Napa Valley: dicas, vinícolas, passeios e restaurantes

111
Napa Valley - Califórnia

Napa Valley, a região vinícola mais famosa da Califórnia, é um programa super gostoso para quem gosta de tomar bons vinhos e quer relaxar da corrida das grandes cidades. Ideal para fazer um bate e volta de São Francisco, ou para passar alguns dias relaxando (se você tem tempo e gosta de vinhos, super indico essa segunda opção).

Napa Valley: dicas, vinícolas, passeios e restaurantes

Como chegar?

Napa Valley fica a pouco mais de uma hora de São Francisco (as distâncias variam um pouco dependendo das vinícolas que você escolher, mas não costumam passar muito dos 100 Km), e para chegar lá você precisará ou alugar um carro ou contratar um tour.

Caso você escolha um tour, sugiro que você pague um pouco mais caro e selecione um tour privado, dessa forma, você terá flexibilidade para escolher as vinícolas que quer visitar, onde você quer almoçar, e poderá passear no seu próprio ritmo. O tour privado custa bem mais caro, mas evita que você visite vinícolas meia-boca que fazem parte de algum acordo comercial que não tem nada a ver com os seus planos, mas que impacta diretamente na sua viagem

[Se você fez um tour (privado ou em grupo), por favor conte para nós com quem fez e o que achou!]

Napa Valley

Napa Valley de carro

Carro é a melhor forma de explorar as vinícolas de Napa, a estrada é boa, fácil de dirigir e com um GPS, você conseguirá se locomover entre as vinícolas sem grandes dificuldades. Pena que vinho e direção não combinam.

Degustação de espumantes na Mumm

Degustação de espumantes na Mumm

Bebida e direção na Califórnia

Caso você opte por dirigir, vale lembrar que bebida e direção é coisa séria aqui nos Estados Unidos. Na Califórnia dirigir alcoolizado é uma falta gravíssima, com direito a multa imensa e até mesmo prisão. Blitz não é uma prática comum, mas caso você faça qualquer barbeiragem, a polícia vai te parar MESMO. Aqui a polícia tem um poder absurdo de brotar do nada sempre que você faz algo errado. Então vale aquela velha história de delegar o motorista da vez, ou, beber bem pouquinho para não dar zebra. E se você beber, dirija com muito, mas muito cuidado.

Napa Valley de Limousine

Outra forma bem legal (e super chique) de visitar Napa é contratar um passeio de Limousine. Várias empresas na Bay Area oferecem tours de Limousine que tem duração de 6,8 ou 10 horas e custa a partir de $450 dólares.

Veja todos os detalhes do passeio de Limousine aqui

Limousine - Sonoma Valley

Nossa Limousine em Sonoma

Napa Valley de bicicleta

Ainda que boa parte de Napa seja coberta por ciclovias, confesso que mesmo gostando muito de bicicleta, só recomendo o passeio para quem estiver muito acostumado a pedalar na estrada sem se assustar com a passagem próxima dos carros.

Em muitos trechos a estrada é muito estreita, com muitas curvas e a ciclovia é quase inexistente. Isso sem falar que Napa é um lugar que se espera que os motoristas tenham bebido um pouquinho, então um susto – seja seu ou de algum motorista descuidado – pode resultar em um péssimo final de viagem. Outro fator que dificulta a bicicleta é o calor. Napa é quente pra burro, e pedalar depois de beber vinho e debaixo de sol, não é nada bom.

Veja aqui um passeio de bicicleta que fizemos por Napa.

Programe sua visita

Assim que você resolver, vá visitar Napa, selecione as vinícolas que quer visitar e agende o tour / degustação em pelo menos duas delas. Muitas vinícolas (especialmente as mais famosas) só atendem com hora marcada. Não tem nada mais desagradável que chegar até a porta de um lugar e não poder visitar.

Veja aqui nosso roteiro de um final de semana em Napa Valley

Vinhedos em Napa Valley

Tours pelas vinícolas

Os tours variam bastante de vinícola para vinícola mas geralmente são um passeio completo pelos bastidores (e sempre que der, pela área de produção dos vinhos) contando um pouco a história da vinícola, plantio e colheita dos vinhedos, envelhecimentos dos vinhos e particularidades do wine maker.

Cave em Napa Valley

Cave em Napa Valley

Os tours são muito básicos para enólogos, ou profissionais da área do vinho, mas costumam ser bem interessantes para pessoas que assim como eu conhecem pouco de vinho, e gostariam de saber mais. Para que você aproveite bem os tours, o conhecimento de inglês é indispensável.

Uvas em Napa Valley

A duração varia de vinícola para vinícolas, mas em geral varia entre 1h e 2h e inclui uma degustação de vinhos no final.

Degustações e vinho em Napa Valley

Existem n estilos de degustação, a mais comum acontece no próprio balcão da vinícola. Algumas vezes o menu é escolhido pelas vinícolas, outras é você quem escolhe. Em geral são servidas pequenas doses de 3-5 diferentes tipos de vinho. (E se o moço do balcão for com a sua cara, ele poderá aumentar este número)

Degustação de vinho na Hall

Degustação de vinho na Hall

Algumas vinícolas oferecem dois tipos diferente de degustação, uma normal e outra dos vinhos do tipo reserva. Nesse caso eu o Gu pedindo uma de cada e dividimos as duas ;o).

