São Francisco: um passeio de bicicleta pela Golden Gate

120
Golden Gate de bicicleta

Atravessar a ponte Golden Gate de bicicleta, é um dos nossos programas preferidos em San Francisco. Gostamos tanto do passeio que já repetimos algumas vezes e recomendamos para todos os amigos que nos visitam, sem exceção.

Nesse post descreverei a experiência em detalhes, com direito a várias dicas bacanas para quem planeja fazer algo parecido. Vem comigo?

São Francisco: um passeio de bicicleta pela Golden Gate

Nesse post você encontrará:

  • Resumo do passeio: como funciona?
  • Quanto tempo demora?
  • Tem muita subida? / É muito cansativo?
  • Onde alugar bicicleta e quanto custa?
  • O que usar/ levar?
  • O trajeto: saiba onde começar e em que lugares parar
  • Chegada em Sausalito
  • Onde comer em Sausalito
  • Volta para San Francisco de Ferry.

Resumo do passeio | Como funciona?

Você vai alugar a bicicleta em São Francisco, percorrer parte da costa da cidade, atravessar a ponte Golden Gate e seguir até o centro de Sausalito. Chegando lá, você vai curtir um pouco a cidade e pegar um Ferry de volta para São Francisco. Dá para voltar pedalando? Sim mas eu não recomendo. As vistas do Ferry são maravilhosas e você não deveria perder.

Veja também: Roteiro de 3, 4 ou 5 dias em San Francisco

Quanto tempo demora?

Tudo depende de onde você começar e onde você quer terminar. Pra quem alugar a bicicleta no Fisherman’s Wharf, são pouco menos de 13,5 Km, ou seja, em torno de uma hora pedalando em ritmo moderado (Isso sem contar as paradas pra foto, que eu espero que você faça) + passeio em Sausalito + Volta de Ferry. Eu estimaria umas três horas de passeio pelo menos.

Tem muita subida?

O trajeto é quase todo plano, mas tem subida sim e um descidão delicioso na chegada em Sausalito. Mas é muita subida? Para os padrões de San Francisco é pouca subida, mas para os nossos padrões Brasileiros é uma boa subidinha. Nada muito difícil para quem está acostumado a fazer exercício, e quem não aguentar, pode sempre descer e empurrar a bicicleta. E não precisa ficar com vergonha por que mais da metade das pessoas acabam empurrando a bicicleta em algum momento.

O passeio é muito cansativo?

Talvez um pouco, mas a beleza do caminho compensa o sacrifício! E para quem tá com medo de não aguentar… apesar de longo o trajeto (13,5 Km) é relativamente tranquilo. Há duas subidas um pouco mais fortes, mas quem não aguenta é só descer da bicicleta e empurrar. Para compensar, há algumas boas descidas caprichadas!

Onde alugar bicicleta?

Dá para alugar bicicleta em N pontos da cidade, e geralmente quanto mais longe da ponte, maior a sua chance de conseguir uma pechincha, por outro lado, quanto mais longe da ponte, mais você terá que pedalar.  Por isso grande parte das pessoas acaba optando por alugar a bicicleta no Fisherman’s Wharf. Outro bom lugar para alugar bicicleta é no Ferry Building. Há uma série de empresas que oferecem aluguel de bicicleta e os preços são bem parecidos, mas quem reserva online garante um bom desconto.

Algumas das empresas são:

  • Blazing Saddles: A partir de 8 por hora ou $32 dia | 20% de desconto para reserva da bike online. Eles tem 7 pontos de locação diferente no Fisherman’s Wharf e um na Union Square. Veja endereços aqui.
  • Sports Basement: Pra quem quer alugar um bike boa por um preço justo. A desvantagem é ter que alugar a bike no Crissy Fields. A partir de 8 por hora ou $32 dia.
  • Bike & View: A partir de 8 por hora ou $32 dia | 30% de desconto para reserva da bike online, preço final online $22,40. Endereço: 1772 Lombard Street
  • Bay City Bike: $32 dia | Reza a lenda que o preço online é 25% mais barato que na hora, mas tentei reservar e queriam me cobrar os $32. Achei com cara de falcatrua. Será que na hora custa mais que $32? Na dúvida eu escolheria outro. Eles tem 4 pontos diferentes no Fisherman’s Wharf e um em Haight Street. Veja endereços aqui.
  • City Ride: Bike + Capacete por $32/dia reservando online. Endereço: 370B Linden St. (Ao menos que você esteja hospedado em Hayes Valley, é super fora de mão! Eu reservaria em outro lugar).

Das empresas acima, o Ideias na mala já testou e aprovou a Blazing Saddles e a Sports Basement.

O que levar / usar?

  • Roupa quente e confortável: em San Francisco venta muito, especialmente em cima da Golden Gate. Leve um bom casaco.
  • Sapato confortável
  • Protetor Solar (queimei meu rosto e braço horrores na primeira vez que fiz o passeio)
  • Bolsa ou mochila leve (você não quer carregar meia mala na bicicleta, certo?!)
  • Máquina fotográfica ou celular carregado

O trajeto: saiba onde começar e em que lugares parar

Alugue a bicicleta no Fisherman’s Wharf ou no Ferry Building e siga pedalando pela orla da cidade Pedale na ciclovia e não na calçada e aproveite o passeio para ver as pessoas passando. Com sorte o vento não estará muito forte e você aproveitará bastante esse pedaço do passeio.

Veja aqui o mapa do percurso no Google Maps

Primeira parada: Fort Mason
Essa é a primeira grande subida do trajeto, mas a vista lá do alto vale o sacrifício. O gramadão desse parque é um dos lugares mais disputados da cidade para fazer picnics durante o verão.

