O que fazer em Seattle: 15+ atrações imperdíveis

2
que fazer em Seattle

Conheça os principais pontos turísticos de Seattle, uma cidade vibrante e divertida, repleta de atrações incríveis! Pronto para se encantar por Seattle?

O que fazer em Seattle: 15+ atrações imperdíveis

Seattle é uma dessas cidades que te conquista em pouco tempo, alegre, vibrante e repleta de bons restaurantes a cidade combina atrações indoor incríveis como o Museu Chihuly e a Space Needle com milhões de atividades ao ar livre e possibilidades de bate-e-volta  ao redor de Seattle. Nesse post você encontrará uma lista detalhada dos 18 principais pontos turísticos de Seattle e algumas ideias para explorar cada uma delas. Vem comigo?

[Fãs de Grey’s Anatomy de plantão: vocês vão amar a cidade e reconhecer vários cantinhos!]

Seattle

Space Needle: Um dos cartões postais de Seattle

Seattle no Mapa

Grande parte das atrações turítisticas de Settle estão concentradas em Downtown e são acessíveis tanto a pé – as caminhadas são deliciosas- quanto com o transporte público da cidade. Para quem pretende dirigir, achamos a cidade fácil de estacionar (nossa comparação é San Francisco na Califórnia que é uma tristeza), porém os estacionamentos não são baratos. Se você curte caminhar, a dica é deixar o carro estacionado e sair a pé sem medo de ser feliz. Tanto Uber, quanto Lyft estão presentes na cidade, e muitas vezes uma corridinha aqui e outra acolá, são bem mais baratas que o preço dos estacionamentos.

Quantos dias em Seattle?

Tivemos dois dias para explorar a cidade (na verdade, 1 e meio já que o trajeto de balsa de Victoria acabou demorando bastante) e foi pouco. Gostamos muito de Seattle e adoraríamos ter tido mais tempo para explorar a região do Lake Union e Freemont que acabaram passando batido pelo nosso roteiro. Assim, recomendo três dias inteiros para conhecer Seattle bem. Com dois, dá para começar e sair com gostinho de quero mais.

Onde se hospedar em Seattle?

Quem tem pouco tempo em Seattle deve optar por um hotel bem localizado e de preferência na parte central da cidade. A região de Belltown é um boa pedida para quem visita a cidade pela primeira vez e tem uma oferta hoteleira ampla. A região do Space Needle tem vários hotéis de cadeia com bons preços e é uma região de fácil acesso e o distrito financeiro de Seattle também tem boas opções e hotéis caprichados. Aí vão minhas sugestões de hotel em Seattle:

Hotéis hiper caprichados

Four Seasons

Quartos caprichados e confortáveis, banheiros de mármore, com banheira e vistas incríveis da baía. Spa completo uma pequena piscina. Uma opção sólida de hotel numa excelente localização. Veja ofertas para o Four Seasons.

Fairmont Olympic Hotel

Quartos luxuosos e confortáveis, piscina coberta e jacuzzi. Um hotel espetacular e muito bem localizado. Veja ofertas para o Fairmont Olympic Hotel.

Fairmont Olympic Hotel

Fairmont Olympic Hotel | Foto: Divulgação

Fairmont Olympic Hotel

Fairmont Olympic Hotel | Foto: Divulgação

Hotéis caprichados

Staypineapple at the Maxwell Hotel

Decoração de bom gosto com um toque de bom humor. Quartos coloridos, bóias de flamingo na piscina, ornamentos em formatos de abacaxi e outros detalhes que vão te tirar um sorriso e tornar sua estadia agradável. O hotel fica pertinho da Space Needle, numa região gostosa repleta de bares e restaurantes. No topo da minha lista para a próxima visita a Seattle. Veja ofertas para o Maxwell Hotel.

Staypineapple at the Maxwell Hotel

Staypineapple at the Maxwell Hotel | Foto: Divulgação

Staypineapple at the Maxwell Hotel - Seattle

A piscina | Foto: Divulgação

Staypineapple at Hotel 5

Um hotel boutique divertido e colorido com cupcakes na recepção, paredes vermelhas e ornamentos de abacaxi, um hotel jovem, divertido e descolado. Bem localizado entre a Space Needle e o Pike Market. Veja ofertas para o Hotel 5.