Tours x Degustações

As experiências são diferentes, porém complementares. Sugiro que você faça pelo menos um tour (e no máximo dois) por dia e complemente seu roteiro com um bom almoço ou picnic e mais uma ou duas vinícolas.

Quantas vinícolas visitar?

Depois de N visitas a Napa Valley percebi que o número de vinícolas ideal por dia para mim e para o Gustavo (que moramos aqui e gostamos de ver e viver tudo com calma) são duas. Geralmente fazemos um tour pela manhã, almoçamos ou fazemos picnic e a tarde visitamos mais 1 vinícola e fazemos apenas a degustação. As vezes, terminamos o dia com uma taça de espumante na Mumm.

Para quem vai fazer um bate e volta de São Francisco, recomendo 2, ou no máximo 3 vinícolas. Acho 4 demais e até um pouco desagradável. Prá quem fica em Napa, dá fácil para fazer 3 vinícolas.

Que vinícolas visitar em Napa Valley?

Selecionar as vinícolas é a parte mais difícil do passeio. Para tentar acertar, leia a lista de vinícolas e avalie quais as mais adequadas para você. Considere os seguintes fatores:

  1. Popularidade: Quanto mais famosa a vinícola, mais cheia ela estará. Popularidade também impacta diretamente no valor dos tours.
  2. Ambiente: Que tipo de lugar você prefere? Degustação ao ar livre? Degustação dentro de um prédio histórico? Vinícolas com atrações para crianças?
  3. Localização: Selecione vinícolas que estejam próximas uma das outras. Afinal ninguém quer dirigir mais do que aproveitar.
  4. Vinhos: Veja que tipo de uvas você gosta e quais as especialidades da vinícola. Napa é famosa por ter muitos Cabernet Sauvignons gostosos, se esse é seu tipo de uva preferido, você está no lugar certo!

Dicas de Vinícolas em Napa

Algumas das vinícolas que eu já visitei (e gostei) – Em ordem alfabética

Artesa: Uma dos grandes ícones de Napa, essa vinícola foi a primeira a ter uma construção 100% verde certificada. O prédio é super bacana e a vista lá do alto é um show. Essa vinícola é do mesmo grupo Espanhol que produz a Cava Codorniu.

Artesa - Napa Valley

Beringer: Uma das vinícolas mais antigas e tradicionais de Napa tem instalações maravilhosas.  Você pode optar pela degustação dos vinhos reserva na Rhine house, ou por uma degustando no balcão central da vinícola (e que pode ser combinada com vinhos ou chocolates). Os vinhos não são meus preferidos, mas a experiência é bem legal.

Rhine House na vinícola Beringer

Rhine House na vinícola Beringer

Castelo di Amorosa: Esta réplica de Castelo Italiano combina algumas excentricidades turísticas com um excelente vinho. O tour é super explicativo e abrangente, uma ótima alternativa para quem viaja com crianças.

Castelo Di Amorosa - Napa

Entrada do Castelo Di Amorosa

Chateau Montelena: Uma combinação LINDA de castelo com jardim. Essa vinícola ficou famosa por seu Chardonnay que desbancou todos os vinhos franceses em uma competição internacional e até hoje vive da fama. Os vinhos são muito gostosos, mas a degustação é um pouco homeopática (e cara) de mais para meu gosto pessoal, de qualquer forma, vale a experiência.

Chateau Montelena - Napa Valley

Chateau Montelena

Domaine Carneros: a única vinicola dessa lista que não conheço, mas ouvi tanta coisa boa que acho que não tem erro. A Domaine é do mesmo grupo que produz a Champagne francesa Taittinger. Tem uma ambiente super bonito e bons espumantes.

Etude: Pequena e charmosa a Etude oferece uma degustação mais intimista. Uma experiência bem especial.

Etude Wines - vinho Rose

Frogs Leap: uma das minhas experiências preferidas do vale. O tasting é feito numa linda varanda com vista para o jardim (impecável e todo florido)

Frogs Leap

Frogs Leap: degustação com vista para o jardim

Hall: Uma das vinícolas mais modernas de Napa combina vinhos maravilhosos com obras de arte lindas e um salão de degustação todo moderno de vidro. Beber vinho nos jardins da Hall é um dos meu programas preferidos de Napa. Recomendo tanto o tasting como o tour. [Dica: A Hall tem um especialista em vinhos que fala português, basta solicitar a presença dele na reserva por telefone. O nome dele é Alberto de Lima ].

Hall Wines

Joseph Phelps: Vinhos sensacionais e uma experiência de degustação ao ar livre agradabilíssima! Tiro certeiro!

