e pensionistas não pagam entrada.

que fazer em Buenos Aires
O outono no Jardim Japonês em Buenos Aires // Foto por Thaís Carneiro
que fazer em Buenos Aires
A beleza do Jardim Japonês em Buenos Aires // Foto por Thaís Carneiro

Informações úteis

Jardín Japonés

  • Endereço: Av. Casares 2966
  • Funcionamento: Aberto todos os dias das 10h às 18h.
  • Entrada: $120 (Abril/2017)

Parque San Martín e Parque Torre Monumental

Outros dois parques que merecem destaque ficam próximos a Estação de Trem Retiro (que por sinal é linda), e são o Parque San Martín e o Parque Torre Monumental que tem esse nome graças a torre do relógio linda que fica nele. Ambos ficam bem próximos ao centro histórico e valem a visita!

2) Curtir o bairro da Recoleta

Uma das regiões mais visitadas da cidade, compreende uma leva de pontos turísticos interessantes: a Floralis Generica, que fica  ao lado da Facultad de Derecho, com sua arquitetura que remete à Roma Antiga, próxima ao Centro Cultural de La Recoleta e ao Cementerio de la Recoleta.

que fazer em Buenos Aires
As ruas do beirro Recoleta em Buenos Aires // Foto por Thaís Carneiro

O que visitar:

Floralis Generica

A escultura de 20 metros de aço inoxidável e alumínio, toma conta da Praça Naciones Unidas e foi doada pelo seu seu autor, o arquiteto argentino Eduardo Catalano. Inaugurada em 2002, ela é uma homenagem a todas as flores e devido ao seu sistema hidráulico e células fotoelétricas, ela abre e fecha suas pétalas com a luz solar.

Endereço:

Avenida Presidente Figueroa Alcorta, 2301 – Recoleta

que fazer em Buenos Aires
Curtindo a Floralis Generica em Buenos Aires // Foto por Thaís Carneiro

Facultad de Derecho

O imponente edifício de arquitetura romana chama a atenção de quem passa pela região e foi assim que entrei para conhecer. Inaugurada em 1949 pelo presidente Juan Domingo Perón, ela encanta por seu interior. A faculdade foi incorporada à Universidade de Buenos Aires (UBA) e continua com suas atividades acadêmicas, mas recebe no saguão exposições artísticas e a entrada é gratuita.

Endereço: Avenida Presidente Figueroa Alcorta, 2263 – Recoleta

que fazer em Buenos Aires
Facultad de Derecho em Buenos Aires // Foto por Thaís Carneiro

Cementerio de la Recoleta

Um dos pontos turísticos mais visitados é o Cemitério da Recoleta, que reúne não só uma arquitetura gótica belíssima e histórias de arrepiar, mas acolhe também intelectuais e políticos argentinos mortos. Dentre os túmulos mais procurados, está o de Eva Perón, que foi casada com o ex-presidente Juan Domingo Perón e morreu precocemente aos 33 anos, vítima de câncer. A sua morte causou uma grande comoção entre os argentinos, que por vezes, a chamam de “madrecita”. A entrada é gratuita e você ainda pode participar de visitas guiadas também gratuitas, conduzidas pelos profissionais de lá.

que fazer em Buenos Aires
Cementerio de la Recoleta em Buenos Aires

Informações úteis:

Cementerio de la Recoleta

  • Endereço: Rua Junín, 1760
  • Horário de visitação: todos os dias das 7h às 17h30.
  • Ônibus: 17, 61, 62, 67, 92, 93, 10, 37, 38, 41, 59, 60, 95, 101, 102, 108, 118, 124, 130.
  • Entrada grátis

Centro Cultural de la Recoleta

O Centro Cultural da Recoleta é um espaço incrível de divulgação cultural da cidade. Lá você vai encontrar exposições de arte contemporânea e históricas! Em uma das vezes que fui, tinha uma incrível sobre John Lennon. Além disso, eles oferecem shows e apresentações de dança e teatro. O meu queridinho que praticamente, mora lá e está sempre esgotado, é o espetáculo Fuerza Bruta! Ele fez tanto sucesso, que o grupo já se apresentou em São Paulo e as múltiplas linguagens artísticas fazem com que eu tenha dificuldade de definir. Talvez, dê pra pensar como grupo de dança contemporânea. De qualquer modo, fica o convite para algo INCRÍVEL!

