Suíça: guia prático de Lugano

Nesse guia pr ático de Lugano na Su íça você encontrará tudo o que precisa saber para aproveitar sua viagem ao máximo. Saiba o que fazer, onde se hospedar, onde comer e muitas outras dicas para explorar Lugano e a região de Ticino. Bora viajar?

Suíça: guia prático de Lugano

Atualizado em outubro de 2017

Lugano, a maior cidade de Ticino (o Cantão Italiano da Suíça) é uma cidade repleta de charme e com muita personalidade. Com clima mais ameno que o resto do país, Lugano orgulhosamente exibe suas palmeiras e plantas tropicais, um lago de águas transparentes e montanhas com vistas incríveis da cidade. Lugano fica na fronteira da Itália, e importou alguns dos melhores sabores do país vizinho além de um jeitão muito mais relax que o Suíço tradicional. Isso sem falar no Italiano, a língua local, bem mais amigável que o Alemão, e bem mais parecido com o português do que o Francês. Uma delícia de escutar e bem mais fácil de se virar!

Lugano - Suíça
Parco Cívico de Lugano

No verão o lago se transforma em praia, as águas ganham uma temperatura agradável e mergulhos se tornam um programa essencial. No inverno Alemães, Suíços do Norte e Holandeses buscam em Lugano um esconderijo do frio, e um bom lugar para relaxar.

Quer ver Lugano descontrolada? É só cair um pouquinho de neve para os habitantes irem a loucura e a cidade parar. Todo mundo quer fotografar o raro momento em que as palmeiras se cobrem de neve, e que as águas do lago refletem o branco da neve.

Nesse post você encontrará:

[Clique no item acima para ir direto ao ponto, ou se preferir leia o post todo]

Antes de mais nada: não esqueça do seguro viagem!

Não é excesso de zelo evitar umas “furadas”, certo? Para não ter dores de cabeça, economizar tempo (e dinheiro) melhor contratar logo o seu seguro viagem! Na verdade, além de obrigatório para quem viaja para a Europa, (leve impresso o comprovante em mãos, pois podem pedir na imigração) o seguro viagem pode te tirar de enrascadas no caso de emergência.

Imagina só ter que perder a manhã no aeroporto para resolver “pepinos” de mala extraviada? E se você consegue sair do aeroporto “ileso” mas tem qualquer intercorrência e precisa dar uma passada num pronto atendimento? Parece muita precaução, mas não é!

Nós do Ideias na Mala não viajamos sem um seguro com boa cobertura e que cubra tudo no ato! Por isso, recomendamos os seguros da Seguros Promo, uma empresa brasileira que funciona como um comparador de seguros, buscando os melhores custos benefícios do mercado sem abrir mão de uma cobertura excelente! Faça sua cotação e insira o cupom de desconto IDEIASNAMALA5 para ganhar 5% de desconto na compra do seu seguro de viagem!

Chegada em Lugano

Quem chega em Lugano de trem desembarca na Estação de Lugano, que fica na parte alta da cidade. Antes de sair da estação dê uma passadinha no escritório de Turismo de Lugano e pegue um mapinha grátis da cidade.

Para chegar ao centro:

  1. Funicular: A linha de funicular que conecta Lugano ao centro foi reaberta, agora você consegue fazer o trajeto estação – centro (ou vice-versa) em poucos minutos por 1.30 CHF.

2. Caminhar até o centro: Sabe aquela lenda que na descida todo Santo ajuda? Então, aproveite que o trajeto é uma descidona e leve de quebra, vistas lindas do centro da cidade e do lago Lugano. A descida é feita pelo Parco del Tassino, um parque fofo repleto de canteiros de rosas, e é bem bonita. Se sua mala não estiver pesada, taí a melhor (e provavelmente mais rápida) forma de chegar ao centro.

3. Ônibus 2: Para quem está hospedado na Villa Castagnola ou em regiões mais afastadas do centrinho de Lugano, o ônibus 2 é uma boa opção. Ele percorre as ruas centrais da cidade e segue rumo a Gandria. O bilhete de ônibus custa 1,60 CHF (Grátis com o Swiss Travel Pass).

Lugano
Lugano vista da estação. Linda, não?

