Bate volta de Porto de Galinhas a Maragogi: vale a pena?

Cerca de 110 quilômetros de distância separam Porto de Galinhas de Maragogi – dois destinos ultra desejados do Brasil. Neste post, vou te contar como foi a minha experiência em um bate volta entre as duas regiões e te dar dicas para não cair em furadas (como aconteceu comigo). Vamos nessa?

Porto de Galinhas (em Pernambuco) e Maragogi (no Alagoas) são duas cidades litorâneas conhecidas por suas piscinas naturais que se formam na maré baixa. A viagem de uma hora e meia entre as duas cidades faz com que muitos viajantes optem por se hospedar em Porto de Galinhas e visitar Maragogi (ou vice-versa), assim muitas agências locais oferecem passeios e receptivos com essa proposta. Mas, quer saber? Esse bate e volta nem sempre vale a pena, especialmente se você não se programar bem!

Porto de Galinhas a Maragogi
Lanchas na piscina natural de Barra Grande – Maragogi

A nossa experiência:

Nós tínhamos cinco dias em Porto de Galinhas e ouvimos falar tão bem de Maragogi que pensamos: vamos aproveitar e fazer um bate e volta! No dia anterior a viagem, passamos o olhos pelo Guia de Maragogi do Viaje na Viagem e aprendemos que deveríamos chegar pelo menos uma hora e meia antes do horário da maré baixa e com os passeios já reservados.

A maré para o dia seguinte estava programada para às 11h40, o que tornava o nosso passeio bem viável tanto pelo horário quanto pelo seu nível, que era de 0,3 (número ideal para esse passeio). Nós não conseguimos falar com nenhuma agência e foi aí que dançamos! Sem as reservas, mas sabendo que o passeio seria bem concorrido, decidimos arriscar e calculamos para chegar em Maragogi duas horas antes da baixa da maré.

Resultado: roubada

Chegando em Maragogi, nos deparamos com embarcações lotadas e muita gente tentando nos vender passeio para o dia seguinte (o que não era uma opção). Como estávamos em um grupo de 11 pessoas, a solução foi pegar o que conseguimos: um passeio para a piscina de Barra Grande (e não a de Galés, como queríamos) em uma lancha exclusiva para o nosso grupo.

Negocie o preço

Há um preço “tabelado” para os passeios, mas dá para negociar! Especialmente para quem fecha algo para o dia seguinte. Quem viaja com crianças pequenas pode tentar pagar meia. Nós conseguimos não pagar os bebês de 1 ano e pagar metade pela criança de 3 anos, mas a criança de 6 pagou o preço cheio.

O “golpe” do barco fechado

Lembra que falei que tínhamos fechado uma lancha só para nós? E não é que na hora de subir no barco os caras tentaram enfiar mais uma família com a gente? Viramos a mesa! Havíamos combinado que o barco seria só para nós e era exatamente o que queríamos. Começamos o passeio já irritados!

Maragogi
Nossa lancha a caminho da Barra Grande

O horário do passeio

Sabendo que a baixa da maré seria às 11h40, queríamos sair às 10h30. E foi esse o horário que nos falaram quando começamos a negociar, mas no final das contas fomos jogados para uma lancha – que saia somente às 11h40. Tanto o cara que vendeu o passeio, quanto o dono do barco, garantiram que aquele era o melhor horário, mas na hora eu saquei que estávamos sendo enrolados. Não falei nada para não desestabilizar o grupo, que já estava um pouco estressado por não ter conseguido o passeio pra Galés (a piscina mais famosa de Maragogi), mas minhas suspeitas se confirmaram. Quando chegamos a piscina natural a maré já havia começado a encher. Que raiva!

E a piscina?

Não vimos aquela cena linda da piscina vazia com os corais. Fomos o último barco a chegar e nos deparamos com muita gente, uma barreira de corais bem sem vergonha e águas já um pouco turvas.

