La Rochelle na França: 17 atrações imperdíveis + Roteiro de 1 dia

La Rochelle na França não é um roteiro óbvio, mas é um passeio que vale a pena. Aqui você vai todas as dicas para aproveitar o melhor da cidade. Saiba como chegar, o que fazer em La Rochelle, onde ficar hospedado e veja nossa sugestão de Roteiro de 1 dia em La Rochelle.

La Rochelle
La Rochelle

La Rochelle é conhecida principalmente pelos esportes aquáticos e pelo Vieux Port (porto velho), porém a cidade tem muito mais a oferecer. Diversos museus, praias, aquário, as icônicas torres de pedra e um pôr do sol espetacular.

Conhecida como La Ville Blanche (a vila branca), devido às fachadas brancas de pedra calcária das casas, a cidade é ainda um destino muito frequentado pelos franceses nas férias de verão, um lugar ótimo para sentir a brisa do oceano Atlântico e conhecer um dos portos mais antigos e relevantes da França.

Nesse post você vai encontrar:

Um pouco da história de La Rochelle

Durante o reinado de Charles V a pequena cidade de La Rochelle, que ao longo dos anos teve seu domínio revezado entre de Franceses e ingleses, retornou ao domínio francês. A cidade passou por um intenso programa de fortificação do porto com a construção de uma muralha, a reconstrução da Torre de Chaîne e da torre de San Nicolas que tornou-se símbolo da aliança com o reino da França. Além do aspecto defensivo, estas duas torres, somadas uma terceira torre do século 12 (a torre da lanterna), serviam para orientar os marinheiros em alto mar.

Alguns séculos depois, no auge da guerra entre católicos e protestantes, a cidade se tornou um porto seguro para os protestantes no país católico. Este status de rebeldia atraiu a ira do rei da França, que ordenou o cerco a cidade. Em 1628, 13 meses depois, em meio a uma fome total, a cidade rendeu-se definitivamente ao rei francês que ordenou que a muralha fosse derrubada. Felizmente as torres foram preservadas.

Hoje é possível visitar o antigo porto e as famosas torres, o bunker que abrigou muitos soldados durante a Segunda Guerra e conhecer um pouco mais sobre a história da cidade.

Marina de La Rochelle
Marina de La Rochelle

O que fazer em La Rochelle

Ruas charmosas, atrações super interessantes para conhecer, praias, além de uma boa estrutura de restaurantes, bares e hotéis. La Rochelle é uma cidade encantadora localizada na costa atlântica da França e vai te surpreender

Quer otimizar seu tempo em La Rochelle? Uma sugestão bem legal é fazer um tour de segway — aqueles patinetes elétricos. Uma ótima maneira de conhecer La Rochelle com todo o suporte de um guia de uma forma divertida e sem esforço. Você irá passar pelas principais atrações e vai conhecer mais da história da cidade. O tour tem duração de 1h30.

Garanta seu passeio aqui

Principais atrações da cidade:

  1. Aquário de La Rochelle
  2. Museu marítimo
  3. Torre de Saint Nicolas
  4. Porte de la Grosse Horloge
  5. Torre de Chaîne
  6. Torre da Lanterna
  7. Catedral de Saint Louis
  8. Hôtel de Ville (a prefeitura)
  9. Sorveteria Ernest Le Glacier
  10. Passeios marítimos imperdíveis
  11. Praias
  12. Museu Bunker La Rochelle
  13. Museu de História Natural
  14. Puy du Fous
  15. Estreito Pertuis d’Antioche
  16. Fort Boyard

1. Aquário de La Rochelle

O Aquário de La Rochelle é bem bonito, longe de ser um dos maiores que já visitei, mas a divisão dos espaços é tão bem feita que faz com que a visita se torne mais interessante. Começando pela entrada, todos os visitantes são levados a uma espécie de câmara de submarino com telas de Led que começam a mostrar imagens de água entrando e logo depois as portas se abrem – PUFF – estamos no fundo do mar.

