O que fazer em Sedona: a cidade mais charmosa do Arizona

Conheça Sedona, uma das cidades mais charmosas do Arizona e uma pedida sensacional para emendar com sua viagem ao Grand Canyon. Veja neste post dicas imperdíveis para curtir o melhor de Sedona. Vamos nessa?

O que fazer em Sedona: a cidade mais charmosa do Arizona

Sabe aquela cidade que te conquista logo na chegada? Sedona é assim: impactante. Fiquei apaixonada pela cidade, amei os rochedos avermelhados “Red Rocks” que rodeiam a cidade, os vórtices que a transformam em um dos destinos mais místicos dos Estados Unidos, e a simpatia de seus habitantes. É paixão a primeira vista que fala? Viajamos bem na virada do ano e  a cidade estava mais cheia que o normal, mas quer saber? Nem com o fluxo de pessoas fiquei incomodada, muito pelo contrário. Fiquei encantada!

Como chegar em Sedona?

Principais distâncias:

  • Grand Canyon National Park: 175 Km
  • Flagstaff: 48 Km
  • Pheonix: 189 Km

Para chegar em Sedona por conta própria você vai precisar alugar um carro, mas quer saber? Dirigir pelos Estados Unidos é uma experiência e tanto, ainda mais no Arizona (e estados vizinhos) que conta com paisagens incríveis a cada instante. Por aqui, a nossa dica é reservar o seu carro pela Rent Cars. Assim, você pode fazer um comparativo entre as opções oferecidas, pagar em reais e parcelar o valor em até 12 vezes sem juros (e sem IOF).

Saindo do Grand Canyon National Park

A cidade de Sedona fica a apenas duas horas da borda sul do Grand Canyon. Uma das opções possíveis é praticamente uma reta só pela estrada 89A – e o visual dos canyons baixos da floresta Coconino é um show a parte.

Para quem saí do Petrified Forest National Park ou Flagstaff

A viagem entre Petrified Forest National Park e Sedona leva pouco mais de duas horas. O trecho inicial (Petrified Forest – Flagstaff) é uma reta enorme rodeada de plantas desérticas baixinhas e o lindo Mt. Humphrey ao fundo.

Passando Flagstaff começa a 89A, uma serrinha chata e mal cuidada, porém muito linda. Aos poucos o enorme campo semi-árido se transforma em uma floresta de pinheiros perfeitinha e, logo em seguida, surgem os canyons avermelhados que tornam a região de Sedona tão especial. Quanto mais perto de Sedona, maior a vermelhidão e os contrastes.

Slide Rock State Park

Ainda no caminho de Sedona, há pelo menos duas paradas que valem a pena, o Oak Creek Vista (que nós passamos batido, mas depois de ver as fotos da Alê do To pensando em viajar, ficamos arrependidos, e o Slide Rock State park que é uma pedida deliciosa para o verão!

Sedona
O parque é uma das opções preferidas dos locais nos dias de sol e, pasmem, é um dos parques estaduais mais visitados do Arizona!

O motivo?

Uma pedra escorregadia que serve de tobogã e se transforma em um verdadeiro parque de diversões para adultos e crianças. O parque é um lugar muito gostoso para passar o dia e fazer um piquenique e, nos dias quentes, se esbaldar nas águas geladas do riacho. Como visitamos no inverno, nem pensamos em cair na água, mas ainda assim ficamos bem surpresos com a quantidade de pessoas. Chegue cedo porque o estacionamento lota!

Sedona

Rochas que rodeiam Sedona

O que Sedona tem de tão especial?

Uma energia especial

Uma das cidades mais místicas dos Estados Unidos, Sedona tem muito além das rochas vermelhas para mostrar. O lugar é conhecido como um dos maiores pontos de energia da Terra – chamados de Chakra ou Vortéx. Para quem acredita, os Chakras da Terra são lugares físicos muito carregados de energia, mantendo todo o planeta em equílibrio. Ao todo, existem mais de 150 Chakras espalhados pelo mundo, sendo que sete são os principais: Monte Santa Helena, Lago Titicaca, Ayers Rock, Glastonbury, Monte Sinai, Europa Ocidental e Monte Kailash. Vortéx (ou vórtices) são funís de energia gerados por forças do vento, da água e da terra (o caso de Sedona), que permitem a harmonização dos planos, físico, emocional e espiritual. Sedona, então, é desses lugares místicos conhecidos como centro de força. A energia da cidade é surreal e vira e mexe você encontra alguém meditando ou fazendo yoga.