Lugano no Mapa – Veja todas as dicas desse post no nosso mapa de Lugano

O que fazer em Lugano

Um passeio caprichado pelo centro de Lugano

O centro de Lugano é compacto porém hiper charmoso repleto de cafés bacanas, prédios estilosos e muita coisa legal para fazer. Recomendo que você dedique pelo menos umas 3 horas do seu roteiro (se tiver mais tempo melhor), para explorá-lo com calma.

Aí vão meus lugares preferidos:

Piazza della Riforma: A praça principal de Lugano abriga a prefeitura da cidade “Palazzo Civico”, um prédio amarelado ornamentado com esculturas neclássicas e com um bonito relógio (dentro da prefeitura, com entrada pelo lado do lago, há mais um escritório de Turismo. Caso você não tenha pego um mapa na estação, taí sua última chance ;)). Ao redor da prefeitura, há uma série de barzinhos e restaurantes.

Lugano
Prefeitura de Lugano

Il Lungolago: A orla do lago de Lugano se extende por quase 2 Km. O trecho que liga Lido a vizinhança de Paradiso, é conhecido como Lungolago, o lugar mais pop da cidade e sem dúvida uma das caminhadas mais agradáveis de Lugano. Caminhe com calma, capriche nas fotos e curta as árvores ultra bem cuidadas do caminho.

Lugano
Passeio pelo Lungolago, a orla de Lugano

Parco Cívico: Meu cantinho preferido da cidade, um parque lindo, repleto de pequenas praias habitadas por peixes, patos e cisnes muitas árvores e flores. Vale a visita.

Lugano
Parco Cívico de Lugano

Lido: Terminado o Parco cívico, cruze o rio Cassarate pela pequena ponte. Pronto, você chegou a praia pública da cidade. Um lugar com estrutura completa, duas piscinas e dois restaurantes. Para usar a estrutura você terá que pagar uma taxa de 11 Francos Suíços, mas as piscinas são realmente boas e a área é bem legal.

Jardim Belvedere: Uma área verde caprichada, repleta de esculturas modernas, plantas e flores. No verão os jardins se transformam em praia e a graça é mergulhar no lago.

O Jato D’Agua: Lugano tem uma versão miniatura do Jato d’água de genebra. A fonte rende boas fotos.

Lugano
Jato D’agua em Lugano

LAC: Lugano Arte e Cultura: O novísimo centro Cultural de Lugano é um show arquitetônico, o complexo reúne salas de exibição, salas de concerto e tudo o que um bom centro cultural deveria ter. Vale o passeio, nem que seja apenas para tirar fotos da parte externa, que já é o máximo!

Lugano
LAC – Lugano Arte e Cultura

Cassino de Lugano: Para quem curte cair na jogatina, o Cassino de Lugano é uma boa opção. Não conheci as instalações, mas tratando-se da Suíça, aposto que é um lugar legal!

Lugano
Cassino de Lugano

Via Nasa: Essa é a rua das compras de Lugano, aqui onde antigamente havia um mercado de peixes, concentram-se as lojas mais chiques de Lugano. (Atenção: as lojas em Lugano costumam fechar às 17:00)

Igrejas que valem a visita:

Igreja de Santa Maria degli Angioli (igreja de Santa Maria dos Anjos): A fachada simples desta igreja esconde dois dos melhores afrescos renascentistas da região: Paixão e Crucificação, A última Ceia e Virgem Maria com o menino Jesus. Todos eles repletos de detalhes incríveis e pintados por Bernardino Luini.

Lugano
Parte do mural da igreja: Reparem em Da Vinci sentado do burrico

Uma curiosidade interessante, Luini pintou a si próprio montado num cavalo no centro da pintura, e pintou seu mestre Leonardo Da Vinci montado em um burrico.

Igreja de San Rocco: Essa igreja pequenina tem afrescos bacanas que contam a história de São Rocco. As imagens são lindas e estão bem preservadas.

Lugano
Igreja de San Rocco – Lugano

Cattedrale di San Lorenzo: Se você percorreu o trecho entre a Estação de trem e o centro a pé, você passará pela Catedral de Lugano, que acabou de ser reaberta depois de anos de reforma (out 2017). Ao entrar repare no afresco maravilhoso na cúpula da catedral.