Os aquários que veríamos a seguir representavam as janelas do submarino e nós os tripulantes. Um conceito super legal, né?! Uma bela forma de nos apresentar o oceano e claro, de entreter os pequenos e os grandes visitantes. Nós adoramos!

A visita começou com um aquário lotado de Chocos (cuttle fish) — um molusco super curioso com oito mini tentáculos para revirar a areia. Além deles, vimos muitos peixes lindos, águas vivas, tubarões, corais coloridos, tartarugas, piranhas com uma cara inofensiva mas dentes super afiados e por fim, achamos Nemo!

Outra coisa legal do aquário é o restaurante no terceiro piso com vista panorâmica para toda a cidade.

Planeje sua visita

  • Horário: 09h às 20h (no verão, de Julho a agosto até às 23h)
  • Ingresso: 18 euros

2. Museu Marítimo

O museu Marítimo é um navio bacana que fica ancorado logo a frente do aquário. O museu tem diversos objetos náuticos, gravuras e esquemas contando a história de La Rochelle desde o ano 1.000 até os dias atuais. Optamos por não entrar e seguimos caminhando porque passamos bastante tempo dentro do aquário. De toda forma, o passeio segue sempre beirando o mar.

Museu Maritimo de La Rochelle
Museu Marítimo de La Rochelle

Planeje sua visita:

  • Horário: terça a domingo das 10:00 as 18:00 de Julho a agosto, aos sábados a partir das 14h. No resto do ano, nos dias de terça, quarta, sexta e domingo das 10:30 as 12:30 e de 13:30 as 17:30 h.
  • Ingresso: 8 euros

3. Torre de Saint Nicolas

Um pouquinho adiante surgem duas torres: a Torre de Saint Nicolas e, de frente para ela mas do outro lado do mar, a torre de Chaîne (torre da corrente), revelando o maravilhoso porto de La Rochelle. Para ter uma maravilhosa vista da cidade, não deixe de subir nas torres!

A primeira torre que subimos foi a de Saint Nicolas. Ela começou a ser construída na Idade Média em 1345, mas só ficou pronta em 1372. A torre foi projetada para servir como torre de defesa e no seu interior haviam aposentos que serviam de residência real.

Torre de Saint Nicolas
Torre de Saint Nicolas

Como a torre foi construída de forma a evitar que a nobreza e os soldados se cruzassem, o interior é um verdadeiro labirinto, o sobe e desce vale muito a pena. A vista do topo do terraço mais alto é muito linda: alguns pedaços da antiga muralha, um bonito porto e um montão de casinhas fofas.

No final do dia, mesmo com a batata de perna toda dolorida de subir escada, você se agradecerá de ter subido.

Planeje sua visita

  • Horário: 10:00 as 18:00.
  • Ingresso: 6 euros | grátis para menores de 26 anos residentes da União Europeia.

Importante: Guarde o ingresso porque ele será pedido na entradas das outras duas torres.

Compre seu ingresso antecipado aqui

4. Porte de la Grosse Horloge

Porte de la Grosse Horloge é uma das portas remanescentes da antiga muralha que comunicava a cidade ao porto. A nada discreta porta é conhecida pelo relógio do século XIII que fica lá no alto, mas no fim das contas a porta é realmente enorme e o relógio nem é tão grande assim.

Porte de la Grosse Horloge
Porte de la Grosse Horloge

Repare que a porta tem duas entradas, uma grande e uma estreita, a grande foi feita para carruagens e cavalos e a pequena para nós pedestres. Não deixe de passar por dentro da passagem, pois do outro lado você verá que a porta ficou apertadinha com a construção de casas mais jovens.

5. Torre de Chaîne

A torre de Chaîne tem esse nome porque, ao final do dia, uma corrente enorme era amarrada nela ligando-a a torre de Saint Nicolas e fechando o acesso ao porto.  Apesar de estar inclusa no ticket, deve ter uma vista bem parecida com a da primeira torre, por isso optamos por não subir.