Staypineapple at Hotel 5

Staypineapple at Hotel 5 | Foto: Divulgação

Staypineapple at Hotel 5

Quarto

Staypineapple at Hotel 5

Staypineapple at Hotel 5 | Foto: Divulgação

Seattle Marriott Waterfront

Quartos amplos e confortáveis com vistas imbatíveis da baía de Seattle, estrutura de lazer com piscina, academia e restaurantes. O hotel está localizado na beira da água e bem pertinho do Pike Market. Veja ofertas para o Marriott Waterfront.

Marriott Waterfront

Vista do Marriott Waterfront | Foto: Divulgação

Marriott Waterfront

Quarto do Marriott Waterfront | Foto: Divulgação

Hotéis com bom custo benefício

Travelodge By The Space Needle – Testado e aprovado por nós

Quartos amplos com direito a escrivaninha e poltrona confortável. O hotel tem uma pequena piscina, academia, café da manhã grátis e estacionamento (cobrado à parte). Vistas lindas da Space Needle. O hotel fica há poucos minutos da torre. O atendimento é mais ou menos, mas o custo benefício é tão bom, que recomendo sem pensar! Veja ofertas para o Travelodge By The Space Needle.

Travelodge Seattle

Hyatt House Seattle

Quartos amplos equipados com cozinha a pouquíssimos passos da Space Needle. Um custo benefício ótimo e hiper bem avaliado. Costuma se esgotar rápido. Veja ofertas para o Hyatt House Seattle.

Hyatt House Seattle

Hyatt House Seattle | Foto: Divulgação

Best Western Plus Executive Inn

Padrão Best Western, ou seja, limpo e relativamente confortável, sem grandes frescuras. Muito bem localizado, pertinho do Space Needle. Café da manhã e estacionamento cobrados à parte. Vale ficar de olho nos preços e promoções já que este Best Western costuma ser o hotel bom mais barato da região. Veja ofertas para o Best Western Plus Executive Inn

Best Western Plus Executive Inn

Best Western Plus Executive Inn | Foto: Divugação

O que fazer em Seattle: Conheça os principais pontos turísticos da cidade

1- Se encantar pelas cores e formas de museu Chihuly

O Chihuly Garden and Museum – o museu de vidro de Seattle é uma coletânea incrível da obra de Dale Chihuly, um artista dos arredores de Seattle, famoso no mundo todo por suas instalações e esculturas mirabolantes de vidro soprado. O museu é um convite à inspiração e uma viagem por um mundo de cores e formas espetaculares. São 10 salas surpreendentes, e um jardim que mescla plantas de verdade com plantas de vidro de Chihuly. Parada imperdível para quem visita Seattle!

Chihuly Garden

Museu Chihuly

Chihuly Garden

Nossa experiência:

O Museu Chuly foi sem dúvida nenhuma meu passeio preferido em Seattle, o museu é tão impressionantes que assim que acabei a visita, fiz questão de recomeçar. E pra quem curte fotografar, as possibilidades são infinitas. Neste post, dividi todos os detalhes da nossa visita ao Chihuly Garden and Glass.

Informações da visita:

Endereço: 305 Harrison St, Seattle, WA 98109

Horários de Funcionamento

  • De segunda à quinta das 8:30 às 20:30
  • Sábados e domingos das 8:30 às 21:30

Preço dos ingressos [Julho 2017]

  • Adultos 13 – 64 anos: $29
  • Crianças e jovens de 5-12 anos: $18
  • Menores de 4 anos: grátis

O Chihuly Garden and Glass é uma das atrações do City Pass de Seattle.

Dicas para economizar:

  • A entrada ANTES das 10:00 AM tem até $10 de desconto.
  • Compre o ingresso conjunto Space Needle + Chihuly Garden and Glass ou o City Pass de Seattle

Confira os valores  dos ingressos atualizados aqui.