Joseph Phelps - Napa Valley

Mumm: Uma das minhas preferidas para passar no final da tarde e degustar uma taça de espumante com vista para os vinhedos. Os espumantes são super gostosos. Veja aqui um passeio pela Mumm 

Mumm - Napa Valley

Robert Mondavi: Essa é uma das vinícolas mais famosas do Vale e uma das grandes responsáveis pela fama internacional que Napa conquistou. Os tours são cheios e se esgotam rápido. Os vinhos servidos durante o tour não são grande coisa, mas ainda sim, acho que vale a visita porque a estrutura é imensa e interessante.

Robert Mondavi - Napa Valley

Rombauer: O salão de degustação tá precisando de uma reforminha, mas o jardim é bem agradável e os vinhos são muito bons.

Rombauer - Napa Valley

The Hess Collection: A hess é uma vinícola super antiga com um prédio super lindo e uma das melhores coleções de obras de arte de Napa

The Hess Collection - Napa

V. Sattui: A mais antiga vinícola de Napa é uma experiência super família. Além das degustações a V. Sattui tem um mercado excelente que vende frios, queijos e todos os apetrechos necessários para você fazer um picnic de primeira!

V. Sattui - Napa Valley

[Vou atualizar esta lista sempre que eu visitar alguma nova]

Localização das vinícolas

Veja as vinícolas no  Google Maps

Quanto custa visitar uma vinícola?

O preço das degustações em Napa variam entre 20 e 50 dólares. Os tours variam entre 30 e 80.

Não se engane:

Degustação cara é sinónimo de popularidade e não de qualidade. Escolha as vinícolas baseado no seu feeling e naquela listinha de preferências que mencionei acima.

É barato comprar vinhos na vinícola?

Na grande maioria das vezes não. Os distribuidores de bebidas (a Bevmo, por exemplo) tem acordos comercias tão agressivos com as grandes vinícolas que comprar no distribuidor custa igual ou até mais barato do que comprar na vinícola.

A vantagem da compra na vinícola é poder degustar, escolher e comprar apenas os vinhos que você realmente gosta.

Napa Valley - Califórnia

Dá para levar vinho na mala de mão?

Infelizmente não. Você terá que despachá-los. Nesse caso, embrulhe bem as garrafas (coloque uma longe da outra e com muitas roupas no meio.


Napa além das vinícolas

Outras experiências bacanas que podem deixar sua visita a Napa ainda mais especial:

Napa Valley Wine Train: o trem de Napa é uma experiência para lá de romântica e uma forma bem legal de complementar o passeio pelas vinícolas.

Sentada na mesa de jantar do trem de Napa

Sentada na mesa de jantar do trem de Napa


Onde comer em Napa Valley

Napa tem “N” opções de restaurantes para todos os bolsos e estilos. A maioria dos restaurantes estrelados está concentrado na cidade de Yountville.

Experiência descontraída: A padaria do Bouchon

Um dos meus programas preferidos é almoçar um sanduba + 1 doce na padaria do Bouchon.

Bouchon Bakery - Napa

Bouchon Bakery  – Napa

Picnic em Napa Valley

Tão gostoso quanto um bom restaurante é comprar uma seleção de queijos e frios e fazer picnic. Muitas vinícolas tem mesas e espaços super agradáveis para Picnic. Compre seus queijos na rua principal de Youthville ou no mercado da vinícola V. Sattui. Um Picnic sem pressa é uma boa alternativa para encerrar o dia de quem bebeu um pouco e vai dirigir.

Chateau St. Jean - Sonoma

Almoço gostoso com um bom custo benefício:

Redd wood (6755 Washington St, Yountville): Uma alternativa legal para quem quer provar pizzas e massas deliciosas num ambiente descolado. Veja mais detalhes nesse post.

Redd Woods - Napa Valley

Pizza – Redd Woods

Ca’Momi (610 1st St #9 – Napa): uma italiano BEM gostoso dentro do Ox Bow Market. Veja mais detalhes aqui.

Ca' Momi - Napa Valley

Tagliateli ao Ragu do Ca’Momi

Experiência mais refinada:

Para comer super bem eu indico o Bouchon. Ainda não experimentei o Botega e nem o Auberge du Soleil, mas ouvi falar muito bem dos dois.

Bouchon - Napa

Jantar estrelado:

Para quem quer uma opção super estrelada (caríssima) e tem paciência de reservar com pelo menos três meses de antecedência, o French Laundry é uma boa opção. Não experimentei. Confesso que nem os três meses de fila e nem os 270 dólares por pessoa (sem vinho) estão na minha bucket list.

O que vestir:

  • Frio & Calor: Napa costuma ter um amplitude térmica bem grande, durante o dia faz MUITO calor, mas a noite costuma esfriar bem. Vá preparado para o calor, mas não esqueça de levar casaco.
  • Vá bem vestido: Como San Francisco é super descontraída, os locais aproveitam suas visitas a Napa para vestir algo bacana e descolado. Aproveite para entrar no clima e capriche no figurino!
  • Use sapato confortável: essa é uma dica bacana pra quem quer fazer tours pelas vinícolas, prepare-se para andar sem morrer de dor no pé.

E aí, curtiu as dicas?