Segunda Parada: Crissy Fields
Um parque lindo que os San Franciscanos adoram! Vale a pena subir no pier para fotografar a vista da cidade de San Francisco.

Crissy Fields de bicicleta

Terceira Parada: Palace of Fine Arts

Para fazer essa parada você terá que sair um pouquinho da rota, mas é tão pouquinho e a vista é tão especial que vale a pena. Para não errar procure a cúpula enorme (dá para ver de longe) e siga ela até chegar lá.

Palace of Fine Arts - San Francisco

Palace of Fine Arts

Vista de San Francisco durante o trajeto

De volta para a Orla, fique de olho na cidade e como o Skyline vai se modificando durante o trajeto. As vistas são lindas!

São Francisco

Mesmo antes de chegar na ponte, cada olhada para trás vale a pena.

Quarta Parada: Mirante antes da ponte (Toll Plaza)

Essa pracinha caprichada tem banheiro, lanchonete, loja de presentes e um dos mirantes mais bonitos da Golden Gate, pare sem pressa e capriche nas fotos!

Golden Gate | MIrante panorâmico

Parada no mirante – pouco antes de atravessar

Atravessando a Golden Gate de bicicleta

Passado o último mirante, chegou a hora mais especial do passeio. Atravessar a ponte de bicicleta. Você verá que de pertinho, a Golden Gate é ainda mias linda e fotogênica do que de longe.

Ponte Golden Gate - San Francisco

Alcatraz vista do alto da Golden Gate

Alcatraz vista do alto da Golden Gate

Do alto da Golden Gate

São Francisco vista de Sausalito

Quinta parada: o mirante de Sausalito

Terminada a ponte há outro mirante lindo e que merece ser visitado. As vistas aqui são bem diferentes de San Francisco e as fotos tbm ficam lindas!
Mirante da Golden Gate em Sausalito

A chegada em Sausalito

Depois de atravessar a Golden Gate, siga pedalando até a simpática cidade de Sausalito (uma decida enorme e gostosa), repleta de casas fofas, lojinhas, galerias de arte e restaurantes bacanas.

Casas em Sausalito
Fonte de Sausalito

São Francisco vista de Sausalito

São Francisco vista de Sausalito

Sausalito é bem pequenina e com uma horinha dá para olhar algumas galerias de arte e curtir a cidade. Mas antes de qualquer coisa, compre o bilhete do ferry e fique de olho nos horários. Os Ferrys são frequentes mas não muito. Depois disso é só curtir!

Onde comer em Sausalito

Para quem pretende almoçar há algumas opções bacanas:

O The Spinnaker e o Scoma’s  são bem turísticos, mas tem uma comida gostosa e uma vista incrível da baia. (Entre os dois eu prefiro o Spinnaker, os pratos são mais bem servidos e o serviço é melhor)

Sausalito, vista do SpinnakerVista na lateral do Spinnaker… nada mal, né?!

Outra opção interessante e bem desconhecida pelos turistas é o Le Garage , um bistrozinho francês bem gostoso. Essa é sempre minha primeira opção.

E para quem quer economizar e comer num dos lugares mais disputados pelos gringos e locais (prepare-se para uma mega fila). Há uma lanchonete pequenina chamada Hamburguers, a carne fica rodando numa grelha redonda que faz o maior sucesso. A montagem dos sanduíches é total linha de produção

Hambúrgueres Sausalito

Saiba mais sobre as opções de restaurante em Sausalito.

De sobremesa, tem o famoso sorvete da Lappert’s . Confesso que provei duas vezes e não achei nada de mais, mas tenho amigos que adoram… então deixo a seu critério.

Lappert's Sorvete

Volta para San Francisco de ferry

Outro ponto alto do passeio é a volta para San Francisco de Ferry, as paisagens são bem bonitas e te darão uma perspectiva totalmente diferente da cidade.

A cidade de Sausalito vista do barco

A cidade de Sausalito vista do barco

Alcatraz

Essa ilhota é Alcatraz, o antigo presídio que hoje funciona como museu e é outro passeio bacana para quem visita a cidade.

São Francisco - Califórnia

São Francisco vista do Ferry

Nossa despedida da simpática Golden Gate

San Francisco - Califórnia

Chegada em São Francisco de Ferry

O Mercado do Ferry Building

Na chegada, aproveite para conhecer o mercado gastronômico super bacana que fica na parte de dentro do Ferry Building. Os pães da ACME Bread e os queijos da Cow Girl Creamery valem mega a pena!

Queijos no Ferry Building - San Francisco

 

E aí, curtiu as dicas? Pronto para testar meu passeio preferido de San Francisco?

Por último e não menos importante: não se esqueça do seguro viagem!

O seguro viagens não é obrigatório para ingressar no continente americano, mas pode confiar, ele é essencial para todo o viajante e te dá maior segurança para aproveitar cada momento da sua viagem, já que você terá cobertura hospitalar no caso de uma eventualidade (você não vai querer arcar com uma conta dessas na terra do tio Sam, acredite). Para quem vem de avião, existe inclusive cobertura para extravio de bagagem.

Para escolher a apólice de seguro que mais se adeque as suas necessidades e caiba no seu orçamento você vai precisar pesquisar e isso demanda tempo, confesso. Minha dica é que você faça sua cotação com a Seguros Promo, uma empresa brasileira que já me apresenta uma listagem com as melhores apólices seguros disponíveis no mercado, com os respectivos valores e tipos de cobertura (moleza, hein?!)

Eu, Mari, não viajo sem um seguro com boa cobertura e que cubra tudo no ato e a Seguros Promo sempre me salva nessas horas. Faça uma cotação aqui e insira nosso cupom de desconto IDEIASNAMALA5 para ganhar 5% de desconto na compra do seu Seguro Viagem!