2- Ver a cidade do alto da Space Needle

A Space Needle é o simbolo de Seattle e o edifício mais diferente da cidade. São 184 metros de altura, com direito a elevadores panorâmicos bacanas e vistas 360 graus de Seattle. A Space Needle foi construída em 1962, e apesar de não ser a mais a torre alta da cidade, é uma experiência hiper diferente e que merece ser vivida. . Em um dia claro e sem nuvens você verá as montanhas da região de Seattle lindíssimas lá do alto: O Mt. Rainier, o Olympic Range e o Cascades Ranges.

O que fazer em Seattle

Space Needle visto de pertinho

O ingresso permite que você faça duas visitas em um único dia, uma durante a manhã e outra após as 15:00. Eu voltei por volta das 21:00, pouco depois do pôr do sol, e me apaixonei pelas vistas de Seattle iluminada.

que fazer em Seattle

Lake Union visto do alto da Space Needle

Nossa experiência:

Fizemos duas visitas a Space Needle (uma pela manhã, logo após visitar o Museu Chihuly que fica ali do lado) e outra a noite. De manhã vimos a cidade um pouco nublada, e apesar do tempo já estar abrindo, não conseguimos ver nem sombra do Mt. Rainier. A noite, tivemos a sorte de ver a cidade iluminada pelas cores do pôr do sol e uma vista lindona do Mt. Rainier. A Roda gigante Seattle Great Wheel também fica linda lá do alto.

que fazer em Seattle

Seattle iluminada e com o Mt. Rainier no fundo

 

Informações da visita:

Endereço: 400 Broad St, Seattle, WA 98109

Horários de Funcionamento

  • De segunda à domingo: das 08:00 às 12:00 AM

Preço dos ingressos de manhã cedo ou à noite [Julho 2017]

  • Adultos 13 – 64 anos: $19
  • Adultos 65+: $16
  • Crianças e jovens de 5-12 anos: $13
  • Menores de 4 anos: grátis

Preço dos ingressos no meio do dia [Julho 2017]

  • Adultos 13 – 64 anos: $29
  • Adultos 65+: $22
  • Crianças e jovens de 5-12 anos: $18
  • Menores de 4 anos: grátis

O Space Needle é uma das atrações do City Pass de Seattle.


Columbia Tower Sky View: A vista do edifício mais alto de Seattle

Outra alternativa de torre bacana para quem quer ver Seattle do alto e de quebra fotografar a Space Needle é a Columbia Tower Sky View (701 5th Ave). Como tive apenas dois dias na cidade, acabei escolhendo a Space Needle (e cá entre nós, a torre é tão legal que eu PRECISAVA subir nela), mas as vistas da Columbia parecem incríveis e são ainda mais altas que a Space Needle.

Informações da visita:

  • Endereço: 400 Broad St, Seattle, WA 98109
  • Horários de Funcionamento:
    • Aberta todos os dias das 8:00 às 23:00
  • Confira o valor dos ingressos aqui.

3- Devorar as delícias do Pike Market Place

Os comilões de plantão vão se apaixonar pelo Pike Market Place, o mercadão de Seattle, um galpão descolado repleto de barracas de frutas coloridas, flores perfumadas, peixes carnes e lagostas, queijos, especiarias e tudo o que um estômago guloso pode sonhar.

que fazer em Seattle

Uma das entradas do Pike Market Place

que fazer em Seattle

Frutas no Pike Market Place

O Pike Markert Place é um lugar para ir sem pressa e com fome, a graça é se perder pelos estantes e fazer pequenas descobertas. Aí vão alguns dos cantinhos deliciosos e que merecem a parada:

  • Piroshky Piroshky (1908 Pike Place): Pães doces maravilhosos – A fila é brava mais anda rapidinho. Peça um ou dois pãezinhos doces e se esbalde!
  • Beccher’s Hand Made Cheese (1600 Pike Pl): Queijos delicioso – Essa fábrica de queijos tem um vitrine onde você consegue acompanhar a produção. Do outro lado há um balcão onde você pode provar os diferentes queijos da casa. E para quem quiser comer algo, um dos pedidos mais populares é o Mac’n Cheese com o queijo Beccher.
  • Ellenos Real Greek Yogurt (1500 Pike Pl): Iogurte grego de verdade: Pra quem curte iogurte o Ellenos é uma parada certera. Aqui você poderá degustar um iogurte de verdade, cremoso, aveludado e recheado com os toppings que você escolher. Pra comer de joelhos.
  • Pike Place Chowder (1530 Post Alley): Sopas deliciosas – Quem curte Clam Chowder, uma sopa de mariscos cremosa e gostosa, não vai se decepcionar com o Pike Place Chowder. O lugar vive abarrotado e além das tradicionais sopas (tem até versão VEGANA!) serve sanduíches e saladas. Passei ali depois de almoçar e fiquei morrendo de vontade de provar.
  • Choukette – Éclair’Art (1500 Western Ave): Bombas de chocolate que são puro amor – Quem curte bombas de chocolate não pode passar batido por essa pequena doceria, que além de bombas diferentes, crocantes e recheadas sem sem enjoativas serve um café expresso ótimo.
  • Country Dough (1916 Pike Pl #14) : Crepes e sanduíches chineses – Descobrimos esse chinês super diferente e um pouco escondido por acaso e que achado. A casa vive cheia e os sanduíches – feitos com pães produzidos por eles – são ótimos.
  • Rub with Love Shack: ( 2010 Western Ave) O sanduiche de Salmon selvagem da casa faz o maior sucesso.  Essa é uma dica da Mila em Seattle, que fiquei morrendo de vontade de provar, mas não tive tempo. O chefe Tom Douglas é super famosinho em Seattle e os sanduíches parecem deliciosos.
  • A primeira Starbucks (1912 Pike Pl): Vou falar dela um pouquinho adiante nesse post, mas vale mencionar que a primeira loja da Starbucks, com direito a logotipo de sereia retrô e fila de dar a volta no quarteirão fica no Pike Market. Fiquei com uma preguiça louca de entrar e me contentei com uma fotinho do lado de fora.

4- Se apaixonar pelo Skyline de Seattle visto do mar

Seattle tem a fama de ser uma cidade cinzenta, mas como diria meu pai, “é intriga da oposição . Sim chove bastante em Seattle, mas a cidade também tem muitos dias lindos de sol, e quando faz sol Seattle fica aquela belezura. Durante a nossa estadia na cidade, tive a sorte de ver um pouco de cada coisa, tive um dia BEM cinzento e um dia ensolarado, e no dia ensolarado, não pensei duas vezes e fui fazer um passeio de barco para ver o skyline da cidade. Que lindeza!

que fazer em Seattle

Skyline de Seattle visto do mar

Há algumas formas de ver o Skyline de Seattle, nós testamos e aprovamos duas delas:

A) O jeito barato: pegar o ferry para Bainbridge Island

O ferry para Bainbridge Island  sai do Seattle Ferry Terminal e tem vistas maravilhosas para o Skyline da cidade. O passeio custa $8,20  para adultos e $4,10 para crianças e jovens de 4 à 18 anos e dura 35 minutos cada perna. Para quem tiver tempo, a ilha tem um montão de atrações bacanas.

Nós pegamos o ferry de Bainbridge a Seattle vindo de Victoria, o dia estava bem feio, mas ainda assim valeu a travessia. Num dia claro, e bem azul, vale pegar o Ferry nem que seja só para ver as vistas e que vistas!

que fazer em Seattle

Ferry para Bainbridge Island em dia nublado

B) O jeito mais caprichado: Fazer um passeio de barco com a Argosy Cruises

Os cruzeiros da Argosy saem do Pier 55 (pertinho da roda gigante e do aquário de Seattle. Há diversas opções de passeios, nós fizemos o mais básico – o Harbor Cruise – incluso no Seattle City Pass, e adoramos. O Tour dura cerca de 1 hora e é todo narrado com histórias e curiosidades dos pontos turísticos da cidade. O tour contorna a orla, faz a meia volta e retorna pelo porto passando pertinho de navios cargueiros imensos.

que fazer em Seattle

Skyline de Seattle visto do tour

Adorei a chance de ver Seattle da Elliot Bay, me encantei pelas visitas e adorei pode deixar o Baby Tom engatinhando – e gastando as energias – para lá e para cá no barco enquanto eu tirava minhas fotos :P.