A energia de Sedona é tão forte que muitos acreditam que existem túneis que levam à outras dimensões ainda desconhecidas. Talvez por isso Sedona seja considerada um dos melhores lugares do mundo para meditar. Os quatro principais vórtices de Sedona (falaremos deles nas dicas do que fazer em Sedona) são pontos energéticos extremamente fortes.

Sedona

Cathedra Rock – um dos vórtices de Sedona

Turismo sustentável

Além disso, Sedona e seus moradores prezam por um turismo chamado “sustentável”. Recentemente, no início de 2019, a Câmara de Comércio e Turismo da cidade anunciou mudanças que vão desde a administração ambiental das rochas vermelhas até a redução de ruídos e congestionamentos nas ruas. O plano pretente equilibrar a qualidade de vida de uma cidade pequena e a agitada economia do turismo e tem como base quatro pilares críticos: meio ambiente, qualidade de vida dos moradores (cerca de 10 mil), qualidade da economia e experiência do visitante.

Com o plano em prática, a Câmara quer que Sedona se torne líder nacional em turismo sustentável e, para isso, conta com o esforço de todos já que as medidas dependem tanto dos moradores quanto dos visitantes. Algumas delas são: divulgar as visitas de maneira mais uniforme ao longo do ano para reduzir aglomerados, investir em melhorias de infraestrutura e transporte público para reduzir o congestionamento, sensibilizar o visitante sobre a questão ambiental da cidade e incentivar experiências sustentáveis para os turistas.

Quantos dias ficar em Sedona?

Nós ficamos 2 noites, um tempo legal para conhecer os vórtices da cidade, fazer algumas trilhas fora do circuitão e curtir o centrinho. Gostamos tanto de Sedona que queremos voltar com mais calma e ficar uma semana explorando a região.

Onde ficar em Sedona?

Apesar de possuir tanta beleza e curiosidades, Sedona é uma cidade pequena portanto a maioria das opções de hospedagens estão no centro (ou bem próximas a ele). Para te ajudar, selecionamos aqui alguns hotéis e pousadas bem avaliadas. Separamos por categoria de preço – por lá dá para encontrar belas pousadas para todos os bolsos.

Hotéis caprichados

A Sunset Chateau

Cachoeira, lago próprio, quadras de tênis e piscina são alguns dos destaques do Sunset Chateau, um hotel charmoso, confortável e ultra bem localizado em Sedona. Além das suítes, existem opções de hospedagem com cozinha completa para pequenas refeições.

hotéis em sedonha

A Sunset Chateau | Foto: Divulgação

A decoração tem um toque índigena, com almofadas, mantas, tapetes e quadros com estampas geométricas que lembram artes rupestres – contribuindo para o clima místico da cidade. Todos os quartos possuem área de estar, lareira, sofá, banheira e varanda. Reserve aqui!

Hotéis em Sedonha

A Sunset Chateau | Foto: Divulgação

L’Auberge De Sedona

Localizado próximo ao rio Oak Creek, este hotel fica no centrinho de Sedona e num dos cantinhos mais agradáveis da cidade. Por lá, você tem centro de spa, piscina ao ar livre e restaurante que serve café da manhã, almoço e jantar. Além dos quartos normais, o hotel também oferece opções chamadas de “casa de campo”, com uma vista para lá de especial.

Hotéis em Sedonha

L’Auberge De Sedona | Foto: Divulgação

Os quartos são bem espaçosos e a decoração mescla o rústico com o campestre – tudo com bastante bom gosto. Poltronas, almofadas, tapetes e uma lareira tornam o ambiente ainda mais aconchegante. O toque especial fica no banheiro: além de uma banheira de hidromassagem com vista para as montanhas, o chuveiro fica a céu aberto. Reserve aqui!

Hotéis em Sedonha

L’Auberge De Sedona | Foto: Divulgação

Hotéis em Sedonha

L’Auberge De Sedona | Foto: Divulgação

Adobe Grand Villas

O Adobe Grand Villas é cheio de personalidade, o hotel possui piscina sazonal, centro de spa e restaurante próprio.

Hotéis em Sedonha

Adobe Grand Villas | Foto: Divulgação

Todos os quartos e ambientes são decorados com a temática country e toques que lembram o deserto americano, além de possuírem banheira e lareira. Você também terá uma varanda e cozinha compacta para tornar a sua estadia ainda mais confortável. Reserve aqui.