que fazer em Buenos Aires
Fachada do Centro Cultural de la Recoleta em Buenos Aires

Informações úteis:

Centro Cultural da Recoleta

  • Entrada gratuita
  • Endereço: Rua Junín, 1930.
  • Horário de visitação: De terça a sexta das 13h30 às 22h. De sábados, domingos e feriados das 11h15 às 22h.
  • Ônibus: 17, 61, 62, 67, 92, 93, 10, 37, 38, 41, 59, 60, 95, 101, 102, 108, 118, 124, 130.
  • Mais informações aqui.
que fazer em Buenos Aires
Centro Cultural de la Recoleta Buenos Aires

Livraria El Ateneo Grand Esplendid

Considerada em 2008 pelo jornal inglês The Guardian a segunda livraria mais bonita do mundo, a livraria El Ateneo ocupa o espaço de um antigo teatro construído em 1919. Você podê pegar um dos livros na estante e ler trechos nas cadeiras espalhadas pelos camarotes. Também pode tomar um café na lanchonete que ocupa o palco da livraria e observar os passantes. Por fim, aproveite para dar um pulo nas frisas, pois rendem fotos lindas! Como El Ateneo trata-se de uma rede de livrarias, certifique-se que vai visitar a unidade certa!

O que fazer em Buenos Aires
Libreria Ateneo | Imagem: https://turismo.buenosaires.gob.ar

Informações úteis:

  • El Ateneo Grand Esplendid
  • Endereço: Avenida Santa Fe, 1860
  • Horário de Funcionamento: Segunda a quinta-feira, das 9h às 22h. Sextas e sábados, das 9h às 24h. Domingo, das 12h às 22h.

Provar um chocolate delicioso na Rapa Nui

A Rapa Nui (Arenales 2302) é uma doceria deliciosa de Bariloche com três filiais em Buenos Aires, uma delas bem pertinho do Ateneo. A nossa dica é um quadradinho de chocolate recheado com um creme de amendoim. Imagine uma versão do nosso dadinho brasileiro, 50 vezes mais gostoso e com pedacinhos de chocolate crocante. Uma delícia!

3) Explorar o centro de Buenos Aires

O centro de Buenos Aires é onde tudo acontece e você verá a cidade fervilhando. Há uma cultura fortíssima de direitos civis dos cidadãos e dificilmente, você deixará de ver uma paralisação de trabalhadores ou manifestações. Ali também estão concentrados lugares incríveis para visitar. Separamos dicas de instituições culturais, restaurantes e pontos turísticos.

O que fazer no centro de Buenos Aires:

Visitar a Casa Rosada

Um dos principais cartões postais de Buenos Aires, a Casa Rosada (Balcarce 50) foi construída no final do século XVIII e é a sede das autoridades do governo argentino. O mais legal é que você pode participar de uma visita guiada gratuitamente (reserve com até 15 dias de antecedência) e aproveita para conhecer o acervo histórico no Museu da Casa Rosada.

que fazer em Buenos Aires
Casa Rosada

Conhecer a Catedral Argentina

A Catedral Argentina fica na mesma praça da Casa Rosada (A Plaza de Mayo) só que do lado oposto. Visto de fora, o edifício, inspirado nos templos greco-romanos, mas parece um templo pagão do que a sede da Igreja Católica na Argentina. Mas não se engane, tanto sua fachada como a parte interna são lindos e estão repletos de simbologia. Começando pelas colunas gregas: são 12 colunas, uma em homenagem a cada apostolo que sustenta um pórtico triangular esculpido em baixo relevo e que retrata o encontro bíblico entre Jacó e José. Na parte interna, destaque para o altar dourado, a cúpula e o pequeno museu em homenagem ao Papa Francisco, que entre 1998 e 2013 atuou como arcebispo local. Quem quiser saber mais sobre a catedral pode participar de um dos tours guiados disponíveis na catedral.

que fazer em Buenos Aires
Catedral de Buenos Aires

Informações uteis

  • Endereço: Calle Rivadavia s/n

Se encantar com o Palácio del Congreso de la Nacion

O Palácio del Congreso de la Nacion, sede do poder Legislativo no país, é um dos edifícios mais lindos da capital Argentina e o meu primeiro grande UAU na cidade. Vale dar uma volta pela praça do Parlamento (o marco Zero de todas as estradas Argentinas), fotografar o edifício, e pra quem se programar, dá até para fazer uma visita guiada (chegue com pelo menos 15 minutos de antecedência e leve seu passaporte ou carteira de identidade originais) e conhecer a parte interna. A praça do Parlamento fica na Avenida de Mayo, que se conecta a Plaza de Mayo (onde está a Casa Rosada e a Catedral Argentina).