Detalhes do tour:

Endereço de saída: Os horários dos tours variam de estação para estação. Veja os horários atualizados no site oficial.

Preço dos ingressos:

  • Adultos 13 – 64 anos: $27
  • Adultos 65+: $22
  • Crianças e jovens de 4-12 anos: $12
  • Menores de 4 anos: grátis

5-  Ver um pedacinho da antiga Seattle na Pioneer Square

A Pionner Square é a vizinhança original de Seattle, uma área histórica onde a cidade foi fundada e repleta de edifícios charmosos estilo neo renascentista. Infelizmente há poucos vestígios dos edifícios originais já que boa parte da vizinhança foi destruída pelo grande incêndio de Seattle em 1889. É da Pioneer Square que partem os tours Seattle Underground, um tour divertido e com uma pitada de humor que percorre uma área subterrânea da cidade.

Veja outras atrações da região de Pionner Square neste site.

Detalhes do Underground tour:

Endereço de saída: 614 1st Avenue na praça Pioneer Place Park

Horários:

  • Saídas de hora em hora
  • De abril a setembro: das 9:00 às 19:00
  • De outubro à março: das 10:00 às 18:00

Preço dos ingressos:

  • Adultos 18 – 59 anos: $22
  • Adultos 60+: $20
  • Estudantes de 13 ~ 17 anos: $20
  • Crianças e jovens de 7-12 anos: $10
  • Menores de 6 anos: grátis*

*Experiência não recomendada para menores de 6 anos

6- Ver o Skyline cidade do alto do Kerry Park

Uma parada imperdível nos dias azuis é o Kerry Park, um parque pequenino com uma vista pra lá de caprichada de Seattle. Visitei o parque no finalzinho da tarde e a vibe estava deliciosa, havia muita gente conversando, curtindo a vista e esperando o sol de por. Como tinha planos de ver a Space Needle a noite, saí mais rápido do que gostaria, mas não podia deixar de recomendar (e muito) esse passeio.

que fazer em Seattle

Seattle vista do Kerry Park

E olha só que linda a vista do Mt. Rainier. Especial, né?!

Endereço: 211 W Highland Dr

7- Visitar as Ballard Locks

As comportas de Ballard é um passeio hiper recomendando pela Camila, do Mila em Seattle, e que infelizmente não consegui encaixar no nosso roteiro de 2 dias na cidade, mas a vontade é tão grande, que faço questão de incluir a dica bem no começo dessa lista!

que fazer em Seattle

Ballard Locks em Seattle | Foto: Mila em Seattle

Segundo a Camila explicou no post dela, o canal foi uma forma de permitir a passagem dos barcos pesqueiros vindos do mar aos lagos Washington e Union sem permitir que as águas se misturem e mantendo o nível da água dos lagos acima do nível do mar. O canal, que comemora 100 anos em 2017, é o canal com o maior trafego de barcos nos Estados Unidos.

Como visitar?

Há algumas formas de curtir o Ballard Locks: A pé, de barco, ou de caiaque. Pra quem vai a pé, a graça é sentar no gramado (de preferência com um belo picnic) e acompanhar os barcos passando de um lado pro outro. Quem vem de caiaque pode brincar de fazer o mesmo trajeto dos barcos e atravessar do lago para o mar, e de barco, há um passeio bem completo da Argosy Cruises que dura duas horas e meia e atravessa os canais.


Viaje sem stress

✅ Reserve seu hotel em Seattle


8- Ver as Casas Barco, curtir as vistas do Gas Works (e dar um alô para o Freemont Troll)

Outra dica incrível da Mila em Seattle  é esse super circuito do Lake Union ao Fremont Troll com direito a casas barco, vistas lindas, esportes náuticos, piquenique e um troll gigante para fechar o passeio. Vamos vamos por partes:

A) Casas barco do Lake Union: Quem viu o filme Sintonia do amor, vai amar ver as casas flutuantes do Lake Union (incluindo a casa do filme). Charmosas, essas casinhas são um dos cartões postais da cidade. Uma forma incrível de curtir o Lake Union é alugar um barco, veja nesse post todos os detalhes desse passeio.

