Passeio pela Península do Cabo saindo de Cape Town (com mapa)

Saiba como visitar a Península do Cabo saindo de Cape Town, um passeio de 1 dia por alguns dos lugares mais lindos da península. No passeio de hoje conheceremos o Cabo da Boa Esperança, a Boulders Beach, também conhecida como praia dos pinguins, Muizenberg, a praia das casinhas coloridas, e as incríveis vistas do Chapman’s Peak. Pronto para passear por uma das estradas mais lindas da África do Sul?

Passeio pela Península do Cabo saindo de Cape Town (com mapa)

O passeio pela Península do Cabo, chamado pelos locais de “Península Tour” é um dos destaques da viagem pela África do Sul. Reserve um dia inteirinho para fazer um tour completo e conhecer lugares incríveis como a Hout Bay, Chapman’s Peak Drive, o Cabo da Boa Esperança, a Boulders Beach, a praia de Muizenberg e, quem sabe, o Kirstenbosch Botanical Gardens.

peninsula do cabo
Formação rochosa no Cabo da Boa Esperança

Para fazer o passeio pela Península do Cabo, você tem três opções:

  1. Fazer um tour com o ônibus vermelho
  2. Fazer um tour com agência privada
  3. Fazer o passeio por conta própria

Fazer um tour com o ônibus vermelho

Sabe aquele ônibus vermelho de dois andares que percorre as principais cidades turísticas do mundo? Em Cape Town eles são operados pela City Sightseeing South Africa e tem três linhas diferentes. Uma delas, Cape Point Explorer, faz uma rota de 8 horas com paradas no Cape Point, Cabo da Boa Esperança e Boulders Beach.

O ingresso é válido apenas nesta linha e deve ser comprado separadamente. Você pode comprar seu ingresso antecipado pela Get Your Guide e economizar 20 Rands, o ingresso custa 720 Rands (cerca de R$194). Se você não quer alugar um carro, essa é a alternativa mais econômica de passeio.

Fazer um tour com agência privada

Fazer o passeio com uma agência exclusiva te dá alguns luxos como uma van pequena com um guia exclusivo, wi-fi durante todo o translado e a comodidade de te buscar e deixar no hotel em que está hospedado. Outra vantagem deste passeio são as paradas extra em pontos onde o ônibus vermelho nem pensa em parar como o porto de Hout Bay (de onde sai o passeio para a ilha das focas) e o jardim botânico de Cape Town, Kirstenbosch Botanical Gardens.

O tour com agência é mais caro que o tour de ônibus vermelho, mas quer saber? Vale cada centavo! Você pode reservar este tour pelo Get Your Guide por cerca de 1447 Rands (cerca de R$390). A Malu descreveu a experiência dela e contou todos os detalhes de custos e paradas no post Roteiro de 5 dias em Cape Town.

Com o seu próprio carro (o meu caso)

Estar com um carro alugado na Cidade do Cabo te dá algumas vantagens, como fazer o passeio da forma que preferir e no seu tempo. Além disso, você pode incluir paradas extras que tours convencionais não fazem, é o caso da praia de Muizenberg (normalmente, as agências fazem apenas uma vista panorâmica na praia famosa pelas casinhas coloridas).

Alugar carro em Cape Town é relativamente barato (a diária de aluguel de carro para duas pessoas, em geral, sai mais barata que o ingresso do ônibus vermelho) e reservando pela Rent Cars, você pode pagar em reais e parcelar em até 12 vezes sem juros (e sem IOF). Esse foi o meu caso e o relato segue abaixo!

Passeio pela Península do Cabo: Onde parar

Por onde começar?

A maioria das companhias de turismo fazem o roteiro começando por Hout Bay e terminando por Muizenberg. Nós fizemos o passeio com nosso amigo Sul Africano Jeff que começou pelo lado oposto. O resultado? Pouquíssimos turistas! Não cruzamos com nenhum ônibus pelo caminho e curtirmos uma passeio bem exclusivo mesmo em alta temporada.

Passeio pela Península do Cabo no Mapa

Veja todas as paradas deste roteiro, assim como a rota exata no Google Maps.