Porto de Galinhas a Maragogi
O que vimos: a piscina já cheia

Porto de Galinhas a Maragogi

O que esperar das piscinas naturais de Maragogi: A piscina de barra grande

Nós visitamos a piscina de Barra Grande, uma piscina bem mais rasa e bem menor que a piscina da Galés, que é a mais famosa e supostamente a mais linda da região. Fiquei bem decepcionada com a vida marinha e o estado de conservação terrível dos corais. Mesmo com as leis ambientais, que protegem as piscinas e limitam o número de visitantes da barreira, quem já visitou outras piscinas de corais vai se decepcionar um pouco ao ver os corais completamente mortos ou quase isso.

A Lucia Malla – que entende muito do assunto e já visitou várias barreiras de corais bacanas pelo mundo – tem uma opinião bem parecida com a minha e divide as impressões do assunto.

Maragogi
Gu e Baby Tom
Maragogi
Gu, Baby Tom e eu na piscina natural de Barra Grande em Maragogi

E os peixinhos?

Quanto mais gente, menos peixes, mas como muitos guias e fotógrafos locais dão ração para atraí-los, a sua chance de ver alguns é até que alta. De qualquer forma achei o snorkel bem fraco e me arrependi de ter alugado a máscara. Vi um monte de peixes amarelinhos – nada incrível – corais mortos e ouriços do mar. Cinco minutos depois, devolvi a máscara e tentei aceitar a furada!

Porto de Galinhas a Maragogi
Peixinhos nas piscinas naturais de Barra Grande- Maragogi

O marido da minha irmã, que é bem humorado, soltou um gracinha que nos fez dar risada da nossa situação: “Uma hora e meia de viagem e duas horas de espera (em um restaurante gostoso, o que foi o auge do passeio) para ver uma dúzia de ouriços do mar”. Rimos para não chorar, mas era a mais pura verdade!

Tínhamos 40 minutos para curtir a piscina, mas achamos 15 o suficiente. Juro que foi tão decepcionante que resolvemos sair mais cedo e tocar para o tal do “banco de areia”, que segundo o motorista do barco também era algo super bonito e bem divertido.

O banco de areia cheio d’água

E, chegando no banco de areia, tivemos a infelicidade de encontrar um lugar cheio d’água e nada de areia. Quem ainda estava por lá já estava com a água pela cintura. O jeito foi levar na brincadeira e rir da nossa roubada! Voltamos para o ponto de partida uma hora antes do combinado e irritados com a situação.

De volta a Maragogi

Até pensamos em conhecer uma das praias de Maragogi – que segundo tudo o que lemos, parecem ser lindas – mas estávamos cansados, irritados e com quatro crianças no carro. Assim, escolhemos tocar viagem e dar uma passadinha em Carneiros (meio do caminho entre Porto de Galinhas e Maragogi) – e que delícia de praia! Curtimos uma horinha deliciosa com direito a macaxeira (para nós do sudeste, mandioca) frita e suco de graviola em uma praia linda. Gostamos tanto de Carneiros que decidimos voltar dois dias depois.

Praia dos Carneiros
Praia de Carneiros um bate e volta maravilhoso de Porto de Galinhas

O que você precisa saber ANTES de viajar:

Maragogi tem três piscinas naturais diferentes: Galés (a mais bonita e famosa), Barra Grande e Jarapatinga (piscinas médias). Ao fechar seu passeio, certifique-se que você vai para Galés (que é a mais bonita delas) e que chegará na piscina natural pelo menos meia hora antes do horário da maré baixa. É nesse horário que você terá a piscina com águas claras e verá mais peixinhos. Assim que a maré começar a subir, a água vai se turvando e pouco mais de uma hora depois as piscinas vão desaparecendo e perdendo aquela coloração maravilhosa.

A Lua: Escolhendo a melhor época para o seu passeio

Quanto mais seca a maré, mais cristalina a águas das piscinas. Assim, quanto maior a diferença entre a maré alta e a maré baixa, melhor. Lua cheia e lua nova são as melhores épocas para visitar as piscinas, nas luas crescente e minguante a diferença entre as águas deixa as piscinas bem menos interessantes. Quanto mais baixa a maré, mais lindo o passeio. Então, caso você encontre algum dia com a maré entre 0,1 e 0,3 marque seu passeio sem dó!