Deixando a Catedral de lado, aproveite a altura privilegiada da pracinha em frente a catedral para tirar fotos lindas da cidade.

Lugano
Cúpula da Cattedrale di San Lorenzo – Lugano

Cafés e comidinhas:

Via Pessina: A Rua Gourmet de Lugano, concentra uma série de cafés, docerias e restaurantes bacanas. Abaixo dois lugares testados e aprovados por mim.

Lugano
Mercearia & Salumeria Gabbani

Gabanni: Bem pertinho da Praça da Reforma está o Gabanni. São duas lojas diferentes, uma que funciona como Salumeria e mercadinho de delícias e outra que funciona como café/Restaurante/Bar. O Gabanni serve produtos típicos locais (experimente a tradicional Torta de pão, o doce mais típico da região), sanduíches maravilhosos, queijos, frios e muita coisa gostosa. No final da tarde, o bar se transforma em um dos lugares mais agitados de Lugano para curtir o happy hour e serve drinks ao ar livre.

Lugano
Mesinhas do Bar Gabbani
Lugano
Torta de pão, o doce mais típico de Lugano. Cada família tem sua própria receita e todas são secretas!

Gran Café Al Porto: Um dos cafés mais gostosos e tradicionais do Lugano. O Gran Café Al Porto ocupa o lugar onde antigamente funcionava um convento. Parte da decoração do convento continua visível no piso superior do caf é. Prepare-se para se encantar com uma das vitrines de doces e chocolates mais caprichadas da cidade. As tortinhas de frutas são divinas.

Lugano
Vitrine de doces do Gran Café Al Porto

Montanhas com vista panorâmica

Subida ao Monte Brè: O monte Brè, a montanha mais ensolarada da Suíça é um dos orgulhos locais, e uma das vistas panorâmicas mais lindas da região. O pôr do sol visto lá do alto, é divino! A subida é feita de Funicular (saída da região da Castagnola) e dura cerca de 30 minutos.

Monte Brè - Suíça
Vista do Monte Brè

Dica: Quem tiver pic (e tempo) pode fazer a subida a pé. A trilha dura entre 2-3 horas e as vistas são divinas! Lá no alto há uma série de outras trilhas que você poderá escolher.

  • Preço: A subida ao Monte Brè custa 25 francos (12 Francos para quem tiver o Swiss Travel Pass)
  • Aberto durante todo o ano, mas os horários de subida variam bastante. Confira no site.

Subida ao Monte San Salvatore: O Monte San Salvatore é o mais alto da região que se pode acessar de funicular. As vistas do lago e da região de Lugano são lindas. A subida dura 30 minutos e tem início na região de Paradiso.

  • Preço: Ida e volta 30 CHF (15 Francos para quem tiver o Swiss Travel Pass)
  • Atenção: Montanha aberta apenas de março a setembro.
Lugano
Monte San Salvatore visto do lago

Passeios de barco com saídas de Lugano

Toda cidade Su iça a beira lago tem pelo menos um passeio de barco que vale a pena. Lugano tem dois passeios bem bacanas e tradicionais, o passeio a Gandria (que testei e adorei) e o passeio a Morcote (que ouvi falar hiper bem, mas não tive a chance de visitar).

Lago de Lugano - Suíça
Lago de Lugano: volta de Gandria a pé
Gandria (7 Km de Lugano): Gandria é uma vila pequenina pendurada nas encostas do lago Lugano. A graça é percorrer os corredores apertados e subir as escadarias em busca de vistas maravilhosas da região. Pra quem tem pic, a dica é ir de barco e voltar a pé, a caminhada dura cerca de 40 minutos e é muito gostosa.
  • O Barco custa 27,40 CHF para a volta inteira, ou 16 CHF só de ida. Grátis com o Swiss Travel Pass.
Lugano
Passeio de barco para Gandria

Morcote (11 Km de Lugano): Casas coloridas a beira lago, terraços agrícolas e a imponente igreja Madonna del Sasso dominam as paisagem de Morcote, uma vila charmosa e pra lá de fotogênica.

  • O Barco custa 38 SF para a volta inteira, ou 22.80 CHF só de ida. Grátis com o Swiss Travel Pass.