Sentiu falta de alguma informação? Deixe seu comentário que eu respondo rapidinho!

E para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!

About author

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

111 comments

  1. Carla 23 abril, 2017 at 19:07 Responder

    Oi Mari,
    Estaremos em SF em agosto/17 e gostaríamos de ficar 2 dias em Napa.
    Por gentileza, poderia passar o meu contato para sua amiga que faz o tour na cidade? Lá não queremos ficar de carro, principalmente para podermos aproveitar as degustações a vontade. Entretanto, para chegar a Napa, vc recomenda transfer, aluguel de carro ? Qual seria a melhor forma de chegar até lá (custo)?
    Agradeço desde já se puder nos dar mais essas dicas. Obrigada!!!

    • mari vidigal 24 abril, 2017 at 13:30 Responder

      Oi Carla,
      Se você contratar a Mary, ele te leva de SF a Napa em um dia e te tra de volta no dia seguente ;).
      Passando seus contatos para ela entrar em contato!
      Abraços

  2. Fábio Ulbrich 16 abril, 2017 at 19:21 Responder

    Boa tarde Mari.
    Parabéns pelo site e explicações detalhadas do passeio em Napa Valley.
    Iremos essa semana e deixamos meio em cima da hora para fazer os passeios. Será que sua amiga que organiza os tours poderia entrar em contato com comigo.
    Desde já agradeço

  3. Caroline Morgado 27 março, 2017 at 00:49 Responder

    Olá Mari, estou montando minha viagem para Califórnia, que será daqui há um mês, com base nos seus relatos e dicas! Vamos de São Francisco a Los Angeles. Queria te perguntar, em princípio, duas coisas: (1) com o fechamento da highway 1, ainda não me “localizei” sobre o que fazer e quanto tempo terei que gastar para conhecer as partes que estão abertas (vi um outro post seu); (2) eu e meu marido queremos ir até o Napa e Sonoma. Três dias, incluindo um de chegada são suficientes? Não queremos nos preocupar com direção e degustação de vinhos. Qual seria a melhor forma de ir para a região e fazer os passeios? Vi em outros posts que você indica uma amiga. Quais seriam as nossas opções?

    • mari vidigal 28 março, 2017 at 16:10 Responder

      Oi Caroline,
      Suas opções são contratar um guia, ver se o concierge do seu hotel indica um motorista, ou fazer um tour coletivo. 🙁
      3 dias tá ótimo (e que delíciaaaaa de tempo!)
      Abraços

  4. Janaina 20 março, 2017 at 14:09 Responder

    Ola Mari, super dicas de Napa, obrigada pelo post! Irei pra lá em Junho, e sei que é alta temporada, por isso quero fazer os passeios durante a semana. Primeiro, vc pode me passar o contato da sua amiga do tour, obrigada! Segundo, vc recomenda se hospedar em Napa (quero visitar 3 dias) e depois passar o fim de semana em SF. Vc tem alguma recomendação? Obrigada, Janaina

    • mari vidigal 21 março, 2017 at 05:22 Responder

      Oi Janaina,
      Caso queira ficar em Napa reserve já porque a oferta é BEM menor que San Francisco e lota mesmo!
      3 dias é um tempo bacana e eu faria tanto Napa quanto Sonoma. (Dois lugares que amo são o Chateau St. Jean e a Buena Vista)
      Beijos

  5. Carol Cará 22 fevereiro, 2017 at 15:01 Responder

    Olá, Mari!
    Parabéns pelo seu blog, por toda a dedicação a ele, mesmo com bebê pequeno em casa… parabéns mesmo!!!
    Queria te pedir para passar meu contato para sua amiga que faz os tours em Napa, pode ser!??!
    Desde já agradeço!

  6. Milene Fernanda da Silva Oliveira 20 fevereiro, 2017 at 02:30 Responder

    Mari, tudo bem? Adoro a sua página, parabéns!!! As suas dicas soa maravilhosas e estão ajudando muito no planejamento da viagem que farei com o meu marido em junho. Ficaria muito grata se passasse o meu contato para a sua amiga que faz os tours em Napa.

  7. Ingrid 7 fevereiro, 2017 at 22:55 Responder

    Oi, Mari!! Primeiramente, parabéns pelo blog!! Suas dicas são mais que especiais!!
    Bom, lá vai minha dúvida!rs Eu fiz várias buscas sobre usar Uber na região e vi que a área é contemplada, mas fiquei me perguntando se o serviço funciona de fato , se tem vários carros disponíveis etc. Pq uma coisa é ir de SAN Francisco pra lá e outra e pegar no hotel e nas vinícolas, né?! Rs Eu e meu marido vamos ficar 2 dias e adoramos vinhos e queríamos muito poder aproveitar as degustações sem a preocupação de dirigir. Vc tem alguma experiência com Uber por lá?! Obrigada! Bjo

  8. rebeca rocha 4 fevereiro, 2017 at 23:27 Responder

    Ola, também gostaria do contato da pessoa que faz o tour. Estou muito interessada na Domaine Carneros mas não consigo achar uma empresa que nos leve até lá.