Fique ligada na tábua de marés: O horário da maré baixa

A principal dica para quem quer fazer este bate volta é ficar de olho na tábua das marés e chegar em Maragogi pelo menos uma 1h30 antes do horário da maré baixa (lembre-se que para chegar a piscina você levará cerca de meia hora de barco e que o melhor horário para curtir as piscinas é antes da maré baixar).

Número de pessoas limitado: Os passeios se esgotam com antecedência

Para proteger as piscinas naturais e seus corais, há um número limitado de visitantes por piscina natural por dia. Assim, as embarcações licenciadas se revezam entre as piscinas de corais e os passeios se esgotam com antecedência. Quer muito fazer este passeio? Reserve sua embarcação (e certifique-se que ela sairá no horário certo) com pelo menos um dia de antecedência. Durante as férias, feriados e finais de semana as embarcações se esgotam rapidamente. Em resumo: chegar em Maragogi e tentar comprar um passeio de último minuto pode ser uma tremenda roubada. Você corre um risco danado de ficar sem passeio ou fazer o passeio em um horário pior (como aconteceu com a gente).

muita gente

Ainda com os limites de pessoas e embarcações por dia, não espere ter a piscina só para você. Muito pelo contrário! Como a maré baixa tem hora certa pra acontecer, e é a chave para um passeio maravilhoso, a maior parte das embarcações chegam na piscina natural ao mesmo tempo. Prepare-se para encontrar uma piscina cheia e uma cena bem diferente daquela foto maravilhosa que você viu no Instagram.

Dias chuvosos e dias de vento forte

Chuva brava? Ventos fortes? Esqueça o passeio! Para ver as piscinas naturais no auge da sua cor e beleza, você precisa de um dia bem ensolarado (a luz faz toda a diferença e quanto mais perto do meio dia maiores as chances de você tirar uma foto incrível). Entre abril e junho (meses com chuva forte), você dificilmente encontrará as piscinas naturais com a coloração tão sonhada. Nos outros meses suas chances aumentam bastante, mas se chover ou nublar, o passeio não é uma boa pedida!

Aprendendo com quem entende do assunto

Quando o assunto é praia boa, pouca gente entende tanto quanto o Ricardo Freire do Viaje na Viagem. Neste post ele divide sete dicas infalíveis para se dar bem com as piscinas naturais de Maragogi, Porto de Galinhas e não perder a viagem.

Vale a pena fazer o bate volta de Porto de Galinhas a Maragogi?

Depois de quatro dias em Porto de Galinhas e apaixonada pelos atrativos da região, eu acho que não. Não vale porque a viagem é longa e, ainda que você seja mais esperto que nós e consiga reservar o melhor passeio e na hora certa, três horas de viagem para ver algo parecido com o que você verá em Porto de Galinhas não me parece uma boa decisão.

Tenho certeza que Maragogi é linda e que tem muita coisa bacana por lá, mas para curtir a cidade de verdade, definitivamente um bate e volta não é suficiente.

Quer fazer algo maravilhoso e muito mais perto de Porto de Galinhas?

Vá para a Praia de Carneiros que é linda e fica a 50 minutos de distância. Além de curtir uma praia deliciosa, você pode fazer um passeio de duas horas pela região que é bem divertido!

praia de Carneiros
Igreja fofa e praia de Carneiros

E aí, curtiu as dicas? Alguém aí já fez o passeio e tem mais dicas pra acrescentar neste post? Deixe seu comentário!


Veja também:


Para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!