Veja também:


Viaje sem stress

Faça seu seguro de viagens


Para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, Siga nosso instagram!

Guarde este post no Pinterest!

Pedalando pela Golden Gate

About author

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

120 comments

  1. Gabrielly Lima 7 maio, 2018 at 04:49 Responder

    Oi Mari, tudo bem! Nossa adoro o seu blog, tem me ajudado muito a montar minha viagem. Sobre o passeio de bike, você acha que daria para incluir no roteiro a ida aos mirantes de hawk hill? Enfrentaríamos muita subida? Ou talvez fosse possível deixar a bike em algum lugar depois da travessia da ponte e pegar um taxi até la, o que você acha? Iremos fazer esse passeio dia 11/06, saindo na parte da tarde e voltando até o ultimo ferry, Obrigada!!

    • mari vidigal 12 maio, 2018 at 23:52 Responder

      É MUUUUUITA subida. Tem gente que sabe, mas sinceramente acho que estacionar a bike e seguir te táxi seja uma melhor opção.
      (PS: eu subo aquilo de bike e AMO, mas sem um bom preparo físico será uma grande roubada.)
      Beijos

  2. fernanda 30 abril, 2018 at 18:22 Responder

    Olá Mari! Gostaria de saber se há espaços para deixar as bicicletas enquanto paramos para almoçar, visitamos o mercado e outros…

  3. Vanessa Inacio Caforio 11 abril, 2018 at 20:02 Responder

    Boa tarde Mari! Suas dicas não poderiam ser mais perfeitas!!! Não tinha a menor perspectiva de fazer o trajeto pela Golden Gate até Sausalito de bicicleta mas graças a suas dicas, fiquei super empolgada e pretendo fazer do jeitinho que vc explicou, muito obrigada!
    Poderia me tirar algumas dúvidas? Irei para São Francisco no começo de Outubro de 2108 e gostaria de saber sobre o clima, o melhor horário para fazer esse passeio saindo de Fhisherman’s e se nessas paradas que vc descreveu é possível parar e fazer fotos no Fort Point…
    Virei fan do blog!!!
    Desde já agradeço
    Super beijo 😘
    Vanessa Caforio

    • mari vidigal 26 abril, 2018 at 05:26 Responder

      Oi Vanessa,
      O Fort Point não tá nesse roteiro, mas dá super pra incluir na jogada.
      Para clima em outubro veja este post.
      Melhora horário: depende do dia, se o tempo estiver aberto, vá cedo. Se estiver fechado, por volta das 11 da manhã costuma abrir.
      Beijos

  4. Julienne Araujo 18 março, 2018 at 23:27 Responder

    Oi Mari
    Em primeiro lugar sou fã do seu blog. Montando meu roteiro com muitas dicas suas (já te disse isso num post no grupo de FB “Viagem em Família”). Estou querendo atravessar a ponte de bike. Precisarei de cadeirinha para minha filha caçula. Consigo alugar com facilidade?

    • mari vidigal 21 março, 2018 at 21:17 Responder

      Oi Julienne,
      Há sim cadeirinhas de bebê/ criança para alugar mas para isso você precisará ir nas lojas maiores. O que eu faria é tentar reservar online ou pedir para o Concierge do hotel ligar para alguns lugares na manhã do passeio e checar a disponibilidade.
      Agasalhe bem a pequena porque venta bastante!
      Beijos

    • Nicole 25 abril, 2018 at 21:25 Responder

      Oi! Amei seu post. Eu chego em SF as 13h, em outubro. Você acha viavel fazer este passeio na parte da tarde, começando 14h30/15h? Obrigada. Beijos!

      • mari vidigal 26 abril, 2018 at 05:05 Responder

        Oi Nicole,
        Se você vier do Brasil, acho cansativo o vôo é uma paulada. Fora que outubro já começa a escurecer mais cedo. Eu deixaria para o segundo dia!
        (Mas não deixe de fazer, este – na minha opinião – é o passeio mais lindo da cidade. Beijos

    • Nicole 26 abril, 2018 at 16:02 Responder

      Obrigada pela resposta Mari! Chegaremos sexta a tarde e teremos apenas o sábado. Então, vale a pena fazer sábado de manhã? Melhor do que na sexta a tarde? Só teremos estes dois dias. Pergunto isso porque achei relatados de que no fim de semana é muito cheio e eu não ando de bicicleta há 20 anos, rsrs. Beijos

  5. Gabriela 16 fevereiro, 2018 at 15:13 Responder

    Oi Mari!!
    Primeiramente queria elogiar seu post, é extremamente evidente o carinho colocado nele e como nos ajuda muito, viu!
    parabéns sempre

    Eu só fiquei com uma dúvida, sobre o aluguel das bikes vc diz que a desvantagem no aluguel da loja Sports Basement é ter que alugar no Crissy Fields, mas essa região não é muito mais perto da ponte?
    Se eu alugasse no Fisherman’s Wharf teria uma área muito grande para pedalar até a ponte (medo da falta de ciclovias ou cansaço haha)? porque pelo o que entendi a vista é incrível e talvez valha a pena o aluguel mais distante, certo?

    Obrigada pelo carinho sempre!!