B) Gas Works – Piquenique e esportes náuticos: Um parque delicioso com vistas lindas da cidade, e um dos pontos preferidos dos locais para fazer picnic. O parque é um ponto bacana para fazer esportes náuticos e você pode alugar pranchas de Paddle ou caiaques na Urban Surf (2100 North Northlake Way).

que fazer em Seattle

Seattle vista do Gas Works | Foto: Mila em Seattle

C) Freemont Troll: Esse Troll gigantesco fica exatamente embaixo da Freemont Bridge, a escultura que hoje é um dos cartões postais da cidade, foi parte de um projeto de restauração da área. Grandão, e narigudo o Troll esmaga um fusquinha sem a menor dó e mostra quem em Seattle, quem manda é ele. Brincadeiras a parte, vale dar um alôzinho pro monstrengo.

que fazer em Seattle

Mila e o Fremont Troll | Foto: Mila em Seattle

D) Um giro por Freemont: E pra fechar o passeio com chave de ouro, vale dar passeio por Freemont. O bairro é super descolado e tem lojinhas bacanas, barzinhos, restaurantes e o o Sunday Market, um mercadinho agitado aos domingos.

9- Degustar um café especial e comer uma boa pizza no Starbucks reserve

Os amantes de café e das lojas Starbucks não podem perder essa experiência incrível em Seattle. O Starbucks Reserve é uma loja conceito que apresenta o café em suas diversas etapas, da torrefação à degustação. Os funcionários são hiper treinandos e a ideia é interagir, conversar, e claro beber um café delicioso e fresquíssimo com o grão recém torrado . A loja ainda conta com uma ótima pizzaria do chefe local, Tom Douglas, chamada Serious Pie. Se você nunca janta pizza com café, Seattle vai te ensinar a rever seus conceitos :P.

Veja todos os detalhes dessa experiência neste post da Mila em Seattle.

Starbucks Reserve

Foto: Mila em Seattle

Starbucks Reserve

Foto: Mila em Seattle

  • Endereço: 1124 Pike St, Seattle.
  • Horário de funcionamento: das 7h às 23h – de segunda a domingo (não precisa fazer reserva)

Conhecer a primeira Starbucks do mundo

Outra atração bem popular para os fans da Starbucks é tomar um cafézinho na primeira loja da Starbucks do mundo. A loja foi aberta em 1971, fica na 102 Pike St, na área do Pike Maket e tem um jeitão retrô com interior todo de madeira e logo antigo da Starbucks. A loja vive abarrotada e a fila anda devagar, então a dica é ir com paciência e sem pressa. Eu Mari, fiquei com preguiça de entrar e me contentei com a foto da fachada :P.

O que fazer em Seattle

Logos antigos na porta da primeira Starbucks


10- Dar um giro na Seattle Great Wheel

Quem curte rodas-gigantes vai adorar a Roda Gigante de Seattle, a Seattle Great Wheel, que por algum tempo foi a roda gigante mais alta do mundo. A Seattle Great Wheel fica no Pier 57, bem pertinho do aquário de Seattle e é um passeio bacana tanto de dia, quanto de noite.

que fazer em Seattle

Seattle Great Wheel

que fazer em Seattle

Pra quem curte fotografar rodas gigantes, mais do que andar nelas a de Seattle rende fotos maravilhosas tanto vista do Waterfront, quanto do alto da Space Needle. A noite a roda gigante fica toda iluminada e muito bonita.

Detalhes do passeio:

Endereço: Pier 57 – Miners Landing | 1301 Alaskan Way
Os horários de funcionamento variam conforme a estação do ano. Confira aqui.