Planeje sua viagem

Comentários (31)

[…] de Maragogi precisam ser fechados com antecedência, principalmente na alta temporada. A Mari fez o bate e volta de Porto de Galinhas na raça e se arrependeu amargamente. Como eu fui em julho, foi tranquilo fechar no dia […]

sensacional o serviço que vc prestou de utilidade publica. Muito obrigado pelas dicas. Ainda bem que optei em duas diarias em maragogi e 2 em porto de galinhas. Acredito que assim nao terei os mesmos problemas que vcs enfrentaram

Ótima pedida Sérgio!
Aproveite a viagem!

Que história surpreendente e factível, que pode acontecer com qualquer um! O bom é que vocês conseguiram desfrutar de um aipim frito e um suco de graviola na paradisíaca praia de Carneiros. E que venham mais histórias boas em 2019!

Obrigada pelas dicas, estou indo para Porto de Galinhas em fevereiro e sua experiência é muito válida, vou me planejar e seguir suas orientações, e tentar aproveitar o máximo da viagem.

Que delícia Greicy! Aproveite muito a viagem!

Boas dicas! É sempre bom ouvir os perrengues pra se lembrar que o paraíso também depende de planejamento.

Exato!
E que sem planejamento, melhor nem encarar uma bate-volta desses!

Obaaaa . Adorei as dicas . Estou indo para Porto de Galinhas em Novembro e realmente tinha pensado em fazer o tal bate e volta para Maragogi , mas depois das dicas foi simmm ficar em Carneiros .. Super obrigada !

Oi Sueli,
Carneiros é d+!
Você vai amar!
Beijos

Olá Mari, gostei muito das dicas, é bem verdade que o passeio tem que ser programado e reservado antes, passei por isso de chegar antes da maré baixa, porém não consegui passeio…
Vou nas próximas férias e gostei das dicas da praias dos carneiros.

Oi Patricia,
Você vai adorar Carneiros!

Beijos

Agradeço a dica. Estamos em Porto de Galinhas e estávamos com está duvida. Faremos Carneiros amanhã é depois conto se foi bom!

Conte pra gente como foi Aline! Obrigada por nos acompanhar!
Um beijo!

Muito obrigada pelas dicas.

Muito obrigado pela informacao. Sou Argentino e vo u viajar si Deus quizer, na utima semana de novembro a POrto de Galinhas.

Valeu pelas dicas sinceras MARI. Difícil alguém te abrir os olhos com tanta sinceridade, estou indo pra Porto de Galinhas e tudo que eu menos quero é estresse. Se vivesse esse drama todo com os oportunistas da lancha, ia ter barraco. Abraços e boas viagens!

Obrigada pela visita e pelos comentários Henrique.
Beijos e aproveite a viagem!

CARLOS ALEXANDRE RODRIGUES DA SILVA ALVES

Estou indo para ponta verde pelas dicas não compensa fazer um passeio para Porto de galinhas sendo q seria um bate e volta, alguma dica de passeio para quem está indo para ponta verde igual eu obrigado.

Oi Carlos,
Infelizmente ainda não conheço Ponta Verde!
Curta muito a viagem!
Beijos

Mesmo o Ricardo Freire avisando que não eu resolvi fazer esse bate-volta e não me arrependi!
Mas reservamos o passeio desde Porto de Galinhas, com transfer até Maragogi e a lancha inclusos. Saímos bem cedo e como as lanchas tem horário de visitação nas galés foi bem tranquilo. Não estava vazia e nem muito cheia. Adorei o passeio e repetiria, dessa forma.

Que bom que sua experiência foi melhor que a nossa Isabela. A nossa foi terrível! Perdemos um dia em Porto de Galinhas. Rs
Beijos e super obrigada pela opinião!

Tive está experiência e não me arrependi.
Foi maravilhoso
Viagem tranquila
3 dias em maragogi
3 dias em Porto de galinhas
Pude aproveitar tudo

Melhor pedida de todas! Curtir os dois destinos com calma!
Arrasou!
Beijos

Isabela, vc reservou o passeio com qual agência?

Qual foi a empresa que voce fez o passeio saindo de porto de galinhas?
Aguardo sua resposta.

Eu fiz por conta própria e raramente deu errado!
Abraços

Deixe o seu comentário