Torre de Chaîne
Torre de Chaîne

6. Torre da Lanterna

Diferente das outras duas torres que havíamos visitado, a Torre da Lanterna se assemelha muito a uma igreja e não a uma torre de defesa.

Construída no século XII, a torre da lanterna era inicialmente usada para garantir que todos os barcos que entrassem no porto estivessem desarmados e mais tarde, passou a servir como farol de orientação para os barcos no mar. Posteriormente a torre também serviu de prisão da marinha francesa.

Do alto dos 55 metros da torre da lanterna, tivemos uma vista igualmente bonita, a diferença foi que pudemos enxergar um pouco do lado de fora do Porto de La Rochelle.

Torre da Lanterna La Rochelle
Torre da Lanterna La Rochelle

7. Catedral de Saint Louis

Saindo de lá continuamos contornando o mar, atravessamos um parque e finalmente entramos na cidade para completar o circulo. Passamos por algumas ruas fofas como a Rue de Temple e a Coeur Du Temple e pela Catedral de Saint Louis que tem uma decoração admirável com gárgulas e motivos florais. Uma curiosidade é que a catedral tem uma capela dos marinheiros, aliás nada mais adequado para uma cidade portuária.

Café de La Paix

Ao sair da Catedral de Saint Louis, faça uma paradinha no Café de La Paix na Place Verdun. O Café é muito conhecido pela atmosfera e decoração maravilhosa — parece até que você está em um filme de época —, e pelo café e culinária iraniana.

8. Hôtel de Ville

Um edifício maravilhoso que funciona como a prefeitura da cidade. Com torres grandes arredondadas e uma arquitetura de estilo medieval, o monumento é um dos principais pontos de La Rochelle. Por ser um local que funciona até hoje como administrativo na cidade, as visitas são reduzidas a um mês no ano, em maio, e mesmo que não consiga entrar, vale a pena visitar os arredores e observar os detalhes de fora.

O Hôtel passou por um incidente grave em 2013, um incêndio que gerou grandes danos mas não consumiu as relíquias. Entre os cômodos mais famosos estão a sala Echevins, o grande salão de festivais e o gabinete Jean Guiton que tem uma famosa mesa de mármore. Uma curiosidade é que La Rochelle foi a primeira cidade da França a ter prefeitura, o que faz do Hôtel de Ville o primeiro edifício do tipo do país.

Para conhecer o interior do monumento, acontecem visitas guiadas que duram cerca de 45 minutos.

Planeje sua viagem:

  • Horário: vale checar no site do Hôtel, pois cada ano o período certinho de abertura muda, mas geralmente é do início de abril ao final de maio, com visitas guiadas a tarde nas quartas e quintas-feiras.
  • Ingressos: 6 euros

9. Sorveteria Ernest Le Glacier

A sorveteria Ernest Le Glacier (endereço: 16 Rue du Port) é super famosa na região e os sorvetes uma delícia. Há uma infinidade de sabores para escolher e eu optei por dois sabores: uma bola de morango e uma bola de framboesa. A casquinha é bem crocante. Recomendo!

Ela está aberta todos os dias das 13h às 19h. Sexta e sábado das 13h às 23h.

10. Passeios marítimos imperdíveis

Se você tiver mais um tempinho em La Rochelle, nada melhor do que explorar a parte marítima da cidade e deixar a experiência completa.