O que fazer em Buenos Aires
Palacio del congreso de la nación
  • Endereço:  calle Hipólito Yrigoyen 1849
  • Metrô: Estação Congreso – linha A
  • Linhas de ônibus: 2, 5, 6, 7, 12, 29, 37, 50, 60, 64, 75, 86, 99, 105, 109, 115, 124, 150, 155.
  • Visitas guiadas gratuitas: Segundas, Terças, quintas e sextas às 12:30 e as 17:00 – Leve documento original | Veja detalhes aqui.

Outras paradas no Centro de Buenos Aires:

  • Obelisco de Buenos Aires: Erguido em homenagem ao quarto centenário da cidade. O Obelisco não é bonito, mas não dá pra negar que é um marco da cidade.
  • Estação Retiro: Essa estação de trem linda é o ponto de saída dos trens para El Tigre e San Isidro, dois bate-voltas deliciosos saindo de Buenos Aires.
  • Parque Monumental & Parque San Martin: Dois parques lindos que ficam bem na frente da estação Retiro.

Fazer um tour guiado (ou assistir um espetáculo) no Teatro Colón

O Teatro Colón é a principal casa de óperas de Buenos Aires, um desses teatros gigantescos de acústica impecável (durante o tour aprendi que o Colón tem uma das 5 melhores acústicas do mundo) e influência arquitetônica Europeia com direito a lustres de cristal e ornamentos dourados. O tour guiado tem duração de 50 minutos e é uma lindeza só, agora sabe o que eu fiquei com vontade mesmo? Assistir uma Ópera aí dentro!

O que fazer em Buenos Aires
Teatro Colon | Imagem: https://turismo.buenosaires.gob.ar

Informações úteis:

Teatro Colón

  • Endereço: Cerrito 628
  • Tours das 9:00 às 17:00 a cada 15 minutos em inglês, espanhol ou português
  • Ingresso: 300 Pesos Argentinos (abril/2018)

Passar a tarde no Café Tortoni

Fundado na metade do século XIX por um francês,  que se inspirou no “Boulevard des Italiens”, no qual se reunia a elite da cultura parisiense, o Café Tortoni é uma das mais clássicas paradas turísticas da cidade. O local era frequentado por grupos de pintores, escritores, jornalistas e músicos que formavam a “Agrupación de Gente de Artes y Letras”, liderada por Benito Quinquela Martin. Vale a pena passar a tarde ali e tomar um chocolate quente para se aquecer no invernou ou assistir um show de tango à noite no lendário palco.

que fazer em Buenos Aires
Salão do clássico Café Tortoni // Foto: Divulgação

Informações úteis:

Café Tortoni

  • Horário de funcionamento: Todos os dias das 8h a 1h da manhã.
  • Endereço:  Avenida de Mayo, 825

Visitar as Galerias Pacífico

Com uma arquitetura particular, o teto pintado em afrescos que fazem referências à arte renascentista, este é o shopping center mais bonito que já vi. Construído no século XIX para abrigar as últimas tendências da moda, as galerias foram criadas aos moldes do Bon Marché de Paris. O prédio foi tombado como monumento histórico nacional em 1989 e a cúpula central, produzida em 1946, foi considerada patrimônio cultural da cidade. Situado no coração financeiro da cidade, as Galerias Pacífico trazem marcas incríveis da moda argentina como as queridinhas Como quiero que te quieras, Caro Cuore e Rapsodia, a divertidíssima loja de decoração Morph, a rede de farmácias famosíssima pela variedade de (dermo)cosméticos Farmacity, a rede delícia de sorvetes Freddo.

que fazer em Buenos Aires
A fachada das Galerias Pacífico Buenos Aires // Foto: Thaís Carneiro
que fazer em Buenos Aires
A cúpula central das Galerias Pacífico em Buenos Aires // Foto: Thaís Carneiro

Informações úteis:

Galerias Pacífico

  • Horário de funcionamento: Segunda a sábado das 10h às 21 h. Domingo das 12 a 21 hs. A praça de alimentação se estende todos os dias até às 22h.
  • Endereço: Av. Córdoba, 550
  • Colectivos: 6, 22, 23, 26, 28, 33, 45, 50, 56, 61, 62, 74, 91, 93, 99, 109, 115, 126, 130, 140, 143, 152, 195.
  • Metrô: B e C.