    Obrigada pela atenção.

    Rebeca

  9. Tati 2 fevereiro, 2017 at 00:53 Responder

    Ola Mari! Tudo bem? Por favor, poderia me enviar o contato de sua amiga que faz o tour. Gostaria de agendar ja para a proxima semana. Obrigada por sua atencao! Tati

    • mari vidigal 25 janeiro, 2017 at 06:37 Responder

      Oi Andrea,
      Se der pra ficar en Yontville, perfeito. Se não tenta ficar o mais perto possível de lá. Eu geralmente tento ficar entre Santa Helena e o centro de Napa.
      O post de onde se hospedar vem logo logo.
      Abraços

  10. Júlia Martins 2 janeiro, 2017 at 16:37 Responder

    Oi Marina, sei que você diz no ínicio do post que degustação e direção não combinam, mas gostaria de entender quão complicado pode ser. Eu pensei em procurar um tour privado, mas estarei em lua de mel por 3 dias em Napa e a ideia de acrescentar uma terceira pessoa nesse momento não me agrada. Você acha que vale a pena? Recomenda alguma empresa que faz este serviço ou algum motorista?
    Quando você vai a Napa, normalmente tem um “motorista da rodada” ou não é preciso? É muito policiado?
    Na maior parte das degustações de Napa dá para pedir uma única degustação, por exemplo de 4 vinhos, e dividir por dois? Pensamos que essa possa ser uma alternativa para beber menos de uma única vez e diminuir a chance de termos problemas,
    Muito obrigada pela ajuda!
    bjs

    • mari vidigal 3 janeiro, 2017 at 22:24 Responder

      Oi Julia,
      Parabéns pelo casamento. Califórnia é uma alternativa incrível para a Lua de mel, vocês vão amar.
      Olha direção e bebida aqui na Califórnia não é brincadeira e dá cadeia, e sim tem polícia. Quando vamos eu e meu marido ele fica de motorista da rodada – ele gosta menos de vinho que eu – e fazemos o seguinte esquema:
      Vinícola 1, os 2 degustam e fazemos um piquenique ou almoçamos ali pertinho na sequência
      Vinícola 2: Só eu faço a degustação porque ele vai dirigir.

      Especialmente porque é sua lua de mel, eu não arriscaria muito não e contrataria um guia. Quer que eu passe os contatos de vcs para uma amiga que trabalha como guia? Você pode bater um papo com ela e ver se é algo que você gostaria ou não.
      E sim, dá para dividir os tastings e não precisa ter vergonha porque isso é bem comum por aqui.
      Beijos

      • Júlia Martins 4 janeiro, 2017 at 11:18 Responder

        Muito obrigada pela ajuda Marina, se você puder me passar o contato dela, agradeço, assim posso decidir se vale a pena.
        Pensei que posso tentar também usar uber na região e deixar o carro no hotel.
        Bjs

  11. Rodrigo Serrano 8 dezembro, 2016 at 12:27 Responder

    Olá Mari, primeiramente parabéns pelo site. As dicas são excelentes e tem me ajudado muito. Tenho algumas dúvidas sobre o passeio para Napa. Na verdade estarei em São Francisco por 4 dias e deixei o último para ir até Napa. Minha viagem será em Janeiro de 2017 e estarei de carro. Os tours que você fala tem algum saindo direto de SF ou teria que ir até alguma cidade base de onde se contrata o tour?

    Obrigado!!

    • mari vidigal 9 dezembro, 2016 at 20:03 Responder

      Oi Rodrigo,
      A maioria dos tours sai de San Francisco mesmo.
      Tenho uma colega Brasileira que faz tours bem bacanas. Quer que passe seus contatos para ela?
      A também tours em grupo – em inglês- contratados com agências locais.
      Abraços,

  12. Gilberto 5 dezembro, 2016 at 14:12 Responder

    Grato pela resposta de setembro. Agora, como vou ficar apenas um dia, e estou com crianças (9 e 12), meu objetivo seria “dar uma volta de carro” em estradas onde eu possa visualizar, apreciar e, quem sabe, entrar em algumas vinícolas. Que caminho poderia me sugerir? Saberia me dizer se a V. Sattui fica muito cheia próxima ao fim do ano (30/12)? Muito obrigado!!

    • mari vidigal 6 dezembro, 2016 at 05:13 Responder

      Oi Gilberto.
      Dezembro é baixa temporada e mesmo a V. Sattui deve estar bem razoável. A própria rua da V Sattui tem várias vinícolas legais e ondas de olhar.Beijos

  13. Gilberto 28 setembro, 2016 at 15:26 Responder

    Olá Mari.
    Parabéns pelo seu blog.
    Estarei indo em dezembro para os EUA e passarei por Napa. Sei que não é a melhor época do ano para tal. Irei junto com a esposa e duas crianças, de 9 e 12 anos. Já conhecemos Mendoza, onde há vinhos excelentes. Gostaria de uma ou duas sugestões de vinícolas onde as meninas poderiam até gostar, mesmo eu sabendo que este passeio não é muito indicado para elas.