    • mari vidigal 2 março, 2018 at 20:37 Responder

      Oi Gabriela,
      Sim o Crissy Fields é mais perto da ponte, mas o Ferry vai te deixar na volta lá no Pier 39 ou no Ferry Building. Ou seja, se uma forma ou de outra vc vai acabar pedalando tudo.
      O Cansaço é um problema, mas dá para fazer devagarinho e ir parando para descansar. Quanto a ciclovia, não se preocupe, o trecho é ultra bem sinalizado.
      Beijos

  6. Bruna 13 fevereiro, 2018 at 18:50 Responder

    Olá!
    Chegando de bicicleta até o Ferry Building há um local próprio e seguro para deixá-la estacionada enquanto visito o mercado?
    É preciso reservar com antecedência o espaço da bicicleta no ferry?
    Obrigada, estou adorando seu blog!

  7. Mirella 4 fevereiro, 2018 at 03:33 Responder

    Olá, tudo bem?
    Vamos para SF no final de Abril, eu, meu marido e meu menino de 2 anos. Você recomendaria este passei de bike pela Golden Gate até Sausalito com uma criança nessa idade? tem opção de Bike com cadeirinha? Essa époc do anoa é muito fria, ou dá para aguentar os ventos na ponte? Estou adorando ler seu Blog e estou pegando varias dicas para montar o Roteiro 🙂

    • mari vidigal 4 fevereiro, 2018 at 17:42 Responder

      Oi Mirella,
      EU faria este passeio com o Tom (meu filho) que tem um ano e meio, mas agasalharia ele bem pq o vento pode ser bem forte! Há bikes com cadeirinha, não seis e em todas as lojas, isso é algo que vale a pena vc pesquisar!
      E fico super felzi em saber que o Ideias está te ajudando a montar a viagem!
      Beijos

  8. Emílio Ramos 28 janeiro, 2018 at 04:14 Responder

    Mari muitíssimo obrigado por suas dicas maravilhosas. Hoje é 27/01/18, sábado lindo com um sol deslumbrante com céu azul em São Francisco e fizemos exatamente o passeio de bike que vc descreveu tão bem. Eu minha esposa e dois filhos (15 e 17) pedalamos até Sausalito e voltamos pelo ferryboat. Delícia de passeio. Depois nos lambuzamos no fantástico sorvete da Ghiardelli. Obrigadissimo!!!

    • mari vidigal 4 fevereiro, 2018 at 17:54 Responder

      Oi Emílio,
      Que delícia de experiência!
      Fico feliz que tenham aproveitado tanto o passeio!
      Beijos e te vejo por aqui no Ideias na mala nas próximas viagens!

  9. Camila 21 outubro, 2017 at 01:19 Responder

    Olá Mari! Primeiramente obrigada por compartilhar conosco sua experiência. O Blog é muito bem escrito e está me ajudando muito a montar meu roteiro de Viagem. Estaremos no meio de novembro em São Francisco.
    Gostaria de tirar algumas dúvidas com relação ao passeio da Golden Gate.
    * Estou grávida, então pensei em fazer o passeio de bicicleta elétrica. Você acha que é tranquilo?
    * A princípio nosso passeio seria no segundo dia da viagem que é um sábado. Vi em um comentário acima que no sábado um dos lados fica fechado e o movimento de bicicletas é mais intenso e mais “tenso”. O que você acha? Realmente é melhor deixar pra ir dia de semana?
    * Qual o melhor horário para iniciar esse passeio, considerando a questão de névoa, movimento e também o retorno de Sausalito?
    Obrigada! Abraços

    • mari vidigal 22 outubro, 2017 at 03:29 Responder

      Oi Camila,
      Tudo depende da sua forma física, eu tbm estou grávida e não pensaria meia vez em fazer o passeio que na minha opinião é o mais sensacional de San Francisco. Eu faria de bike normal, ms se quiser pegar uma elétrica pra te aliviar, vai ajudar bem na subidas! Volte de ferry porque a volta é punk!
      Eu sem dúvida deixaria para fazer durante a semana que é BEM mais tranquilo e muito menos movimentado. Mas mais importante do que isso é escolher um dia lindo, e se possível sem muitas nuvens.
      Eu começaria umas 10-11 da manhã. Vc quer chegar em Sausalito na hora do almoço. Fique ligada nos horários de ferry durante a semana pra não azedar com uma espera longa na volta.
      Beijos

  10. Camila 12 outubro, 2017 at 22:25 Responder

    Olá Mari! Primeiramente obrigada por compartilhar conosco sua experiência. O Blog é muito bem escrito e está me ajudando muito a montar meu roteiro de Viagem. Estaremos no meio de novembro em São Francisco.
    Gostaria de tirar algumas dúvidas com relação ao passeio da Golden Gate.
    * Estou grávida, então pensei em fazer o passeio de bicicleta elétrica. Você acha que é tranquilo?
    * A princípio nosso passeio seria no segundo dia da viagem que é um sábado. Vi em um comentário acima que no sábado um dos lados fica fechado e o movimento de bicicletas é mais intenso e mais “tenso”. O que você acha? Realmente é melhor deixar pra ir dia de semana?
    * Qual o melhor horário para iniciar esse passeio, considerando a questão de névoa, movimento e também o retorno de Sausalito?
    Obrigada! Abraços

    • mari vidigal 5 novembro, 2017 at 04:29 Responder

      Oi Camila,
      Juro que já respondi essa pergunta em algum post. Será que não foi? Antes de tudo, parabéns pelo baby! Que venha com muita saúde e traga muitas coisas lindas pra vocês! Vamos as respostas:
      A) Eu Mari que estou acostumada a pedalar, faria mesmo em bike normal. De elétrica então, não pensaria meia vez. Acho o passeio fantástico e imperdível.
      B) Eu deixaria pra ir de dia de semana, ou melhor, deixaria para ir no primeiro dia que o tempo amanhecer bom. Novembro é uma caixa de surpresas e engessar seu roteiro pode te complicar (já pensou se chove – o que é normal nessa época – ou se nubla tudo no dia e você não vê a Golden Gate Bridge?)
      C) Depende do dia. Eu diria que por volta das 10:30 ~ 11:00 em novembro deve ser uma boa pedida. Agora se via estiveram muito fora de forma, vale começar mais cedo. O Importante é chegar em Sausalito antes das 15:00 que é o horário que muitos restaurantes fecham.
      Abraços e aproveite a viagem,
      Mari

