A casa de Monet em Giverny

Saiba onde fica, como visitar e quais os destaques da casa e dos jardins de Monet em Giverny, um bate e volta delicioso a partir de Paris e um destes passeios que merecem entrar no seu roteiro. Neste post dividiremos com você todos os detalhes da visita. Vamos nessa?

Como é visitar a casa de Monet em Giverny?

Saímos cedinho de Paris de trem rumo a Vernon (estação de trem mais próxima a Giverny) e chegamos junto com a chuva, chuva das boas, dessas que se mistura com o vento e não perdoa nem o guarda chuva.

Caminhamos até o ponto de ônibus (super bem sinalizado) e lá esperamos cerca de dez minutinhos até o busão chegar. Demos muita sorte, pois fomos as últimas a conseguir lugar sentadas. Assim como nós, todos os que tinham planos de fazer o trajeto Vernon- Giverny de bicicleta ou de ônibus acabaram apostando no ônibus e o resultado foi lotação.

Assim, deixo a primeira dica deste post: se pretende ir sentado no ônibus seja [email protected] na saída do trem.

O ônibus estaciona bem pertinho da casa de Monet e para chegar lá basta uma pequena e bonita caminhada, com direito a ponte rio e muitas flores.

A estátua de Claude Monet

Quem quiser fazer um pequeno desvio tem uma estátua de bronze de Monet Barbudo e de chapéu que rende bonitas fotos.

[Se tiver chovendo, cuidado: o chão é super escorregadio – por muito pouco não caí].

Chegando na casa de Monet em Giverny

A vizinhança é bem fofinha, muitas casinha floridas, galerias de arte, lojas de lembrancinhas e alguns restaurantes. Mas a atração principal desse enorme parque de diversões para adultos é sem dúvida nenhuma a fundação Monet.

Pegamos uma bela fila na porta, não sei se foi falta de sorte, mas acho que todas as escolas para crianças da França resolveram visitar Giverny naquele dia e haviam centenas de pimpolhos em filas indianas devidamente guiados por suas professoras.

Mas nem a quantidade de turistas (relativamente alta para baixa temporada) e nem a quantidade de crianças conseguiram estragar a beleza do lugar.

O passeio pode ser dividido em duas partes, a primeira é a casa de Monet com uma enorme exibição de gravuras Japonesas de primeira linha e algumas replicas das famosas obras do artista. A visita começa pelo salão de leituras, sobe as escadas até chegar nos quartos e termina na cozinha. A parte externa da casa também é bem fofinha, com janelinhas verdes e toda coberta por trepadeiras e algumas flores.

Na frente da casa há um jardim lindo – Le Clos Normande  –  com muitas flores coloridas. São vários corredores repletos de flores de diferentes tipos e de quando um quando um charmoso banquinho para sentar.  Acho que me empolguei com as flores e tirei muitas fotos.

A segunda parte da visita, e a mais emocionante, é o jardim das ninféias. Para chegar lá é preciso descer uma escadinha que sai de dentro da casa de Monet e atravessar uma pequena passagem.

O jardim é bem maior do que eu pensava, e é tão lindo quanto as telas que Monet pintou. Só quem já visitou Giverny entende porque Monet se apaixonou por aquele lugar.

É tudo muito bonito: o lago, a pontezinha japonesa, as ninféias, e o reflexo das arvores no lago, é a materialização perfeita de algo que tantas vezes vi pintado… é inspiração foi algo que não faltou para Monet.

Nessa hora esquecemos da chuva, da dor nas pernas e do mundo inteiro e passamos alguns minutos contemplando aquele lugar MARAVILHOSO.

Algum tempo depois resolvemos tomar coragem e voltar para Paris, tristes de ir embora mas  absolutamente contentes com tudo o que vimos.

E ai, vale ou não vale a pena dedicar um diazinho de sua viagem para conhecer o paraíso de Monet?

Localize-se:

Fundação Monet

Aberto das 09:30 as 18:00

Entrada: 8 Euros

A visita dura pelo menos umas duas ou três horas

Como chegar aos Jardins de Monet em Giverny

Há três formar de chegar em Giverny: de carro (só recomendo para quem segue viagem pela França), de trem ou de excursão:

como chegar de trem

Pegar um trem da estação St Lazare (em Paris) até Vernon. (Tem dois tipos de trem um que custa cerca de 14,00 Euros e outro que custa 28,00 – veja horários e preços no site http://www.voyages-sncf.com/billet-train/_)

Cheguei em Vernon e agora?

A distancia entre Vernon e Giverny é de 7km  e você pode:

– Pegar um ônibus (4 Euros – http://www.giverny.fr/PARIS-VERNON-GIVERNY.html) . O ônibus tem horário casadinho com a chegada do trem de Paris, mas cabe um número de pessoas limitado. Por isso, seja rápido!  L

– Alugar uma bicicleta (20 a30 minutos pedalando)  ou caminhar (+ ou – um hora). O caminho é todo sinalizado e é lindo.

– Pegar um taxi na porta da estação (+ ou – 15 Euros)

Quem quiser sair do Brasil com tudo agendado pode comprar o Combo com ingresso de trem + entrada sem fila para Giverny.

Excursão para a casa de Monet

Há dezenas de tours que conectam Paris a casa de Monet, o melhor custo x benefício é um tour com duração de 5 horas e que inclui a entrada sem fila.

Vale a pena visitar a Casa de Monet?

Tinha ouvido falar muito bem da casa de Monet em Giverny, mas como lindo, incrível e maravilhoso são adjetivos muito usados em Paris, confesso que demorei para me convencer que realmente valia a pena abrir mão de um dia na cidade luz para passear pelos famosos jardins de Monet…  chegando lá, mesmo debaixo de chuva, não demorei mais de 5 minutos para perceber que  Monet e todos os que me recomendaram a visita tinham razão. É simplesmente LINDO! Na primavera então… bate e volta recomendadíssimo!

 

mari vidigal
mari vidigal
Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

Viaje Melhor

Links para você reservar hotéis, comprar seguro viagem com desconto, conferir atrações e passeios incríveis e alugar carro em qualquer lugar do mundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentários:
Avatar UBERTI disse:

Adorei as fotos, gostaria de reproduzir uma delas em painel mas, a resolução é pouca, seria possivel me disponibilizar o arquivo das fotos DS08573 e DS08562 para eu reproduzi-las. Ficaria muito honrado em poder ter uma delas em painel na minha residencia.

Desde já grato pela atenção

mari vidigal mari vidigal disse:

Oi Uberti,
Tudo bem?
Infelizmente as fotos foram tiradas em uma máquina antiga e sem a resolução necessária para impressão 🙁
Abraços,
Mari Vidigal

Avatar Suely disse:

Eu fui recentemente e valeu muiiiito à pena! Fiquei encantada!
É um lugar que eu quero voltar. É lindo!
Tive uma sensação de paz muito grande lá. Acho que os Jardins de Monet transcendem a mera beleza estética.
Você não exagerou não!
Abraços.

mari vidigal mari vidigal disse:

Concordo Suely. É realmente lindo!

Foi um dos lugares mais lindos que estive na vida. E engraçado, tirei uma foto muito parecida com a sua, da flor rosa isolada, no lago no jardim das ninféias.

mari vidigal mari vidigal disse:

Oi Milene, também AMEEEI este passeio! Realmente muito bonito! Esta foto que tiramos parecida, é uma das que adoro.
Abraços,
Mari Vidigal