La Rochelle vista do porto
La Rochelle vista do porto
  • Passeio de barco La Rochelle: Esse passeio contorna uma parte da cidade pelo oceano Atlântico e passa pelo estreito Perthouis d’Antioche. Você verá o porto velho, o estreito Perthouis que fica entre duas ilhas, a Ilha de Ré ao norte e Oléron ao sul, e o Fort Boyard. O tour dura 3h e tem almoço opcional.
  • Passeio de Catamarã: O passeio dura de 2 a 4 horas e você pode relaxar navegando pela costa de La Rochelle. Há passeios em vários horários, mas nós recomendamos escolher o final do dia para ver o pôr do sol do mar, será certamente maravilhoso.
  • Passeio de barco Fort Boyard: O passeio sai do velho porto de La Rochelle em direção ao Fort Boyard, onde fica um tempinho para você apreciar e tirar boas fotos. Depois segue para um ponto panorâmico com uma vista linda da cidade e retorna à cidade. O tour dura 2h.

11. Praias

As três principais praias de La Rochelle são: a de La Concurrence, Chef-de-Baie e Plage de Minimes.

A mais próxima do centro é a praia de La Concurrence que fica a 5 minutos a pé do porto velho é bem equipada e tranquila. Ela fica bem pertinho da torre da Lanterna.

A Chef-de-Baie é um pouco mais afastada, mas muita gente vai de bicicleta. Tem uma área gramada bem boa e restaurantes por perto. Já a praia de Minimes fica mais para o sul da cidade, é a maior em extensão apesar do nome e também tem vários restaurantes e bares por perto.

12. Museu Bunker La Rochelle

O Bunker é o mais diferente deles porque é um museu situado no antigo bunker (esconderijos subterrâneos) utilizado na Segunda Guerra Mundial. Tem vários adereços de guerra, fotografias e mapas para conhecer um pouco mais da história de La Rochelle nesse contexto.

Para entrar no clima da visita, o livro “Toda luz que não podemos ver” (All the light we cannot see) se passa na cidade nesse período da guerra e é super bonito, foi inclusive adaptado para filme em 2023 e está disponível na Netflix.

Planeje sua viagem

  • Horários: 10h às 19h
  • Ingressos: 7 euros.

13. Museu de História Natural

É um museu que reúne mais de 10.000 artigos como objetos arqueológicos e diversos animais interessantes. Atrás do Museu tem o Jardim des Plantes (gratuito), bem agradável para passear.

  • Horários: terça a domingo das 10h as 18h – aos sábados a partir das 14h.
  • Ingresso: 8 euros.
    • Gratuito para menores de 18 anos
Ruas super charmosas e cheias de turistas em La Rochelle
Ruas super charmosas e cheias de turistas em La Rochelle

14. Puy du Fous

O Puy du Fous é um parque temático super diferente, uma verdadeira experiência imersiva que te transporta para outras épocas. São 4 vilas, cada uma com um tema antigo, enquanto uma se baseia no século XV com tavernas e oficinas de trabalhos manuais em madeira, vidro e cobre, outra é inspirada no século XVIII com bosques, padarias e outros artesãos.

Além das vilas temáticas, o parque tem uma programação enorme de shows e apresentações, sendo o espetáculo noturno La Cinéscénie o mais famoso. O espetáculo acontece há 45 anos, são mais de 2.500 atores num arranjo extraordinário de figurino, luzes, música e muitos recursos pirotécnicos bem tecnológicos. Geralmente acontece aos sábados e dura cerca de 1 hora e meia, mas vale conferir no calendário do parque as datas dos shows.

O parque oferece várias opções de tickets: você pode visitar só o parque, ver só o espetáculo ou ambos.

Planeje sua visita

  • Endereço: Puy du Fou – CS 70025 – 85590 Les Epesses
  • Horário: variam de acordo com a época do ano. No geral, abre de 9h30 às 19h
  • Ingressos
    • Parque Puy du Fous: 37,66 euros por dia.
    • Parque Puy du Fous + La Cinescénie: 62,48 euros por dia.
    • La Cinéscénie: 27,39 euros.

O parque também tem um hotel temático caso queira ficar mais de um dia e aproveitar. Os valores variam de acordo com as acomodações e vão de 56 euros a 72 euros por pessoa a diária.