  11. Alexandra 25 julho, 2017 at 02:46 Responder

    Olá Mari,
    Estou curtindo demais seu blog, é bem detalhado e organizado.
    Gostaria muito de fazer muito este passeio de bike, achei incrível, mas estaremos em um grupo de 8 pessoas e uma delas é minha mãe, que tem 69 anos. Se ela pegar uma bike elétrica, vc acha que dá pra ela fazer até Sausalito? A bike tem autonomia para este trajeto? Dá pra fazer bem as subidas? Quanto custa?
    Aguardo suas dicas.
    Obrigada.

    • mari vidigal 25 julho, 2017 at 02:58 Responder

      Oi Alexandra,
      Não tenho ideia quanto ao preço e isso você terá que pesquisar nos próprios sites, mas sim a bike tem autonomia até Sausalito e vejo muita gente na melhor idade – e outros mais novos que não curtem tanto pedalar -optando por elas. Pode ser uma alternativa bem legal pra viabilizar seu passeio!
      Beijos

  12. Renata 15 julho, 2017 at 23:03 Responder

    Olá,

    Adorando o blog. Confesso que não tenho um bom preparo físico e não tenho praticado esportes. Estou tentada a fazer esse passeio de bicicleta pela ponte, pois parece bem mais divertido do que atravessar de carro. Acha tranquilo para iniciantes?

    Bjs e obrigada pelas dicas.

    • mari vidigal 16 julho, 2017 at 17:03 Responder

      Oi Renata,
      Não é super tranquilo, mas dá. Muita gente empurra a bicicleta na subida, vá feliz porque é muito, muito legal!
      Beijos

  13. Rafael 7 junho, 2017 at 15:35 Responder

    Bom dia. Estou pensando em fazer esse passeio com uma turma de estudantes que estou levando para San Francisco. Porém, ao pesquisar a rota até Saulsalito, pelo google street view, percebi que depois da ponta não tem ciclovia. As bikes andam pelo acostamento da estrada? é isso mesmo? Se for isso me preocupa muito pela segurança. Estou em dúvida se faço o passeio ou não só pela questão da segurança. Serão 25 bikes. Poderiam me ajudar? As imagens do google estão antigas e depois da ponte também existe ciclovia? Agradeço a ajuda.

    • mari vidigal 8 junho, 2017 at 03:59 Responder

      Oi Rafael,
      Sim é pelo acostamento, mas há uma rota bem tranquila que quase não passa carros que vai quase paralela a estrada principal. Essa é BEM tranquila!
      Beijos

  14. Mario Augusto 7 junho, 2017 at 00:40 Responder

    Olá Mari! O retorno pelo ferry com a bike… você pode me ajudar a encontrar os horários e valores? Obrigado!!

  15. Rodolfo 28 maio, 2017 at 22:35 Responder

    Simplesmente ADOREI suas dicas..
    Irei para SF em Outubro, vou ficar quase três dias, vou tentar compilar ao máximo suas dicas..kkkkk
    Preciso aproveitar ao máximo..

  16. Thaynne Almeida 12 maio, 2017 at 14:08 Responder

    Bom dia,

    Seu blog é um dos melhores que eu já li sobre viagens, e esta me ajudando muito planejar minha viagem em julho (infelizmente mês das férias).
    Gostaria de perguntar se fazer esse passeio por volta das 15:00 é uma boa pedida. Sei que me livro da névoa, mas estou preocupada de começar num horário muito tarde.

  17. Elainy 22 março, 2017 at 01:34 Responder

    Olá!! Estou adorando as dicas e amei a ideia de fazer a Golden Gate de bike, mas estou com algumas dúvidas… vc pode me ajudar??
    Estou querendo voltar de Sausalito pela empresa de Ferry que vai para o Pier 41 (Fisherman’s Wharf). Vi que o valor é semelhante, porém estou na dúvida do tempo de percurso que vi ser de 1 hora, enquanto no ferry para o Ferry Building diz que é 15min.
    Vc já fez o trajeto pelas duas empresas? Qual o tempo aproximado do percurso?

    Muuuito obrigada!!!

    • mari vidigal 22 março, 2017 at 03:57 Responder

      Oi Elaine,
      Não me lembro do tempo, mas posso afirmar que as duas empresas tem uma duração BEM parecida!
      Abraços e aproveite o passeio!

  18. Bárbara 3 março, 2017 at 13:24 Responder

    Oi, Mari

    Estamos pensando em fazer esse passeio de manhã (reservar umas 5h no total) e na volta ainda iríamos curtir fim de tarde no bairro Castro (vista do Twin Peaks). Pensando nesse roteiro, que horário você recomendaria começar o passeio de bike? 8h? 9h? Porque não achei nenhuma informação sobre qual horário seria bom começar o passeio..

    Obrigada!

    Bárbara

    • mari vidigal 3 março, 2017 at 16:44 Responder

      Oi Bárbara,
      Quando vcs vem?
      Agora no inverno e no começo da primavera o dia costuma ficar sem névoa depois das 10-11 da manhã.
      Mas sim, acho bem viável combinar o passeio com o Castro, mesmo porque é um bairro animado no final do sia e o Twin Peaks fica lindo no final da tarde.
      Abraços

  19. mario 3 janeiro, 2017 at 11:18 Responder

    BOM DIA MARI
    FANTASTICO O SITE….AJUDOU MUUUUUUUUUUUUUUUUITO

    duvida….da para alugar bike e devolver no PIER 41???

    tem ferry saindo de sausalito para o pier 41????