Comer uma pizza deliciosa na Pizzeria Guerrin

Como boa paulistana, é bem difícil eu considerar alguma pizza fora de de São Paulo como boa e fui deliciosamente surpreendida com a Guerrin. Fundada em 1932 e super conhecida pelos locais, ela estará invariavelmente cheia e te indico a pedir os pedaços para experimentar diferentes tipos de pizza, entre eles, opções vegetarianas e veganas (pasme! a versão vegana não é adaptação de nenhum sabor).

Aproveite para experimentar a Fainá, um aperitivo vegano assado feito de grão de bico, que lembra uma panqueca. Muitos portenhos a colocam sobre os seus pedaços de pizza.

que fazer em Buenos Aires
Salão da Pizzería Guerín em Buenos Aires // Foto: Thaís Carneiro

Atente-se para a cobrança de uma taxa por comer no salão, a chamada cubiertos. De certa forma, você paga para fazer uso dos talheres e sentar em restaurantes. Em alguns lugares, há algumas adaptações: por exemplo, se comer com talheres e prato de plástico, você não paga a taxa. Na Guerín, caso você coma no balcão ou peça para levar, sua conta ficará isenta dessa taxa.

Informações úteis

Pizzeria Guerrin

  • DICA: A pizzaria aceita pagamento apenas em dinheiro.
  • Endereço: Av. Corrientes, 1368.
  • Horário de Funcionamento: De segunda a quinta-feira, das 11h a 1h da manhã. De sexta a domingo, das 11h a 2h da manhã. De quarta-feira, ela não abre.

4) Aproveitar os museus da cidade

Museu de Arte Latinoamericana (MALBA)

Um dos melhores museus da América Latina, o MALBA um museu particular com um acervo impecável de arte contemporânea e arte moderna. Uma das principais obras de arte expostas ali é o Abaporu da Tarsila do Amaral (se você nunca viu de perto. Prepare-se ele é ainda mais bonito ao vivo!) Veja detalhes do passeio no MALBA no Segredos de Viagem

que fazer em Buenos Aires
Museu de Arte Latinoamericana (MALBA) | Imagem: Segredos de Viagem

Dica da Thais: Em todas as minhas visitas à cidade, reservei um tempo para curti-lo. Como historiadora, os museus estão sempre no meu roteiro e eu gosto de ver as exposições com calma. No MALBA, passei 3 horas e deixei ainda parte das exposições para ser vista.

que fazer em Buenos Aires
Abaporu, um dos destaques do Malba | Imagem: Segredos de Viagem

Informações úteis:

  • Endereço: Av. Presidente Figueroa Alcorta, 3415
  • Entrada: 120 pesos argentinos (março/2018) | meia-entrada para estudantes, professores e aposentados
  • Horário de funcionamento: de quinta a segunda, das 12h às 20h.

Museo Nacional de Belas Artes

Próximo ao MALBA, o Museu Nacional de Bellas Artes possui um acervo com mais de 12 mil peças, tendo como destaque a coleção de arte europeia do século XIX e de arte argentina. Sem dúvidas, pelas exposições é possível percorrer um pouco da história da Argentina, formando-se como país e enfrentando uma guerra de independência contra a Espanha. Lá você encontrará obras de artistas como Klee, Picasso, Modigliani, Van Gogh, Gauguin, Degas, Kandinsky. Imperdível, não é?

que fazer em Buenos Aires
A fachada do Museu Nacional de Belas Artes // Foto: Divulgação

Informações úteis:

  • Endereço: Av. Libertador, 1473 – Bairro Recoleta
  • Ônibus: linhas 10, 37, 38, 41, 59, 60, 67, 92, 93, 95, 102, 108, 110, 118, 124, 128 e 130.
  • Entrada: grátis
  • Horário de funcionamento:  terça a sexta-feira das 11h às 20h e de sábado e domingo, das 10h às 20h.

4) Perambular por Puerto Madero

Região outrora marginalizada, Puerto Madero sofreu um chamado processo de revitalização da sua zona portuária e começou a receber uma gama considerável de restaurantes e se tornou um ponto turístico. Ali, você verá pessoas em suas caminhadas matinais, casais perambulando e te deixo duas dicas imperdíveis: o restaurante La Parolaccia e o museu-barco Fragata Sarmiento.