Nosso passeio pela Península do Cabo

Acompanhados do Jeff, nosso amigo Sul Africano, percorremos os principais pontos turísticos da península de Cape Town. O legal de ir com uma pessoa local é que o Jeff foi fazendo paradas fora do roteiro tradicional e nos mostrando detalhes interessantes da região. Tentei resumir os melhores momentos dessa experiência linda nos próximos parágrafos. Vamos nessa?

Muizenberg: a praia das casinhas coloridas

Nossa primeira parada do dia foi em Muizenberg, conhecida por suas casinhas de madeira coloridas. Para o Jeff, Muizenberg tem cara de infância, foi aqui que ele passou grande parte de suas férias escolares.

peninsula do cabo
Casinhas coloridas em Muizenberg
peninsula do cabo
Ponta da praia de Muizenberg

Além do charme por conta das casinhas coloridas, Muizenberg é um prato cheio para os surfistas de plantão. A praia é conhecida por ter boas ondas e muitas escolas de surf para quem quer ter aula e começar a surfar ali mesmo.

Quer surfar? 

Como o mar é geladíssimo, não deixe de levar uma roupa de neoprene grossa e comprida, quem não tiver uma consegue alugar por lá.

Para quem gosta de onda, mas tem medo de tubarão, Muizenberg tem uma equipe de vigias no alto do morro que apitam caso o animal apareça, ou seja, dá para pegar sua onda sem esquentar tanto a cabeça.

Mirante da Muizenberg Beach

peninsula do cabo
Vista do Muizenberg Lookout

Minutos depois fizemos uma segunda parada no acostamento para ver o mirante da Muizenberg Beach, é aqui que boa parte das excursões param, e o que vigias de tubarão ficam a postos com seus binóculos.

Kalk Bay e Fish Hoek: uma passada rápida

Seguindo pela estrada as próximas paradas são Kalk Bay e Fish Hoek, vilarejos que atraem surfistas, hippies e muita gente descolada. Além de uma bonita praia você encontrará bistrôs fofinhos, lojas de roupa hiper bacanas, todo tipo de artesanato que sonhar e, se tiver sorte, algumas focas gigantescas brincando na sua frente. Nós nos contentamos com uma parada rápida no acostamento, mas quer saber? Fiquei morrendo de vontade de cair nessa piscina de água do mar aí da foto. Lindona, não?

peninsula do cabo

A simpática Simon’s Town

Depois disso dirigimos até Simon’s Town, uma vila pitoresca repleta de prédios históricos conectada historicamente com a marinha sul africana e que tem uma feirinha fantástica. Outro lugar genial para comprar artesanatos baratíssimos – não deixe de pechinchar bastante.

Tá viajando com crianças? Vale dar uma passadinha na Scratch Patch, uma espécie de lojinha/caverna onde os pequenos podem procurar suas próprias pedras semipreciosas.

peninsula do cabo
Estátua na praça Jubilee

Ao lado do deck de barcos, você verá a praça Jubilee, famosa pela estátua do cachorro de pedra – é lá que acontece grande parte da feirinha que mencionei anteriormente. Adotado como mascote da marinha sul africana durante a segunda guerra mundial, Just Nuisance era um grande fã de cerveja e ficou famoso por guiar marinheiros bêbados perdidos até a estação a tempo de pegar o último trem. Quando morreu – em 1944 – aos 7 anos de idade, Just ganhou um funeral militar de verdade.

peninsula do cabo
Porto de Simon’s Town
peninsula do cabo
Feirinha de Artesanato em Simon’s Town

 

Caso queira fazer um bonito passeio de barco, ou um passeio de caiaque, ta aí um belo ponto de partida. Caso queira cair no mar, as praias ao redor são conhecidas por terem uma temperatura um pouquinho mais amena, mas nada perto do que você esta acostumado no Brasil.

Boulders Beach, a incrível praia dos pinguins

Como não tínhamos muito tempo, seguimos para nossa próxima parada e uma das minhas maiores expectativas da viagem: a Boulders Beach. Desde que li sobre uma praia aberta e repleta de pinguins, fiquei super animada com a ideia e agora finalmente estávamos bem pertinho.