    • mari vidigal 3 janeiro, 2017 at 22:18 Responder

      Dá sim para alugar e devolver bicicleta no Pier 41 (Fisherman’s Wharf) e há uma empresa de Ferry com desembarque no pier 39 que é lá perto. Fique de olho nos horários.
      Abraços

  20. Fernando 25 setembro, 2016 at 03:35 Responder

    Ei, Mari, boa-noite.
    Lendo seu blog ontem, decidi fazer esse passeio. Aluguei a bike com 30% de desconto na Bike & View, como você sugeriu e fiz praticamente todo o roteiro (troquei o Fort Mason que já tinha ido por dar uma geral na Marina e ir até o Presidio embaixo da torre). Foi um dia maravilhoso, e atravessar a ponta foi uma das melhores experiências da minha vida.
    Valeu, seu site está ótimo!

    • mari vidigal 26 setembro, 2016 at 20:27 Responder

      Oi Fernando,
      Parece que você pegou uma dia incrível para fazer este passeio, hein? Visibilidade maravilhosa, e um céu azulão!
      Feliz de ouvir que tenha curtido o passeio, eu tbm acho o máximo!
      Obrigada por passar aqui e dividir suas impressões.
      Beijos

      • Virna fecury 3 novembro, 2016 at 22:40 Responder

        Oieeee Mari, nao achei onde faco as perguntas ? Semana q vem estou indo para SF com meu filho d 10 e munha filha d 9, gostaria d saber se esse passeio eh viavel para eles???

  21. jamile 22 setembro, 2016 at 19:39 Responder

    Ola, mais uma vez parabéns pelo site… muiiito bom !

    Fiquei com 2 duvidas, se puder me ajudar vou ficar super feliz e mais tranquila.
    1. onde compro a passagem de volta do Ferry? O local onde vende a passagem de volta e bem sinalizado, consigo achar com facilidade o local para comprar a volta. Fica próximo da onde para ficar mais fácil a localização.

    2. Uma coisa que esta me preocupando, quando deixamos a bike no Ferry…. precisamos trancar a bike (se sim onde consigo a corrente ou tanca)…. ou ficamos pertinho delas…. meu medo e de não achar a bike.

    • mari vidigal 23 setembro, 2016 at 00:05 Responder

      Oi Jamile,

      O lugar de comprar o bilhete de volta fica bem no centrinho de Sausalito – que é minúscula – e não tem muito como errar. Pode ir tranquila! Quando ao cadeado, ele está incluso no aluguel da bike. Não deixe de trancar!
      Beijos e aproveite o passeio!

  22. Nathalia 28 abril, 2016 at 20:38 Responder

    Ola Mari! Amo seu blog… fiz o passeio assim como vc descreveu em janeiro, qdo eu fui a SF. Mas citaria algumas coisas a mais que eu nao sabia e dei mole:

    – O nível de esforço não é moderado como eu pensei. É mais pesado um pouco e eu to bem acostumada com atividade fisica hehe. Era inverno, estava ventando muito e nao levamos a serio o lance de ir com roupas leves, o que fez muita diferença. Foi bem complicado estar de casacão com vento gelado na cara.. o nariz escorre, a mão congela se tirar a luva e vc sua por dentro da roupa toda rs. Mas no final valeu a pena, juro!!!!
    – Eu fiz num domingo. Se vc quiser fazer, NUNCA FAÇA NUM DOMINGO. SF é cheio de ciclistas metidos a profissionais que pelo visto odeiam as lesmas turistas que emapacam a pista. Com razão até, porque é muita gente pedalando! E pra minha surpresa, nesse dia como a ponte estava sendo muito visitada, eles deixaram um lado so para pedestres e o outro so para ciclistas. Ou seja, um lado que ja é estreito virou uma ciclovia de mao dupla de caras que passam voados em suas bikes ultra caras. E nós no meio ouvindo berros com nossa bike humilde e alugada. hehehehe. Hoje eu dou boas risadas mas na hora foi bem tenso. Alem do esofrco extra pra vencer o vento contra que vinha!
    – Outra coisa que eu nao esperava foi depois que terminamos a ponte – mortos de cansados – eu super achei que sausalito ja era logo ali. E nao era hahaha. Faltava ainda uns 5 km. Uma boa descida e outros pontos de subida depois, que mesmo com uma bike com marchas, é um bom esforço!

    Conclusão: Nao deixe de fazer, pois o passeio é maravilhoso! tem pontos pra parar na ponte e tirar uma foto rapida. Sausalito é uma fofura tambem. Mas vá consciente que sera um dia de exercicio fisico!

    bjos!

    • mari vidigal 3 maio, 2016 at 18:22 Responder

      Oi Nathalia,
      Super feliz que você passou aqui para deixar suas impressões do passeio e realmente no inverno deve ser bem friozinho (não que nas outras épocas no ano seja muito mais quente, a variação de temperatura entre inverno e verão é relativamente pequena em SF e o vento na Ponte é sempre forte.
      O lado esquerdo da ponte vira ciclovia aos sábados e domingos, mas nunca tive essa impressão com os professas. Será que você pegou um grupo grande pedalando junto? Vou adicionar isso na próxima atualização do post! Boa dica!
      Passando a ponte, há 2 caminhos para Sausalito: uma mais curto (e um pouco mais perigoso que é quase 100% descida) e outro mais deserto (e mais bonito) que envolve subidas. Ótima ressalva, tbm vou adicionar no post.
      Beijos e obrigada,

  23. Keyla Holanda 20 março, 2016 at 20:06 Responder

    Olá, gostaria de saber se compro a diária da bike aqui pela net pelo que vc indicou, se posso escolher retirar a bike no Ferry ou se não tem ponto lá, já que no site não informa e qual a bike mais indicada para o passeio, já que vi várias no site. Poderia pegar a bike num ponto mais próximo do meu hotel, que fica em Fishermans ( Zephyr) , e entregar no Ferry ou só devolvo onde peguei?