Bate-e-volta saindo de Lugano

Locarno: Locarno rivaliza com Lugano o título de cidade mais bonita do Ticino, as vistas para o lago, o centrinho fofo e o Santuario della Madonna del Sasso merecem uma visita.

Bellinzona: Com três castelos medievais hiper bem preservados e um centro histórico muito fofo, Bellinzona conquistou meu coração em pouquíssimo tempo. Com 2,3 horas dá para conhecer o essencial da cidade.

Bellinzona - Suíça
Vista do Castelo Montebello em Bellinzona
Swissminiatur: Pra quem curte miniaturas de cidades, taí um programa que parece promissor. Todos os principais monumentos e lugares turísticos da Suíça reunidos em um único parque de diversões.
  • Preço: Adultos 15 CHF
  • Para chegar lá você pode pegar o barco desde Lugano ou trem

Outlet de Mendrisio: Ainda que a Suíça não seja um destino de compras (e muito menos um destino barato) um dos melhores outlets do país, o FoxTown, fica pertinho de Lugano. A seleção de marcas é incrível, tem Diesel, Armany, Michael Kors e muito mais. Não espere preços de banana, afinal, você está na Suíça!

  • Parada de trem: Mendrisio S. Martino

Rotas panorâmicas de trem com saída de Lugano

Lugano é ponto de partida de duas rotas panorâmica Suíças, o Bernina Express que liga Lugano à Tirano de ônibus seguido de uma jornada de trem até a cidade de Chur. E o Wilhelm tell Express, uma viagem de trem & barco que conecta Lugano à Lucerna. Pra quem tiver tempo, fazer uma viagem panorâmica de trem na Suíça é sempre especial!

Wilhelm Tell Express - Suíça
Trecho de barco do Wilhelm Tell Express

[Veja nesse post nossa Experiência no Wilhelm Tell Express,viajando de Lugano para Lucerna]

Lugano – Quantos dias?

Tive dois dias e duas noites para explorar a cidade, o que foi mais que suficiente, e deu para fazer tudo o que eu queria: passear pelo centro da cidade, subir ao Monte Brè e fazer um passeio de barco a Gandria. Visitei a cidade no inverno então não pude curtir nem as praias do lago, e nem as trilhas das montanhas. Passeios que são a minha cara e que eu adoraria ter feito!

Lugano – Quando ir?

O clima ameno e as paisagens lindas de Lugano tornam a cidade um lugar gostoso de visitar durante todo o ano. Primavera é a estação mais linda da cidade, Lugano se cobre de flores e o tempo começa a abrir caminhos para o verão. O Verão é a estação dos mergulhos no lago, trilhas nas montanhas e dos festivais divertidos e gratuitos que animam a cidade. Tanto o festival de Jazz quanto o Festival de Blues fazem o maior sucesso na região. No Outono as árvores ganham tons amarados, e o festival gastronômico de outono enche a cidade de delícias, e em dezembro a animada feirinha de natal enche as ruas do centrinho da cidade. Natal é tempo de beber vinho quente, e curtir a chegada do inverno.
Veja aqui o calendário de Eventos 2017 de Lugano. Quem sabe um deles não bate com as datas da sua viagem :)?

Lugano
Cores do Outono em Lugano

Onde ficar em Lugano?

Durante minha estada em Lugano tive a chance de testar dois ótimos hotéis, aí vão as dicas:

Hotel Villa Castagnola: Um hotel caprichado, com um jardim maravilhoso, piscina e todos os mimos que um bom hotel 5 estrelas oferece. Um hotel bacana para quem viaja em família e quer curtir os atrativos de Lugano sem pressa. Veja aqui minha avaliação completa do Villa Castagnola.

Villa Castagnola - Lugano
Villa Castagnola – Lugano
Villa Castagnola - Lugano
Um dos quartos do Villa Castagnola
Villa Castagnola - Lugano
Vista da varanda quarto

Hotel Lugano Dante: Um três estrelas hiper descolado! Localização TOP, internet de qualidade grátis, café da manhã e todos os itens do frigobar grátis. Um hotel onde é tudo descomplicado! Adorei!

Outros hotéis bem avaliados em Lugano:

Hotéis Caprichados:

Hotel City Lugano: Moderno e colorido o Hotel City Lugano tem um jeitão jovem e muito estilo. Ótima localização.