Fragata Sarmiento Buenos Aires
Fragata Sarmiento em Puerto Madero, Buenos Aires // Foto por Thaís Carneiro

Não costumo gostar de museus militares, mas a Fragata Sarmiento (Avenida Alicia Moreau de Justo 980 )é bem interessante, pois você pode conferir o barco em seu contexto, vendo os armamentos, uniformes e outros objetos em seus lugares de uso originais. A entrada custa 10 pesos e o horário de visitação se estende de segunda a domingo, das 10h às 19h.

que fazer em Buenos Aires
Fragata Sarmiento em Puerto Madero, Buenos Aires // Foto por Thaís Carneiro

O restaurante La Parolaccia, por sua vez, é tão conhecido que espalha as suas filiais pela cidade. O que me encantou ali é a comida italiana gostosa, com uma vista para o rio da Prata e um atendimento impecável. Em tempo, já te conto que o valor é justo e se quiser economizar, aproveite o menu de almoço deles.

Informações úteis:

Puerto Madero

  • Endereço: Ao lado do rio da Prata.
  • Ônibus: linhas 2, 4, 6, 20, 22, 26, 33, 54, 56, 61, 62, 64, 74, 93, 99, 105, 109, 111, 126, 129, 130, 140, 143, 146, 152 e 159.
  • Metrô (Subte): Leandro N. Alem, linha B.

5) Divirta-se com o tango argentino

Buenos Aires respira tango e não importa para onde você olhe, existem pessoas vestidas com os trajes da dança para acompanhar os turistas em suas fotografias, souvenirs vendidos aos montes com a temática e divulgação de shows em vários lugares. Indicarei os lugares em que mais curti ver a galera dançar.

Esquina Homero Manzi

Cheguei até o Esquina Homero Manzi (Av. San Juan 3601) por indicação do recepcionista de um hostel que fiquei hospedada na Recoleta e fiquei apreensiva de ser algo turístico, apenas. E quer saber? Adorei a experiência!

que fazer em Buenos Aires
O show na Esquina Homero Manzi, tradicional tanguería de Buenos Aires // Foto por Thaís Carneiro

Situado na esquina que marca o encontro entre a avenida San Juan e Boedo, a casa de tango foi inaugurada em 1927 e é uma das tanguerías tradicionais mais em conta. Há uma atmosfera por ali que respira a dança, uma Buenos Aires do passado luxuosa. Você pode curtir o seu jantar vendo um verdadeiro show de tango, uma narrativa que conta a história de um estilo tão marginal que se tornou um dos mais famosos do mundo e é um dos elementos que mais atrai turistas para a cidade. O espetáculo principal traz a década de 1940 ao palco, com composições de Homero Manzi, Carlos Gardel e Astor Piazzolla, apresenta um corpo de baile e música ao vivo com uma orquestra de tirar o fôlego. Uma daquelas experiências para a gente guardar no coração. O show acontece todos os dias às 22h.

Informações úteis:

La Catedral Club

Sabe aquele achadinho de viagem?  Fora do tradicional circuito de tango, La Catedral configura uma daquelas tanguerías autênticas em que os amantes de Tango se encontram para dançar. Não espere uma estrutura luxuosa nem shows, ali você encontra bailarinos do cotidiano que após deixarem os seus trabalhos curtem este outro lado.

que fazer em Buenos Aires
Salão do La Catedral Club em Almagro //Foto: Divulgação

 Conduzido por um casal vegetariano, o espaço ocupa um grande galpão do final do século XIX e desde meados de 1990, o espaço foi transformado em uma milonga e restaurante vegetarianos. Mesmo que você não saiba dançar, há sempre uma aula experimental prévia para arriscar uns passos pelo salão. Mais tarde a pista ferve e você pode aproveitar para observar os portenhos em seu habitat natural.