15. Estreito Pertuis d’Antioche

O estreito fica entre duas ilhas, a Ilha de Ré ao norte e Oléron ao sul, muito conhecido pelas águas de temperatura agradável e protegida, é um ponto muito requisitado pelos amantes da navegação sendo uma referência na França. Antigamente, o estreito era usado como passagem para o comércio de vinho e sal e mais tarde foi palco de grandes disputas territoriais como na Segunda Guerra.

No Passeio de veleiro La Rochelle você irá ver de pertinho as ilhas do Pertuis d’Antioche e contemplar o perfil das ilhas de Ré, de Oléron e de Aix. Escolha o último horário para ver um pôr do sol belíssimo!

16. Fort Boyard

O Fort fica no estreito Pertuis d’Antioche e foi considerado uma construção extremamente difícil e ousada na época. A edificação foi finalizada em 1857, após 15 anos de empreendimento e muitos empasses anteriores. Mesmo depois de muita dedicação e investimento, o Fort foi usado como prisão militar entre 1870 e 1913 e depois foi definitivamente abandonado.

Que tal um passeio de barco até Fort Boyard? uma viagem guiada de 2 horas em direção ao lendário Fort Boyard e às costas da ilha de Aix e as mais belas vistas da costa de La Rochelle.

Vistas do porto na maré baixa
Vistas do porto na maré baixa

Roteiro de 1 dia em La Rochelle

É possível fazer um bate e volta a La Rochelle saindo de Paris, chegue cedo para aproveitar ao máximo a cidade. Já em um roteiro de 2 dias em La Rochelle, você consegue ver as atrações com calma e, se for verão, curtir um dia de praia.

Roteiro de 1 dia em La Rochelle:

  • Aquário de La Rochelle
  • Museu marítimo
  • Torre de Saint Nicolas
  • Porte de la Grosse Horloge e Torre de Chaîne
  • Torre da Lanterna
  • Catedral de Saint Louis e Café de La Paix
  • Sorveteria Ernest Le Glacier

Como chegar em La Rochelle

O jeito mais usual de chegar à La Rochelle é de trem, mas é possível ir de avião, carro ou ônibus.

1)Trem

A cidade fica a menos de 3 horas de Paris viajando no trem de alta velocidade. Há vários horários partindo da Gare Montparnasse das 6h às 20h e a passagem custa cerca de 19 euros o trecho.

Dica Importante

Confira os horários antes e escolha um trem que vá direto. Em alguns horários é preciso fazer troca de trem no caminho e a viagem fica mais demorada. Comprando a passagem com pelo menos 30 dias de antecedência você consegue tarifas num preço mais em conta, por volta de 63 euros.

Gare de La Rochelle
Gare de La Rochelle

2) Avião ou ônibus

De avião, os voos saem de Paris, Paris, Lyon, Marseille, Nice e outras capitais da Europa. Já se você preferir ir de ônibus, as companhias Flixbus e Ouibus fazem o trajeto e o preço das passagens varia de acordo com o horário e a rota, sendo que as tarifas são a partir de 20 euros e a viagem mais rápida dura pouco mais de 7 horas.

Onde ficar em La Rochelle

Passar mais de um dia em La Rochelle é uma forma boa de aproveitar o charme da cidade e fazer vários programas legais. Aqui nossas sugestões de hotéis em La Rochelle

Hotéis caprichados

  • Un Hôtel En Ville: localizado bem no centro histórico do velho porto, café da manhã excelente e muito confortável com ar-condicionado, internet, alguns quartos tem banheira, e uma vista linda da cidade.
  • Hôtel Saint Nicolas: super bonito e confortável, no centro da cidade e a 700 metros da estação de trem, o hotel oferece um ótimo café da manhã, academia, varanda, internet e estacionamento privativo previamente reservado com um custo extra caso você esteja viajando de carro.
  • La Belle Amarre-Bed and Breakfast-Maison d’Hôtes: super bem recomendado, com excelente café da manhã e localização perfeita no centro. A pousada tem varanda térrea, serviço de quarto e internet.