The View Lugano: Instalações moderninhas com vistas lindas do lago.

Hotel Splendide Royal: Um dos hotéis mais elegantes da cidade tem quartos espaçosos e super confortáveis e uma localização impecável.

Hotéis com bom custo beneficio:

Hotel Ibis Lugano Paradiso: bonitinho, moderninho e bem localizado. Um hotel sem grandes luxos, mas bem arrumadinho para você conhecer Lugano sem perrengues.

Guesthouse Castagnola: Esta guest house pequenina tem quartos charmosos e um ótimo atendimento. O hotel fica um pouco distante do centro.

Locanda Castagnola: Quartos simples porém bem ajeitadinhos, café da manhã gostoso e equipe atenciosa. O hotel fica um pouco distante do centro.

Veja aqui ofertas de hotéis em Lugano.

Onde comer em Lugano

  • La Tinera (Via dei Gorini 2): Uma tratoria subterrânea que serve pratos típicos de Lugano, a polenta com funghi porcini é uma delícia. Os vinhos locais são servidos a moda antiga, em pequenas tigelas de cerâmica. Uma graça!
  • Restaurante Ana Capri: (Via Maraini, 6900)o restaurante Ana Capri fica pertinho da estação de trem e tem vistas maravilhosas da cidade. Comi um risoto milânes (os risotos estão entre as especialidades de Lugano) delicioso.
  • Manora Ristorante (Piazza Dante Alighieri 2): Um self-service bem variado, gostoso e com preços ótimos. Tem massas, saladas, carnes e até sobremesas. Ótima dica para quem quer comer gostoso sem gastar o olho da cara!
  • Pasta e Pesto (Via Cattedrale 160): Um fast food italiano, você escolhe a massa, o molho e eles fazem na hora para você. Os preços são ótimos para o padrão Suíço!

Como chegar em Lugano?

Lugano fica na fronteira entre a Suí ça e a Itália, uma viagem de pouco mais uma hora e meia de trem à partir de Milão. A viagem de carro dura pouco mais de 1 hora e passa pela região do Lago de Como (vale o Pitstop!)

Principais distâncias de trem:

  • Lugano – Milão: 1:35
  • Lugano – Lucerna: 2:30 (4:30 pela rota panorâmica Wilhelm Tell Express)
  • Lugano – Zurich: 2:41
  • Lugano – Berna: 3:50
  • Lugano – Genebra: 4:30

Como incluir Lugano no seu roteiro pela Suíça

A forma mais fácil de visitar Lugano é casar seu roteiro com o Norte da Itália. Milão, e as cidade do Lago de Como ficam um pulinho da Suíça Italiana!

Lugano

E aí, curtiu as dicas?

Sentiu falta de alguma informação? Deixe seu comentário nesse post

Já visitou Lugano e quer dividir a experiência com a gente? Deixe um comentário que respondemos rapidinho!


Viaje sem stress

Reserve seu hotel em Lugano
Faça seu seguro de viagens


Veja também:

Dicas de hotel na Suíça:

E para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!

This error message is only visible to WordPress admins

Error: No connected account.

Please go to the Instagram Feed settings page to connect an account.

A Mari viajou para Lugano com o apoio do Swiss Travel System e do escritório de Turismo de Ticino

 

Guarde este post no Pinterest!

Planeje sua viagem

Matérias Relacionadas

Comentários (25)

[…] cidades Suíças (sou apaixonada por Lucerna, acho Berna um encanto; e amo o jeito descoladão de Lugano.) Mas é um bom ponto de início para começar a viagem pelo país (A Easyjet tem vôos baratíssimos […]

Estarei sainda de Lucerna para Milão, mas gostaria de fazer uma parada e passar o dia em Lugano. É possível? há lugar seguro para deixar a mala de mão e mochila?