Preço dos ingressos:

  • Adultos 12+: $14
  • Adultos 65+: $12
  • Crianças e jovens de 3-11 anos: $9

11- Visitar o Museu de cultura Pop

O Museum of Pop Culture (MoPOP) é um dos edifícios mais modernos e mais espetaculares de Seattle, projetado pro Frank Gehry, o edifício chama atenção de longe e se destaca por suas formas arredondadas e cores pouco comuns. O MoPOP tem um acervo interessante de arte POP com exposições sobre música, cinema e ficção cientifica. Adorei o telão gigante que projeta clipes musicais, as salas de composição onde você aprender a tocar -de forma rápida – um instrumento musical e fazer pequenas composições e algumas roupas e memorabilia de filmes famosos, tem até a roupa do leão Coragem do Mágico de Oz. Não amei de paixão, mas achei bacana e gostei de conhecer.

Seattle

Fachada do museu de Cultura Pop de Seattle

O que fazer em Seattle

Quem aí reconhece o leão do Mágico de Oz?

Detalhes do passeio:

Endereço: 325 5th Avenue N

Horários de funcionamento: aberto todos os dias das 10:00 às 19:00

Preço dos ingressos online (na bilheteria é mais caro)

  • Adultos 18+: $26
  • Adultos 65+ & estudantes com carteirinha: $23
  • Crianças e jovens de 5-17 anos: $17

Confira o valor dos ingressos aqui.

O MoPop é uma das atrações do Seattle City Pass.

12- Aprender sobre a fundação Bill e Melinda Gates

Educação, saúde e erradicação da pobreza são alguns dos objetivos da fundação Bill Gates e Melinda Gates, uma ONG que atua em diversas frentes para tornar o mundo um lugar melhor para se viver e que é referência para o terceiro setor. O centro de visitantes da ONG fica no centro de Seattle, bem pertinho da Space Needle e do museu Chihuly, a visita é dinâmica e cheia de informações interessantes. Os meninos do Viajonários visitaram a fundação, amaram o passeio e contam os detalhes neste post.

Detalhes do passeio:

  • Endereço: 500 5th Avenue N
  • Horários de funcionamento: aberto de terça à sábado das 10:00 às 17:00
  • Entrada grátis

13 – Visitar a incrível biblioteca de Seattle

Para os amantes de livros de plantão, aí vai uma sugestão deliciosa de passeio. A biblioteca de Seattle fica num edifício hiper moderno e é super bacana. Destaque para as salas de leitura com vista linda e uma super iluminação natural. Dá até gosto ler num lugar desses, não dá?

Detalhes do passeio:

  • Endereço: 1000 4th Ave
  • Horários de funcionamento:
    • De segunda à quinta das 10:00 às 20:00
    • Sextas e sábados das 10:00 às 18:00
    • Domingos das 12:00 às 18:00
  • Entrada grátis

14- Curtir as esculturas ao ar livre do Olympic Sculpture Park

O Olympic Sculpture Park é um braço ao ar livre – e gratuito – do SAM, o Museu de arte de Seattle. O parque fica em frente ao mar e bem no caminho entre o Pike Market e a Space Needle. A peça mais famosa do parque é uma escultura grandona avermelhada chamada de “The Eagle” (de Alexander Calder) e que fica linda durante o pôr do sol. Falando em pôr do sol, taí um mundo lindo para visitar o parque e curtir as vistas da Elliot Bay.

Seattle

Olympic Sculpture Park visto da baía

Outras obras bacanas são a Wave de Richard Serra, e a Echo de Jaume Plans. Veja as obras do museu aqui.

Detalhes do passeio:

  • Endereço: 2901 Western Ave
  • Aberto todos os dias do nascer ao pôr do sol
  • Entrada grátis
  • Veja mais detalhes sobre o Olympic Sculture Park aqui.

15 – The Museum of Flight – O museu do vôo de Seattle

Quem  curte aviões, não pode perder o The Museum of Flight (o museu do vôo) também conhecido como museu de aviões da Boeing, com mais de 150 aeronaves diferentes e faz um belo apanhando da história da aviação. Além disso, o Museu conta um pouco da conta um pouquinho da história da maior fabricante de aviões do mundo, a Boeing, e sua relação com Seattle. Durante o passeio você poderá ver alguns aviões históricos – e até entrar em muitos deles.

Veja detalhes desse passeio neste post dos meninos do Visit Seattle.

