Palácio Real de Madrid e seus maravilhosos jardins

COMO CHEGAR:

Saindo da estação de metro “Sol”, peguem a rua de baixo, a maior de todas que por motivos óbivos se chama Calle Maior.

Esta é  uma área bastantes turística, mas ainda sim  existem alguns lugares no quesito comida que não podem ser desconsiderados: Museo do Jamón (http://ideiasnamala.wordpress.com/2010/10/12/museo-do-jamon/) e o 100 montaditos (http://ideiasnamala.wordpress.com/2010/09/18/100-montaditos/)  são experiências gastronomicas bem tipicas, divertidíssimas e claro, deliciosas!

Continuando reto pela Calle Mayor, ou se você quiser um caminho mais curto porém não menos divertido, a rua paralela a Calle do Arenal te levará ao Palácio Real de Madrid.

Bonito por fora e por dentro o Palácio Real é um dos passeios que eu mais recomendo em Madri. O Palácio Real de Madrid é o maior da Europa – Versalhes tem mais jardins, mas em área construída perde – e continua sendo oficialmente a residência da família que real espanhola, embora seja utilizado pelos monarcas somente em ocasiões especiais.

A visita começa do lado externo do palácio que tem uma bela vista para a cidade. De lá dá para tirar umas fotos lindas do palácio e da Catedral da Almudena que fica bem em frente. Não deixe de reparar nos “postes”de luz do lado de fora (super bacanas).

O palácio é repleto de aposentos e mini salas, destaque para sala dos leões onde o rei recebe suas visitas, sala das porcelanas, uma sala toda colorida e– como o próprio nome já diz – inteirinha feita de porcelana , a antiga farmácia real – é surreal observar o monte de vidrinhos e pensar que isso algum dia existiu e foi usado para curar,  a incrível coleção de relógios – espalhados pelos aposentos do palácio, é a maior coleção de relógios da Espanha. E a não menos elegante Armaria Espanhola – um museu repleto de armaduras montadinhas:  imagina só que pesado e que complicado não devia ser andar por ai todo vestido de ferro. Repare que os homens ficavam 98% cobertos, e as partes vulneráveis eram as axilas e a virília, como a medicina não era nada avançada, as pessoas que tomavam flechadas invenenadas nesses lugares e acabavam morrendo de infecção alguns dias ou semanas mais tarde.

Um passeio bem feito, lendo ou escutando as explicações leva umas duas horas, com um pouco mais de pressa em uma hora dá tranquilamente para passar por tudo.

Agora se você tá meio curto de grana ou tempo, ou por algum motivo resolver não entrar, não deixe de visitar os dois jardins do palácio, visitas que realmente valem a pena e não custam nada!

Atenção: O palácio fica fechado no caso de eventos especiais ou em dias que o Rei Juan Carlos recebe suas visitas na famosa sala dos leões, ou na grande sala de banquetes

Localize-se:

PALÁCIO REAL DE MADRID

www.patrimonionacional.des

Calle Bailén s/n. Madrid 28071. Tel. +34 91 454 87 00

Metro: Opera ou Plaza de España

Entrada: Passeio Guiado 10 Euros | Não Guiado 8 Euros (Julho de 2010)

Funcionamento: 2ª-S: das 09:30 às 17:00 horas  – até as 18:00 no verão

Catedral de La Almudena

Na frente do Palácio Real, você verá um outro prédio pontudo e igualmente bonito. Esta é a Catedral da Almudena e que apesar do seu prédio rebuscado por fora, por dentro r é bem mais simples que o do palácio real. Na minha opinião, esta é uma das mais simples catedrais européias, mas não confunda simples com feia, a catedral é bem bonita e vale uma rápida visita, ainda mais porque é grátis.

Destaque para o colorido interno dos vitrais e o teto com texturas coloridas. Preste atenção nos detalhes da porta e no enorme órgão.

LOCALIZE-SE

Metro: Opera ou Plaza de España | Entrada grátis

 

Jardins de Sabatini

De costas para o palácio do Lado esquerdo estão os jardins de Sabatini – inaugurados em 1950, são conhecidos como um pequeno oásis no centro de Madrid, é um lugar gostoso para relaxar, comer um sanduba e tirar umas belas fotos ao lado do palácio.  E é grátis!

Destaque para os pinheiros de cabeça quadrada, ou para os pequenos labirintos formados por plantas, são bem bonitos vistos de cima ou de baixo e com certeza renderão belas fotos

No verão os jardins ficam repletos de pessoas sentadas ao redor da fonte, é bem refrescante.

Os Jardins de Sabatini ficam numa grande descida que leva para um outro jardim – bem menos conhecido, e na minha opinião, bem mais bonito: Os Jardins do Campo do Mouro.

LOCALIZE-SE:

Metro: Opera ou Plaza de España | Entrada Grátis

 

Jardins do Campo do Mouro

Um dos jardins mais gostosos de Madrid acaba passando desapercebido pela maior parte dos visitantes. O jardim do Campo do Mouro é o jardim oficial do Rei da Espanha, é aberto para o publico e com entrada grátis.

O campo do Mouro fica exatamente na parte de trás do palácio real, e para chegar lá é preciso dar toda a volta no quarteirão a pé, uns 15 minutos de caminhada no máximo e que definitivamente valem a pena. Se você é da turma dos preguiçosos, já andou muito ou não tá em boa forma, dá para pegar um dos ônibus que desce e andar umas duas paradas – é bem pertinho -  como o trajeto é descida eu recomendo a caminhada, para voltar, faça um exerciciozinho ou recorra a um ônibus ou  taxi.