Informações úteis:

  • Funcionamento: todos os dias das 11h às 04 da manhã.
  • Endereço: Avenida Sarmiento, 4006 – Almagro

6) Conheça San Telmo

O bairro marcado pelo surgimento do tango, enfrenta os seus dias de decadência, o que faz com que de alguma forma o seu charme permaneça. Ali é um espaço riquíssimo de trocas culturais, em que você pode aproveitar não só para conhecer as milongas, como para curtir os antiquários e feiras de antiguidades. Para tanto, aproveite o Mercado de San Telmo e Feira de San Telmo. Esta é a mais tradicional feira de antiguidades da cidade, ocupa as ruas do bairro aos domingos e uma das mais extensas do mundo. E claro, vale tirar aquela fotinho básica com a Mafalda!

que fazer em Buenos Aires
A clássica foto com a Mafalda, personagem do cartunista Quino, em San Telmo // Foto por Thaís Carneiro
que fazer em Buenos Aires
Antiguidades no Mercado de San Telmo em Buenos Aires // Foto por Thaís Carneiro

7) Aventure-se por Caminito

Um dos cartões postais da cidade, são as ruas coloridas de Caminito. Gosto muito de lá e por isso, te indico cautela. Como é um lugar mega turístico, o assédio é grande e vão te oferecer a todo momento que você entre no restaurante e se sente para ver a dança folclórica argentina, que tem uma pegada mais gaúcha (não é o tango!); entre na loja de souvenirs ou até mesmo que compre drogas ilícitas por lá. Por isto, é importante ficar bem atento(a) e a atenção deve ser redobrada se você não entende bem espanhol.

que fazer em Buenos Aires
Caminito

O que gosto de fazer por lá é circular pelas casas operárias e coloridas. O mais rico do bairro é observar a arquitetura e como ela foi se moldando às necessidades de quem vivia ali, nas condições mais precárias possíveis. O que chega a ser paradoxal pensar que tipo de turismo é promovido ali.

que fazer em Buenos Aires
Detalhe colorido em Caminito

Como boa viajante, gosto de me perder observando os detalhes e por mais que ali esteja inundada de lojas com os souvenirs mais comuns possíveis, é possível fazer grandes achados. Em uma das minhas visitas, conheci o ateliê de um artista plástico e trouxe uma xilogravura belíssima para casa por apenas 50 reais. Ainda tive a oportunidade de conversar com o autor para discutir o seu processo artístico. Incrível, não?

Como estamos próximos a La Boca e ao estádio La Bombonera, indico tomar um táxi, pois o caminho entre esse dois pontos é um pouco mais inseguro.

Visita ao La Bombonera

Quem curte futebol e quer visitar um dos principais estádios Argentinos, o La Bombonera é uma boa pedida. Veja aqui o post da Vivi (Blog Vivi na Viagem) com detalhes da visita.

8) Conheça a Chinatown portenha

Se em São Paulo, temos a queridinha Liberdade, por lá temos El Barrio Chino (Estação de metro Juramento). Lá você vai ter uma experiência que foge ao clássico roteiro turístico! Como grande espaço de imigrantes, a cidade comporta uma concentração considerável de chineses que espalham os seus mercadinhos e restaurantes por lá. Aproveitei para almoçar por lá e comi uma comida chinesa super em conta e deliciosa. Aqui é um espaço para fazer a alegria dos vegetarianos e daqueles que amam experimentar novas comidas. No caso, eu me encaixo nas duas categorias.

que fazer em Buenos Aires
Barrio Chino em Buenos Aires // Foto: Thaís Carneiro

Nos mercadinhos, você encontra daqueles produtos que você não faz a mínima ideia do que está escrito, pois muitas vezes só vêm escrito em chinês ou japonês. Mas você encontrará desde comidas tradicionais orientais como aquele macarrão mara para yakissoba, shoyu e outros produtos de soja a doces divertidos japoneses, incríveis doces de leite, quitutes uruguaios e indianos, até mesmo café brasileiro enlatado. Além disso, dá para se infiltrar nas lojinhas de decoração japonesas e chinesas, ricas em objetos de decoração e papelaria.

9) Desvende Palermo e seus arredores

Palermo é uma bairro que tem a ousadia de se desdobrar em muitos: Palermo Soho, Palermo Chico, Palermo Viejo, Palermo Hollywood. Lá você encontra a maior parte dos parques incríveis da cidade como citamos, além disso é o espaço das outlets, dos novos estilistas e artistas visuais da cena argentina, os brechós mais hypados, cafeterias fofas e lojas incríveis de design, como a Morph.

que fazer em Buenos Aires
A fachada fofa de um dos predinhos de Palermo // Foto por Thaís Carneiro