    • mari vidigal 21 março, 2016 at 21:25 Responder

      Oi Keyla,
      Como essas regrinhas vieram de empresa para empresa, infelizmente você terá que escrever direto para eles (ou ler as infos do site)
      Mas te adianto que você terá que devolver a bike no ponto exato onde pegou.
      Beijos

  24. Fernanda 20 março, 2016 at 00:44 Responder

    Mari, estou conhecendo seu blog hoje e estou achando mto interessante e útil Será minha primeira vez em SF e mesmo constrangida preciso perguntar se tem dicas para hotel ou hostel barato. Estou com pouco dinheiro para ficar os 7 dias. Se puder ajudar ja agradeço desde já.

    • mari vidigal 21 março, 2016 at 21:32 Responder

      Oi Fernanda,
      Essa é a pergunta mais difícil de SF, então não precisa ficar constrangida, mas sinta-se parte do time :). Tão difícil achar hotel/hostel barato por aqui.
      Para hostels:
      Meu site preferido é o Hostelworld.com as reviews são bem confiáveis e já reservei mais de 50 hotéis/hostels pelo mundo a fora com eles.
      Outra alternativa é alugar um quarto no Air Bnb, dá para achar muita coisa bonitinha por muito menos que um hotel.
      Infelizmente minhas dicas de hotel são todas caras, nunca testei nada BBB em SF e só recomendo coisas que tenha testado.
      Aproveite MUITO a viagem e qq coisa, grite!

    • Keyla Alcantara 28 março, 2016 at 05:28 Responder

      Obrigada! Fiz o passeio e vale muito a pena! Só achei perigoso em alguns trechos onde ficamos pedalando ao lado dos carros. Tinha muito tempo que não andava de bike, mas arrisquei! Muito obrigada e adorei suas dicas!

      • mari vidigal 28 março, 2016 at 17:48 Responder

        Oi Keyla,
        Acho que é questão de costume né?! Nós como estamos SUPER acostumados a pedalar – na estrada – achamos tranquilo nesse aspecto. O que sim pesa para muita gente são as subidas. Foi tranquilo para você?
        Bom saber que vcs tomaram coragem e fizeram um dos meus passeios preferidos na cidade.
        BEijos

  25. Lilow 21 fevereiro, 2016 at 00:01 Responder

    Oi Mari,
    Quanta dica boa e que postagem super completa! Está me ajudando muito no meu roteiro! Mas fiquei com uma duvida: os lugares que você indicou para aluguel de bike nenhum fica no Pier 1 (Ferry Building), certo?
    Vi no Fisherman e achei otimo. Mas então na volta o ferry para somente no Ferry Building ou para no Fisherman? Se parar só no Ferry Building, terei que subir novamente a costa para devolver a bike, é isso? Foi o que entendi … Obrigada !!

    • mari vidigal 22 fevereiro, 2016 at 06:25 Responder

      Oi Lilow,
      Dá para alugar Bike no Ferry Bldg SIM, e essa é a MELHOR escolha pois te poupa de na volta ter que pedalar até o Fisheman’s Wharf. Caso alugue no Pier 40 (Fisheman’s), sim você terá que pedalar de volta 🙁
      Beijos e qq dúvida avise!
      Mari

  26. Daniela 25 janeiro, 2016 at 18:59 Responder

    Olá!
    Fiquei na dúvida sobre ir até Salsalito de bike e depois voltar de ferry. A bicicleta pode embarcar no Ferry?
    Senão, onde devemos deixá-la?
    obrigada

  27. Ana 23 novembro, 2015 at 21:45 Responder

    Ola’!Desde já agradeço pelas super dicas! Gostaria de saber se nos restaurantes que vc indicou, tem lugar para deixar a bicicleta enquanto comemos…
    abs,
    Ana

  28. Paulo Damasceno 25 outubro, 2015 at 23:10 Responder

    Olá, parabens pelo site, está muito completo e me ajudando bastante a preparar minha viagem para SF no fim do ano.

    Gostaria de te perguntar umas coisinhas:

    – voce ja fez esse passeio no inverno, muda muita coisa?
    – vou passar o reveillon lá, sabe como é o funcionamento das coisas no dia 01/01?
    – por acaso teria alguma recomendação pro reveillon?

    Obrigado, e parabéns de novo!

    • mari vidigal 26 outubro, 2015 at 07:17 Responder

      Oi Paulo,
      Respondendo suas perguntas:
      A) Já fiz no inverno, e num dia sem chuva só muda a questão do vento. Proteja-se bem e mande ver! 🙂
      B) Dia 1/1 Feriado, quase todas as atrações estarão fechadas. (O pier 39 e vizinhança, deve abrir normalmente). Minha dica é aproveitar os restaurantes dos hotéis, que abrem e as atividades ao ar livre.
      C) Na noite do dia 31, rola uma queima de fogos bonita. Ainda não tenho sugestões de festas/ programas legais, mas assim que souber de algo, volto aqui e aviso!
      BEijos

      • Paulo Damasceno 26 outubro, 2015 at 20:58 Responder

        Nossa, obrigado pela rápida resposta! Saber q alguem ja fez esse passeio no inverno ja tranquiliza bastante, principalmente minha esposa q é naturalmente mais preocupada. Quanto ao dia 01/01 vou dar uma pesquisada pela internet mais proximo para saber q q deve abrir e fechar

        Obrigado de novo!