    Grato

  14. Marianna 20 julho, 2016 at 19:23 Responder

    Oi Marina,
    ótimo post! Estou programando uma viagem em família pela Califórnia de carro e gostaria de incluir Napa pois meu pai é grande apreciador de vinhos. Vc acha o final de maio um bom período para visitar os vinhedos?

    abraços.

  15. elaine 14 julho, 2016 at 13:02 Responder

    Mari, bom dia
    Muito obrigada pela pronta atenção!!
    Vou programar para novembro então, pois minha idéia é mesmo dormir por la para aproveitar mais…se eu precisar de mais algum “help” pedirei gentilmente a você.
    um forte abraço.

  16. elaine 13 julho, 2016 at 20:52 Responder

    Mari, excelente blog e conteudo!!!
    Muito obrigada pelas dicas, tenho uma pergunta:
    Com sua experiencia, você acha que visitar Napa Valley em fim de outubro/novembro é muito ruim? pois é o periodo que tenho disponibilidade.
    Abraços!!!

    • mari vidigal 14 julho, 2016 at 01:03 Responder

      Oi Elaine,
      Outubro é a época da colheita, e é excelente para visitar Napa.
      Novembro é mais friozinho, mas tbm é ótimo. E como é baixa temporada, se quiser dormir por lá encontrará bons preços.
      Abraços

  17. Thiago 29 junho, 2016 at 01:50 Responder

    Olá, primeiramente, parabéns pelo post, não encontrei nada tão detalhado e bem escrito sobre os roteiros, vinícolas e restaurantes, além das dicas, claro! Continuo com uma dúvida que fiquei depois de entrar nos sites das vinícolas: parece que é permitido o acesso apenas de crianças acima de 6 anos (vi isso na Inglenook e na V Sattui), fiquei com receio de essa regra se estender às demais. Ficarei grato, caso consiga confirmar isso pra mim!

    • mari vidigal 29 junho, 2016 at 19:48 Responder

      Oi Thiago,
      Na real a questão de crianças (e jovens em Napa) é bem complicada e precisa ser checada de vinícola para vinícola. Muitas não aceitam crianças (ou menores de 21) independente da idade. Duas vinícolas que costuma aceitar (eu ainda assim confirmaria) são a Castillo di Amorosa e a Sterling.
      Abraços e obrigada pela visita
      Mari

  18. Julio Lima 23 junho, 2016 at 13:07 Responder

    Bom Dia Mari….só para variar excelentes dicas…suas informações fazem a gente viajar antes mesmo de sair de casa….parabéns.
    Vc tem alguma dica de Camping para RV no Napa Valley ou próximo?
    Abraço,
    Julio Lima

  19. Josiane Bravo 20 junho, 2016 at 16:33 Responder

    Oi Mari, primeiramente quero parabenizá-la pelo ótimo conteúdo do blog, que está super detalhado e bem escrito (cheio de detalhes), e as fotos, nem precisa comentar, uma mais linda que a outra. De todos os blogs que procurei informações sobre Napa, o seu é o mais detalhado e informativo, nesse post tem basicamente tudo que precisamos saber para planejar uma viagem para a região de vinícolas da California. Eu tenho um blog e resolvi escrever sobre a minha experiência no Castello Di Amorosa, deixei um link para esse post do seu blog lá, pois como estou falando apenas sobre 1 vinícola, acho interessante para as outras pessoas saberem mais informações sobre outras opções de vinícolas em Napa Valley. Gostaria de lhe pedir a permissão para usar esse link lá, caso não seja da sua concessão, posso tirá-lo.

    Desde já, agradeço sua atenção

    Abraços,
    Josiane Bravo

  20. Fabio 9 maio, 2016 at 00:39 Responder

    Olha, Mari! Parabéns pelo blog! Incrível o nível de detalhes e bom gosto no formato.
    Me ajuda com uma dica? Vou esse mês para San Francisco e planejo fazer o passeio de balão em Napa, seguido de alguns tours e degustações no mesmo dia. Pesquisei que o balão sai da vinicula Domaine Chandon. Mas minha dificuldade é planejar como ir pra la e fazer um tour pelas vinculas por perto. Para não alugar carro e correr o risco de ser parado, pensei em ir para Napa de Uber e alugar alguma Van ou serviço parecido?
    O que acha? Obrigado! Parabéns mais uma vez! Espero poder colaborar com o site em breve!

    • mari vidigal 9 maio, 2016 at 01:22 Responder

      Oi Fabio,
      Tudo bem?
      Acho que o Uber vai sair tão caro quanto contratar um guia por um dia. Já falou com a Marianne do blog Hotel California (http://hotelcaliforniablog.com/tours/)? Ela organiza este tipo de passeio e é dez! O bacana da Mary é que ela conhece a região hiper bem e te levará para vinícolas bacanas.
      Tenho uns amigos que fizeram esse passeio de balão e AMARAM!!! Na volta, passa aqui para contar como foi, e se quiser contar sua experiência, será um prazer!
      Beijos e qq dúvida é só gritar!