A Boulders Beach é tão linda que parece um sonho. Imaginem uma praia de água azul azul, com areia branquinha e quase sem ondas e, de quebra, um lado da praia fica lotado de pinguins tomando sol.

Para preservar os pinguins, quem quer entrar até a passarela e caminhar até quase o lado deles tem que pagar uma entrada de R40 (na média de R$11), que cá entre nós vale cada centavo.

peninsula do cabo
Boulders Beach

A passarela é longa e passa por um pedaço de “mata” antes de efetivamente chegar até a praia. É engraçado que logo quando aparece o primeiro pinguim, um monte de turistas ansiosos começa a sacar milhões de fotos, sem saber que poucos metros a frente, centenas e centenas de pinguins estarão preguiçosamente espalhados pela areia branquinha.

peninsula do cabo
Boulders Beach
peninsula do cabo
Destaque dos penguins na Boulders Beach
peninsula do cabo
E sente só a quantidade de penguins

Saindo da área de proteção, continue andando reto pela passarela de madeira e você chegará a uma segunda entrada da Boulders, essa feita especialmente para banhistas. A entrada também custa R40 e com alguma sorte você vai literalmente nadar com pinguins. Por ser uma das única praias da cidade que cobra entrada, a Bouders nunca fica muito cheia e de quebra tem ótimos vestiários para quem quer se trocar.

Cape Point

Dali seguimos até Cape Point, parte do Parque Nacional da Table Mountain e um lugar espetacular para fazer trilhas e fotografar. Marquei as principais paradas do parque no mapa deste post, e adoraria voltar com mais calma para explorar as trilhas.

Cabo da Boa Esperança

Dentro do parque está o Cabo da Boa Esperança, onde entendemos direitinho porque o lugar já foi um dia conhecido como cabo das tormentas até ser cruzado pelo navegador português Bartolomeu Dias um pouquinho antes da descoberta do Brasil em 1488. Graças ao feito, uma das praias mais lindas do parque foi batizada como “Dias Beach”.

peninsula do cabo
Ponto de subida do funicular

Da entrada do parque até o Cabo da Boa Esperança são alguns quilômetros de maravilhosas praias desertas e vistas de cair o queixo. A cor da água também é um pouco diferente, uma mistura de tons verde-azulados bem especial!

peninsula do cabo
Cabo da Boa Esperança: Sente só a quantidade de degraus
peninsula do cabo
Vista do alto do Cabo da Boa Esperança
peninsula do cabo
Farol no alto do Cabo da Boa Esperança

Esse é um dos lugares mais lindos de Cape Town e sem um carro ou sem um tour você não conseguirá chegar lá, mas como é bem legal fazer o passeio no seu ritmo, fortemente recomendo que você alugue um carro.

Continuando o passeio, tem duas formas de chegar até o alto do cabo: a pé, de forma gratuita, ou de trenzinho funicular que custa R45 ida e volta (R$12). Apesar de ser uma caminhada relativamente pequena, é bem inclinada.

Saindo do funicular, você ainda terá que subir alguns degraus para chegar ao alto do farol e é ai que o vento começa a soprar bem forte. Esse farol atualmente desativado foi construído em 1860 e, em 1913, substituído por um farol mais novo e mais efetivo que fica bem na pontinha da montanha. Para enxergar ele direitinho desça pelo lado direito e vá até o Mirador Dias. De lá você terá um belo panorama da montanha que tem um formato maravilhoso.

https://ideiasnamala.files.wordpress.com/2011/04/dsc04382.jpg

Vento forte

O vento ali é tão forte, que eu que não sou das mais leves, tive que segurar muito forte para não ser literalmente arrastada pelo vento. Recomendo que você leve um casaco para o passeio independente da estação do ano.

Macacos Babuínos

Outra ponto impressionante são os macacos babuínos que, ao contrario dos tímidos babuínos que vimos no safári, estes são super violentos. Muito cuidado com sua comida, pois eles são bem agressivos e mordem forte, ou seja fazer um piquenique por ali pode ser uma péssima ideia.