  29. Jennifer 19 junho, 2015 at 17:42 Responder

    Oi Mari! Não me canso de dizer, o quanto estou devorando o blog, vou te incomodar uma vez ou outra com perguntinhas heheh
    O ferry sai de Sausalito ou tb de Tiburon? Eu e o namorado gostamos mto de pedalar e provavelmente vamos querer dar uma esticada nesses 13km’s aí e ir até Tiburon, daí a dúvida..
    Abraço
    Jennifer

  30. ANETE 7 junho, 2015 at 18:46 Responder

    Chego em São Francisco no próximo dia 28/06/15, achei sua sugestão de bike até Sausalito, super interessante, penso em fazer o passeio, mas tenho uma dúvida, quando retorno de Ferry boat, o local para devolução da bike fica próximo? acho que estaremos muito cansados para pedalar pelas subidas de São Francisco.

    • mari vidigal 8 junho, 2015 at 05:06 Responder

      Oi Anete, o lugar de devolução fica próximo mas não encostado… Mas não precisa se preocupar com subidas na volta porque é uma reta só! 🙂
      Não deixe de fazer o passeio porque é maravilhoso!
      Beijinhos e boa viagem,
      Mari

  31. Thiago 2 janeiro, 2015 at 12:55 Responder

    Ótimo post!! Parabéns!! Mas ficou uma dúvida: o aluguel de bike custa US$ 8/hora e o máximo de US$ 32/dia, ou seja, o equivalente a 4 horas de aluguel de bike. Mas no texto há a informação de que o passeio até Sausalito pedalando raramente dura menos de 4 horas por causa da volta de Ferry Boat. Nesse caso, como funciona a cobrança da bike se ultrapassar essas 4 horas, já que nesse tempo já terá batido a cota dos US$ 32/dia? Abraços e mais uma vez parabéns!

    • mari vidigal 2 janeiro, 2015 at 16:01 Responder

      Oi Thiago,
      Td bem?
      Passando de 4 horas, você paga a diária máximo.
      Preciso confirmar os preços, mas acho que de lá pra cá, subiu um pouquinho.

      Abs

  32. zecasp 3 outubro, 2014 at 20:29 Responder

    Olá estou indo para SF em novembro e gostaria de informações de onde comprar uma bicicleta para trazer para o brasil. obrigado desde já

    • mari vidigal 6 outubro, 2014 at 03:30 Responder

      Oi Zeca,
      Loja de bicicleta em São Francisco é o que não falta. Eu comprei a minha em uma loja chamada Performance Bikes que gosto bastante. Além dela tem a Mike Bikes e a Mission Bikes (que tem uma bicicleta mais de passeio super estilosas).
      Boa pedalada!

  33. ana heymann 24 setembro, 2014 at 15:48 Responder

    Parabéns, é um dos melhores blogs que já lí !!! Quantos dias você aconselha em Frisco ? Napa Valley ou Paso Robles (já que vou descer a costa até Anaheim) ?
    Obrigada
    Ana

  34. Patricia 2 fevereiro, 2014 at 13:40 Responder

    Olá
    Estou amando seu blog, a riqueza de detalhes e a clareza como são colocados é encantadora, estou indo nessa terça-feira dia 04, com minha família para Califórnia, 04 dias em San Francisco, 1 dia na estrada acho que dormiremos em Santa Bárbara ou Solvang, depois 4 dias em Las Vegas e finalizaremos com 5 dias em Los Angeles, estou montando os roteiros, teria alguma sugestão resumida de passeios
    Obrigado por todas as dicas maravilhosas que já encontrei até aqui
    Beijos

    • mari vidigal 3 fevereiro, 2014 at 01:39 Responder

      Oi Patricia,
      Tudo bem?
      Aqui no blog vc encontra os passeios dividis por cidade. Dê uma fuçada e se tiver alguma dúvida estou a disposição.
      Aproveite a viagem.

      Abraços
      Mari Vidigal

  35. Gabriela 26 dezembro, 2013 at 02:58 Responder

    Olá! Estou planejando minha viagem São Francisco – Los angeles – las Vegas e descobri seu site. Estou completamente apaixonada pela forma como você detalha e mostra as coisas no post sempre com muito cuidado e carinho. Está de parabéns!!!
    Pode me ajudar? Qual horario você começou este passei? Tinha pensado em num unico dia (começar por volta de 09:00) fazer Lombard Street + esse passeio de Bike atravessando a Golden gate + Ferry + passeio por todos os piers de Embarcadero mais tenho medo de ser muita coisa para um unico dia e por exemplo chegar ao Pier 39 anoitecendo e não pode admirar as coisas como quando está um sol lindo.. Você acha que é possivel ou deveria dividir este roteiro em 2?
    Desde já te agradeço.
    Beijos, Gabi

    • mari vidigal 3 janeiro, 2014 at 07:44 Responder

      Oi Gabi,
      Tudo bem?
      Que dá para fazer tudo isso dá, mas sinceramente acho mita coisa e não recomendo. Acho que com a pressa vc vai deixar de apreciar um montão de detalhes bacanas e vai chegar exausta. A ordem do seu roteiro tá boa, no pior cenário vc chegará a noite no Pier 39 o que não é ruim.
      Se der prar dividir em 2 eu faria sem duvida. Comece no dia seguinte com um café da manhã caprichado no ferry Bldg e va caminhando devagar por todos os piers. Vc vai amar o passeio.

      Abraços

Post a new comment

Veja também