Assim que a grande descida acabar, vire a esquerda e logo você chegará aos portões.

O jardim tem uma vista linda das costas do palácio, e é super bem cuidado com a grama cortada em listinhas e cheio de flores. Se tiver sorte você encontrará um dos pavões reais – SIM, os pavões do rei  andam  livres, leves e soltos pelo jardim – de penas abertas, imagine só a foto?!

O jardim é um lugar muito gostoso para passar o final do dia ou para fugir dos turistas!

Atenção: O parque, assim como o palácio fica fechado em eventos oficias do Rei.

Referências:

Virgen del Puerto, s/n. 28005

Metro: Príncipe Pío. Linhas 6 e 10 | Entrada Grátis

Outubro a Março: dias úteis das 10 às 18 h. Domingos das 9 às 18 horas.

Abril a Setembro: dias úteis das 10 às 20 horas, domingos e feriados das 9 às 20 horas.

 

Veja Também:

Madrid: O monastério das Decalzas Reales: http://ideiasnamala.wordpress.com/2010/11/15/monasterio-de-las-descalzas-reales/

Madrid: Comprinhas no mercado de Pulgas “El Rastro”: http://ideiasnamala.wordpress.com/2010/11/15/monasterio-de-las-descalzas-reales/

Madrid: Plaza de Castilla e Paseio de Castellana: http://ideiasnamala.wordpress.com/2010/10/11/plaza-de-castilla-e-passeio-de-castellana/

Madrid: O museu Reina Sofia: http://ideiasnamala.wordpress.com/2010/09/09/reina-sofia/

19 Comments

on “Palácio Real de Madrid e seus maravilhosos jardins
19 Comments on “Palácio Real de Madrid e seus maravilhosos jardins
  1. Oi, Mari gostei muito do ideiasnamala. Vou fazer uma conexao em Madri, com parada de 12 hs, das 7 as 19hs. O que voce sugere? Da para ver o palacio real, a estacao de Atocha, a Porta do Sol e mais um museu (Reina Sofia ou Prado)? Ou voce sugere outro roteiro? Obrigada. Ana

    • Oi Ana,
      Tudo bem?
      Recomendo que você faça um passeio pelo centro de Madrid pela manhã (Sol + Praça mayor + palácio real + subida na catedral da Almudena)Aqui no blog tem um roteirinho dez. Almoce no mercado San Miguel.
      E na parte da tarde vc pode ir a um museu. Sugiro que vc não perca tempo na Atocha.
      Abraços

  2. Pingback: Madrid vista do alto da Catedral da Almudena | Ideias na mala

  3. Pingback: 5 motivos para se apaixonar por Madri | Ideias na mala

  4. Oi Mari! tudo bem?
    Vou a Portugal semana que vem e vou ter 05 em Madri. Vc acha que dá tempo de conhecer o Palácio? O que vc me aconselha?
    Abraços
    Tania

  5. Mari boa tarde, socorre-me uma vez mais,qual a distância entre o palacio real e o parque do bom retiro? ademais , como esta o “animus” dos espanhóis para com os turistas a crise tem afetado para melhor ou pior ? muito obrigado.

    • Oi Cleo,
      Tudo bem?
      Os Espanhois são mal humorados por natureza…rs..
      Como não passei por lá depois da crise, não sei se piorou ou não…
      A distancia entre o palacio Real e o Retiro, ou nunca medi. Não é super perto, mas dá para caminhar. Tem metro na porta dos dois, e ai fica um pulinho.
      Uma dica de parque bacana com o melhor por do sol da cidade e do lado do Palacio Real, é o Debod.
      Beijos

  6. Mari muito obrigado pela reposta,bom assim sendo eu priorizo os pontos que dependem de horários e os que não dependem deixo para o final(praças,mercados,compras,gastronomia),

  7. Mari nesse período do ano é vero que em madri até por volta das 22:00 ainda é dia?se for assim aumenta a possibilidade de visitar outros locais, por favor aguardo uma resposta.

    • Oi Cleo, tudo bem?
      Julho e agosto são o auge do verão, então até as 9:00, 10:00 da noite permanece claro.
      O problema é que o horário de abertura das atrações não varia tanto (máximo uma horinha a mais de abertura e olhe lá). A vantagem é que vc terá mais tempo de dia claro para experiemntar barzinhos divertidos e provar as deliciosas tapas espanholas.
      Ah, o parias do retiro que é uma ótima parada, fica aberto até mais tarde.
      Abraços,

  8. Pingback: Madrid: Sol e Plaza Mayor | Idéias na mala

  9. Oláá..

    Adorei o site, tem ótimas dicas e informações!

    Qual o horário de funcionamento do Palácio, para visita, de Outubro a Março??
    Obrigada,

    Fernanda

    • Oi Junior,
      Tudo bem?
      Obrigada pela visita!
      O tempo da visita depende um pouco do tamanho do seu interesse. Na minha primeira visita levei cerca de três horas. Já na segunda vez fui com meu Primo que ficou muito contente em ver tudo bem rápido e por isso levamos pouco mais de uma hora. Planeje algum tempo extra para visitar a catedral que fica na frente do castelo e tem um teto bem bonito e os jardins.

      Outra dica de passeio lá perto: http://ideiasnamala.wordpress.com/2010/08/31/ermita-de-san-antonio-de-da-florida/

      Acho que palacio + Catedral + jardins + igreja da Almudena = Uma manhã interira de passeio!

  10. Adoreiiiiiii.
    Esse blog é simplesmente incrivel, muito bem detalhado. Parece até que a gente está nos locais citados….
    Não viajo mais sem dar uma boa espiada no Ideias na mala.
    Parabens!!!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>