Repare nas placas espalhadas pelo caminho pedindo para não alimentar os macacos, infelizmente muita gente faz isso indevidamente o que acaba transformando estes lindos animais em verdadeiras pragas. Mas preciso dizer que apesar de todos os eminentes perigos, não resisti e tirei uma fotinho dessa bonita duplinha:

peninsula do cabo

E continuamos nosso passeio passando para praias maravilhosas e vilas fofas. Uma natureza realmente incrível, ficamos com muita pena de ter só mais um dia em Cape Town e não ter tempo de curtir de verdade nenhuma dessas praias.

https://ideiasnamala.files.wordpress.com/2011/04/dsc04382.jpg
Antigas casas holandesas no comecinho do parque
peninsula do cabo
Praia deserta no Cape Point
peninsula do cabo
Praia na Peninsula do Cabo

O incrível Chapman’s Peak

Passamos por Kommitjie, Noordhoek e finalmente começamos a cruzar os famosos 9 km do Chapmann’s Peak, um trecho pequeno com 114 curvas e vistas de babar. Quem passar por esta estrada não pode deixar de parar no mirante e passar alguns minutos sentado apreciando a belíssima vista.

peninsula do cabo
Chapman’s Peak
peninsula
Curvas da Chapman’s Peak Drive
peninsula do cabo
Vistas da Chapman’s Peak Drive

Mariner’s Wharf em Hout Bay

Saindo dali, passamos pelo Mariner’s wharf, um porto com cara de antigo, que é de onde saem os barcos para a ilha da focas, infelizmente como já estava tarde, não tivemos tempo de fazer o passeio. 

https://ideiasnamala.files.wordpress.com/2011/04/dsc04382.jpg
Mariner’s Wharf in Hout Bay

O Jeff passou pelo Mariner’s Wharf meio rápido, tá na cara que essa é a parada que ele menos gosta em toda a Peninsula de Cape Town.

 

Kirstenbosch Botanical Gardens

Os jardins botânicos de Cape Town (Entrada R70 – Estudantes de até 17 anos pagam R20 | grátis para crianças de até 6 anos) são uma pedida linda para incluir no seu roteiro pelo Peninsula Tour. Quem faz o passeio com uma agência privada acaba levando este passeio “de brinde”, quem faz por conta própria tem que ficar esperto no roteiro para incluí-lo no final. A Malu fez este passeio e amou a Tree Canopy Walkway, um passeio por uma passarela suspensa em meio as copas das árvores.

Cape Town
Kirstenbosch Botanical Gardens

Camps Bay: os 12 Apóstolos e a Table Mountain

Fomos terminando nosso contorno pela península e começamos a reconhecer formas, como o Lion head que brotou à nossa direita e pouco depois foi seguido pelos 12 apóstolos e finalmente pela Table Mountain: Chegamos em Camps Bay, uma das praias mais badaladas de Cape Town, e meu pedacinho preferido da cidade.

https://ideiasnamala.files.wordpress.com/2011/04/dsc04382.jpg
Lion Head e o visual triunfal de Camps Bay

Uma das formações rochosas que eu mais queria ver de perto eram os “12 apóstolos”, conte e você verá que são 17, um conjunto de montanhas que margeia o litoral. Fiquei tão impressionada que fiz o Jeff parar o carro umas vez vezes, e fotografei os apóstolos em diferentes contextos.

https://ideiasnamala.files.wordpress.com/2011/04/dsc04382.jpg

https://ideiasnamala.files.wordpress.com/2011/04/dsc04382.jpg
12 apóstolos e a praia de Camps Bay

E claro que também paramos nas praias mais badaladas de Cape Town: Camps Bay e Clifton

peninsula do cabo
Piscina em Camps Bay
https://ideiasnamala.files.wordpress.com/2011/04/dsc04382.jpg
12 apostles e praia de Camps Bay

Piscinas públicas do Sea Point

Para terminar o dia, ainda pedi para o Jeff nos levar para conhecer as piscinas públicas do Sea Point Pavilion (Lower, Beach Rd) , aqui dá para nadar com vistas incríveis da Lion Head. Super recomendo para quem vai a Cape Town no verão!

peninsula do cabo
Piscinas públicas do Sea Point

E aí, curtiu nosso roteiro de 1 dia pela Península do Cabo?