Endereço: 9404 E Marginal Way S

Aberto todos os dias das 10:00 às 17:00


Ver uma linha de montagens de avião de pertinho na Fábrica da Boeing

E pra quem tem mais tempo, a dica é visitar o The Future of Flight, e ver aviões de verdade sendo produzidos na fábrica da Boeing nas aforas de Seattle. A fábrica fica há 25 minutos do centro da cidade, e os tours – que são hiper concorridos- levam cerca de 90 minutos. Para crianças é necessário ter pelo menos 122 cm de altura para entrar no tour, e não é permitido carregar bebês e nem tirar fotos durante o tour.

Detalhes do Tour

Endereço: 8415 Paine Field Blvd., Mukilteo, WA

  • Os horário de funcionamento variam conforme a estação do ano.
  • Confira horários e compre ingressos antecipados aqui.

Preço dos ingressos online (na bilheteria é mais caro)

  • Adultos 16+: $25
  • Adultos 65+ & estudantes com carteirinha: $23
  • Jovens menores de 15 anos: $15 – Altura mínima 122 cm

16- Aquário de Seattle

O aquário de Seattle é divertido para os pequenos, mas está longe de ser um dos aquários mais bacanas que já visitei. Destaque para a alimentação do polvo Taco, tanques dos leões marinhos e lontras. Há muitos tanques com peixiinhos coloridos, e um aquário enorme circular com dezenas de janelinhas de vidro que é super bonito. O Baby Tom amou, e saiu de lá triste da vida, por ele, passaríamos o dia todo no aquário.

O que fazer em Seattle

Aquário de Seattle

que fazer em Seattle

Encontrando o Nemo no aquário de Seattle

que fazer em Seattle

Baby Tom se esbaldando no aquário

Endereço: 1483 Alaskan Way

Aberto de quarta à segunda das 9:30 às 17:00

Preço dos ingressos online

  • Adultos 12+: $29,95
  • Jovens 4-12 anos: $19,95
  • Menores de 4 anos: grátis

O aquário de Seattle é uma das atrações do Seattle City Pass

Veja mais detalhes do passeio no site oficial.

17 – Seattle Art Museum

O Museum de Arte de Seattle, o SAM, tem uma coleção de arte bem variada com direito a peças antigas americanas, africanas e asiáticas, arte européia e americana de várias décadas diferentes e um pouquinho de arte contemporânea. Vale ficar de olho na exibições especiais porque volta e meia tem coisa bacana rolando por lá. O SAM infelizmente não coube no meu roteiro de dois dias da cidade, mas tá no topo da lista para uma próxima, eu que curto arte, fiquei com bastante vontade de visitar o acervo.

Endereço: 1300 1st Ave

Aberto de quarta à segunda das 10:00 às 17:00 (as quintas até às 21:00)

Preço dos ingressos online (na bilheteria é mais caro)

  • Adultos: $19,95
  • Adultos 65+: $17,95
  • Jovens 13-19 anos: $12,95
  • Menores de 12 anos: grátis

18 – Pacific Science Center

O Pacific Science Center é um museu de ciências naturais bem interativo e com muitas exibições interessantes como um passeio pelo vale dos dinossauro, um borboletário com borboletas de verdade o ano todo, um planetarium caprichado e cinema 3D Imax. O museu é uma das atrações opcionais do Seattle City Pass.

Dica da Mila: Fique de olho nos filmes em cartaz no Imax, volta em meia tem filmes exclusivos ótimos.

Endereço: 1300 1st Ave

Aberto de quarta à segunda das 10:00 às 18:00

Preço dos ingressos online 

  • Adultos: $30,70
  • Adultos 65+: $27,70
  • Jovens 6-15 anos: $22,70
  • Jovens 3-5 anos: $16,70
  • Menores de 3 anos: grátis

E aí, curtiu as dicas?

Guarde este post no Pinterest!

O que fazer em Seatle

O ideias na mala visitou Seattle com apoio do Visit Seattle


Viaje sem stress

✅ Reserve seu hotel em Seattle


Veja também:


Para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!

Que fazer

About author

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

2 comments

Post a new comment

Veja também