  21. Patricia 3 maio, 2016 at 13:55 Responder

    Ola Mari, adorei o seu post…
    Minha irma recoemndeu também a vinicula Sterling. Você conhece? Vale a pena?

    Obrigada,
    Patricia

    • mari vidigal 3 maio, 2016 at 18:05 Responder

      Oi Patricia,
      A Sterling é uma das maiores vinícolas da Califórnia – é BEM turística – e pelo que vi nas fotos bem bonita.
      Ainda não conheço, mas ouvi falar bem.
      Beijos

  22. Luciana Espindola 15 abril, 2016 at 22:11 Responder

    Mari, boa noite

    Não vi nos seus comentários o Hotel que ficaram em Napa. Recomenda algum?
    Obrigada. Boa noite.

    Abraço,
    luciana.

    • mari vidigal 17 abril, 2016 at 22:45 Responder

      Oi Luciana,
      Nunca me hospedei em Napa – já dormi em Santa Rosa, num desses hotéis rápidos (se não me engano era motel 6, e que atendeu bem aos objetivos da viagem). Infelizmente não tenho nenhuma dica testada em Napa. 🙁 mas sugiro que veja um buscador de hotéis – estilo Booking.com, Expedia.com e etc – e leia as reviews.
      Beijos

    • Teresa e Jose Luis 30 abril, 2016 at 17:06 Responder

      Olá Mari,

      Obrigado pelas suas dicas que são formidáveis. Nós vamos de carro desde São Francisco e ficamos em Yountville 3 dias. Para visitar as vinícolas iriamos no nosso carro mas como vamos fazer degustações e beber vinho, e nos EUA a policia não brinca, qual a opção mais indicada ? Tours organizados ? Motorista ?
      O que aconselha ?
      Obrigado, Teresa e José´Luis

      • mari vidigal 30 abril, 2016 at 21:16 Responder

        Oi Teresa,
        Depende do estilo de vocês.
        Muita gente contrata um motorista em Napa usando o serviço de Concierge de hotel, outros preferem um guia (que tem a vantagem de conhecer bem a região e levar vcs para vinícolas que tenham o perfil de vcs). Não sou fã de tours, porque acho que Napa é para curtir com calma, especialmente em casal.

        Beijos

  23. ANA CAROLINA STEENHAGEN BLOWER 9 abril, 2016 at 18:43 Responder

    Eu e meu noivo não bebemos vinhos e espumantes, as viniculas são abertas a visitação sem tour ou vinhos?? Queria apenas conhecer os lugares.

    • mari vidigal 11 abril, 2016 at 20:20 Responder

      A parte externa e os jardins são abertos (na grande maioria das vezes). Para visitar as instalações, vocês precisam reservar um tour.
      Agora posso dar um pitaco? Se vocês não gostam de vinho, para que ir para Napa? Tem tantos outros lugares lindos nos arredores de San Francisco. Juro que eu repensaria a decisão.
      Beijos

  24. Maíra S. 4 setembro, 2015 at 19:47 Responder

    Oi Mari,
    Agora cheguei na parte de planejar a visita a Napa! Seu post está muito completo, como sempre! Gostaria de fazer um tour que fosse bem explicativo de todas as fases de produção do vinho, mais do que apresentação da vinícola em si. Tem algum que você recomenda? O da Hall, que você gostou, é assim didático?
    Outra coisa, você sabe se Inglenook, antiga Rubicon, ainda mantém a memorabilia do Copolla? Fiquei com a impressão que com essa mudança de nome, os objetos podem ter sido transferidos para a Copolla Presents no Alexander Valley…
    Muito obrigada novamente!! E bom fim de semana!

    • mari vidigal 8 setembro, 2015 at 16:04 Responder

      Oi Maíra,
      Desculpe a demora na resposta. Feriadão me atrasou!
      Infelizmente os tours de Napa são (em geral) pouco didáticos. Eles são muito mais voltados ao tipo de vinho, com o que combinar e com a história da vinícola do que com a produção de vinho em sí. Pensando em produção, nenhum dos 20 tours que fiz em Napa é exatamente focado. Para ver as instalações – e boa parte da produção. O tour da Mondavi é um dos melhores. Pena que o vinho degustado durante o tour é MUITO fraco, e detona a experiência.
      Caso você queira uma experiência bem autêntica, eu super recomendo a Frogs Leap. Mas não espera nada super técnico, tá? Muito pelo contrário.

      Não conheço a Inglenook, mas conheço a Copolla no Alexander Valley (que apesar de longe pra caramba, é incrível), e o que eu posso te dizer que todos os Oscars do Copolla e peças incríveis de Memorabilia decoram a casa de Alexander Valley. Não sei te dizer se restou algo na Inglenook.