Ficou com alguma dúvida sobre a Península do Cabo? Deixe aqui nos comentários!


Viaje sem stress

✅ Reserve seu hotel em Cape Town 

Faça seu seguro de viagens 

Alugue seu carro 


Veja também:

Outros destinos da África do Sul


Para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!

 

Planeje sua viagem

Comentários (21)

[…] (principalmente para quem vai fazer a Garden Route ou até mesmo prefere fazer o passeio pela Península por conta própria ao invés de contratar uma […]

[…] Cape Town: Cabo da boa esperança, Bourders Beach, Chapman’s Peak e mais […]

[…] Passeio península de Cape Town: Conheça a baía de Cape Town, o Cabo da Boa Esperança, veja milhares de pinguins, praias maravilhosas e muito mais. […]

[…] cedinho, eu estava sedenta para conhecer tudo da cidade, assim, fechamos um Day tour com as seguintes […]

Olá! Esse trecho todo você percorreu em um dia? Incluindo retorno?

Obrigada!

Sim. Tudo em um dia, só que de carro.

Gente, não se nada nas praias de Cape Town?? Não vi em nenhum site pessoas entrando no mar… a água é gelada??

Oi Fabiely,
As águas do pacífico são SUPER geladas, mas em um dia quente até dá para encarar!

Muito obrigadaaaaa!!!

Ola!!! Gostaria muito de fazer a peninsula tour que voce descreveu.. mas ainda nao sei se poderei alugar um carro!! tem algum outro modo para fazer estes tours?
Qual idade e permitida a locacao do carro?

O ônibus de turismo (daqueles que vc sobe e desce) faz uma rota não tão completa, mas que para quem não pode pegar carro, já quebra um galho.
A idade mínima para alugar carro na Africa do Sul é 21 anos
Outra maneira é ver com uma empresa de tour local, com certeza tem um montão de de empresas que oferecem o passeio.

ola, vou passar 1 mes em cape town estudando ingles, terias dicas de restaurantes baratos para q eu almoce enquanto eu estiver ? e dicas de lojas, para comprar roupas obg

Oi Nathalia,
Tudo bem?
As dicas de restaurante que eu tenho, não são tão baratas e já estão todas postadas… é só clicar em Cape Town e buscar por posts.
No centro da cidade da para comer bem mais barato que no V&A ou na praia.
Em relação a lojas, infelizmente não consigo te ajudar, fui para Cape Town passear e não comprei nada de roupas.

oi amigos
estou indo para Cidade do Cabo dia 1 de dezembro…. terei 4 dias para passeio e 5 de congresso… O que devo priorizar nos meis passeios?

Oi Mirian,
Tudo bem?
O passeio pela peninsula (descrito neste post) é imperdível!
No primeiro dia ensolarado, vá correndo a Table Mountain: visite a https://ideiasnamala.com/2011/03/11/cidade-do-cabo-hello-table-mountain/
No segundo dia, visite V&A e se gostar de história a Robben Island: https://ideiasnamala.com/2011/03/20/cidade-do-cabo-robben-island/
E se gostar de vinhos, faça um tour pelas vinícolas da região: https://ideiasnamala.com/2011/04/09/cape-town-wine-tour/

Você vai amar a cidade!
Aproveite a viagem e na volta passe aqui para contar!

Mari…super obrigada… tenho ctz que a viagem seria ótima. Vou aproveitar bastante as dicas de voces! bjs

[…] – Peninsula Tour-  IMPERDÍVEL: https://ideiasnamala.wordpress.com/2011/04/03/cape-town-peninsula-tour/ […]

[…] – Peninsula Tour-  IMPERDÍVEL: https://ideiasnamala.wordpress.com/2011/04/03/cape-town-peninsula-tour/ […]

[…] – Peninsula Tour-  IMPERDÍVEL: https://ideiasnamala.wordpress.com/2011/04/03/cape-town-peninsula-tour/ […]

[…] – Peninsula Tour-  IMPERDÍVEL: https://ideiasnamala.wordpress.com/2011/04/03/cape-town-peninsula-tour/ […]

Deixe o seu comentário