Hotéis com bom custo benefício

The Suites at Sedona

Este B&B possui ar-condicionado, lareira, frigobar e banheira. Todas as manhãs é servido um café da manhã gourmet já incluso no valor da diária. Os quartos são confortáveis e são decorados com um toque rústico – o chão é de mármore e poltronas deixam o ambiente mais confortável. Reserve aqui.

Hotéis em Sedona

The Suites at Sedona | Foto: Divulgação

Arabella Hotel Sedona

Com piscina sazonal, academia e banheira de hidromassagem disponíveis para os seus hóspedes o ano inteiro o Arabella tem quartos bastante amplos e equipados com  uma pequena varanda e sistema de aquecimento interno. Reserve aqui!

Hotéis em Sedona

Arabella Hotel Sedona | Foto: Divulgação

Canyon Villa Bed & Breakfast Inn of Sedona

Vistas lindíssimas das Red Rocks são um dos diferenciais do Canyon Villa. Que outro bom motivo para ficar lá? Café da manhã incluso na diária! o Hotel tem um espaço bacana com jardins, pátios, áreas para refeições e até mesmo uma biblioteca.

Hotéis em Sedona

Canyon Villa Bed & Breakfast Inn of Sedona | Foto: Divulgação

Os quartos tem um tamanho médio e são decorados com objetos clássicos. Todos possuem uma pequena varanda, poltrona e carpete em todo o chão. Reserve aqui!

Hotéis em Sedona

Canyon Villa Bed & Breakfast Inn of Sedona | Foto: Divulgação

Hotéis econômicos

GreenTree Inn Sedona

No estilo de motel americano (que não tem nada a ver com o brasileiro, ufa!), esta opção é uma ótima pedida para quem está com o budget mais contido. O hotel dispõe de wifi gratuito, piscina, área para banho de sol e café da manhã incluso na diária. Os quartos são climatizados e possuem espaço para pendurar roupas, mesa para trabalho, televisão e outras comodidades. Reserve aqui!

Hotéis em Sedona

GreenTree Inn Sedona | Foto: Divulgação

Days Inn by Wyndham Sedona

O hotel possui uma piscina a diposição dos hóspedes, recepção 24 horas e café da manhã continental servido diariamente. Além das suítes comuns, há também uma opção de quarto deluxe, com uma ante-sala e sofá para descanso, e o estúdio, que conta com uma cozinha completa e mesa para refeições. Reserve aqui!

Hotéis em Sedonha

Days Inn by Wyndham Sedona | Foto: Divulgação

Para quem viaja de Motor Home:

Nosso camping, o Rancho Sedona RV parking, fica bem pertinho do centro, sem dúvida um dos melhores e mais bem localizados da viagem, no meio do burburinho de Sedona.

O que fazer em Sedona?

Estacionamento em Sedona: America The Beauty Pass ou Red Rock Pass

Para ter acesso aos estacionamentos dos vórtices e trilhas de Sedona você precisa ter o America The Beauty Pass – passe anual que dá acesso aos parques nacionais americanos e custa $80 (julho/2019) ou o Red Rock Pass ($5 por dia ou $15 por semana). Eles estão a venda nos centros de visitantes da região.

O que fazer em Sedona no mapa

Veja nossas melhores dicas do que fazer em Sedona no Google Maps:

Conhecer os vórtices de Sedona

Boyton Canyon: O vórtice mais distante do centro

O Boyton Canyon é o vórtice mais distante do centro da cidade, o estacionamento é limitado (chegue cedo) e a trilha de acesso ao vortéx é super mal sinalizada (nós só chegamos graças a um papelzinho introdutório aos vórtices que ganhamos no nosso camping). 

Sedona

Boyton Canyon, Sedona

Para chegar ao mirante do Boyton Canyon, fizemos uma trilha de 3.2 Km (ida e volta) e quer saber? Faça! A distância da cidade e a trilha da caminhada fazem deste vórtice um dos menos visitados, mas a energia é incrível e a caminhada é lindíssima.

Sedona

Trilha do Boyton Canyon

A trilha é super bonita e rodeada de árvores Juniper. O curioso é que devido a energia de Sedona, as árvores de juniper daqui nascem com troncos tortuosos. Para saber que pontos são energicamente mais fortes, basta buscar as árvores mais tortas. Legal né?!