Hotéis bom custo x benefício

  • Hôtel de l’Océan: quartos confortáveis e muito perto do porto velho, o hotel fica num edifício antigo super charmoso. Tem internet, ar-condicionado, alguns quartos tem vista para o mar e um ótimo café da manhã.
  • B&B Hotel La Rochelle Centre: com boas acomodações e café da manhã, o hotel fica bem próximo do centro e das principais atrações da cidade, perto de bons restaurantes e bares. Oferece internet, ar-condicionado, recepção 24 horas e estacionamento por um custo extra.
  • Hotel de Paris: ótimas acomodações, excelente localização e bom café da manhã. Tem um pátio com jardim bem agradável, internet, serviço de quarto e recepção 24 horas.

Hotéis econômicos

  • Première Classe La Rochelle Centre – Les Minimes: essa é uma boa opção para economizar na estadia sem abrir mão do conforto e boa localização. O hotel fica a 15 minutos a pé do porto velho, tem internet, um bom café da manhã e ar-condicionado.
  • Kyriad La Rochelle Centre: quartos confortáveis com ar-condicionado, internet, bom café da manhã e fica a 15 minutos a pé do porto velho e a 10 minutos do Aquário.
vistas lindas das Torres de La Rochelle na França
vistas lindas das Torres de La Rochelle

Seguro Viagem

Para evitar qualquer perrengue ou preocupação, o ideal é escolher um bom seguro viagem. Para viagens na Europa o seguro é obrigatório, então a dica é entrar no site da Seguros Promo, uma empresa brasileira que traz para você as melhores opções do mercado sem complicações e garantindo uma ótima cobertura.

Um bom seguro cobre qualquer problema com malas extraviadas, questões com o voo e até intercorrências hospitalares. Não se esqueça de levar a apólice em mãos na viagem para apresentar na imigração.

Quer mais desconto?

Compre seu seguro com 15% de desconto usando o código IDEIASNAMALA 15.

Faça sua cotação e compre seu seguro

E aí, gostou das dicas para conhecer La Rochelle? Ficou com alguma dúvida? Deixe nos comentários.

PLANEJE SUA VIAGEM

  • HOSPEDAGEM: Veja os melhores hotéis para ficar em La Rochelle.
  • SEGURO VIAGEM: faça sua cotação e contrate seu seguro com 15% de desconto
  • CHIP EUROPA : Saiba do Brasil conectado com 10% de desconto
  • INSTAGRAM: Nossas melhores dicas em tempo real. Te vejo por lá?!

Leia também:

mari vidigal
mari vidigal
Mari é editora do Ideias na Mala há 14 anos e mora na Califórnia. Já visitou dezenas de países e explorou boa parte dos Estados Unidos com seus filhos Tom e Caio. Sua paixão? Viajar com o motorhome Rocky e colecionar Springs na Flórida. Mari é conhecida pelos seus roteiros super completos dos principais destinos da Europa (sim! Tem roteiro de Paris, Madri, Londres, Portugal e Amsterdam) e pelo conteúdo mais completo da Califórnia, Flórida e Las Vegas entre os sites de viagem do Brasil. Em 2021 recebeu o prêmio IPW Travel Awards, um dos maiores prêmios de jornalismo de viagem, e em 2024 foi finalista do prêmio Europa de Comunicação.

Viaje Melhor

Links para você reservar hotéis, comprar seguro viagem com desconto, conferir atrações e passeios incríveis e alugar carro em qualquer lugar do mundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários:
Avatar Gecilda Galvão de Lima disse:

Ola! sou a Ge ,eu não vejo a Hora de conhecer esta bella cidade!!

mari vidigal mari vidigal disse:

Você vai amar Ge.
Abraços