O que fazer em Palermo

Explorar o paraíso das outlets

Percorrendo a Avenida Córdoba, no ponto próximo à avenida Scalabrini Ortiz, começam as outlets até Villa Crespo, um bairro onde tem a maior concentração de lojas, entre elas, Lacoste, Nike, Adidas, Puma, Complot, Brooksfield, Cacharel. Além disso, tem a Distrito Arcos Premium Outlets, que reúne cerca de 52 lojas, entre elas, grifes argentinas como a Prune, Awada, Rapsodia, Grimoldi e Paruolo, Bensimon, Cheeky e Mimo, entre outras.

que fazer em Buenos Aires
Districto Arcos, outlets a céu aberto // Foto: Divulgação

Informações úteis

Como Chegar a Distrito Arcos Premium Outlets

Distrito Arcos Premium Outlets

  • Endereço: Paraguay 4979
  • Ônibus: 10, 12, 15, 29, 34, 36, 39, 41, 55, 57, 59, 60, 64, 67, 68, 93, 95, 108, 111, 118, 128, 141, 152, 160, 161, 166, 194 + metrobus
  • Metrô: estação PALERMO – Linha D

Plaza Serrano

Conhecida também como Plaza Júlio Cortázar, em homenagem ao grande escritor argentino que escreveu “La Rayuela” (O Jogo da Amarelinha), é cercada por restaurantes e cafés fofos. Nos sábados e domingos, a praça recebe uma feirinha para os apaixonados da moda, com estilistas independentes e tendências do mundo fashion.

que fazer em Buenos Aires
Plaza Serrano em Palermo // Foto: Divulgação da Secretaria de Turismo de Buenos Aires

10) Visitar o Estádio Monumental (Estádio do River Plate) & Museu do Futebol

O estádio Monumental, a casa do time do River Plate, fica um pouquinho afastado do centro de Buenos Aires, e por isso acaba caindo fora do roteiro da maior parte dos turísticas. Mas quer saber? Se você curte futebol, vale fazer um esforcinho extra e incluir a visita no seu roteiro. O Estádio Monumental é o maior estádio argentino com capacidade de cerca de 65.000 torcedores (assim como o Maracanã, em outros tempos e com outros padrões de segurança, o Monumental chegou a receber mais de 100.000 torcedores numa tacada só) e sediou a final da Copa do Mundo de 1978.

A dica é fazer o tour guiado pelo estádio e visitar o Museu do Clube que é ultra tecnológico e super interessante. Vale a visita.

Veja mais detalhes da visita neste post do Fui ser Viajante.

Informações úteis

Endereço: Avenida Figueroa Alcorta 7597,

Linhas de ônibus: 15, 29, 37, 42, 57, 107, 130, 152, 160.

  • Ingressos:
    • Museu:  180 pesos.
    • Visita ao estádio + Museu: 240 Pesos

11) Bate e voltas saindo de Buenos Aires

Depois de visitar as principais atrações turísticas da capital Portenha, a dica é reservar um ou dois dias do roteiro para visitar as aforas da cidade (incluindo um pulinho em Colonia del Sacramento que fica no Uruguai). Alguns dos principais passeios com saída de Buenos Aires são: Tigre, San Isidro e Colonia del Sacramento. Veja todos os detalhes dos bate e voltas de Buenos Aires neste post.

[Vale falar que a Estação do Retiro, ponto de saída dos passeios a Tigre e San Isidro, assim como os parques que ficam em frente a estação, o Parque Monumental e o Parque San Martin, são lindos e valem a visita!]

Bate volta Buenos Aires
Perambulando pela Calle de los Suspiros em Colonia del Sacramento – Foto por Thaís Carneiro

Buenos Aires é sem dúvida uma cidade encantadora e com um leque gigantesco de possibilidades para aproveitá-la! Separei aqui os passeios mais especiais para vocês curtirem por lá.

O que acharam? Tem algo para acrescentar?

Deixe seu comentário! Vou adorar saber um pouco mais sobre a nossa vizinha portenha!

Guarde essas dicas no Pinterest!

que fazer em Buenos Aires
Palacio del congreso de la nación

Veja também:


Para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!
[instagram-feed]

Planeje sua viagem

Comentários (5)

Legal! Super completo o post!

[…] Eu também já fiz parte dessa turma, mas depois da minha primeira viagem sozinha, que foi pra amada Buenos Aires tive o start para querer me aventurar por […]

[…] conheceu as principais atrações turísticas da capital argentina  e quer desbravar seu entorno? É a sua segunda (terceira, quarta…) visita a Buenos Aires e […]

Deixe o seu comentário