Oi Erica,Tds as estações suíças tem loscker de moedinha! Ou seja, dá sim para fazer a parada e curtir muito Lugano.
Beijos

Parabéns pelo post. Estou em Milão e farei um Bate volta para,Lugano. Tem como trocar dinheiro na estação? Obrigada

Oi Fatima,
Em lugano a estação é bem pequena e dificilmente você consguirá trocar dinheiro por lá. Eu saquei um pouco de dinheiro suíço em um banco no centro.
Abraços,

Ola, qual o melhor dia para fazer um bate e volta de trem a Lugano? Sabado/Domingo ou Segunda e Terça?Obrigado

Oi João,
Lugano não é uma cidade super disputada então qualquer dia é bom. O que você precisa ver é se os passeios que vc quer fazer abrem segunda e terça (eu de cabeça não me lembro).
Beijos

Olá! Estou verificando a possibilidade de alugar um carro para ir para Lugano no bate e volta saindo de Milão. Irei eu, mais dois adultos e uma criança de 12 anos. Existe alguma dificuldade na estrada? Tem algum detalhe de imigração por estar cruzando a fronteira do país? Sabe o preço médio de pedágios?

Obrigada

Oi Patrycia,
Fiz o trajeto de trem, então infelizmente não consigo te ajudar com estas respostas.
Abraços,
Mari

Oi, tudo bem?

Estarei em Milão e farei um bate e volta na Suíca, só que estou com três opções no caminho o Lago Como na Italia, Lugano e Belinzzona. Porém sairei de manhã cedo de Milão e retornarei a noite. O que você recomenda fazer? Gosto de ter a vista das coisas de cima, ver paisagens, nesse dia não faço questão de ir em lojas, restaurantes e museus. Me atrai pelos castelos de Belinzzona e a paisagem de cima das montanhas de Lugano. Você acha que da pra fazer os dois em um dia? Ou faria Luganno e Lago Como?

Obrigado desde já.

Oi Gabriel,
Acho um dia um pouco apertado para fazer Lugano e Bellinzona, e não conheço Lago Como para poder opinar. O que eu faria se fosse você: Comece por Bellinzona, explore os castelos e na volta dê uma passadinha em Lugano para subir a uma das montanhas. não vai dar para conhecer bem Lugano, mas pelo menos você terá o mix entre montanha e castelo que gostaria.
Beijos

Bom dia,

Onde passar a noite de natal em LUGANO? estarei com meu marido e filhos.
Obrigada

Oi Elisabeth,
Infelizmente não sei o que estará aberto ou não no natal. É uma data que muda tanto de lugar para lugar que eu teria que fazer uma pesquisa bem especifica para descobrir. Já reservou hotel? Se sim, peça ajuda para eles que são locais e saber o que are e fecha.

Olá, Mari!
Pretendo ir a Milão, mas quero conhecer Lugano. Qual a maneira mais fácil? de Trem? Consigo fazer este passeio saindo pela manhã de Milão e retornando de tarde? Consigo comprar o passeio de barco na hora, ou com antecendência?

Oi Marlene,
Dá para fazer um bate e volta sim e se for no verão, dá para encaixar tudo.
Compre o barco na hora mesmo!
Beijos

Parabéns pelos relatos! Obrigado por compartilhar! Sabe me dizer se o trecho de trem de Zurique até Milão é um bom passeio panorâmico? Vou fazer um trecho de Veneza até Zurique tendo que depois seguir para Milão. Inicialmente faria os dois trechos de avião. Agora pensei em fazer de avião Veneza-Zurique e de trem de Zurique até Milão. Bem relax, curtindo a viagem. Será que é uma boa ideia? Seria no final de janeiro. Imigração na Suiça é tranquila? Obrigado desde já!

Oi Luciano,
Entre Itália e Suíça não tem imigração. Se seu vôo é direto para Zurique, leve todos os documentos certinhos e você não terá problemas.
Não sei exatamente a rota de trem que você irá pegar, mas em geral as viagens de trem na Suíça são maravilhosas. Não sei se eu faria a viagem assim crua sem parar em nenhuma cidade, mas aí fica a seu critério.Abraços

Vc sabe me dizer se tem um guarda-volume na station em Lugano para deixar a mala?

Oi Marcia,
Tem sim! Quase todas as estações de trem Suíças tem armários!
Abraços

Como eu devo ir de carro no bate e volta para Lugano, gostaria de saber como é o
sistema de estacionamenrto.

Oi Luiz, Como fiz o percurso de trem, não sei te informar. 🙁
Já deu uma pesquisadinha no Google?
Abraços

Guia maravilhoso! obrigada! já sei o que fazer em meu 1 dia de Lugano!

Deixe o seu comentário