      Beijos

      • Maíra S. 8 setembro, 2015 at 19:43 Responder

        Obrigada por mais uma resposta super atenciosa, Mari! Em qual outro blog eu poderia conversar com alguém que já fez mais de 20 tours em vinícolas?! rsrs Acho que o tour da Mondavi pode mesmo ser o mais didático, além de ser um dos lerês principais de Napa. Acho que vou fazê-lo logo de manhã, porque aí no decorrer dos dias os vinhos só vão melhorar! Gostei muito do seu relato sobre a Frog’s Leap e no TripAdvisor as avaliações também são ótimas. Acho que vai ser um contraponto simpático à estrutura impessoal e gigantesca da Mondavi. Achei a Copolla Presents muito interessante, mas temo que seja muito distante mesmo para quem só tem um dia em Napa. Ainda quero tentar visitar a Artesa, nem que seja só por fora.
        Depois volto para contar como foi! Obrigada mais uma vez!!

  25. Alessandra 22 maio, 2015 at 20:00 Responder

    Olá, gostaria de saber se você indica hotel ou se há vinícola em Napa Valley que disponha de hospedagem. Pretendo ir de carro e dormir uma noite lá, para conhecer duas ou três vinícolas num dia e outras no dia seguinte. Adorei o post. Obrigada!

    • mari vidigal 26 maio, 2015 at 05:01 Responder

      Oi Alessandra,
      Feliz que vc curtiu o post!
      Como moro pertinho, nunca me hospedei em Napa, então, não tenho absolutamente NADA para indicar. De qq forma, dê uma olhada num buscador de hotéis, estilo Booking.com e leia as avaliações com atenção.
      Aproveite Napa.
      Beijinhos,
      Mari

  26. Lorena 21 abril, 2015 at 15:18 Responder

    Oi, Mari!
    Vc aconselha a visita à vinícola Beringer?
    Pretendo visitar 4 vinícolas em maio, quais você acha imperdíveis?
    Obrigada!!

    • mari vidigal 23 abril, 2015 at 23:23 Responder

      Oi Lorena,
      Nunca visiei a Beringer, mas ouvi falar bem.
      Minhas preferidas são: Hall, Joseph Phelps, Frog’s Leaps e Mumm (para tomer um pro seco no final)

  27. Laila 6 abril, 2015 at 20:01 Responder

    Olá Mari! Vou sozinha para SF, gostaria muito de ir pra Napa, mas como estarei sozinha um tour privado sairia muito caro. Conhece alguma empresa que faz o tour saindo de SF? Obrigada!

    • mari vidigal 7 abril, 2015 at 11:29 Responder

      Oi Laila,
      Td bem?
      tem um montão de empresas, mas nunca testei nenhuma delas, então não posso te recomendar.
      Um operador que costuma funcionar bem em todo o canto do mundo é o Viator, dê uma olhada se eles não tem um tour legal em Napa.
      Abraços,

  28. Ray Carmona 26 março, 2015 at 15:24 Responder

    Boa tarde Vamos estar na California no Inicio de Junho e gostariamos de uma dica de guia Brasileiro que faça Napa Valley iremos passar dois dias e gostariamos de visitas com expliçaçao em Portugues. Grata Carmona

    • mari vidigal 1 março, 2015 at 17:16 Responder

      Oi Guilherme,
      Desculpa a demora na resposta, to na Ásia e o Wifi não esta ajudando.
      Eu acho que a Mumm não tem mesas de Picnic não 🙁 (mas não tenho 100% de certeza)
      Aproveite muito a viagem!

  29. Nádia 18 dezembro, 2014 at 13:28 Responder

    Oi Mari, tudo bem?
    Estamos indo para Sfo no dia 22/01/15 e queria muito conhecer Napa Valley.
    Estamos indo em dois casais no dia 22 e chegaremos por volta das 11:14 em Sfo no dia 23/01 – sexta-feira. No dia 24/01 outro casal estará chegando, mas devido ao pouco tempo, eles não poderão ir a Napa.
    Queria saber se é viável ir a Napa chegando nesse horário em Sfo. Qual a forma mais barata de fazer um bate e volta?
    Você acha que vale a pena chegar, deixar as malas no Hotel e tocar para Napa e almoçar por lá?

    Obrigada!

    • mari vidigal 18 dezembro, 2014 at 19:04 Responder

      Oi Nádia,
      Tudo bem?
      É viável, mas vai ficar um pouco corrido. Essa é a única possibilidade que vocês tem de ir para Napa? Se sim, e se você quiser muito, alugue um carro no aeroporto – com a condição de devolver na cidade- e toque direto para Napa para almoçar. Você também pode contratar um tour particular, o que é mais caro, mas te livra do problema de ter que dirigir na volta

  30. Valeria Sasser 7 novembro, 2014 at 18:32 Responder

    Mari,Parabéns, seu post está bem correto! Vc mora aqui? Eu moro há 30 minutos de Napa e Sonoma e vou lá com frequência. Suas informações estão bem de acordo com a realidade desses lugares e suas sugestões são boas, principalmente para a primeira visita. E sim, a polícia aparece do nada e vai parar você por qualquer coisa minúscula na Califórnia.

  31. Carlos 5 novembro, 2014 at 23:00 Responder

    Marina, acho que faltou a Buena Vista, pois o “calor” humano é fundamental em qualquer experiência com os vinhos ! Abração …

Post a new comment

Veja também