No final da trilha, há um mirante com uma vista interessante do vale. Amamos e recomendamos a caminhada.

Airport Mesa e a incrível vista do aeroporto

Sedona

Vista do aeroporto de Sedona

O vórtice Airport Mesa fica coladinho no aeroporto de Sedona e tem um detalhe legal: o próprio aeroporto tem um mirante (Airport Lookout) com vistas bem legais da cidade.

Mas nem pense em parar por aí, a cereja do bolo é o vórtice Airport Mesa, que tem vistas arrebatadoras – e de novo, uma energia espetacular. Para chegar ao topo do vórtex é preciso caminhar cerca de 1 Km, mas vale a pena, viu?!

Sedona

Vista do Vortex Airport Mesa

Se de longe esse vórtice parece um morro comum, ou sem graça, a vista lá do alto é linda e é 360 graus. Um desses lugares que dá vontade de sentar e passar horas olhando o horizonte.

Cathedral Rock: um dos vórtices mais disputados de Sedona

O mais lindo dos vórtices de Sedona, com curvas diferentes e lindos espirais energéticos. Minhas tristeza foi não conseguir parar nosso trailer avantajado em nenhum dos estacionamentos pequeninos e ter que me contentar com a vista de longe.

No centro de informações aprendi que não é possível subir nesse vórtice, mas que é possível dar a volta em torno dele. Deve ser uma volta e tanto, mas no meu caso teve que ficar para uma próxima. [Fica a dica para quem tem um carro grandalhão: comece o dia por este vórtice]

Sedona

Cathedral Rock – Sedona

Bell Rock e a trilha da Little Bell

O Cathedral Rock fica coladinho na Bell Rock, outro dos famosos vórtices de Sedona. Aqui, resolvemos fazer algo diferente e SUPER especial.

Ao invés de visitar a Bell Rock, que vive lotada e onde possivelmente teríamos problema com nossa caranga gigante, paramos em uma trilha adjacente ali pertinho chamada Little Rock. Ali, fizemos uma trilha de cerca de 5 Km até uma outra rocha chamada de Little Bell e que tem uma vista sensacional tanto do vale, quanto da Bell Rock.

Sedona

Bell Rock vortéx visto da trilha

Sedona

Para chegar no alto do Little Bell tivemos que brincar de dar uma escaladinha – nada absurdo, mas para subir lá é preciso encarar um pouco mais que simples degraus. Esse foi o passeio mais lindo do dia e um dos destaques da nossa passagem por Sedona. Faça!

Visitar a charmosa capela de Sedona: A capela da Cruz Sagrada

Outra parada imperdível em Sedona é a Chapel of Holly Cross, que fica no alto de um vórtice menos famoso e que tem uma vista bem bonita da cidade.

Sedona

Capela da Cruz Sagrada

Sedona

Capela da Cruz Sagrada

Fora a vista que, como em todos os outros lugares da cidade, é linda. A capela é bem bonitinha, uma estrutura moderna de concreto e vidro.

Trilhas fora do circuito turístico

Sedona é um paraíso para quem curte fazer trilhas e minha dica é sair um pouco do circuitão tradicional e descobrir Sedona além dos vórtices. Você vai se apaixonar pela vegetação desértica e pela vermelhidão do solo da cidade.

Trilha Marg’s Draw

Nossa sugestão é a Marg’s Draw Trail, uma trilha de dificuldade moderada e com saída bem pertinho de centro (cerca de 5 Km ida e volta).

Sedona

Vista da Marg’s Draw Trail , Sedona

A trilha segue morro acima seguindo o curso de um rio seco, o caminho é desajeitado com muitas pedras e espinhos e algumas escaladas, mas vale a pena!

Sedona

Natureza em Sedona, Arizona

A natureza do deserto é bem bonita, repleta de cactus e plantas forradas de espinhos e pequenas árvores de galho retorcidos (tive a falta de sorte de me espetar em algumas delas, mas a intrusa naquele ambiente era eu) e muitos pássaros bem afinados.

Sedona
A trilha acaba num enorme paredão na base de uma das rochas que circula a cidade com uma vista maravilhosa. Descer foi bem mais rápido do que subir e, sem nem perceber, chegamos ao ponto inicial.

Sedona

Vista da Marg’s Draw Trail , Sedona

Passear pelo centrinho de Sedona

As ruas do centrinho de Sedona são uma delícia de passear e, seguindo a mística da cidade, há quantidade incontável de lojas de cristais, serviços esotéricos, leitura de mãos, fotografia de alma e muitas outras coisas bem diferentes. Curte essa parte esotérica? Você vai amar!

Sedona

Pedras semi preciosas – vendidas aos montes em Sedona

Estátuas nas calçadas, instrumentos musicais. Sabe aquela caminhada que te envolve? A graça aqui é andar despretensiosamente e fazer pequenas descobertas.

Algumas paradas que gostei foram a Sedona Candles (309 N State Rte 89A, Sedona) com velas costumadas hiper diferentes (eu nem sou do tipo que compra vela em viagem e fiquei encantada com o trabalho deles) e a Earthbound Trading Company (300 AZ-89A, Sedona) uma rede de lojas esotéricas com presentinhos diferentes e coisinhas místicas para lá de especiais.

Sedona

Instrumentos musicais públicos em Sedona – muito legal!

Sedona também é uma cidade fantástica para quem gosta de comer e beber bem, comece com uma degustação de azeites na Sedona Divine Olive Oils, na 270 N State Rte 89A Suite 5 uma produtora local de azeites e vinagres.

Degustação de vinhos do Arizona

Também fizemos uma degustação de vinhos do Arizona (que são bem piores que os da California, mas valem pela experiência) na Sedona Wine Walk (235 AZ-89A #3, Sedona). A degustação custa cerca de 10 dólares por pessoa incluindo três vinhos diferentes e um copo lindo de lembrança. O simpático Jerry alegremente nos contou sobre a cidade, nos deu dicas do que fazer e nos convenceu a experimentar algumas excentricidades gastronômicas no restaurante ao lado.

Sedona

Fizemos nossa degustação de vinhos nesse tasting room super colorido. Abaixo uma foto do simpático Jerry

Sedona

Jantar no Cowboy Club

Para provar a culinária típica local nossa dica é o Cowboy Club (241 N State Rte 89A, Sedona). Reserve porque lota!

Sedona
Para comer pedimos um prato com algumas especiarias locais: carne de cobra (juro que tem gosto de frango) e tortinhas apimentadas faziam parte do nosso cardápio.

Cowboy Club, Sedona

Nossos aperitivos esquisitos e deliciosos

Sedona

Bufalo cozido, maravilhoso

De prato principal, dividimos um cozido de búfalo com vegetais. Como a carne de búfalo é mais dura que a do boi, este cozido leva 12 horas para ficar pronto, mas fica super macio. O prato estava tão bom quanto a entrada.

A conta saiu $51,55 + gorgeta (dez 2015) incluindo duas cervejas. Foi uma das experiências gastronômicas mais diferentes das nossas vidas e valeu a pena. Afinal, não é todo o dia que se come cobra, rs.

De sobremesa comemos um fudge imperdível na Sedona Fudge Company(257 N State Rte 89A, Sedona). Tava tão bom que até pensamos em parar no dia seguinte antes de pegar estrada para comer mais.

Não esqueça: seguro viagem

Apesar de não ser obrigatório nos Estados Unidos, o Seguro viagem é extremamente importante em qualquer viagem. Além de te proteger contrar voos cancelados e bagagens extraviadas, o seguro te dá segurança para não ter dor de cabeça em eventualidades médicas (e vale lembrar que todo e qualquer serviço médico americado é cobrado).

Com menos de R$10 por dia de viagem – faça uma cotação agora e veja que estou falando sério – você viaja protegido e evita dores de cabeça. Por aqui, nós recomendamos a Seguros Promo, um comparador de seguros que busca os melhores custos x benefícios do mercado e te ajuda a escolher o seguro certo para a sua viagem.

Quer um desconto?!
Insira o código IDEIASNAMALA5 e ganhe até 10% de desconto na compra do seu seguro viagem! Faça sua cotação já!

Veja também: Como escolher o seguro viagem para os Estados Unidos

Viagem de carro pelo deserto de Arizona e Utah

Sedona foi um dos destinos da nossa viagem de motorhome pelos parques nacionais de Arizona e Utah, uma viagem de mais de 3500 Km percorrendo partes da California, Nevada, Utah e Arizona. Foram 14 dias de estrada passando por alguns dos principais cartões postais norte americanos.

Veja também:


Viaje sem stress

✅ Reserve seu hotel em Sedona

Faça seu seguro de viagens 

Alugue seu carro 


Para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!



SOBRE O AUTOR

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

11 comments

Post a new comment

Veja também